Política Arquivo

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up

O ex-secretário da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (SEMURB) e atual secretário de projetos especiais, Pedro Galvão, assumirá de forma interina a chefia de gabinete da Prefeitura de Macaíba. A informação foi publicada no boletim oficial do município desta última quarta-feira (04).

Através das redes sociais, o Governador Robinson Faria anunciou o início do pagamento dos salários de quem ganha até R$ 3 mil reais. Veja o que ele disse.

“Boa tarde, amigos! Vamos finalizar pagamento do 13º salário dos servidores estaduais que ganham acima de R$ 4 mil na próxima terça, 10, e na quarta, 11, pagamos os salários de dezembro para servidores, aposentados e pensionistas que ganham até R$ 3 mil. Continuamos com todo foco e economia, aguardando a confirmação de receitas para anunciar o pagamento das demais faixas salariais em breve. Com o pagamento do 13º e salários até R$ 3 mil, injetamos quase R$ 160 milhões na economia do RN, na próxima semana”, escreveu Robinson Faria.

Resultado de imagem para tulio lemos

A cidade de Macau recebeu uma arrecadação bruta estimada em R$ 8,7 milhões, no mês de dezembro de 2016, mesmo assim, a situação financeira da Prefeitura de Macau, herdada pelo novo prefeito Tulio Lemos é vexatória. Nesta terça-feira, 3, segundo dia útil ano, o prefeito foi informado do saldo de apenas três mil e seiscentos reais na conta única do município, já na saúde, o valor deixado pelo prefeito interino Einstein Barbosa foi de apenas treze mil e trezentos reais, enquanto que na conta dos royalties ficou um saldo inexpressivo de um mil e trezentos reais.

Repatriação
Os recursos na ordem de R$ 777.381,32, correspondentes à multa da repatriação, depositados na conta da prefeitura pelo Governo Federal, no último dia do ano de 2016 não foram encontrados na conta bancária. Lembrando que esse valor da repatriação chegou perto de R$ 1,3 milhão a mais nos cofres do município, incluindo aí que 1% foi descontado para o PASEP, 15% para a Saúde e 20% para Educação.

Manobra
Para a assessoria jurídica do prefeito Tulio Lemos, com o fechamento das agências bancárias no dia 30 de dezembro e impedido de colocar a mão no dinheiro público, Einstein usou de uma “manobra criminosa”, programando transferências bancárias para pagamento de fornecedores e prestadores de serviços, já no exercício de Tulio Lemos e chegou também a emitir cheques sem fundos para pagar servidores.

Cheque sem fundos para servidores

Sabendo que estava deixando as contas sem saldos suficientes para pagar os cheques que ele mesmo assinou, Einstein repetiu o que já havia feito em novembro de 2013, com uma única diferença, na época, os cheques sustados por ele tinham recursos deixados pelo prefeito afastado Kerginaldo Pinto nas contas para pagar os contratados, mesmo assim, o interino optou pelo calote.

Crimes contra a administração pública

“O ex-prefeito de Macau saiu da forma mais deprimente para um gestor público e praticou crimes de responsabilidade e de improbidade administrativa. Todos esses atos administrativos do ex-prefeito serão encaminhados ao Ministério Público, diante da gravidade e da irresponsabilidade cometida gerando inequivocamente crimes contra a administração pública em beneficio próprio e de terceiros.”, afirmou o constitucionalista Erick Pereira que hoje esteve reunido com o prefeito Tulio Lemos.

Blog do BG

Não se fala em outra coisa no “mundo político” de Macaíba se não for a votação da mesa diretora da Câmara Municipal. Correligionários da ex-prefeita Marília Dias e opositores ao governo estão desacreditado com alguns edis.

O vereador Emídio Júnior (PR) deixou alguns edis incomodados principalmente colegas da oposição. O vereador deixou claro sua posição em relação a votação da mesa diretora. Emídio tava certo no que disse, tá errado quem diz uma coisa e no voto faz outra.

“Eu não seria uma oposição verdadeira votando em Gelson”, disse o vereador Emídio Jr.

O prefeito Fernando Cunha deve anunciar em breve o novo secretário para o cargo de chefe de gabinete, Tales D`Oliveira, que ocupava a função desde janeiro de 2013, pediu exoneração.

Dr. fernando

Durante o tradicional discurso de posse, Fernando Cunha citou os principais desafios para serem trabalhados nesta nova administração, dentre eles, prosseguir com a pavimentação de ruas em áreas urbanas e rurais, projetos esportivos e culturais para crianças e adolescentes, incentivar a geração de novos empregos, atrair novas indústrias, expandir as câmeras de videomonitoramento e continuar melhorando os serviços de Educação e Saúde.

Para finalizar, o gestor municipal agradeceu à população que lhe confiou o destino da cidade por mais quatro anos e reiterou a responsabilidade de continuar trabalhando e melhorando a qualidade de vida do povo macaibense.

O Prefeito de Macaíba, Fenando Cunha, através do decreto 1805/2017 mantém a redução do horário de expediente da Prefeitura de Macaíba. O objetivo da redução do expediente visa continuar a redução de gastos com telefone, energia elétrica e material de consumo. O decreto não vale para o atendimento médico-odontológico e hospitalar e fiscalização de trânsito.

A redução vai de hoje (02) até 28 de fevereiro, conforme publicado no boletim oficial do município. O atendimento nas secretarias inicia a partir das 08hs e vai até 14hs.

O deputado estadual Álvaro Dias (PMDB) renuncia ao mandato de deputado estadual para assumir em janeiro o cargo de vice-prefeito de Natal. O parlamentar terá a cadeira substituída pela suplente e ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSB). A posse da deputada será nesta terça, 3 de janeiro, às 10h no gabinete da presidência na Assembleia Legislativa.

O ato de oficialização da posse será coordenado pelo presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) e contará com participação de deputados estaduais, autoridades e convidados da empossada.

Larissa Rosado foi eleita deputada estadual nos anos de 2002, 2006 e 2010 e assumirá o quarto mandato como parlamentar por ser a atual primeira suplente da coligação.

ALRN

Fotos: Diário de Macaíba/ Emídio, Zeca, Igor e Denilson

A nova oposição em Macaíba iniciou 2017 toda desarticulada e fragilizada. A votação para mesa diretora da Câmara Municipal de Macaíba deixou bem claro que a oposição na cidade está rachada e sem identidade, com quatro vereadores, dois votaram a favor do Gelson Lima (da bancada governista) e dois votaram contra, deixando bem claro que o caminho não era votar no candidato da situação.

Nas redes sociais o fato gerou comentários negativos para parte da oposição, questionamentos já estão sendo feitos e o eleitorado opositor  já critica os vereadores eleitos pela oposição. Emídio Júnior (PR) e Zeca Cunha (PRTB) votaram “não” para recondução de Gelson à frente do legislativo.

 

Sidney Silva

O prefeito eleito, Robson Araújo (Batata), chegou para sua posse em Caicó de moto-táxi, conforme havia prometido. Batata como é mais conhecido,  é radialista e ex-vereadora agora da capital do Seridó.

img_3660

Em sessão realizada em frente da Prefeitura de Macaíba, o prefeito Fernando Cunha e o vice-prefeito eleito, Auri Simplício, foram empossados no início da noite de hoje (01) para administrar o município a partir de hoje até 31 de dezembro de 2020.

Fernando Cunha (PSD) inicia hoje o quarto mandato à frente do poder executivo macaibense, já Auri Simplício (DEM) pela terceira vez como vice-prefeito.

img_3662

img_3657

Foto: Câmara Municipal de Macaíba

Aconteceu na tarde de hoje (01), a posse dos quinze vereadores eleitos em outubro do ano passado para Câmara de vereadores de Macaíba. Logo em seguida foi realizada votação para mesa diretora, onde teve chapa única, onde o atual Presidente da Câmara, Gelson Lima (PSB), foi reconduzido ao cargo de presidente do legislativo por dois anos.

Gelson Lima contou com votos da base governista e da oposição, dos quinze vereadores, Gelson só não teve o voto de Emídio Júnior (PR) e nem de Zeca Cunha (PRTB). A sessão ocorreu no Auditório do Pax Club.

Fernando, Carlos e Rosalba

Em todo o país mais de cinco mil prefeito eleitos e reeleitos em outubro de 2016 tomarão posse para administrar o executivo de suas cidade no período de 2017 a 2020. No Rio Grande do Norte três grandes cidades serão administradas por políticos que ficaram a frente da mesma prefeitura por três mandatos, sendo eles, Fernando Cunha em Macaíba, Carlos Eduardo Alves em Natal e Rosalba Ciarlini em Mossoró.

Em Macaíba, Fernando Cunha (PSD) foi reeleito para o quarto mandato, o médico foi eleito pela primeira vez na cidade em 2000. Em Mossoró, a ex-prefeita, ex-senadora e ex-governadora, Rosalba Ciarlini (PP) volta administrar a segunda maior cidade do estado após ter saído com altos índices de reprovação a frente do governo do estado, a volta de Rosalba Ciarlini a um cargo público mostra superação da Rosa.

Na capital do estado, o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) também foi reeleito. Carlos deixou a prefeitura em 2008, quando sua candidata Fátima Bezerra perdeu para Micarla de Sousa, com um governo desastroso e alto índices de reprovação, Micarla foi afastada pela justiça antes de terminar o mandato, com uma campanha afirmando ter experiência e de colocar natal nos trilhos, Carlos Eduardo voltou administrar Natal em 2013.