Política Arquivo

Prefeito Álvaro Dias anuncia que fará mudanças no secretariado

O Política em Foco destaca: Durante entrevista ao Band Cidade, da Band Natal, o prefeito reeleito de Natal Álvaro Dias anunciou que fará mudanças no primeiro escalão da sua gestão.

Ele não anunciou os nomes, mas afirmou que serão “pontuais” as alterações.

Arquivos Styvenson Valentim - Blog do Barreto

O portal Agora RN destaca uma discussão do senador Styvenson Valentim em seu instagram pessoal, confira.

União e a vitória  

Era 25 do mês de agosto quando terminamos de entrevistar o então pré-candidato a prefeito Emídio Júnior e logo em seguida conversamos sobre o cenário político. Conversa vai e conversa vem, questionamos Emídio sobre seu vice, naquele momento Emídio ainda não tinha o companheiro de chapa definido, mas sinalizou que queria Netinho França para formar a chapa.

Em um dado momento Emídio afirmou “Netinho sendo o vice, não tem pra ninguém”. O que Emídio disse naquela noite do dia 25 se concretizou.

A união dos dois vereadores resultou na maior votação política da história de Macaíba.

Retorno ao legislativo

Os ex-vereadores Luizinho e Aluízio Silvio foram eleitos e estarão a partir de 2021 com assento na Câmara Municipal. Luizinho voltou por cima, com a maior votação entre os candidatos e Aluízio após passar oito anos longe do legislativo foi o candidato do PSDB mais bem votado.

Suplentes

Os ex-candidatos Sérgio Lima (PL), Lula Canuto (MDB), Edma Maia (PSB), Jota Júnior (Cidadania), Ivanildo Cajazeiras (PSDB) e Ceyça Lima (PSC) não venceram o pleito, mas ficaram como os primeiros suplentes de seus respectivos partidos.

Destaque do pleito

Os vereadores eleitos Aroldo da Saúde (Cidadania) e Cacau (MDB) surpreenderam nas urnas. No meio político o nome de Aroldo não era cogitado entre os que fossem mais votado, mas ao término da apuração Aroldo surpreendeu como o candidato mais votado do Cidadania. Já Cacau, ex-assessor do eterno Gelson Lima, se tinha uma grande expectativa, mas todos sabiam que a disputa para Cacau não seria nada fácil, pois, ele disputava dentro do MDB com dois vereadores de mandato.

Outro vereador eleito que também se destacou foi Jailson Brito. O policial militar obteve 436 votos e através do coeficiente eleitoral do PSC, o mesmo conseguiu se eleger.

O empresário Jota Júnior foi um dos candidatos ao legislativo que também surpreendeu nas urnas. Filiado ao Cidadania, Jota teve 1.029 votos, por 51 votos, o suplente ficou de fora do legislativo.

O partido Cidadania foi uma das siglas com mais votos no pleito, mesmo tendo apenas um vereador de mandato.

Parabéns, vereadora Edma Maia! | Informativo Atitude

Não renovou o mandato

A vereadora Edma Maia foi a única entre os vereadores que disputaram à reeleição que não conseguiu renovar o mandato. Nas eleições de 2016, Edma teve 1.415 votos, neste domingo a vereadora viu sua votação cair para 670 votos.

Foi um ano de superação, tive limitações, dificuldades e obstáculos por motivos de saúde, não foi fácil, mas Deus esteve sempre ao meu lado, me guardando, protegendo, guiando e honrando!

A cada caminhada, a cada casa que eu era recebido da zona urbana a zona rural, a cada encontro a satisfação em receber o carinho do povo me fizeram ter mais força e garra para estarmos onde estamos hoje.

Agradeço primeiramente a Deus, minha família, meu grupo que incansavelmente batalhou conosco, aos amigos e os 2011 eleitores que confiaram no meu trabalho e me fizeram o mais votado na disputa ao legislativo neste ano de 2020.

Tivemos uma campanha limpa, pés no chão, sorriso no rosto, muita perseverança e com muita fé em Deus!

A cada um que acreditou, votou e torceu fazendo de mim o vereador mais votado do município, minha gratidão. Podem ter a certeza que honrarei com muita dignidade e honestidade cada um dos 2011 votos que a mim foram confiados.

Obrigado Macaíba!

Um guerreiro não foge a luta!

Luiz Gonzaga (Luizinho)

 

Neste domingo (15), foram reeleitos e eleitos dezessete candidatos, onde integram seis partidos políticos que estarão a partir de 2021 na Câmara Municipal de Macaíba. Veja a quantidade de assentos por partido.

 

Neste domingo (15), o deputado estadual Allyson Bezerra fez história ao vencer a disputa pela Prefeitura de Mossoró e conseguir derrotar a prefeita Rosalba Ciarlini. Veja como se saiu todos os candidatos a prefeito.

  • Alyson Bezerra (Solidariedade) – 65.297 votos (47,52%)
  • Rosalba Ciarlini (PP) – 59.034 votos (42,96%)
  • Isolda Dantas (PT) 8.051 (5,86%)
  • Claudia Regina (DEM) – 4.046 (2,94%)
  • Professor Ronaldo (PSOL) – 611 (0,44%)
  • Ceição (PTB) – 378 (0,28%)

Câmara congela salários de prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários – Folha de Macaíba

De acordo com o portal G1 todas as urnas foram apuradas, Luizinho foi o candidato a vereador mais votado nas eleições deste ano em Macaíba. Confira todos os dezessete candidatos eleitos para o legislativo.

Foram eleitos:

Luizinho (PSB), 2.011 votos

Erika Emídio (PL), 1.785 votos

Tafarel Freitas (PL), 1.639 votos

Dadaia (PL), 1.311 votos

Aroldo da Saúde (Cidadania), 1.261 votos

Socorro Nogueira (PL), 1.163 votos

Rita (PL), 1.157 votos

Denilson Gadelha (Cidadania), 1.089 votos

Jefferson Stanley (MDB), 981 votos

Cacau (MDB), 934 votos

Ismarleide (PSB), 881 votos

Igor Targino (MDB), 808 votos

Aluizio Silvio (PSDB), 800 votos

Catarina (PSDB), 772 votos

Zeca Cunha (PL), 700 votos

João de Damião (PSB), 698 votos

Jailson Brito (PSC), 436 votos

 

 

 

Convenção União por Macaiba homologar Emídio Jr para prefeito e Netinho França vice-prefeito - MACAÍBA NEWS

Com todas as urnas apuradas, Emídio Júnior e Netinho França foram eleitos prefeito e vice-prefeito de Macaíba. Emídio foi eleito com a maior diferença de votos da história política de Macaíba, ao todo o candidato obteve 22.868 votos. A ex-prefeita Marília Dias ficou em segundo lugar com  10.238 votos, seguida pelo Delegado Normando que teve 3.700 votos. Veja o restante da votação dos demais candidatos.

Fonte: Portal G1

 

 

Com 35,17% das urnas apuradas, a disputa pela Prefeitura de Macaíba segue da seguinte forma:

Emídio Júnior (PL), 62,53%

Marília Dias (MDB), 26,27%

Delegado Normando (PSC), 7,83%

Janssen Motos (Podemos), 1,97%

Bolinha da Federal (Rede), 1,12%

Poeta Repórter do Povão (PSOL), 0,28%

Muitos

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Neste domingo (15), 147,9 milhões de eleitores de todo o país, com exceção do Distrito Federal, vão às urnas no primeiro turno da eleição em que serão escolhidos os novos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de seus municípios. O segundo turno ocorre em municípios com mais de 200 mil eleitores quando nenhum dos candidatos a prefeito obtém, no primeiro turno, mais da metade dos votos válidos.

Mas você sabe o que pode e o que não pode no dia das eleições?

A Resolução no 23.610/2019 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a Lei nº 9.504/1997 esclarecem as regras.

Algumas condutas são, inclusive, consideradas crime eleitoral. São vedadas, por exemplo, todas as formas de propaganda no dia da votação.

O que pode

No dia da votação, é permitido o uso de bandeiras, broches, adesivos e camisetas com foto e número de candidato, desde que como manifestação individual e silenciosa da preferência.

O eleitor pode levar para a cabine de votação uma “cola” (lembrete) com os números dos candidatos escolhidos. A legislação também permite a manutenção da propaganda que tenha sido divulgada na internet antes do dia da eleição.

Ainda no dia da votação é permitido que, nos crachás dos fiscais partidários, constem o nome e a sigla do partido político ou da coligação a que sirvam, mas é proibida a padronização do vestuário.

O que não pode

Pela legislação eleitoral, no dia da votação, é proibido divulgar qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de candidatos.

Também não são permitidas, até o término do horário de votação, aglomerações de pessoas portando vestuário padronizado ou instrumentos de propaganda; caracterização de manifestação coletiva e/ou ruidosa; além de abordagem, aliciamento, utilização de métodos de persuasão ou convencimento; e distribuição de camisetas. Tais manifestações são proibidas com ou sem uso de veículos:

Constam ainda da lista de proibições no dia da votação o uso de alto-falantes, amplificadores de som; a realização de comícios, carreatas e o uso de qualquer veículo com jingles; a arregimentação de eleitores ou a propaganda de boca de urna; o derrame de santinhos e outros impressos nas seções eleitorais ou nas vias próximas, ainda que realizado na véspera da eleição; e a publicação de novos conteúdos ou o impulsionamento de conteúdo na internet, podendo ser mantidos em funcionamento as aplicações e os conteúdos publicados anteriormente.

Mesários

Aos servidores da Justiça Eleitoral, aos mesários e aos escrutinadores, é vedado o uso de vestuário ou objeto que contenha qualquer propaganda de partido político, de coligação ou de candidato, no recinto das seções eleitorais e juntas apuradoras.

Denúncias

Denúncias de irregularidades e crimes eleitorais podem ser feitas pelo aplicativo Pardal, criado pela Justiça Eleitoral, ou encaminhadas diretamente ao Ministério Público.

Segundo a Justiça Eleitoral, no dia do pleito, os juízes eleitorais e os presidentes de seção exercem poder de polícia, podendo tomar as providências necessárias para cessar qualquer irregularidade e inibir práticas ilegais dos candidatos e dos eleitores.

Agência Brasil

O Ministério Público Eleitoral (MPE) realizou operações simultâneas em três municípios potiguares neste sábado (14) visando combater o crime eleitoral da compra de votos. Em Angicos, foram encontrados e apreendidos R$ 33.950 de posse do candidato à reeleição para prefeito. Em Macaíba e em Serra de São Bento também foram cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços relacionados a políticos que também estão concorrendo ao pleito 2020. Nessas duas localidades foram apreendidos aparelhos celulares e dinheiro.

O montante, dinheiro em espécie, foi encontrado na casa do atual prefeito de Angicos. No local também foram apreendidos alguns documentos. Ainda foram apreendidos outros documentos no comitê da campanha e tijolos no clube municipal da cidade.

O MP Eleitoral havia movido ação cautelar antecedente com base em informação recebida por aplicativo de mensagem institucional e autuou notícia de fato para apurar o depósito irregular de materiais de construção no Clube Municipal de Angicos. O intuito dessa movimentação seria a distribuição entre os eleitores do prefeito candidato à reeleição em troca de votos.

O MP Eleitoral ainda recebeu um material em mídia no qual consta a promessa do prefeito em contratar os serviços de um eleitor caso este vote em sua chapa. Este eleitor, por sinal, foi ouvido na promotoria de Angicos. Para o Ministério Público Eleitoral, as circunstâncias revelam o possível uso da máquina pública para a captação ilícita de votos e o abuso de poder econômico/político.

Assim, a busca e apreensão foi permitida pelo Juízo local nos três endereços mencionados, sendo também feita busca pessoal no investigado, tendo como intuito apreender todo e qualquer objeto, eletrônico ou não, encontrado em seu poder que interesse a investigação em curso. O Juízo ainda autorizou a apreensão de dinheiro em espécie (desde que não fosse apresentada prova cabal de origem lícita), de automóveis (veículos automotores, terrestres, marítimos e
aéreos) de valor elevado se sobre tais recair suspeita de produto dos crimes, ou de coisas
achadas ou obtidas por meios criminosos e objetos necessários à prova da infração.

Macaíba
Em Macaíba, os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nos endereços de um vereador que está concorrendo ao cargo de prefeito no pleito 2020 e de um funcionário dele. Foram apreendidos dispositivos de informática que servirão para o prosseguimento de investigações sobre denúncia de compra de votos.

De acordo com o MP Eleitoral, com atribuições perante a 5ª Zona Eleitoral do Estado, há elementos indicativos que sugerem que os investigados vinham oferecendo vantagens indevidas em trocas de votos. Tais vantagens iam de exames médicos e locomoção para essas consultas e fornecimento de óculos corretivos para a visão.

Serra de São Bento
Em Serra de São Bento foram apreendidos um aparelho celular e uma quantia em dinheiro (R$ 1.900). O pedido de busca e apreensão requerido pelo Ministério Público Eleitoral da 15ª Zona Eleitoral, objetivou recolher elementos de provas indicativos da prática de captação ilícita de voto realizada na cidade durante campanha que antecede a eleição municipal de 2020 e foi realizada em quatro endereços.

A denúncia recebida pelo órgão ministerial foi formulada pelo Diretório Municipal do Partido Socialista Brasileiro (PSB), noticiando a distribuição de dinheiro em troca de votos e indicando as três pessoas ligadas a políticos que concorrem ao pleito implicados nessa prática criminosa. Áudios indicam o recebimento do montante de R$ 6 mil por uma eleitora, além de  “água encanada”, com a menção de que membros da família votariam na candidata à reeleição para prefeita em decorrência que foi recebido. A prática é considerada crime eleitoral tipificado no art. 299, do Código Eleitoral.

MPRN

Cidadão Macaibense: Macaíba: Polícias Civil, Militar e Força Nacional  combatem atuação de facções criminosas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acatou o pedido do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte de apoio das Forças Militares para mais sete municípios, visando a garantia da segurança no primeiro turno das Eleições Municipais 2020, que acontecerá no dia 15 de novembro. Em outubro, o TSE aprovou o envio para 113 municípios do RN. A lista pode ser acessada aqui.

A decisão foi determinada pelo Ministro Luís Roberto Barroso nesta sexta-feira (13), por ad referendum do plenário, tendo em vista a proximidade da data do pleito.O uso da força federal visa garantir o livre exercício do voto, a normalidade da votação e da apuração dos resultados nas Eleições 2020.

Os municípios que receberão este apoio são: Macaíba, São José de Mipibu, Vera Cruz, São Pedro, Canguaretema, Baía Formosa e Pedro Velho.

Não haverá união

Os candidatos Delegado Normando, Janssen Motos e Bolinha da Federal afirmaram que não existe nenhuma possibilidade de união com a ex-prefeita Marília Dias. Circulou durante esta quinta-feira (12) boatos que poderia haver uma união, porém, os três candidatos logo desmentiram e trataram como uma fake news (notícia falsa).

Emídio Júnior e Netinho festejam aniversário de Macaíba com grande passeata | Política em Foco

Vigília

A chapa encabeçada por Emídio Júnior e Netinho França realizam neste momento um ato político chamado de vigília. Concentrados na rua Nossa Senhora da Conceição, realizam um grande comício com uma significativa presença de simpatizantes e apoiadores.

Vigília II

A ex-prefeita Marília Dias também realiza comício no centro da cidade, especificamente no conjunto IPE, onde reúne todo o grupo de candidatos do MDB e PSDB. No evento também estar presente uma considerável presença de simpatizantes e apoiadores.

Redes sociais

A campanha deste ano ganhou mais espaço nas redes sociais, principalmente por causa da pandemia. Inicialmente os apoiadores de Emídio Júnior e Marília Dias estavam todos os dias discutindo nas redes sociais, cada um defendendo seu candidato, mas nesta reta final de campanha houve um crescimento considerável de apoiadores do Delegado Normando nessa disputa nas redes sociais.

A disputa segue embolada entre Emídio Júnior, Delegado Normando e Marília Dias.

Urna eletrônica: como funciona e principas polêmicas | Politize!

Momentos finais

A campanha que entrará para a história política de Macaíba está próxima de terminar. Todos os candidatos seguem buscando multiplicar os votos e a partir das 19h deste domingo (15) saberemos o resultado de todo esse trabalho realizado nos 45 dias de campanha.

Herdeiro político - Macaíba no ArMacaíba no Ar

Cacau desmente boato

O candidato a vereador Cacau nos enviou uma nota informando que não procede a informação que ele tenha deixado o grupo da ex-prefeita Marília Dias. A campanha de Cacau trata esse tipo de informação como boato.

Fora da disputa

Candidato a vereador, o contador Heriberto Melo desistiu de disputar o pleito na última semana de campanha. Em nota, Heriberto justificou que a retirada de sua candidatura ocorreu por orientações médicas.

Desistência no PSDB

Mais um candidato do PSDB anuncia desistência de disputar o legislativo. Djalma é o terceiro candidato do partido a retirar a candidatura e declarar apoio a chapa oposta ao seu partido. Para o legislativo, Djalma declarou apoio ao candidato Luizinho do PSB.

Apoio nacional 

A ex-ministra do Meio do Ambiente, Marina Silva, gravou um vídeo pedindo apoio para o candidato da Rede em Macaíba, Bolinha da Federal e sua vice Adála Diniz. Marina afirmou “Eles têm o compromisso de fazer uma gestão moderna, com um projeto de desenvolvimento sustentável para Macaíba”.

 

 

Arquivos Robinson Faria - Blog do Barreto

Após uma ação de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), o ex-governador Robinson Mesquita de Faria foi condenado à suspensão dos direitos políticos pelo período de 3 anos. A sentença é da 12ª vara Cível de Natal. Robinson Faria também foi condenado a pagar multa civil no valor de 25 vezes a última remuneração percebida enquanto governador e está proibido de receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de três anos.

Na ação, o MPRN demonstrou que houve omissão por parte de Robinson Faria por sete quadrimestres, a contar de janeiro de 2015, em adotar as medidas imperativas para combater a extrapolação do limite legal de gastos com pessoal. A ação de improbidade do MPRN teve por base dados do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que apontam o descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal.

O MPRN apontou que o ex-governador não detalhou despesas na publicação do Relatório de Gestão Fiscal, a denominada operação de “pedaladas fiscais”, o que configura ofensa ao princípio da legalidade.

Para o MPRN, houve dolo por parte de Robinson Faria em virtude da expedição de notificação oriunda do TCE, bem como de recomendação encaminhada pelo próprio MPRN para que o Governo do Estado se adequasse ao previsto na LRF.

Além disso, o então governador majorou gastos com pessoal, dando reajustes à categoria profissional dos procuradores do Estado e gratificação aos servidores da Secretaria de Estado da Tributação. Para o MPRN, esse ato administrativo se configurou ofensa ao princípio da impessoalidade, pois outras categoriais de servidores supostamente deixaram de receber as mesmas vantagens financeiras.

O Juízo da 12ª vara Cível de Natal determinou a intimação pessoal do ex-governador Robinson Faria para, no prazo de 15 dias, constituir novo advogado, considerando que não é mais representado pela Procuradoria-Geral do Estado. Em seguida, será concedido prazo para o ex-governador recorrer da sentença.