Educação Arquivo

O neurocientista brasileiro, Miguel Nicolelis, lança no dia 22 deste mês o livro “Made in Macaíba” contando a história do projeto do Instituto Internacional  de Neurociências de Natal Edmond e Lily Safra que está instalado grande parte  em Macaíba, região metropolitana de Natal. O instituto conta com uma escola de educação cientifica, a Escola Alfredo J. Monteverde, um Centro de Saúde, o Anita Garibaldi, voltado atenção primária da saúde da mulher, um centro de pesquisas, além de no futuro próximo contará com um grande Campus do Cérebro que está em construção na zona rural da cidade.

O livro será lançado no Museu de Arte de São Paulo, a partir das 19:30hs e contará com a presença do Miguel Nicolelis, maior cientista brasileiro da atualidade no mundo.

O Programa de Pós-Graduação em Produção Animal da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em parceria com a Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), abriu inscrições para o processo de seleção para curso de Mestrado Acadêmico em Produção Animal. São oito vagas distribuídas entre cinco linhas de pesquisa

As inscrições devem ser realizadas até o dia 19 de fevereiro pelo Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa) na aba Stricto Sensu. O candidato deve indicar a linha de pesquisa para a qual deseja concorrer. Os documentos necessários estão listados no edital disponível também no endereço do Sigaa.

O processo seletivo será realizado em duas fases, uma eliminatória e outra classificatória, nas quais serão atribuídas notas de 0 a 10 em cada prova, sendo as fases avaliadas pela média ponderada. As avaliações serão aplicadas na Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Produção Animal localizada na Escola Agrícola de Jundiaí, campus de Macaíba.

Portal UFRN

Através do Edital 2/2016, O Serviço Social do Comércio (SESC/RN), está selecionando estagiários de diversas áreas de atuação.

Em Macaíba, as oportunidades são para estágios nas áreas de Biblioteconomia, Educação Física e Pedagogia.

Os estudantes de Biblioteconomia devem estar cursando a partir do 4º período. Já os estudantes de Educação Física e Pedagogia devem estar cursando a partir do 5º período, segundo o edital.

Os interessados deverão entregar seus currículos na unidade do SESC Macaíba, localizada na Rua Professor Caetano, s/nº, Centro, até a data de 05 de fevereiro, no horário entre 8h e 17h. Mais detalhes aqui: http://www.sescrn.com.br/oportunidade.php

Andry Morais

Fonte: Portal SESC/RN

A pró-reitora de Extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Maria de Fátima Freire de Melo Ximenes, participou na manhã dessa quarta-feira, 3, da reunião com a UNESCO em Brasília, sobre estratégias para derrotar o Aedes aegypti.

Ontem, 2 de fevereiro, pró-reitores de extensão das instituições federais de ensino superior relataram ao ministro da Educação como as instituições enfrentam o mosquito transmissor de doenças, como dengue, zika vírus, febres chikungunya e amarela, e, possivelmente, a microcefalia.

Fátima Ximenes entregou um documento ao ministro Aloísio Mercadante, detalhando o trabalho da UFRN; expôs o esforço de servidores e alunos da UFRN contra a proliferação do mosquito; as pesquisas, os protocolos para diagnóstico de doenças causadas pelo mosquito, capacitações para identificação da microcefalia, brigadas de combate aos focos do Aedes e campanhas educativas sobre o assunto, além do planejado para este ano.

Educomunicação

Entre os destaques estão as ações de educomunicação que envolvem tecnologias e plataformas para a formação de pessoas para esse esforço, sob a responsabilidade dos professores Ricardo Valentin (pesquisador) e Carmem Rêgo (secretária de EaD/UFRN); campanhas de educação cidadã desenvolvidas pela Superintendência de Comunicação da UFRN e veiculadas pelos canais de comunicação pública, como a TVU e a Rádio Universitária FM, e a cobertura institucional sobre o assunto pela Agência de Comunicação (AGECOM/UFRN) e Assessoria de Comunicação da Reitoria (ASCOM-REITORIA/UFRN).

Em números, 35 notícias sobre o assunto foram veiculadas pela TVU até 31 de janeiro de 2016. A clipagem diária da mídia impressa regional, a cobertura da Rádio/Portal do MEC e do Portal da Andifes a esse trabalho da UFRN; dos meios institucionais e mídias sociais da UFRN, e da radiodifusão regional. Enquanto mídia de apoio, 25 portais, sites e blogs cobrem diariamente o que a universidade faz contra o Aedes aegypti.

Andifes na luta

Presente à reunião, a diretoria da Associação Nacional de Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) entrou na batalha contra o mosquito Aedes aegypti e firmou convênio com o Ministério da Saúde. O objetivo é qualificar profissionais quanto às respostas sobre ocorrência de microcefalia relacionada com infecção pelo vírus Zika.

“Doenças não respeitam fronteiras e há anos muitos professores e grupos de pesquisas já estão envolvidos com essa temática”, disse a presidente da Andifes, Maria Lúcia Cavalli Neder, reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), para quem “o combate ao mosquito é uma tarefa contínua, de todos, em todos os lugares”.

Portal UFRN

Os interessados em concorrer às vagas remanescentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) têm até esta sexta-feira, 29, para manifestar interesse em participar da lista de espera do SiSU. Dessa forma, os candidatos poderão ser reclassificados de acordo com as vagas que não foram preenchidas pelos convocados na primeira chamada, cujo cadastramento encerrou na última quarta-feira, 27, e contou com mais de 67% de comparecimento. O número, considerado positivo, foi superior a 2015.

De acordo com a pró-reitora de Graduação, Maria das Vitórias Vieira Almeida de Sá, todos os 107 cursos de graduação da UFRN ainda têm vagas disponíveis para a segunda chamada. A lista será divulgada no dia 5 de fevereiro, e o cadastramento será realizado entre os dias 15 e 18. A participação na lista de espera vale apenas para a primeira opção de curso escolhida e deve ser feita no site sisu.mec.gov.br.

Portal UFRN

Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil 

Balanço divulgado hoje (27) pela Controladoria-Geral da União (CGU) mostra que, desde 2003, foram desviados R$ 2 bilhões destinados à merenda e ao transporte escolar em diversos municípios no país. Os recursos foram desviados de programas federais que recebem repasses da União.

Os ministérios da Justiça, da Educação e a CGU assinaram uma portaria conjunta estabelecendo medidas para combater as irregularidades e atuar na fiscalização desses recursos.

Ao todo, 2,7 mil municípios foram fiscalizados durante esse período. Em 199 deles foram constatadas irregularidades. Em operações conjuntas feitas pela CGU e Polícia Federal, foram presas 350 pessoas. A GCU citou, como exemplo, cinco municípios que, juntos, tiveram um prejuízo estimado em R$ 380 milhões, no período: Sermão aos Peixes (MA), onde foi constatado o desvio de R$ 114 milhões; Infecto (BA), de R$ 90 milhões; Fidúcia (PR), de 70 milhões; Cauxi (AM), de R$ 56 milhões; e, Carona (PE), R$ 50 milhões.

“A corrupção retira recursos públicos que servem para atender as demandas da sociedade. É indiscutivelmente mais grave e doloso quando se vê desvio de verbas na educação e, ainda mais, em áreas como merenda e transporte. Estão minando a possibilidade que o jovem ou a criança venham a ter um futuro melhor”, disse o ministro interino da CGU, Carlos Higino Ribeiro de Alencar.

A CGU constatou, nesses municípios, a relação entre a má gestão e o desempenho dos alunos. A média dos Índices de Desempenho da Educação Básica (Ideb) onde há corrupção é menor que a média nacional. A média nacional é 5,2, enquanto nos locais onde foi constatada fraude nos programas é 3,55.

Alencar disse que, em muitas das cidades visitadas, foi constatada ainda má gestão, o que não necessariamente configura crime. Ele citou, como exemplo, o mau condicionamento dos alimentos que seriam servidos às crianças e a falta de zelo dos gestores com os programas.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou que os desvios foram feitos de recursos enviados diretamente a estados e municípios por meio de ações como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e o Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate). Pelo primeiro, o Ministério da Educação (MEC) transfere uma complementação de R$ 0,30 a R$ 1,20 por aluno e, pelo segundo, além de comprar ônibus e outros meios de transporte, o MEC transfere recursos para custeio.

Em 2016, a pasta vai investir R$ 3,6 bilhões em alimentação e R$ 600 milhões em custeio do transporte, que inclui tanto verbas para gasolina, quanto para aluguel de veículos, em algumas localidades.

Medidas de combate à corrupção

Para combater os desvios, MJ, MEC, CGU, PF atuarão juntos. A portaria assinada hoje tem o objetivo de aumentar tanto o rigor em relação aos repasses para alimentação, transporte e  fiscalização nos municípios.

“Estamos criando uma força-tarefa. Vamos aumentar o patamar das nossas ações e ampliar a investigação. Nossas áreas de inteligência darão mais atenção a isso”, ressaltou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. O ministro interino da CGU destacou que as operações serão ampliadas. O MEC também vai ampliar o controle e monitoramento da gestão desses recursos.

O primeiro Plano Estadual de Educação do Estado (PEE) do Rio Grande do Norte foi sancionado nesta quarta-feira (27) pelo governador Robinson Faria. O PEE contempla as ações que deverão ser executadas pelo Estado nos próximo dez anos para melhorar o sistema educacional como um todo.

O Plano Estadual de Educação foi trabalhado durante todo o ano de 2015, pelo Governo do Estado através da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (SEEC) em amplas discussões e conferências envolvendo as escolas municipais, estaduais e federais, representações de classe, os municípios e o Governo Federal representados no Forum Estadual de Educação.

O PEE contempla 21 metas para as redes de educação municipal, estadual e federal, entre elas a alfabetização de crianças de 6 a 8 anos, o aumento em 300% das matrículas no ensino profissional, a ampliação das vagas para crianças de 0 a 3 anos em creches e a valorização da carreira do magistério.

“O Plano Estadual de Educação é um protagonismo coletivo e de cidadania, do Governo do Estado e da sociedade, escolas, universidades, municípios, em prol da educação. O governo confiou no Forum Estadual de Educação, exercendo sua prática democrática e do diálogo. E também na Assembleia Legislativa que aprovou a Lei agora sancionada que institui o PEE”, afirmou Robinson Faria, para acrescentar: “Parabenizo a todos os envolvidos e ressalto que o mérito é de todos nós, do governo e da sociedade, que atuaram juntos e vão continuar atuando para melhorar a educação no nosso Estado”.

O secretário de educação, Francisco das Chagas Fernandes disse que desde o início de 2015 a administração estadual decidiu destravar o debate do PEE e concluir sua elaboração através de discussões e coleta de sugestões em conferências municipais e intermunicipais e com o envolvimento direto do Forum. “Agora temos metas definidas e as formas de alcançá-las. Tudo que precisa ser feito está definido”, explicou.
A presidente do Forum Estadual de Educação, professora Márcia Gurgel, disse que “o PEE vai orientar a educação em todas as dimensões e esferas no Rio Grande do Norte, incluindo as formas de financiamento, com ele vamos melhorar a qualidade da educação”.
Para a senadora Fátima Bezerra, o Plano “é a concretização da luta para avançar no direito à educação e para oferecer aos jovens uma melhor educação de base, profissional e superior”.

Também presente na solenidade, o deputado estadual Fernando Mineiro destacou que o PEE “é um avanço importante, um desafio e uma ousadia, com o objetivo de oferecer mais qualidade no ensino”.

 

A Escola Agrícola de Jundiaí, unidade acadêmica de Ciências Agrárias da UFRN, realiza, nesta quarta-feira, 27, em sua quadra poliesportiva, às 8h, o I Fórum Informativo sobre o Pronatec Jovem Aprendiz.

Fruto de uma parceria entre a Secretaria da Micro e Pequena Empresa e os ministérios da Educação, do Desenvolvimento Social (MDS) e do Trabalho e Emprego (MTE), o Pronatec Aprendiz é um desdobramento do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronatec) que vai beneficiar jovens de 14 a 24 anos em todo o país.

A Escola Agrícola oferta 41 cursos do Pronatec Jovem Aprendiz nos Municípios de Natal e Mossoró. Durante o evento, especialistas e dirigentes do programa vão debater a inserção de jovens no mercado do trabalho do Rio Grande do Norte.

Estarão presentes no evento representantes de órgãos como MTE, MDS, Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (Condica/RN), Secretaria de Educação do Estado (Seec), além de colaboradores do Pronatec/EAJ/UFRN.

Pronatec Jovem Aprendiz

O Pronatec Jovem Aprendiz na Micro e Pequena Empresa é um programa criado pelo Governo Federal para dar qualificação profissional e promover a entrada de jovens no mundo do trabalho.

Em sua primeira etapa, o programa vai disponibilizar 15 mil vagas distribuídas em 81 municípios brasileiros considerados mais violentos pelo mapa da violência. A lista de cidades, cursos, ocupações contempladas e contato das instituições será divulgada pela Secretaria da Micro e pequena empresa (www.smpe.gov.br)

O Jovem aprendiz deve ter entre 14 e 24 anos e estar matriculado na rede pública de ensino. Terão prioridade no Programa jovens em situação de vulnerabilidade social.

Portal UFRN

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) publicou na última sexta-feira, 22, o resultado final do Processo Seletivo 2016 para os cursos de Dança, Música e Teatro, opções que requerem Teste de Habilidade Específica (THE).

Ao todo a oferta foi de 146 vagas, distribuídas da seguinte maneira: Dança (40), Música Canto (2), Música Instrumento (24), Música (40) e Teatro (40). As matrículas devem ser feitas nos dias 3 e 4 de fevereiro, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, na Escola de Enfermagem, situada no Campus Central da UFRN. Em caso de vagas remanescentes, uma segunda chamada será publicada em 12 de fevereiro com cadastramentos para os dias 17 e 18 seguintes.

O processo seletivo foi realizado em duas etapas. A primeira foi constituída por Testes de Habilidades Específicas, enquanto a segunda foi composta pelo aproveitamento das notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os aprovados devem entregar a seguinte documentação:

•Declaração de Ciência e Responsabilidade, conforme Anexo I, assinada de próprio punho pelo candidato ou por seu procurador (original);

•Carteira de Identidade (cópia legível e autenticada);

•Cadastro de Pessoas Físicas – CPF (cópia legível e autenticada);

•Diploma ou Certificado ou Certidão de Conclusão do Ensino Médio (cópia legível e autenticada);

•Prova de estar em dia com as obrigações relativas ao serviço militar (cópia legível e autenticada), para os candidatos do sexo masculino;

•Certidão de Quitação Eleitoral, fornecida pelos órgãos da Justiça Eleitoral (cópia legível e autenticada) ou no site do TSE.

Os beneficiados por ação afirmativa deverão entregar, ainda, os documentos comprobatórios.

Portal UFRN

A Escola de Música de Macaíba está realizando novas matrículas, iniciaram hoje (25) e vai até o dia 29 deste mês. O atendimento será feito entre 8h e 14h, na sede da Escola, que fica na Rua Doutor Pedro Matos (antiga sede da Igreja Universal).

O público-alvo é os estudantes da rede pública municipal de ensino. A idade mínima para ingresso na escola é de 10 anos. No ato da inscrição, os responsáveis dos estudantes deverão comparecer com originais e cópias do RG e CPF próprias e dos alunos; comprovante de residência dos responsáveis, declaração escolar ou outro documento que comprove a matrícula do estudante e foto 3 x 4 do aluno.

Após a nova inscrição os candidatos realizarão um teste de aptidão musical. Com uma série de instrumentos disponibilizados gratuitamente, a Escola de Música conta com guitarra; teclado; baixo elétrico e acústico; trompete; bateria entre outros. As aulas acontecem sempre no contra turno do horário regular de aula dos estudantes.

Referência no ensino da música

A Escola de Música de Macaíba configura-se como um celeiro de talentos musicais no município. Criada em 2006, na segunda gestão do prefeito Fernando Cunha, a Escola conta com uma série de alunos que ingressaram no curso de música da Universidade Federal do Rio Grande e seguiram a carreira musical profissionalmente.

Além de desenvolver o talento dos estudantes, a Escola desempenha um importante papel social ao manter crianças e adolescentes desenvolvendo atividades educativas.

Assecom

Yara Aquino – Repórter da Agência Brasil

Os candidatos a bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) poderão conferir amanhã (25) a lista dos pré-selecionados na primeira chamada. O resultado estará na página do programa na internet. De amanhã até o dia 1° de fevereiro os pré-selecionados deverão comparecer às instituições de ensino e comprovar as informações prestadas no momento da inscrição. Nesta primeira edição de 2016, o programa ofertou 203.602 bolsas para 30.931 cursos.

É responsabilidade do estudante verificar nas unidades de educação superior os horários e o local onde deve comparecer para a comprovação de informações. A perda do prazo ou a não comprovação das informações resultarão na reprovação do candidato. Entre as informações exigidas estão documento de identificação, comprovantes de residência, de rendimento dos estudantes e de integrantes do grupo familiar e comprovantes de ensino médio.

Mais informações

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) iniciou na manhã desta sexta-feira, 22, o cadastramento para parte dos estudantes aprovados no SiSU nos cursos dos campi de Natal e Macaíba.

Mesmo com a chuva fina que persistiu em banhar os caminhos que levavam ao prédio da Escola de Ciência e Tecnologia (ECT), o movimento foi intenso, segundo a pró-reitora de Graduação e coordenadora da equipe, Maria das Vitórias Vieira de Almeida. “Atendemos cerca de 1.200 candidatos ao todo,com uma equipe de 53 pessoas por turno. O processo é dinâmico, apesar da quantidade de documentos necessários”, frisou Maria das Vitórias.

Ela acrescentou que, neste primeiro momento, já há um registro no acréscimo percentual dos matriculados em Ciências e Tecnologia. “Embora só tenhamos essa percepção exata após o balanço que iremos fazer, podemos colocar que mais de 60% dos aprovados já estiveram aqui para fazer o procedimento, em comparação com 40% no ano passado”.

Ao todo, o atendimento é distribuído por três auditórios e duas salas no prédio da ECT.  Ela acrescentou que a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) conta com o apoio da Diretoria de Atenção à Saúde do Servidor (DAS), da Comissão Permanente de Apoio a Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais (CAENE) e da Superintendência de Informática (SINFO).

Atendimento reduzido

Em virtude do período de cadastramento para o Sisu, a Prograd, entre os dias 22 a 27 de janeiro, terá o atendimento ao público restrito aos horários das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. Contudo, dentro do horário estabelecido, todos os serviços oferecidos pela Pró-Reitoria estarão funcionando normalmente. Informações Portal UFRN.

A comunidade da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) amanheceu essa quinta-feira, 21, consternada com o assassinato brutal que vitimou a estudante de Turismo Maria Karolyne Álvarez de Melo, na noite de quarta-feira, 20, em uma das principais avenidas da zona Norte de Natal (RN).

A entrega de pertences a dois homens que abordaram a jovem de 19 anos não impediu os tiros fatais que interromperam o sonho da futura turismóloga. O ato de barbárie imergiu familiares, amigos, professores e colegas de curso em um sentimento de profunda perda e dor, atordoou conhecidos e não de Maria Karolyne.

Nesse momento de tristeza, a administração universitária se solidariza com os que conviveram com Maria Karolyne, na esperança em dias de paz para todos.

Ângela Maria Paiva Cruz

Reitora da UFRN

José Daniel Diniz Melo

Vice-reitor da UFRN


Estudar em escola pública de uma pequena cidade no interior do Piauí, ser filho de um casal pobre formado por empregada doméstica e pedreiro poderiam abater o emocional de qualquer jovem que tenta ingressar no curso de medicina de uma universidade federal. Mas a história de Sérgio Santana, 18, contrariou essa lógica e mostrou como a fé pode remover montanhas, ou melhor, como ela pode levar à aprovação.

Ex-aluno da Unidade Escolar Malaquias Damasceno, em São Lourenço (a 539 km de Teresina), Santana foi selecionado para o curso de medicina da UFPI (Universidade Federal do Piauí). Com nota 793,22 no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), ele foi aprovado na chamada regular do Sisu (Sistema Integrado de Seleção Unificada).

O jovem, que terminou o ensino médio em 2014, conta que levou um tempo para acreditar que poderia ser aprovado em um curso de grande concorrência. Mas admite que a fé em si mesmo foi o principal elemento.

“Por ser de escola pública, pensava: ‘tem gente muito mais bem preparada.’ Até 2014 pensava que não era capaz, mas minha nota melhorou muito do Enem 2013 para o de 2014 (saltou de 580 para 643). Foi um salto na minha autoestima. Depois do Enem 2014 percebi que tinha capacidade, que era possível e estudei”, contou.

Após deixar o ensino médio, Santana decidiu estudar sozinho em casa. Não fez cursinho, como tantos, e revela que a rotina de estudos não foi das mais puxadas. “Acordava pela manhã às 8h30, começava a estudar às 9h e ia até o meio-dia. Almoçava e descansava um pouco, às 15h retornava e ficava até as 18h. No primeiro semestre, costumava estudar na madrugada, mas vi que rendia menos, aí mudei”, disse.

Festa pela aprovação

O jovem conta que, quando o pai soube da aprovação, fez uma grande festa. “Acordei umas 6h, olhei no site e ainda não tinha saído. Dormi mais um pouco e acordei novamente umas 8h, e quando olhei estava o resultado. Estava sozinho em casa e liguei primeiro para o meu pai para avisar. E ele e minha mãe vieram com duas caixas de fogos. Depois outros amigos e parentes vieram também”, afirmou.

Sobre a futura carreira, o jovem disse que pretende retornar à cidade onde sempre morou para ajudar os moradores. A inspiração em ajudar veio da vida difícil. O pai de Sérgio, Hamilton Santana, é pedreiro e nem sempre tem serviço. A mãe, Marizete dos santos, está desempregada e vive de bicos.

“Eu nunca tive o sonho de ser médico desde criança. Só fui me interessar no final do ensino médio, quando pesquisei sobre o curso e foi aí que gostei porque, ao mesmo tempo que é uma área humana, ela tem uma ciência. E quero ajudar as pessoas”.

Segundo ele, apesar dos pais sempre apoiarem, a irmã formada em serviço social foi quem mais a incentivou na época de estudos. “Era ela quem mais me incentivava, e quando via que estava de bobeira mandava estudar. Ela vai me ajudar a me manter lá em Teresina”, finalizou.

UOL

As matrículas da 1ª chamada para os cursos nos Campi de Natal e Macaíba serão realizadas nos dias 22, 25, 26 e 27 de janeiro. Já a 2ª chamada está prevista para os dias 15, 16, 17 e 18 de fevereiro. O local de matrícula será na Escola de Ciências e Tecnologia (ECT), localizada no Campus Central, na Av. Senador Salgado Filho, 3000.

Já quem passou em 1ª chamada para os cursos ofertados nos campi de Caicó ou no curso multicampi de Medicina deverá efetuar matrícula nos dias 25, 26 e 27 de janeiro. A 2ª chamada ocorrerá nos dias 16, 17 e 18 de fevereiro. O local de matrícula será no Centro Regional de Ensino Superior do Seridó (CERES) da UFRN, Campus de Caicó.

Matrículas em 1ª chamada nos cursos de Currais Novos ou Santa Cruz serão feitas nos dias 25 e 26 de janeiro. 2ª Chamada será em 16 e 17 de fevereiro. O local em Currais Novos, será no Centro Regional de Ensino Superior do Seridó (CERES) da UFRN da mesma cidade. Já em Santa Cruz, será na Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (FACISA) da UFRN.

O horário de matrícula será o mesmo para todos os locais em ambas as chamadas. Pela manhã, das 8h às 11h30 e à tarde das 13h30 às 17h. Para conferir a documentação completa e o dia e turno da matrícula correspondente ao curso em que foi aprovado(a), após a divulgação do resultado na próxima segunda (18), veja no edital disponibilizado pela Pró-Reitoria de Graduação através do site www.prograd.ufrn.br. Informações  Tribuna do Norte.