Educação Arquivo

O cadastramento dos 1067 candidatos classificados na seleção para os cursos técnicos do Instituto Metrópole Digital (IMD) da UFRN começa nesta segunda-feira, 23, e prossegue até o dia 2 de dezembro.

Os locais para realizar o cadastramento são os quatro polos do IMD, em datas distintas, de acordo com os grupos pré-selecionados dos candidatos, conforme está discriminado no Edital 001/2015  do Instituto.

No Campus de Natal, o cadastro será feito nos dias 23, 24, 25, 26, 27 e 30 de novembro, e 1º e 2 de dezembro, no horário das 8h às 17h, na sede do Centro de Vocação Tecnológica do  IMD, na sala B 205

No Polo Caicó, os alunos aprovados devem se cadastrar no Centro Regional de Ensino Superior do Seridó (CERES), localizado à Rua Joaquim Gregório s/nº, Bairro Penedo –  Laboratório de Aulas do IMD, nos dias 23 e 24 de novembro, no horário das  8h às 11h, e das 14h às 17h.

Os candidatos aprovados para o Polo de Mossoró fazem cadastramento nos dias 23, 24, 25, 26 e 27 de novembro, no horário das 8h às 11h e das 14h às 17h, na Secretaria do IMD – Polo Mossoró, que fica na UFERSA, Campus Oeste, Prédio Central, Térreo, cujo endereço é avenida Francisco Mota, 572, bairro Costa e Silva.

O Polo da UFERSA em Angicos faz cadastramento nos dias 23 e 24, no horário das 8h às 11h e das 14h às 17h, no Escritório do Metrópole Digital – Polo Angicos – Bloco de Laboratórios – UFERSA (Campus  Angicos), rua Gamaliel Martins Bezerra, S/N Alto da Alegria .

A diretoria de Segurança Patrimonial (DSP) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realizou na manhã desta última sexta-feira, 20, a última abordagem para a saída de ambulantes de dentro do Campus Central, em Natal. A ação contou com o apoio da Polícia Federal (PF), tendo em vista o território ser juridicamente “área federal”.

O trabalho começou em julho deste ano, com uma rodada de conversa entre o pró-reitor de administração, Anailson Márcio Gomes, e os 17 vendedores ambulantes, visando o cumprimento da Lei n. 8.666/93, que institui normas para licitação e contratos da administração pública federal, seja para serviços, aquisição, concessões e permissões.

Dessa forma, qualquer atividade comercial no âmbito da UFRN só pode ocorrer mediante concessões e permissões. É o caso do serviço prestado pelos comerciantes em cerca de 15 cantinas do Campus Central, além dos demais campi no interior.

Como poucos ambulantes aderiram à notificação escrita, entregue no mês de agosto, com um prazo de cinco dias para a saída dos espaços e após desobrigada da ação judicial, a UFRN entrou na fase de conclusão da missão legal.

A abordagem de 17 ambulantes ocorreu de forma pacífica, segundo o coordenador de segurança patrimonial da UFRN, José Anchieta de Freitas.

Foto: Arquivo

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) e a Secretaria Estadual de Educação (SEEC) realizaram esta semana as aulas inaugurais dos cursos técnicos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) nos municípios de Caicó, Touros, São José de Mipibu, Macaíba, Apodi, São Gonçalo do Amarante, Mossoró e Natal.

As aulas foram realizadas nas Escolas Estaduais Calpúrnia Caldas, Isabel Barbosa, Francisco Barbosa, Alfredo Mesquita, Professor Antônio Dantas, José Moacir, Abel Freire Coelho, Padre Miguelinho, Floriano Cavalcante e Edgar Barbosa; e contaram com a presença da equipe administrativa e pedagógica das escolas, além de professores e representantes da Secretaria Estadual de Educação e da Escola Agrícola de Jundiaí.

Para o secretário de Educação do Rio Grande do Norte, Francisco Chagas, a oferta de cursos profissionalizantes pelo Pronatec atende à necessidade de melhorar a qualidade educacional da rede estadual e promover a cidadania.

“Diante das dificuldades financeiras que o Governo enfrenta e a necessidade de reestruturar a educação do Rio Grande do Norte, precisamos da qualificação técnica promovida com excelência pela UFRN. A Escola Agrícola de Jundiaí tem sido uma grande parceira da SEEC, e essa parceria só vem a somar e proporcionar uma educação profissional de qualidade que atenda às demandas dos municípios”.

Está chegando o dia de mais uma edição do Instância das Artes. Vamos prestigiar a poderosa voz de CRISTINA DE HOLANDA e o teclado mágico do pianista FRANK LEMOS.

O Projeto, aberto ao público, ocorre sempre na última quinta-feira do mês, às 11 horas, Hall da Justiça Federal, Natal/RN,com apresentações de dois artistas, onde o primeiro convidado atua com uma apresentação instrumental de 15 minutos e, o segundo convidado, finaliza com uma apresentação vocal, também de15 minutos, fechando a meia hora destinada ao projeto.

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte é inovadora com a iniciativa, sendo a única Seção Judiciária da 5ª Região, com este formato, a prestigiar o artista local, o que já vem servindo de base para outras Seções, além de agregar valores à qualidade de vida de seus servidores.

A edição de novembro tem data agendada para o dia 26, às 11h, Hall da Justiça Federal, em Natal/RN.

O público precisa do artista e o artista precisa de aplausos,

A maior atração será a sua presença!

Participe!

Serviço:
Projeto Cultural Instância das Artes
Cristina de Holanda & Frank Lemos
Hall da Justiça Federal RN
Quinta-feira, 26 de novembro de 2015, às 11h
Rua Dr Lauro Pinto – 245 – Lagoa Nova – Natal/RN

José Carlos
Coordenador das atividades culturais e artísticas da JFRN — com Frank Lemos.