Política Arquivo

Ainda repercute em Macaíba a fala do padre João Paulo pela omissão dos políticos (prefeito e vereadores) sobre a tentativa de uma vizinha da paróquia de não querer a realização da festa da padroeira. Segundo o Macaíba Independente, o padre durante a missa foi bem claro que a igreja católica não teve nenhum apoio dos políticos. A igreja teve apenas apoio  dos fies  que fizeram uma grande campanha nas redes sociais mostrando indignação com o fato.

O fato já foi resolvido no dia de ontem (23), onde a igreja fechou um acordo com a vizinha da paróquia e a festa será realizada normalmente.

O repórter da Connect TV também mostrou sua indignação criticando os políticos e os eleitores que vendem o voto. Veja o que fala Victor Carvalho.

 

Segundo o Blog Informativo Atitude, os vereadores da Câmara Municipal de Macaíba  terão que pagar quase R$ 900 mil reais. Pois em 2010, a câmara fez uma  compensação indevida da Previdência e, por isso, o município foi obrigado a parcelar o débito. O débito é referente ao tempo que o ex-vereador Thomas Sena (PRP) foi presidente do legislativo macaibense.

Os vereadores terão que pagar por mês R$ 1.147,47, referente ao débito, que foi parcelado em 60 meses. Até o momento Thomas Sena não se manifestou sobre o caso.

Sem título-1

Na última sexta-feira (20) o editor deste blog foi cumprimentado pelo Presidente da Federação dos conselhos comunitários, Nerivaldo Monteiro, dentro do salão Marrone Cabelos, onde o editor deste blog esperava para cortar o cabelo, ao ser cumprimentado por Nerivaldo,  logo em seguida o mesmo ouviu  “deixei o PC do B” e “estou analisando sua proposta”. O mesmo foi bem claro, “deixei o PC do B”. A proposta que Nerivaldo se refere é  um ciclo de debates que à Rede, partido o qual Mário Victor é coordenador e vem realizando o mesmo convite a outras pessoas para tratar sobre segurança pública, mudanças climáticas, ciclo de debates este já realizado no IFRN e que deve ser realizado em Macaíba no próximo ano com profissionais da área.

Este esclarecimento está sendo feito após o editor do Macaíba no Ar  ler que ao blog Senadinho Macaíba, Nerivaldo Monteiro disse não pretender deixar o partido, sendo que ao editor deste blog ele disse ao contrário. Queremos saber se existe duas verdades.

Agora RN – Dois anos após a representação feita pelos vereadores denunciando a existência de 208 cargos fantasmas na Câmara Municipal, ainda não se tem informações sobre mudanças na estrutura de cargos da casa legislativa, nem sobre o andamento do processo (194/14), que corre em sigilo no âmbito do Ministério Público (MPRN). A vereadora Amanda Gurgel (PSTU), que entrou com a representação em conjunto com a vereadora Eleika Bezerra (PSDC) e Marcos do PSOL, criticou a falta de “transparência” da Câmara no que se refere aos cargos comissionados da Mesa Diretora.

“Não temos informações algumas se houve mudanças nos cargos que foram encontrados, não temos informações sobre isso, porque a lotação dos cargos comissionados é atribuição da Mesa Diretora. São 156 cargos que ficam à disposição da Mesa e os demais vereadores não têm autoridade sobre isso. Não existe qualquer transparência nos critérios para distribuição interna. Não temos qualquer informação”, disse Amanda Gurgel.

Em relação ao processo que apura a denúncia dos cargos fantasmas, a vereadora afirmou que esteve há cerca de dois meses no Ministério Público e foi informada apenas que o processo estava tramitando. No entanto, não foram repassados mais detalhes sobre o andamento processual. “O promotor disse que estava sob investigação, mas não disse quais medidas e iniciativas estão sendo tomadas para apurar essa questão”, revelou a vereadora.

Líderes de seis partidos na Câmara – DEM, PSDB, Rede, PPS, PSB, Psol – fecharam questão hoje (24) e anunciaram que oficialmente vão obstruir todas as votações da Casa enquanto o presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) se mantiver no cargo.

O grupo, que esteve reunido durante mais de uma hora para alinhar uma posição de protesto, informou que sequer participará da reunião do Colégio de Líderes, que tradicionalmente ocorre no início da tarde das terças-feiras, quando as legendas definem as votações da semana.

“Vamos comunicar que estamos nos retirando da reunião para ir ao Conselho de Ética e dar todo o apoio. Saindo de lá, vamos a plenário em obstrução total”, afirmou o líder do PPS, deputado Rubens Bueno (PR). O parlamentar acrescentou que a obstrução às votações não atingirá a sessão do Congresso Nacional, marcada para 19h para apreciação de vetos presidenciais.

Cunha é acusado de adotar manobra para prejudicar a reunião do Conselho de Ética de quinta-feira ( 19 ), quando o colegiado apreciaria parecer preliminar do deputado Fausto Pinato (PRB-SP), que recomendou a continuidade das investigações das denúncias contra o presidente da Câmara.

Em plenário, Eduardo Cunha abriu a Ordem do Dia. anunciando que as sessões em todas as comissões foram declaradas encerradas pouco antes das 11h para início das votações.

Segundo secretário da Mesa, o deputado Felipe Bornier (PSD-RJ), que presidia a Câmara, decretou o cancelamento da reunião do Conselho de Ética, provocando confusão no plenário. Centenas de parlamentares criticaram a decisão. Em protesto, alguns ficaram de costas para a mesa de comando do plenário. Outros, atendendo apelo da deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP), que ocupa a Terceira Secretária da Mesa, deixaram o local em direção à sala do Conselho, a fim de tentar retomar a reunião.

Mendonça Filho, líder do DEM, chegou a classificar o sentimento do grupo de parlamentares de “revolta com a forma como a presidência da Casa foi usada para inviabilizar o Conselho de Ética”.

Para Alessando Molon (Rede-RJ), o episódio mostrou que Cunha está usando a presidência para inviabilizar o trabalho do Conselho de Ética. “Diante do que ocorreu semana passada, não podemos voltar atrás. Obstruiremos todas as votações a partir de agora e vamos ao procurador-geral da República (PGR), a quem pediremos o afastamento do presidente.”

O grupo, que também inclui os líderes Chico Alendar (PSOL-RJ) e Carlos Sampaio (PSDB-SP), entre outros parlamentares, marcou uma audiência com o procurador Rodrigo Janot para amanhã (25), às 18h. “Vamos noticiar os fatos”, adiantou Chico Alencar.

Ler mais…

Robério Paulino foi anunciado pelo seu partido, o PSOL, que disputará as eleições de 2016. Pré-candidato Robério vem fazendo fortes criticas ao prefeito da capital, Carlos Eduardo. Para 2016 o partido socialista planeja está aliado a algum partido até para poder manter no mínimo duas cadeiras na câmara, hoje o partido têm três vereadores, Mauricio Gurgel, Sandro Pimentel e Marcos Antônio, este último punido esta semana por receber uma “cota” dos salários dos seus assessores, onde sofrerá censura pública como punição dada pela Câmara Municipal de Natal.

O Psol busca dialogar com PSDC, PSTU e REDE, para tentar fechar uma aliança, mais está difícil, pois o partido da professora Amanda Gurgel (PSTU) pretende sair só, já na Rede, o partido também não está disposto a ser vice, onde já até anunciou o pré-candidato a prefeito, o porta-voz Freitas Júnior.

Agência Brasil – Em documento enviado hoje (23) à Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional, o governo estimou queda de 1,9% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano que vem. A previsão substitui a proposta anterior de 0,2%, em análise na CMO. Os números do documento, enviado pelo Ministério do Planejamento, trazem a revisão dos parâmetros econômicos que subsidiam a elaboração da proposta orçamentária para 2016.

No documento, o governo também apresentou uma nova previsão para a inflação oficial no ano que vem. Pelo texto, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) mudou dos atuais 5,4% previstos no acumulado do ano que vem para 6,47%, o que mostra uma previsão de inflação mais alta do que a consta na proposta orçamentária encaminhada ao Congresso.

O governo também está projetando uma queda da atividade industrial de 2,7% em 2016. Anteriormente, a projeção era um crescimento de 0,36%. Em relação às previsões para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) que era 5,2% a previsão agora aumentou para 5,52%. Esse índice é usado para os reajustes do salário mínimo.

As novas projeções encaminhadas ao Congresso serão agora analisadas pelos relatores da receita e da despesa da proposta orçamentária para 2016, na CMO, senador Acir Gurgacz (PDT-RO) e deputado Ricardo Barros (PP-PR), respectivamente.

O ex-vereador Thomas Sena (PRP) já deve está fechando em qual palanque ficará junto de sua esposa, a vereadora Kátia Sena. Tudo  está caminhando para que Kátia Sena  em 2016 apoie à ex-prefeita Marília Dias (PMDB). Mesmo não estando mais no PMDB, Sena não perderá tempo em articular o melhor palanque da oposição para ficar, e a amizade política com a gestora de Macaíba não vem de hoje.

O “jornalista dos vídeos” continua derrubando a gestão de Coité, desta vez o mesmo anda espalhando que os equipamentos instalados na vila atrasada é só uma fachada. Só fizeram  porque os dois edis colocaram pressão. A cada dia esse tipo de aliado está mais insatisfeito, mais não é difícil de encontra-lo no palácio da falecida poetisa.

A polêmica da semana em Macaíba foi um pedido da não realização da festa da padroeira da cidade, realizada pela igreja católica. Segundo comentam na cidade, o pedido foi feito por uma vizinha da igreja matriz,  diante da repercussão do caso, a própria igreja criou nas redes sociais uma campanha em prol da festa, realizada todos os anos e que serve  também vender produtos para manter a instituição religiosa.

Hoje (23) as partes envolvidas no caso se sentaram e chegaram a um acordo, onde a festa será realizada normalmente.

Nota

“È nosso desejo e interesse fazer público que hoje, em audiência com o Ministério Público desta cidade, compareceram o padre Assis, Dr. Julio cezar , Dra. Rosane e os senhores secretários de urbanismo e meio ambiente.

O clima desta Reunião demonstrou-se propicio e as partes demonstraram grande interesse em dialogar , o que resultou em um acordo que satisfez a todas as partes.
A paróquia de Macaíba, através de seus pastores, declaram que nunca foi interesse de sua amiga, Dra Rosane , que a festa da padroeira não acontecesse .

Por ultimo também é pedido desses mesmos padres e também do seu conselheiro jurídico Dr Julio Cezar que todos aqueles que venham tomar conhecimento dessa nota divulguem-na e a façam a todos chegar para dar fim a qualquer mal entendido.

Por derradeiro, convidamos a todos aqueles que participam da festa de nossa padroeira , participem este ano com o espírito renovado de amor ao próximo e a Deus”.

 

Imagem Ilustrativa

Não é difícil ver em Macaíba bicicletas presas a árvores ou em placas de sinalização. O motivo é óbvio, não existe nenhum bicicletário na cidade implantado pelo poder público, seja da prefeitura ou governo do estado. Em uma cidade que passou dois anos em estudo para fazer um plano de mobilidade, não é para se esperar muito coisa. E mesmo depois desse plano pronto, que tem prazo para ser implantado em até dez anos, não sabemos se nele tem algum projeto para os ciclistas. Ao ver todos os dias trabalhadores e estudantes utilizando árvores e placas de sinalização para poder deixar suas bicicletas estacionadas, questionamos a prefeitura de Macaíba quando essa parcela da população que usa a bicicleta como  veículo de locomoção não poluidor, vai ter um ou vários bicicletários para poderem deixarem suas bicicletas?

Hoje o único bicicletário existente na cidade foi feito pelo Banco Caixa Econômica Federal, bastante utilizado por clientes e não clientes do banco estatal. Na própria prefeitura da cidade as bicicletas ficam presas a grades das janelas do prédio ou em árvores, mais existe pessoas que trabalham lá e utilizam bicicleta, só não viu quem tem uma visão fechada ao mundo moderno e sustentável.

Por Mário Victor.

A deputada federal Eliziane Gama  (Rede-MA) anunciou ontem (19) que irá protocolar nas próximas horas representação na Procuradoria Geral da República pedindo o afastamento de Eduardo Cunha  (PDMB /RJ) da presidência da Câmara.

A alegação é de que o peemedebista tem usado o cargo para atrapalhar o andamento processo de cassação que tramita contra si no Conselho de Ética da Casa.

“O presidente Cunha tem feito manobras, no exercício do cargo, para dificultar a tramitação do processo por quebra de decoro.  Exemplo claro disto foi a decisão de cancelar a sessão do Conselho de Ética. Além disto, tem usados diversos recursos de que dispõe na Mesa Diretora para sua defesa pessoal. Vamos pedir ao STF, por meio do procurador Janot, para que se posicione a este respeito”, adiantou Eliziane.

A deputada é suplente do Conselho de Ética da Câmara e seu partido é um dos autores da representação contra Eduardo Cunha no colegiado.

Foto: Claudio Marques

A ex-prefeita Marília Dias parece ter acordado e viu que pode perder tanto o comando do PMDB municipal em Macaíba, quanto perder o posto de candidatura natural ao executivo em 2016. A falta de articulação política na campanha de 2014 em Macaíba, tendo a ex-prefeita como coordenadora do então candidato ao governo Henrique Alves, mostrou a fragilidade que a ex- gestora  tem para articular apoios e alianças. E se essa fragilidade continuar, o ex-conselheiro Valério Mesquita passará como um trator por cima da possível candidatura de Marília Dias. A articulação do filho de família tradicional de Macaíba é tão grande que o mesmo já conseguiu abrir diálogo com setores mais fechados da terra de Augusto Severo.

Vendo que sua candidatura pode ir embora por causa da articulação política de Valério, Marília Dias já saiu em busca de apoio, o primeiro vem do deputado Estadual José Adécio (DEM), que afirmou que sua prefeita em macaíba é Marília Dias. Nos bastidores da política comentam que à ex-prefeita do PMDB ainda está longe de afastar  a possibilidade da candidatura de Valério, um dos trunfos de Marília Dias será as pesquisas de intenção de voto, onde neste caso ela sairá na frente.

Outro ponto importante que Marília Dias está perdendo para seu colega de partido são as lideranças simpatizantes do PMDB. “

Brasília - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa do 3 Congresso Nacional da Juventude do PT (Antonio Cruz/Agência Brasil)

Em discurso no 3º Congresso Nacional da Juventude do PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que é hora de os jovens lutarem e pediu que apoiem o governo da presidenta Dilma Rousseff.  “Um congresso como esse tem que sair propondo alguma coisa mais forte para o interesse da juventude. Apenas escrever fora Levy [em referência ao ministro da Fazenda, Joaquim Levy], fora PMDB, é muito pouco”, disse a aproximadamente 600 jovens de todo o país, reunidos hoje (20) em Brasília.

Antes da chegada de Lula ao evento, os jovens gritavam pedindo a saída do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e de Joaquim Levy. Eles exibiam cartazes também com os dizeres “Nem Meirelles [em alusão ao ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles], nem Levy”, em que defendiam a saída do atual do ministro. Meirelles foi citado em reportagens publicadas na imprensa como nome cotado para substituir Levy no comando da Fazenda.

Ler mais…