Educação Arquivo

ENEM-2013
Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil

No fim de semana dos dias 5 e 6 de novembro, mais de 8,6 milhões de candidatos farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em mais de 1,7 mil cidades. A segurança de um exame desse porte contará pela primeira vez com coleta de dado biométrico dos participantes, além disso, até mesmo os lanches dos candidatos serão vistoriados.

Neta semana, o Ministério da Educação detalhou em entrevista à imprensa a logística do exame. Serão impressas 18 milhões de provas, que estaraão em 77 mil malotes com lacres eletrônicos que registram o momento exato em que foram abertos.

No Enem de 2016, haverá a coleta de impressões digitais dos participantes. “Isso irá se traduzir em maior segurança. A Polícia Federal tem um banco de digitais e poderá conferir se o participante é quem afirma ser e não outra pessoa”, explica a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini. A coleta será feita no dia do exame e, caso haja suspeita, a conferência será depois pela Polícia Federal.

O esquema de segurança conta ainda com detectores de metais e envelopes porta-objetos, onde os candidatos deverão colocar objetos como celulares, objetos eletrônicos e outros que possam comprometer a lisura das provas. O envelope deve ser lacrado e colocado embaixo da carteira. Candidatos que postarem fotos ou mensagens dentro dos locais de prova serão desclassificados.

Maria Inês disse que os estudantes poderão levar lanches e que estes serão também vistoriados. A caneta usada deve ser de tinta preta em material transparente.

No total, 655,5 mil pessoas trabalharão no Enem, entre coordenadores, chefes de sala, fiscais de apoio, agentes de segurança pública, funcionários dos Correios, entre outros. O Enem custará este ano R$ 90 por participante.

Enem 2016

Nos dois dias de prova, os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. Os estudantes devem ficar atentos ao horário de verão e verificar na localidade onde moram o horário exato do exame. As provas começam a ser aplicadas às 13h30.

No primeiro dia, serão realizadas as provas de ciências humanas e de ciências da natureza, com duração de quatro horas e meia. No segundo dia, os participantes terão cinco horas e meia para resolver questões de linguagens e códigos, redação e matemática.

A nota do Enem é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu); bolsas na educação superior privada, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni); além de ser requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do ensino médio.

banner-facebook

Foto: Macaíba no Ar

Foto: Macaíba no Ar

As inscrições no processo seletivo 2017 da Escola Agrícola de Jundiaí, Unidade Acadêmica de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), já começaram e seguem até próxima segunda-feira (24) de outubro. São ofertadas 300 vagas para os cursos Técnicos em Agroindústria, Agropecuária, Aquicultura e Informática, nas modalidades de ensino integrado e subsequente.

Os candidatos interessados em participar da seleção devem acessar o site da COMPERVE (www.comperve.ufrn.br) e preencher o formulário de inscrição de acordo com as instruções constantes no site. É possível se inscrever em duas opções de curso na mesma modalidade.

As provas de português, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e redação, serão realizadas no dia 13 de novembro.

banner-190

Enem-2015-cadernos-de-questões-534x462
Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil

Cerca de 3,4 milhões de inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acessaram as informações sobre local de prova, de acordo com balanço das 15h, divulgado ontem (21) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O número corresponde a 41% dos mais de 8,6 milhões de inscritos.

Os cartões de confirmação de inscrição estão disponíveis desde a quarta-feira (19) na internet, no site do Enem e também no aplicativo do Enem, nas plataformas Android, iOS e Windows Phone. Para acessá-lo é preciso informar CPF e senha.

Segundo a autarquia responsável pelo exame, a maioria dos acessos foi pela internet (3.396.447). O aplicativo Enem 2016, novidade deste ano, foi utilizado por 126.327 participantes para acessar os dados.

O cartão de confirmação, além do local, data e horário de prova, traz o número de inscrição do estudante, a opção de língua estrangeira e, quando for o caso, a indicação de atendimento especializado e específico e a solicitação de certificação do ensino médio.

Para evitar os já famosos atrasos, a recomendação é que os candidatos façam o caminho de casa até o local de prova antes da data do exame para conhecer o trajeto e evitar imprevistos. No dia da prova, a orientação é chegar com antecedência ao local – os portões abrem uma hora antes do início do exame.

Mudança de local

O Inep informou ainda que alguns locais de prova precisaram iniciar processo de reforma ou tiveram suas instalações comprometidas devido a fenômenos naturais. Por esse motivo, serão substituídos. Portanto, os participantes cuja previsão era fazer as provas nesses locais serão realocados para outros e terão seus cartões de confirmação atualizados.

Caso, ao acessar o cartão de confirmação, os participantes verifiquem a mensagem “Aguarde a confirmação do seu local de prova. Efetue nova consulta nos próximos dias”, não é preciso que se preocupem. A orientação é que continuem acompanhando o cartão, pois a atualização será realizada até data anterior à aplicação do exame.

A verificação dos cartões é responsabilidade dos inscritos. O Inep encaminhou, por SMS e e-mail, a todos os inscritos na edição deste ano, um aviso de que os respectivos cartões já podem ser acessados. Além disso, a cada três dias, novos lembretes serão enviados, por esses mesmos canais de comunicação, para todos que ainda não tenham verificado seus locais de prova. A apresentação do cartão nos dias de prova não é obrigatória. Em caso de dúvidas, o candidato pode acionar o Inep pelo telefone 0800-616161.

Enem 2016

As provas do Enem serão aplicadas nos dias 5 e 6 de novembro. Nos dois dias de prova, os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. Os estudantes devem ficar atentos ao horário de verão e verificar na localidade onde moram o horário exato do exame. As provas começam a ser aplicadas às 13h30.

Publicado edital para seleção de professores para o PRONATEC

Está disponível o Edital de Seleção Simplificada de Professores Temporários para atuarem como professores dos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – PRONATEC.

Os candidatos servidores docentes ativos e professores substitutos/temporários, servidores técnicos-administrativos ativos e não servidores poderão realizar inscrições em no máximo 4 disciplinas, por ordem de prioridade, que somem uma carga horária total limitada em 10 horas semanais. Os candidatos servidores aposentados/inativos poderão realizar inscrições em disciplinas que somem uma carga horária total de até 16 horas semanais. É vedada a inscrição neste processo seletivo de servidores lotados em outros Campi, bem como de servidores afastados ou em licença com ônus para o IFRN.

As vagas são para o turno noturno e as inscrições para processo seletivo serão divididas em duas etapas, sendo uma online através do formulário e outra pela entrega dos documentos descritos no item 4.6 do edital. As inscrições podem ser realizadas, no período de 21 de outubro a 02 de novembro.

Escolas de Macaíba recebem projeto da Secretaria Municipal  de Educação   que visa conscientizar alunos sobre a questão ambiental,  com plantio de mudas e reutilização de garrafas pets. O projeto que se inicia na sala de aula e termina fora dela tem como objetivo levar para as crianças do ensino fundamental a discussão sobre  a importância das árvores, o que elas nos oferece e porque precisamos delas. Além disso os alunos assistem vídeos educativos que tratam do tema e levam para casa um desenho para pintar com a identificação de cada parte de uma árvore.

Após plantar as mudas, os alunos trazem garrafas  pets já utilizadas para fazer o canteiro das mudas, o obejtivo disso é reutilizar o matéria e evitar que ele seja jogado no lixo.

Nesta semana o projeto foi realizado na Escola Municipal Falção Freire, onde a turma do terceiro ano da Professora Luziane, realizou o plantio de mudas de IPÊ na área aberta da escola. O mesmo projeto também já foi iniciado nas Escolas Pedro Gomes e Tereza Britto.

O projeto é desenvolvido pelo estudante de Engenharia Florestal, Mário Victor e pelo Professor Rui, que contam com apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo no fornecimento de equipamentos e jardineiros.

 

Clique para ampliar a imagem

AGECOM/Wallacy Medeiros

Portal UFRN – Em reunião nesta última terça-feira, 18, com cinco entidades profissionais, em Brasília, a presidente da Associação Nacional de Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Angela Maria Paiva Cruz, reafirmou a posição contrária da entidade à PEC 241, no que diz respeito aos gastos públicos com a saúde, educação, ciência e tecnologia.

A direção da Andifes observou que o coletivo de reitores apoia um financiamento para a educação sem as amarras da PEC 241. “Sabemos que teremos que amargar alguns remédios para que o país recupere o equilíbrio fiscal e econômico, mas privar os mais pobres de uma educação de qualidade é um sacrifício enorme para os que ainda vão nascer ou que ainda vão para as escolas e universidades”. Angela Paiva destacou que se aprovada conforme está na Câmara, a emenda trará descontinuidade para programas sociais.

O coordenador da Fasubra, Mário Costa Júnior, colocou que “estamos próximos a sofrer danos irreversíveis por meio da PEC 241. Os 20 anos de congelamento irão desmontar e sucatear a Educação, por isso contamos com a disposição da Andifes para fortalecer a luta nesse processo”. Para o representante da ANEL, Lucas Brito, é necessário mobilizar a comunidade universitária para proteger a educação brasileira.

O diretor jurídico da UNE, Rarikan Heven, defendeu a construção de comitês em defesa das universidades públicas e a presidente da Andes, Eblin Farage, defendeu a congregação dessas entidades sindicais e do movimento estudantil junto com a representação dos reitores, em torno de uma pauta única de defesa da universidade pública.

Participaram da reunião as lideranças do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra), Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (Proifes), Assembleia Nacional dos Estudantes Livre (ANEL) e a União Nacional dos Estudantes (UNE).

Em Assembleia concorrida e participativa, realizada ontem (19), os Docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte aprovaram o indicativo de greve para o dia 11 de novembro.

Após quase três horas de debate, realizado no pátio do setor II de aulas da UFRN, localizado em frente à sede do Sindicato, e apenas um voto contrário, os professores decidiram pela realização de um plebiscito para definir sobre a greve nacional unificada do dia 11. Isso porque, pelo Estatuto da entidade, a decisão sobre a realização de greve só pode ser feita em plebiscito.

A decisão vai ser plebiscitada entre os dias 3 e 7 de novembro. Àqueles que votarem pela adesão à greve terão a opção de escolher entre um dia ou uma semana de paralisação e mobilizações na Universidade.

 

Estudantes observam prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

Agência Brasil – Os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016 terão acesso às informações sobre os locais de prova saem hoje  (19), a partir das 15h. O cartão estará disponível pela internet e também no aplicativo do Enem, disponível nas plataformas Android, iOS e Windows Phone.

O cartão de confirmação de inscrição, além do local, data e horário de prova, terá o número de inscrição do estudante, a opção de língua estrangeira e, quando for o caso, a indicação de atendimento especializado e específico e a solicitação de certificação do ensino médio.

Para obter o cartão, o participante deve acessar o site do exame, na área destinada ao participante. É preciso informar CPF e senha.

Para evitar os já famosos atrasos, uma dica para os candidatos é fazer o caminho de casa até o local de prova antes da data do exame para conhecer o trajeto e evitar imprevistos. No dia da prova é recomendado chegar com antecedêcia ao local – os portões abrem uma hora antes do início do exame.

Um grupo de estudantes da Escola Agrícola de Jundiaí, visitaram algumas escolas de Macaíba para falar sobre a PEC 241, que tem como objetivo congelar o orçamento público federal por 20 anos e ser corrigido apenas pela inflação do ano anterior. A medida pode afetar diretamente os investimentos tanto na educação quanto na saúde. Os estudantes são contra a PEC defendida pelo governo do presidente Michel Temer.

ufrn4

Portal UFRN – O Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), está com inscrições abertas para o processo seletivo dos cursos de mestrado e doutorado referente ao ano letivo de 2017. As inscrições são realizadas até 17 de novembro de 2016.

São ofertadas 26 vagas para o curso de mestrado e 20 para o curso de doutorado. Adicionalmente o Programa ofertará quatro vagas destinadas exclusivamente aos servidores da UFRN, sendo duas vagas para o curso de mestrado e duas vagas para o curso de doutorado.

Os candidatos deverão realizar inscrição na página eletrônica do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa) e carregar toda a documentação comprobatória, que está listada no edital edital do processo seletivo, em arquivo PDF.

A seleção, tanto para o mestrado quanto para o doutorado, será composta pelas seguintes etapas: prova teórica escrita, de caráter eliminatório e classificatório; e entrevista, também de caráter eliminatório e classificatório. A entrevista terá por base o projeto de pesquisa e o currículo Lattes do candidato.

Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone: (84) 3215-3556 ou pelo e-mail: pgcs@cchla.ufrn.br.

ifrnnatal

Foi divulgado pela Pró-Reitoria de Ensino o gabarito preliminar da prova do Exame de Seleção 2017, realizada na tarde deste último domingo  (16).

Os candidatos que desejarem interpor recursos após a divulgação das questões de múltipla escolha deverão fazê-lo amanhã, dia 17 de outubro, no Portal do Candidato, em formulário que vai estar disponível das 10h da manhã até as 23h59min. O gabarito oficial do processo será divulgado, assim como consta no edital, após a análise dos recursos, neste portal.

Cerca de 22 mil candidatos se inscreveram no processo seletivo regido pelo Edital Nº 26/2016, que disponibilizou mais de 3 mil vagas divididas entre 31 cursos técnicos integrados que serão ofertados pelo IFRN no ano de 2017.

Confira o gabarito e a prova. Clique aqui!

O E-Tec/EAJ/UFRN, publicou edital com dois mil novecentos e quarenta vagas para os cursos técnicos para entrada no segundo semestre de 2016.

As inscrições são gratuitas e deverão ser realizadas de 18 à 29 de outubro de 2016, mediante preenchimento da Ficha de Inscrição e entrega dos documentos relacionados no edital, nos polos do E-Tec/EAJ localizados nos municípios de Assu, Apodi, Areia Branca, Caicó, Ceará-Mirim, Macaíba, Monte Alegre, Natal, São Paulo do Potengi, Touros e Vera Cruz.

O Processo Seletivo é para cadastro de reservas dos cursos ofertados na modalidade de Educação a Distância, com encontros presenciais. As vagas estão distribuídas entre os cursos técnicos em Agroindústria, Agropecuária, Apicultura, Aquicultura, Cooperativismo, Comércio Exterior, Manutenção e Suporte em Informática, Multimeios Didáticos, Alimentação Escolar e Secretaria Escolar e cursos de Idiomas (Inglês e Espanhol).

As vagas serão preenchidas de acordo com a ordem de inscrição e a divulgação da homologação do resultado está prevista para o dia 7 de novembro. Para se inscrever o candidato deverá ter concluído ou está concluindo o Ensino Médio.

Confira o edital completo e mais informações em www.etec.eaj.ufrn.br

22 mil estudantes realizam o exame de seleção 2017 do IFRN

Ofertando 3.023 vagas, o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) realiza neste domingo (16), às 13h (horário local), seu Exame de Seleção para acesso aos cursos técnicos integrados de nível médio. As provas, que serão aplicadas em 20 dos campi do Instituto em todo o estado, terão duração de 4 horas e contam com 20 questões de Língua Portuguesa, 20 de Matemática e uma redação.

A Pró-Reitoria de Ensino do IFRN, setor responsável pelo Exame, alerta aos candidatos que o acesso aos locais de prova ocorrerá das 12h às 12h45min (horário oficial local), quando os portões serão fechados. Portanto, a orientação é que os candidatos cheguem com 1 hora de antecedência.

Outro ponto de destaque é a documentação, além do material escolar permitido. No dia da prova, os candidatos devem estar portando um documento de identidade com foto, o cartão de inscrição e uma caneta esferográfica preta. Em caso de perda ou roubo do documento de identificação e não existindo outro documento previsto, o candidato deverá obrigatoriamente apresentar o Boletim de Ocorrência Policial, no qual deverá constar a perda ou extravio do documento com prazo de emissão de no máximo 30 dias consecutivos.

Concorrência

Com um total 22.760 estudantes inscritos para os cursos do IFRN, a Região Oeste do estado apresentou, junto ao Campus Natal Central, o maior número de concorrência por curso (como mostra o quadro abaixo): das 10 maiores concorrências, 5 estão naquela região e os outros cinco na mais antiga das unidades do Instituto.

Colocação Índice de concorrência* Curso Campus Turno
10° 11,75 Agroecologia Ipanguaçu Matutino
13,31 Alimentos Pau dos Ferros Matutino
13,33 Informática para Internet Natal Central Vespertino
13,48 Edificações Natal Central Matutino
13,53 Controle Ambiental Natal Central Vespertino
14,22 Mecânica Mossoró Matutino
14,42 Edificações Mossoró Vespertino
15,36 Administração Natal Central Vespertino
17,19 Controle Ambiental Natal Central Matutino
18,81 Informática Mossoró Matutino

                                                  * o Índice de concorrência diz respeito ao número geral de inscritos por                                                 número de vagas, sem fazer distinção entre alunos de escolas públicas ou privadas

Divulgada ainda em setembro, a concorrência às mais de três mil vagas em 31 cursos de nível médio diz respeito ao número geral de inscritos por número de vagas, sem fazer distinção entre alunos de escolas públicas ou privadas, muito embora a metade das vagas ofertadas seja destinada a alunos do ensino público.

Resultados e matrícula

Os resultados serão publicados na página do IFRN: os gabaritos oficiais serão divulgados nos dias que seguem à realização da prova e o link disponibilizado nas redes sociais da Instituição. Já o resultado das questões objetivas está previsto para o dia 4 de novembro; os estudantes que terão suas provas discursivas corrigidas devem aguardar o dia 23 de novembro para conferir sua colocação. O resultado final – após recursos – deve sair no dia 8 de dezembro de 2016. Os alunos aprovados ingressarão no Instituto Federal do Rio Grande do Norte, no curso em que escolher no momento da inscrição, no 1º semestre letivo do ano 2017, com prazo de matrícula previsto para 25, 26 e 27 de janeiro.

aluno-quadro-negro-escola-publica-ensino-infantil-crianca-pre-adolescente-educacao-lousa-giz-1387226863927_615x300
Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil

Cerca de R$ 24 bilhões poderão deixar de ser investidos por ano em educação, a partir da vigência da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241/2016, de acordo com a Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira (Conof) da Câmara dos Deputados. A estimativa, a qual a Agência Brasil teve acesso, está em fase final de elaboração na Casa.

O número – R$ 24 bilhões – considera os orçamentos destinados à Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (MDE) e ao Ministério da Educação (MEC). Atualmente, a União deve investir pelo menos 18% dos impostos em educação. Com a PEC, essa obrigatoriedade cai e o mínimo que deve ser investido passa a ser, a partir de 2018, o valor do ano anterior corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Procurado para responder a respeito do tema, o ministro da Educação, Mendonça Filho, diz, por meio de nota, que o estudo da Câmara parte de pressupostos equivocados, porque leva em consideração a manutenção do quadro econômico atual, “que é muito ruim, mas poderá ficar ainda pior se não houver equilíbrio das contas públicas”.

Os R$ 24 bilhões correspondem à diferença do mínimo constitucional para 2017, de 18% dos impostos arrecadados pela União, fixados pelo Projeto de Lei Orçamentária, e as aplicações totais previstas, observadas as regras impostas pela PEC 241/2016. Em 2017, a previsão é que o governo invista além do limite constitucional.

De acordo com os cálculos da consultoria, cerca de R$ 24 bilhões representam o investimento que fica descoberto com as regras da PEC. Esse investimento a mais não é obrigatório para a União e seguirá sendo opcional com a aprovação da PEC, ou seja, pode aplicar nas áreas que desejar.

Com a PEC 241/2016, o investimento total “vai depender de governo a governo, que poderá investir mais do que o mínimo”, explica o consultor Cláudio Riyudi Tanno, responsável pela elaboração de estudo técnico que analisa os impactos do novo regime fiscal constante na PEC nas políticas educacionais.

Embora educação e saúde tenham sido liberadas de um teto específico, há um teto global de gastos do governo e é esse teto que preocupa as entidades do setor. Tanno avalia que esse teto fará com que as despesas obrigatórias acabem tomando grande espaço e, com isso, os novos investimentos fiquem de lado.

“Tem a possibilidade de aumentar [o investimento em educação], mas no cenário de compressão de despesas é difícil imaginar o crescimento em educação, que terá que ser em detrimento de outras áreas”, afirmou.

Ler mais…

Clique para ampliar a imagem

O IMD na Cientec, iniciativa do Instituto Metrópole Digital da UFRN,  é o título do evento que acontece durante a XXII Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura da UFRN, que se realiza de 19 a 21 de outubro, com o tema Nós no Planeta.

A participação do IMD na Cientec conta com quatro principais vertentes: Seminário de Orientação às Ênfases; Imersão de Escolas; II Workshop nPITI/IMD; e minicursos e capacitações, que serão realizadas nas instalações físicas do IMD (CIVT e nPITI).

O seminário de Orientação às Ênfases é um evento promovido periodicamente pelo Instituto Metrópole Digital para demonstrar aos discentes do BTI as opções de perfil profissional que o curso oferece. A ideia geral é construir um espaço de interação com os discentes para expor as diferentes estruturas curriculares referentes às ênfases presentes no curso e esclarecer quais caminhos profissionais o aluno pode seguir.

Imersão de Escolas é uma iniciativa onde os alunos e professores de escolas do Ensino Médio de Natal e do interior do Estado têm a oportunidades de conhecer a estrutura do IMD e os cursos ofertados. A imersão consiste em uma palestra, uma visita guiada pelo IMD e um conjunto de demonstrações práticas de projetos desenvolvidos pelos grupos de pesquisa do Instituto.

O II Workshop nPITI/IMD tem o objetivo de divulgar os projetos e atividades de pesquisa e inovação realizados no Núcleo de Pesquisa e Inovação em Tecnologia da Informação (nPITI) do IMD. A ideia é criar um espaço de discussão entre alunos e professores dos cursos de Computação, Tecnologia de Informação e áreas afins, sobre tópicos de grande repercussão nas áreas de sistemas embarcados, sistemas inteligentes, prototipação de circuitos, robótica, microeletrônica, dentre outras. A programação do evento contará com a apresentação de projetos realizados no nPITI, a oferta de diversos minicursos nas diferentes áreas, além  de palestras de pesquisadores renomados.

Os minicursos e as capacitações contam em sua programação com uma série de minicursos, abordando temas diversos, com o objetivo de enriquecer a formação do aluno. A gama de cursos ofertados conta com a colaboração do Setor de Produção de Multimídia, Setor Pedagógico e docentes do IMD.