Educação Arquivo

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) aprovou a criação de dois novos cursos de mestrado. As propostas de resoluções foram deliberadas durante reunião na manhã da última  terça-feira, 15, pelos membros do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe).


Os documentos serão encaminhados agora à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), fundação ligada ao Ministério da Educação (MEC) e responsável pela validação final.


A primeira proposta votada no Consepe foi para criação de um mestrado acadêmico dentro do Programa de Pós-Graduação Associado em Fonoaudiologia, vinculado ao Centro de Ciências da Saúde (CCS). A relatora foi a conselheira Edna Moura Pinto.


Em seguida, já sob a relatoria de Maria das Graças Soares Rodrigues, aconteceu a deliberação positiva a respeito da criação do curso de mestrado profissional em ensino de Educação Física, também vinculado ao Centro de Ciências da Saúde (CCS).

Apesar do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Macaíba (SINSEMAC) ter convocado uma paralisação local, em virtude da paralisação nacional convocada pelos demais sindicatos, para o período de 15 a 17 deste corrente mês, os professores da rede municipal pública de ensino, em sua grande maioria não aderiram ao movimento.

Segundo o SINSEMAC, as reivindicações são relativas a itens como: cumprimento da Lei do Piso, posição contrária à Terceirização, às chamadas Organizações Sociais (OSS), ao parcelamento de salários, à militarização das escolas públicas e à reorganização das escolas. No caso de Macaíba, nenhuma dessas reivindicações apresenta sentido, pois o município cumpre todos os itens citados.

Além disso, ressalta-se que a merenda escolar é garantida continuamente pela Prefeitura e está em conformidade com as recomendações do FNDE; a atual gestão entregou uma creche Proinfância, está construindo mais duas do mesmo tipo e outras duas estão em fase de planejamento; diversas escolas foram reformadas; o transporte escolar é providenciado todos os dias para alunos e professores; os livros didáticos estão sendo distribuídos; e novos equipamentos foram adquiridos recentemente para as escolas, incluindo mesas, carteiras e refeitórios.

Segundo o professor José Monteiro, coordenador pedagógico da Secretaria Municipal de Educação (SME), todas as vezes que são dadas aulas de reposição, a frequência é mínima, além do fato de que a Prefeitura tem que arcar com despesas extras de transporte, merenda e pessoal, entre outros fatores.

Assecom

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte realizou na manhã desta terça-feira, no Instituto Metrópole Digital (IMD), a solenidade de encaminhamento à Câmara Municipal de Natal do projeto de lei que dispõe sobre a criação da área especial denominada “Parque Tecnológico Metrópole Digital”.

A solenidade contou com as presenças da reitora Ângela Paiva Cruz, do prefeito Carlos Eduardo, do diretor do IMD, José Ivonildo do Rêgo, de vereadores e secretários municipais.

Após a entrega do projeto aos vereadores ocorreu uma visita às instalações do Instituto Metrópole Digital.

“O futuro do país depende de mais investimentos em educação e de democracia”. A frase do documento da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), enviado ao Palácio do Planalto solicitando agenda com a Presidenta, conduziu o diálogo na manhã da última  sexta-feira, 11, entre a maioria dos reitores da entidade, o ministro da Educação Aloizio Mercadante e Dilma Rousseff, em Brasília. Na ocasião, a presidenta contextualizou a situação econômica e política do país para mostrar que a conjuntura atual leva as universidades a manterem as políticas nas áreas de educação, ciência, tecnologia, inovação e inclusão social.

A reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, se diz satisfeita com a receptividade de Dilma Rousseff aos projetos de continuidade à reestruturação das universidades e apoio às mais novas, entre outras propostas encaminhadas pela Andifes ao MEC e apresentadas na reunião pela presidente da associação, Maria Lúcia Cavalli Neder. A agenda propositiva está compromissada com o desenvolvimento nacional e regional, a interiorização, a educação básica, a inovação tecnológica e a internacionalização. “A presidenta mostrou claramente o seu compromisso em trabalhar junto com os reitores e reitoras pela educação e manutenção dos direitos democráticos conquistados pelos brasileiros”, afirma Angela Paiva.

Ao final do encontro, ficou acertado que MEC e Andifes irão criar nos próximos 20 dias, o detalhamento de cada plano, para que posteriormente outra reunião seja marcada com a presidenta.

Portal UFRN

Como parte da agenda administrativa dedicada a Mossoró na última  quinta-feira (10), o governador Robinson Faria e o reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Pedro Fernandes, assinaram a autorização para o concurso público da instituição. A solenidade ocorreu na sede no Campus Universitário Central.

O concurso público da UERN é um dos pleitos mais antigos da cidade e um dos compromissos assumidos pelo chefe do Executivo estadual para reforçar uma das mais importantes instituições de ensino superior público do Brasil.

A realização do certame cumpre o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal que prevê a substituição de servidores aposentados falecidos. Ao todo, serão 56 vagas para professores e 14 para técnicos-administrativos.

Para o governador Robinson Faria o concurso público cumprirá um dever importante para a educação pública de qualidade. “A UERN tem um ensino de excelência e daqui saíram e saem profissionais renomados nas mais distintas áreas do conhecimento. O nosso entendimento com a autorização do concurso, junto com a Reitoria, é manter a qualidade do corpo docente e dos técnicos para propiciar um crescimento consistente”, declarou.

O reitor da UERN, Pedro Fernandes, disse que o processo de deflagração da seleção pública deve ocorrer em Abril próximo e o objetivo é convocar os novos servidores a partir de agosto deste ano.

A presidenta Dilma Rousseff anunciou na última quarta- feira (9) a oferta de 2 milhões de vagas para o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para este ano. A iniciativa governamental, criada em 2011, vai oferecer cursos técnicos e profissionalizantes nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia, no Sistema S, além de escolas estaduais e municipais. Do total de vagas ofertadas para 2016, estão previstas 372 mil em cursos técnicos e 1,627 milhão em cursos de qualificação profissional.

Para possibilitar essa quantidade de matrículas e fortalecer o Pronatec, o Ministério da Educação (MEC) firmou uma parceria com as entidades do Sistema S. Participam desta parceria Senai, Senac, Senar, Senat e Sebrae. Outros ofertantes do programa são os institutos federais e as redes estaduais e municipais.

Um dos destaques do programa em 2016 é o fortalecimento do Pronatec EJA (Educação de Jovens e Adultos): aqueles que, por algum motivo interromperam seus estudos, terão a oportunidade de participar do programa tendo seus conhecimentos, oriundos do trabalho e de experiências anteriores, valorizados e aproveitados ao longo dos cursos.

O Pronatec EJA se relaciona diretamente à meta 10 do Plano Nacional de Educação (PNE), que prevê, até 2024, a oferta de no mínimo 25% das matrículas de jovens e adultos nos ensinos fundamental e médio, vinculadas à educação profissional.

Os estudantes do programa também poderão optar pelo e-Pronatec, que os permite estudar onde e quando preferir, de acordo com a própria disponibilidade. O aluno vai estudar por meio de plataformas digitais, simuladores, animações e outros métodos de aprendizagem na internet, na TV Escola e em demais canais educativos, ofertados principalmente pelos institutos federais e pelo Sistema S.

O Pronatec

Em geral, são oferecidos pelo Pronatec dois tipos de formação: cursos técnicos de maior duração, que variam de um ano e meio a dois anos, e cursos de qualificação profissional de curta duração, que vão de dois a três meses até seis meses.

Todos os cursos são gratuitos, e o aluno ganha a matrícula, os livros, o uniforme, o material para usar nas aulas práticas e até auxílio para alimentação e o transporte. Os cursos são divididos principalmente nas áreas da indústria, comércio, agricultura e transportes.

Dos beneficiados do Pronatec, 70% são jovens com até 29 anos, 60% são mulheres e um terço das matrículas é no Nordeste.

De 2011 a 2015, o Pronatec registrou 9,4 milhões de matrículas entre cursos técnicos e de qualificação profissional. Em 2015, foram 1,3 milhão de matrículas, sendo os cursos técnicos mais procurados: técnico em informática, técnico em segurança do trabalho e técnico em logística. Na parte dos cursos de qualificação profissional, os mais requisitados foram operador de computador, assistente administrativo e horticultor orgânico.

 

Diversas creches da rede municipal pública de ensino estão recebendo novos equipamentos. A Prefeitura adquiriu mesas sextavadas, cadeiras e refeitórios para crianças. No que diz aos refeitórios, cada um tem capacidade para acolher 8 alunos.

A atual gestão do prefeito Fernando Cunha também já equipou diversas escolas e creches, em áreas urbanas e rurais, com escovódromos e bebetecas.

A área da Educação é uma das que tem recebido mais investimentos da Prefeitura. De 2013 para cá, o município teve inaugurada uma creche Proinfância, no Monte Líbano, está prestes a ganhar outra, no Campo das Mangueiras, e vai ganhar mais três nos distritos de Cana Brava, Traíras e Cajazeiras. As obras de Cana Brava já foram iniciadas.

Assecom

A Câmara Municipal de Vereadores de Macaíba aprovou, por unanimidade, o projeto de lei que estabelece o reajuste salarial os professores da rede pública municipal de ensino de Macaíba, na manhã do último dia 03, na sessão solene realizada na casa do Legislativo Macaibense.

O reajuste determinado pelo Ministério da Educação é de 11,36% e a diferença dos pagamentos referentes aos meses de janeiro e fevereiro serão pagas nos meses de março e abril deste ano. Após a aprovação, a lei será encaminhada a Prefeitura de Macaíba para que seja sancionada pelo prefeito Fernando Cunha.

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), está com inscrições abertas para seleção em regime de cadastro de reserva de tutores presenciais e a distância nos cursos técnicos semipresenciais ofertados pela Rede e-Tec Brasil.

São oferecidas 69 vagas para tutoria nos cursos técnicos em Agroindústria, Alimentação Escolar, Apicultura, Comércio Exterior, Cooperativismo, Manutenção e Suporte em Informática, Multimeios Didáticos e Secretaria Escolar ofertados nos municípios de Areia Branca, Assú, Apodi, Caicó, Ceará-Mirim, Ceará-Mirim – Assentamento do Rosário, Macaíba, Monte Alegre, Natal, São Paulo do Potengi, Vera Cruz e Touros.

As inscrições gratuitas podem ser realizadas no período compreendido entre 7 e 11 de março, no horário das 8h às 11h e das 14h às 16h, exclusivamente na Coordenação de Informática, localizada no Antigo Prédio da Direção da EAJ (Sobrado), RN-160, Km 03. Somente será admitida uma inscrição por candidato.

Para participar, o candidato deverá apresentar no ato da inscrição o formulário presente no edital, juntamente com documentação pessoal, currículo e comprovações das experiências profissionais.

A seleção será constituída em duas fases distintas. Na 1ª fase, acontece a análise do curriculum vitae com as respectivas comprovações. Já na 2ª fase, a avaliação será por meio de entrevista com os candidatos que alcançarem a pontuação superior a zero (0)  ponto na 1ª fase. Mais informações no site:  http://www.etec.eaj.ufrn.br.

e-Tec Brasil

A Rede e-Tec Brasil é uma ação do Ministério da Educação que tem como foco a oferta de cursos técnicos a distância, além de formação inicial e continuada de trabalhadores egressos do ensino médio ou da educação de jovens e adultos.

Na Rede e-Tec Brasil, os cursos são ofertados por meio de um sistema de ensino virtual complementado com as atividades presenciais desenvolvidas nos polos de apoio devidamente equipados com infraestrutura necessária destinada aos alunos.

Portal UFRN

Na manhã desta última terça-feira (1º), o Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN- ELS), uma das unidades do Instituto Santos Dumont recebeu os novos alunos do curso de mestrado em Neuroengenharia desenvolvido na sede do IIN-ELS, em Macaíba.

O mestrado é gratuito e o primeiro e único no Brasil nesta área. O público-alvo são os graduados das áreas de ciências da saúde de engenharias (bacharelado ou licenciatura). As aulas acontecem nas instalações do IIN-ELS em Macaíba. Estudantes de vários estados do país participam dos estudos, dentre eles Santa Catarina, São Paulo, Distrito Federal, Rio Grande do Norte e Bahia.

A Neuroengenharia é uma área de pesquisa interdisciplinar que agrega métodos de neurociência e de engenharia para estudar o funcionamento do sistema nervoso e desenvolver soluções para as limitações e disfunções associadas a ele. O programa de mestrado tem duas linhas de pesquisa: Interface Cérebro-Máquina (ICM) e Neuromodulação.

A psicóloga Mab Abreu, 27, veio de Salvador para realizar o mestrado em Macaíba. Recém-chegada ao local, ela relatou sobre os motivos que a levaram a escolher a área e as impressões sobre o Instituto. “Já estudava bastante neurociência. Fui pesquisar sobre o trabalho do Instituto e vi que, além de formar pessoas, ele tem um trabalho social também. A própria estrutura do Instituto me deu a sensação de que estou no lugar certo e no momento certo. É o lugar ideal para fazer o mestrado que escolhi”, afirmou.

O coordenador de pesquisas do Instituto de Neurociências, Edgard Morya destaca os objetivos do IIN-ELS e a estrutura e os estudos oferecidos aos estudantes. “Nós pretendemos que esse seja um dos melhores cursos em Neuroengenharia do mundo. Temos todos os recursos necessários na nossa área de pesquisa compatível com os melhores laboratórios de pesquisa do mundo. Na realidade, o que temos aqui em Macaíba não temos mais em nenhum lugar”, disse.

Pesquisa com resultados aplicados na sociedade

Em menos de uma década de funcionamento, as pesquisa desenvolvidas no Instituto estão sendo aplicadas na sociedade com resultados positivos, dentre elas a primeira demonstração de interface cérebro-cérebro do mundo em 2013. No estudo, o cérebro de um roedor no Instituto sediado em Natal manteve uma comunicação com o cérebro de outro roedor nos Estados Unidos.

Outros estudos desenvolvidos pelo Instituto em Macaíba também estão causando um grande impacto na ciência, como a pesquisa sobre o tratamento do Mal de Parkinson e o projeto Walk Again (Andar de Novo), que foi iniciado na sede do Instituto no município e teve um de seus resultados apresentado na cerimônia de abertura da Copa do Mundo de 2014, quando um paraplégico realizou o chute inicial do torneio.

O Instituto Santos Dumont realiza projetos em saúde, educação e pesquisa científica em Macaíba. As unidades do Instituto estão localizadas na comunidade de Jundiaí. A Prefeitura mantém a parceria com o Instituto para o desenvolvimento das atividades de saúde e atendimento da população no Centro de Educação e Pesquisa Anita Garibaldi e com as atividades de educação da Escola Alfredo J. Monteverde, que também atende alunos da rede pública municipal. Mais informações sobre o mestrado e as ações do Instituto Santos Dumont podem ser obtidas no site http://www.institutosantosdumont.org.br/.

 Com informações da Assessoria de Comunicação do Instituto Santos Dumont (ISD)

A velha e boa carteirinha de estudante está de cara nova. Agora, com o Documento do Estudante, você tem um documento padronizado pela UNE, UBES e ANPG.

Este novo documento foi criado para facilitar a identificação dos estudantes, tomando como base a nova Lei da Meia Entrada (Lei 12.933/2013). Assim, todos os estudantes matriculados nos ensinos infantil, fundamental, médio/técnico, graduação e pós-graduação terão direito à meia-entrada.

Em Natal o novo documento do estudante já virá com o chip do ônibus, não preicsando mais os estudantes da capital fazer cartão do transporte e carteira de estudante, somente o documento do estadante. Para o transporte intermunicipal ainda precirá ter o RN Card.

O documento do estudante é único e aceito em qualquer parte do país. O documento do estudante custa o preço único deR$ 25 reais e já está sendo feito em vários pontos da capital potiguar.

Documentos necessários para fazer o documento do estudant:

Foto 3×4, documento de identificação (RG, CNH, passaporte ou RNE) e comprovante de matrícula. O CPF é necessário para estudantes de graduação, especialização, mestrado ou doutorado.

O serviço pode ser solicitado em vários pontos de Natal.

Natalcard Zona Norte, Natalcard Ribeira, Posto Natalcard UFRN ( Centro de Convivência), Natalcard UNP.

Mais informações

A Pró-reitoria de Graduação (Prograd) publicou nesta última segunda-feira, 29, novas listas de remanejamento do segundo para o primeiro semestre letivo de 2016, nos casos de alunos cadastrados no segundo semestre (dentro das vagas) em que o curso possui entrada no primeiro; lista de suplentes da segunda chamada do SiSU 2016, que tiveram seus cadastros efetivados por terem conseguido a vaga no curso.

Há ainda uma terceira lista dos estudantes que continuam na suplência (cadastro de reserva) e que fizeram o cadastro na lista de espera* na 2ª chamada. No caso dos suplentes, que fazem parte da lista de espera, a Prograd informa que até o dia 22/08/2016, os candidatos ainda podem ter seus cadastros efetivados. Os arquivos com as respectivas listas estão disponíveis no endereço: www.prograd.ufrn.br.

O projeto de extensão “As Políticas de Segurança Alimentar na Promoção da Agricultura Familiar no Território do Mato Grande/RN” inscreve até quarta-feira, dia 2 de março, para estágio remunerado voltado aos estudantes do último ano do curso de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

O interessado na vaga deve atender aos seguintes requisitos: estudar Direito na UFRN e estar no último ano de graduação; possuir mais de um ano de experiência em extensão e pesquisa de campo; saber elaborar roteiro de entrevistas e tabular dados no programa SPSS for Windows 2011; ter cursado disciplina ligada à temática de estudos rurais e afins; não receber outro tipo de bolsa da UFRN; ter conta corrente em seu nome (Banco do Brasil, Caixa Econômica) e possuir tempo e disposição para trabalhar em ambiente externo ou interno.

É ofertada apenas uma vaga para atuar no projeto de extensão por um período de dez meses. Terá prioridade na convocação o candidato que tiver experiência mínima comprovada para o desempenho das funções acima descritas. É importante, ainda, que as informações acadêmicas estejam presentes no currículo Lattes.

Para realizar a inscrição o candidato deve comparecer à sala 16 do Departamento de Políticas Públicas (sala do LAB RURAL), no Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA), das 9h às 12h, munido da ficha localizada no anexo final do Edital 001/2016, acompanhada do currículo, histórico escolar que contenha o Índice de Rendimento Acadêmico – IRA, o período do curso, o total da carga horária integralizada e os certificados que comprovem sua experiência para ocupar a função descrita.

O processo de seleção obedecerá a duas etapas. A primeira consiste na análise de currículos e a segunda na entrevista (ambas as etapas são eliminatórias). A entrevista ocorrerá no dia 03/03/2016, das 8h às 12h na sala 11– Departamento de Políticas Públicas (sala 2 do LAB RURAL), no CCHLA.  A divulgação do resultado ocorrerá no dia 04/03/2016 e poderá ser vista na página do CCHLA no endereço eletrônico: http://www.cchla.ufrn.br, a partir das 16h.

Salienta-se que o estagiário cumprirá jornada de 30 (trinta) horas semanais, devendo o horário de estágio compatibilizar-se com o horário das aulas em que esteja matriculado. O valor da bolsa será de R$ 520 por mês e adicional de locomoção no valor de R$ 132.

Os candidatos convocados deverão entregar no mesmo local da entrevista, no prazo de 02 (dois) dias úteis, contados a partir da publicação do resultado, os seguintes documentos: cópias autenticadas de documento de Identificação; CPF; título de eleitor; certificado de reservista ou comprovante de dispensa para homens e dados da conta bancária.

Outras informações, entrar em contato com (84) 3342-2224.

Na tarde da última  quinta-feira (25), o prefeito Fernando Cunha assinou uma ordem de serviço para a construção de uma creche no distrito de Cana Brava, ao lado do campo de futebol do distrito. Na oportunidade estiveram presentes os vereadores João de Damião, Edma Maia, Dadaia, Rita de Cássia e Socorro Nogueira, diversas lideranças comunitárias e muitos populares, principalmente pais de alunos de escolas da região.

A construção da creche atende uma reivindicação antiga da população de Cana Brava. Centenas de crianças serão beneficiadas com a obra. É mais um investimento da gestão municipal nas futuras gerações. O local contará com cinco salas, pátio, berçário, fraldário entre outros espaços. Em breve, os distritos de Traíras e Cajazeiras também receberão a construção de novas creches.

A creche de Cana Brava faz parte do cronograma de obras da Prefeitura de Macaíba. Dentre algumas das ações já realizadas pela administração municipal estão: a entrega para a população da creche Eunice Eugênia, no bairro Monte Líbano; a conclusão das obras de pavimentação de 70 ruas em todo o município e a construção da Vila Olímpica de Macaíba, uma das maiores praças públicas de esporte do Nordeste.

Estão abertas as inscrições para o Exame de Proficiência da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O exame está aberto a pessoas que pretendem ingressar em cursos de pós-graduação da Universidade ou de outras instituições e a alunos-convênio, estrangeiros que vivem no Brasil, que devem responder a prova em Língua Portuguesa.

As inscrições devem ser realizadas via internet até o dia 14 de março, no site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve).  A taxa de inscrição é de R$50 e os funcionários da Universidade que desejarem se inscrever no exame não precisam pagar. As condições para a realização da inscrição e a lista com os documentos necessários estão listadas no edital disponível no mesmo endereço.

O candidato que estiver inscrito deve acessar o site da Comperve, a partir do dia 30 de março, para consultar o local de realização das provas. O não comparecimento ao local de realização das provas no dia e horários determinados implicará na eliminação automática do candidato.

Portal UFRN