Política Arquivo

Isolamento político do presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro precisa ser colocado no seu devido lugar, em isolamento político, pra parar de infectar o Brasil.

Posted by Marina Silva on Wednesday, 25 March 2020

Experiente analista da política, jornalista Carlos Santos vê a ...

O vereador Raniere Barbosa (Avante) e a Subsecretária de Trabalho da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS), Karla Veruska, sua esposa, receberam, na tarde desta quinta-feira (26), o resultado positivo do teste para o coronavírus (covid-19). Ambos estão em isolamento, em sua residência, seguindo rigorosamente às recomendações médicas.

“Tomei as medidas preventivas antes de ter o resultado. Fiquei em isolamento desde o dia 19 deste mês, quando foram suspensas as atividades parlamentares na Câmara Municipal de Natal”, declarou o parlamentar. O vereador apresenta apenas tosse, entre todos os sintomas da doença. Orientamos que quem teve contato com o parlamentar fique atento aos sintomas e procure auxílio médico em caso de dúvida.

 

— Acreditem, 2.463 casas lotéricas, 2.500 casas lotéricas, estavam fechadas. Por decretos de alguns governadores ou prefeitos. Eu não estou criticando governador ou prefeito. Agora, pelo amor de Deus, fechar casa lotérica? Pelo amor de Deus, fechar casa lotérica… Inclusive, o cara que trabalha na lotérica tem um vidro blindado. Não vai passar o vírus ali. O vidro é blindado, não vai passar, ele trabalha no lado de cá — disse Bolsonaro, durante transmissão ao vivo em redes sociais.

O Globo

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (26) o pagamento de um auxílio emergencial por três meses, no valor de R$ 600,00, a pessoas de baixa renda. A medida foi incluída pelo deputado Marcelo Aro (PP-MG) no Projeto de Lei 9236/17, de autoria do deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG). O texto será analisado ainda pelo Senado.

Em seu substitutivo, Marcelo Aro incluiu sugestões de vários partidos para ampliar o acesso aos recursos durante o período de isolamento para combater a proliferação do coronavírus (Covid-19).

Inicialmente, na primeira versão do relatório, o valor era de R$ 500,00 (contra os R$ 200,00 propostos pelo governo). Após negociações com o líder do governo, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), o Executivo aceitou aumentar para R$ 600,00.

Com o novo valor, a estimativa de impacto feita pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, de R$ 12 bilhões, deve subir para R$ 14,4 bilhões.

Para as mães que são chefe de família (família monoparental), o projeto permite o recebimento de duas cotas do auxílio, totalizando R$ 1,2 mil.

Enquanto durar a epidemia, o Poder Executivo poderá prorrogar o pagamento do auxílio.

Empresários que, segundo a legislação previdenciária, devem pagar pelos primeiros 15 dias do afastamento do trabalhador por motivo de saúde, poderão descontar o valor desse tempo de salário dos recolhimentos de contribuições devidas ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) caso a doença seja causada pelo coronavírus.

Requisitos
Para ter acesso ao auxílio, a pessoa deve cumprir, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:
– ser maior de 18 anos de idade;
– não ter emprego formal;
– não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;
– renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); e
– não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

A pessoa candidata deverá ainda cumprir uma dessas condições:
– exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI);
– ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS);
– ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); ou
– ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

Será permitido a duas pessoas de uma mesma família acumularem benefícios: um do auxílio emergencial e um do Bolsa Família. Se o auxílio for maior que a bolsa, a pessoa poderá fazer a opção pelo auxílio.

Já a renda média será verificada por meio do CadÚnico para os inscritos e, para os não inscritos, com autodeclaração em plataforma digital.

Na renda familiar serão considerados todos os rendimentos obtidos por todos os membros que moram na mesma residência, exceto o dinheiro do Bolsa Família.

Como o candidato ao benefício não pode ter emprego formal, o substitutivo lista o que entra neste conceito: todos os trabalhadores formalizados pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e todos os agentes públicos, independentemente da relação jurídica, inclusive os ocupantes de cargo ou função temporários, de cargo em comissão de livre nomeação e exoneração ou titulares de mandato eletivo.

Antecipação
Para pessoas com deficiência e idosos candidatos a receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC), de um salário mínimo mensal (R$ 1.045,00), o INSS poderá antecipar o pagamento de R$ 500,00 (valor do auxílio emergencial) até que seja avaliado o grau de impedimento no qual se baseia o pedido ou seja concedido o benefício. Essa avaliação costuma demorar porque depende de agendamento com médicos peritos e assistentes sociais do INSS.

Quando o BPC for concedido, ele será devido desde o dia do requerimento, e o que tiver sido adiantado será descontado.

De igual forma, o órgão poderá adiantar o pagamento do auxílio-doença, no valor de um salario mínimo mensal, durante três meses contados da publicação da futura lei ou até a realização da perícia pelo INSS, o que ocorrer primeiro.
Para ter direito a esse adiantamento, o trabalhador precisará ter cumprido a carência exigida para a concessão do benefício (12 meses de contribuição) e apresentar atestado médico com requisitos e forma de análise a serem definidos em ato conjunto da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia e do INSS.

Forma de pagamento
Segundo o projeto, o auxílio emergencial será pago por bancos públicos federais por meio de uma conta do tipo poupança social digital.

Essa conta será aberta automaticamente em nome dos beneficiários, com dispensa da apresentação de documentos e isenção de tarifas de manutenção. A pessoa usuária poderá fazer ao menos uma transferência eletrônica de dinheiro por mês, sem custos, para conta bancária mantida em qualquer instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central.

A conta pode ser a mesma já usada para pagar recursos de programas sociais governamentais, como PIS/Pasep e FGTS, mas não pode permitir a emissão de cartão físico, cheques ou ordens de pagamento para sua movimentação.

Se a pessoa deixar de cumprir as condições estipuladas, o auxílio deixará de ser pago. Para fazer as verificações necessárias, os órgãos federais trocarão as informações constantes em suas bases de dados.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

O Instituto Consult divulgou nesta quinta-feira (26) pesquisa encomendada pela rádio 98 FM Natal sobre a disputa pela Prefeitura de Macaíba. O instituto ouviu 500 pessoas, no dia 19 de março. A pesquisa tem margem de erro de 4,3%, com confiabilidade de 95%. Registrada sob o protocolo: RN-07653/2020.

Rejeição

Pesquisa Consult/98FM

 

Pesquisa Consult: Delegado Normando lidera com 20,8%; Netinho França em segundo com 16,2% e Emídio Júnior tem 16%

O Instituto Consult divulgou nesta quinta-feira (26) pesquisa encomendada pela rádio 98 FM Natal sobre a disputa pela Prefeitura de Macaíba. O instituto ouviu 500 pessoas, no dia 19 de março. A pesquisa tem margem de erro de 4,3%, com confiabilidade de 95%. Registrada sob o protocolo: RN-07653/2020.

Na pesquisa espontânea, Emídio Júnior lidera empatado tecnicamente com Netinho França, em terceiro vem o  delegado Normando e seguido por Marília Dias.

Pesquisa Consult/98FM

 

Pesquisa Consult: Delegado Normando lidera com 20,8%; Netinho França em segundo com 16,2% e Emídio Júnior tem 16%

Resultado de imagem para delegado normando feitosa

Foto: G1 RN/Reprodução

O Instituto Consult divulgou nesta quinta-feira (26) pesquisa encomendada pela rádio 98 FM Natal sobre a disputa pela Prefeitura de Macaíba. O instituto ouviu 500 pessoas, no dia 19 de março. A pesquisa tem margem de erro de 4,3%, com confiabilidade de 95%. Registrada sob o protocolo: RN-07653/2020.

Na pesquisa estimulada, quando os nomes dos pré-candidatos são apresentados, o delegado Normando lidera, em segundo vem Netinho França empatado tecnicamente com Emídio Júnior.

Pesquisa Consult/ 98FM

 

A cantora gospel Suzana Cristina anunciou nesta quarta-feira (25) sua pré-candidatura ao legislativo macaibense. Ao lado do pré-candidato a prefeito Normando Feitosa, Suzana confirmou sua filiação ao Partido Social Cristão (PSC).

Bastante conhecida por suas canções e carisma, Suzana é mais um nome do segmento evangélico que vai somar no PSC Macaíba.

 

O vereador de Natal, Ney Lopes Jr., recebeu, nesta quarta-feira (25), o resultado negativo para o exame de Coronavírus. O diagnóstico confirmado pelos médicos foi de pneumonia, motivo pelo qual o parlamentar procurou o atendimento de saúde. O vereador deu entrada no Hospital do Coração no último domingo (22).

Nesta manhã, ele foi transferido para o apartamento da unidade de saúde, onde permanecerá em tratamento. A internação na UTI foi providência corretíssima recomendada pelo protocolo médico, diante de sintomas que teriam que ser esclarecidos.

O diagnóstico negativo do Coronavírus, é recebido pela família e amigos do Vereador como presente de Deus, já que hoje o parlamentar comemora seu aniversário.

“Fui aliado de primeira hora, durante todo o tempo. Mas não posso admitir que venha agora um presidente lavar as mãos e responsabilizar outras pessoas por um eventual colapso. Não faz parte da postura de governante.”

“Dizer que isso é um resfriadinho, uma gripezinha? Ninguém definiu melhor que Obama: na política e na vida, a ignorância não é uma virtude”, afirmou Ronaldo Caiado (DEM).

“Quando se tem uma crise desta proporção, a primeira palavra que a gente precisa ter é calma. E equilíbrio”, disse o ministro da Saúde.

O vereador Robson Carvalho promoveu ação de distribuição de sabão líquido dentro de um movimento de combate à covid-19. Até aí tudo bem.

Mas…

O vereador rotulou os frascos com sua FOTO nas quatro mil peças que estão sendo distribuídas, segundo ele, em áreas carentes de Natal (RN). Isso pode? É somente uma pergunta.

Blog do Robson Pires

 

 

Bolsonaro pede na TV 'volta à normalidade' e fim do 'confinamento em massa'

Contrariando tudo o que especialistas e autoridades sanitárias do país e do mundo inteiro vêm pregando como forma de evitar que o novo coronavírus se espalhe, o presidente Jair Bolsonaro criticou, em pronunciamento na noite desta terça-feira (24) em rede nacional de televisão, o pedido para que todas aqueles que possam fiquem em casa.

Bolsonaro culpou os meios de comunicação por espalharem, segundo ele, uma sensação de “pavor”. E disse que, se contrair o vírus, não pegará mais do que uma “gripezinha”.

Até a última atualização desta reportagem, consultado, o Ministério da Saúde ainda não tinha se manifestado sobre o pronunciamento do presidente.

“O vírus chegou, está sendo enfrentado por nós e brevemente passará. Nossa vida tem que continuar. Os empregos devem ser mantidos. O sustento das famílias deve ser preservado. Devemos sim voltar à normalidade. Algumas poucas autoridades estaduais e municipais devem abandonar o conceito de terra arrasada, a proibição de transportes, o fechamento de comércios e o confinamento em massa. O que se passa no mundo tem mostrado que o grupo de risco é o das pessoas acima dos 60 anos. Por que fechar escolas?”, declarou.

Segundo o presidente, “raros são os casos fatais de pessoas sãs com menos de 40 anos de idade. 90% de nós não teremos qualquer manifestação caso se contamine. Devemos sim é ter extrema preocupação em não transmitir o vírus para os outros, em especial aos nosso queridos pais e avós, respeitando as orientações do Ministério da Saúde”.

“No meu caso particular, pelo meu histórico de atleta, caso fosse contaminado com o vírus, não precisaria me preocupar. Nada sentiria ou seria, quando muito, acometido de uma gripezinha ou resfriadinho, como disse aquele famoso médico daquela famosa televisão. Enquanto estou falando, o mundo busca um tratamento para a doença.”

Na fala, Bolsonaro disse que os meios de comunicação espalharam “pavor” e provocaram “histeria” no país.

G1

O bacharel em direito, Iogo Queiroz, jovem com 33 anos será o nome do PSDB para disputar a Prefeitura de Jucurutu. O presidente do partido em Jucurutu, advogado Julinho Queiroz anunciou a filiação e o partido terá candidatura própria também no quarto maior colégio eleitoral do Seridó.

Iogo Queiroz que também é empresário do ramo de laticínios fortalece o PSDB no Seridó. Ele é filho do ex-prefeito Júnior Queiroz, que administrou três vezes Jucurutu e em 2012 deixou a gestão com alto índices de aprovação popular. Os vereadores Alan Garcia, Gilson Brito e Ioneide Queiroz também assinaram a ficha do partido e estão engrossando as fileiras do PSDB.

Vários pré-candidatos também vão fortalecer o PSDB em Jucurutu formando uma das maiores nominatas da cidade. Até o último dia do prazo, que se encerra na próxima sexta-feira (3) de Abril, muitas surpresas podem acontecer em Jucurutu.

Por decisão do Diretório Estadual, presidido pelo deputado Ezequiel Ferreira de Souza estão suspensos todos os grandes atos de filiação ao PSDB e encontros partidários com aglomeração em locais fechados. A medida atende às recomendações das autoridades de saúde para contenção da epidemia de coronavírus no país. A orientação devido o Coronavírus é que as filiações sejam realizadas nos municípios, sem aglomerações.