Educação Arquivo

O Governo Federal vai realizar, agora no ano de 2015, uma verdadeira democratização na proposta educacional do Brasil. Por intermédio da Base Nacional Comum, a União abriu um novo espaço para os professores e qualquer pessoa interessada opinar sobre as diretrizes educacionais que irão reger o ensino no País. A função do plano é definir os objetivos de aprendizagem a serem considerados pelos professores e coordenadores na hora de elaborarem o projeto pedagógico da escola.

A Base Nacional Comum é uma grande consulta pública, onde basta ao interessado se cadastrar no site basenacionalcomum.mec.gov.br para começar a elaborar os objetivos e conteúdos que achar pertinente a educação. Os tópicos fazem referencia a todo conteúdo dos níveis infantil, fundamental e médio.

No ar desde 15 de setembro de 2015, o portal da Base recebeu, até 30 de novembro, cerca de 4,2 milhões de contribuições de 119 mil professores, 3,1 mil estudantes, 1,6 mil pais, 1,8 mil organizações da sociedade civil, pesquisadores e 21,3 mil escolas públicas e privadas.

Base Nacional Comum em Macaíba

Em Macaíba, a Prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, realizou um grande esquema para abranger todos os professores das escolas do município, realizando reuniões com todos os educadores, coordenadores e diretores durante todo o mês de novembro e dezembro.

Anteriormente, o conteúdo das aulas era regido pelos Parâmetros Curriculares Nacionais, que era entregue pelo Governo Federal, com pouca participação popular.

Nas reuniões, foram debatidos os temas inerentes ao tema e os professores tinham a total autonomia para opinar sobre os assuntos que julgarem mais pertinentes para o ensino dos jovens macaibenses.

A professora Joelma Coelho, que leciona na Escola Tancredo Neves, no Distrito do Pé do Galo, falou sobre a oportunidade. “Acho muito interessante, receber essa abertura do Governo para poder opinar, é uma visão democrática que recebeu total apoio dos educadores”, completou.

Após as reuniões com os professores, os diretores de todas as escolas do município devem cadastras as instituições e sintetizar as opiniões dos educadores. No próximo dia 15 de Dezembro, a Secretaria Municipal de Educação vai reunir os dados oferecidos pelos diretores e elaborar um índice institucional.

Assecom

Estudantes de graduação da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (FACISA) realizam, entre os dias 2 e 4 de dezembro, a III Neuroação – uma ação de extensão que levará conhecimentos e discussões acerca da neuroanatomia e da neurofisiologia a estudantes do ensino médio de escolas públicas de Santa Cruz.

Além de integrar a Universidade à rede pública de ensino, a ação deve possibilitar aos estudantes de graduação a relação entre os conhecimentos estudados em sala de aula e as situações reais da prática profissional. Para os professores de biologia participantes, a proposta é promover o desenvolvimento de novas estratégias educacionais para melhorar as condições do ensino básico.

Entre as atividades que serão desenvolvidas no Laboratório de Morfologia e Fisiologia Humana e nas salas de aula da FACISA, nos turnos da manhã e da tarde, vão acontecer palestras, vídeos, aulas práticas, jogos lúdicos, maquetes e discussões de artigos científicos sobre a aplicação da neurociência no estudo de patologias.

Está confirmada a participação de pelo menos quatro escolas públicas: as escolas estaduais Professor João Ferreira de Souza, José Bezerra Cavalcante, Professor Francisco de Assis Dias Ribeiro e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN – Campus Santa Cruz).

A ação é organizada por estudantes de graduação dos cursos de Nutrição e Fisioterapia que estão cursando as disciplinas de Morfologia e Fisiologia Humana neste semestre. Os projetos de ensino foram elaborados sob orientação dos professores e com auxílio dos monitores das turmas.

Iniciativa

As duas primeiras edições da Neuroação foram motivadas pelo sucesso das atividades de monitoria em morfologia e fisiologia humana desenvolvidas pelos estudantes de Nutrição e Fisioterapia da FACISA em 2013, com o uso de dinâmicas, jogos lúdicos, peças teatrais e materiais informativos.

Desde então, avança o projeto de Iniciação à Docência em Morfologia e Fisiologia Humana, que promove, entre outras atividades, cursos de férias de morfologia, monitorados por estudantes da FACISA que, em sua maioria, estudaram em escolas públicas na região do Seridó e Trairi.

A III Neuroação tem o apoio da Pró-reitoria de Extensão (PROEX) e da Rede Nacional de Educação e Ciência: Novos Talentos da Rede Pública, financiada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e coordenada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Portal UFRN

A partir de amanhã (26), o município de Macaíba sedia o II Simpósio de Neuroengenharia. O evento trará para o município pesquisadores nacionais e internacionais que irão fazer discussões, demonstrações práticas em pesquisas em neuroengenharia, compartilhar conhecimentos e estreitar colaborações.

O evento é direcionado para graduandos e pós-graduandos nas áreas de engenharias, ciências da saúde e biológicas. Estudantes do Ensino Médio também poderão participar. O Simpósio também será realizado na sexta-feira (27). A programação ainda inclui apresentação da Escola de Música de Macaíba, visita ao Solar Ferreiro Torto e “Hands On” no Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra.

Ler mais…

O cadastramento dos 1067 candidatos classificados na seleção para os cursos técnicos do Instituto Metrópole Digital (IMD) da UFRN começa nesta segunda-feira, 23, e prossegue até o dia 2 de dezembro.

Os locais para realizar o cadastramento são os quatro polos do IMD, em datas distintas, de acordo com os grupos pré-selecionados dos candidatos, conforme está discriminado no Edital 001/2015  do Instituto.

No Campus de Natal, o cadastro será feito nos dias 23, 24, 25, 26, 27 e 30 de novembro, e 1º e 2 de dezembro, no horário das 8h às 17h, na sede do Centro de Vocação Tecnológica do  IMD, na sala B 205

No Polo Caicó, os alunos aprovados devem se cadastrar no Centro Regional de Ensino Superior do Seridó (CERES), localizado à Rua Joaquim Gregório s/nº, Bairro Penedo –  Laboratório de Aulas do IMD, nos dias 23 e 24 de novembro, no horário das  8h às 11h, e das 14h às 17h.

Os candidatos aprovados para o Polo de Mossoró fazem cadastramento nos dias 23, 24, 25, 26 e 27 de novembro, no horário das 8h às 11h e das 14h às 17h, na Secretaria do IMD – Polo Mossoró, que fica na UFERSA, Campus Oeste, Prédio Central, Térreo, cujo endereço é avenida Francisco Mota, 572, bairro Costa e Silva.

O Polo da UFERSA em Angicos faz cadastramento nos dias 23 e 24, no horário das 8h às 11h e das 14h às 17h, no Escritório do Metrópole Digital – Polo Angicos – Bloco de Laboratórios – UFERSA (Campus  Angicos), rua Gamaliel Martins Bezerra, S/N Alto da Alegria .

A diretoria de Segurança Patrimonial (DSP) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realizou na manhã desta última sexta-feira, 20, a última abordagem para a saída de ambulantes de dentro do Campus Central, em Natal. A ação contou com o apoio da Polícia Federal (PF), tendo em vista o território ser juridicamente “área federal”.

O trabalho começou em julho deste ano, com uma rodada de conversa entre o pró-reitor de administração, Anailson Márcio Gomes, e os 17 vendedores ambulantes, visando o cumprimento da Lei n. 8.666/93, que institui normas para licitação e contratos da administração pública federal, seja para serviços, aquisição, concessões e permissões.

Dessa forma, qualquer atividade comercial no âmbito da UFRN só pode ocorrer mediante concessões e permissões. É o caso do serviço prestado pelos comerciantes em cerca de 15 cantinas do Campus Central, além dos demais campi no interior.

Como poucos ambulantes aderiram à notificação escrita, entregue no mês de agosto, com um prazo de cinco dias para a saída dos espaços e após desobrigada da ação judicial, a UFRN entrou na fase de conclusão da missão legal.

A abordagem de 17 ambulantes ocorreu de forma pacífica, segundo o coordenador de segurança patrimonial da UFRN, José Anchieta de Freitas.

Foto: Arquivo

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) e a Secretaria Estadual de Educação (SEEC) realizaram esta semana as aulas inaugurais dos cursos técnicos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) nos municípios de Caicó, Touros, São José de Mipibu, Macaíba, Apodi, São Gonçalo do Amarante, Mossoró e Natal.

As aulas foram realizadas nas Escolas Estaduais Calpúrnia Caldas, Isabel Barbosa, Francisco Barbosa, Alfredo Mesquita, Professor Antônio Dantas, José Moacir, Abel Freire Coelho, Padre Miguelinho, Floriano Cavalcante e Edgar Barbosa; e contaram com a presença da equipe administrativa e pedagógica das escolas, além de professores e representantes da Secretaria Estadual de Educação e da Escola Agrícola de Jundiaí.

Para o secretário de Educação do Rio Grande do Norte, Francisco Chagas, a oferta de cursos profissionalizantes pelo Pronatec atende à necessidade de melhorar a qualidade educacional da rede estadual e promover a cidadania.

“Diante das dificuldades financeiras que o Governo enfrenta e a necessidade de reestruturar a educação do Rio Grande do Norte, precisamos da qualificação técnica promovida com excelência pela UFRN. A Escola Agrícola de Jundiaí tem sido uma grande parceira da SEEC, e essa parceria só vem a somar e proporcionar uma educação profissional de qualidade que atenda às demandas dos municípios”.

Está chegando o dia de mais uma edição do Instância das Artes. Vamos prestigiar a poderosa voz de CRISTINA DE HOLANDA e o teclado mágico do pianista FRANK LEMOS.

O Projeto, aberto ao público, ocorre sempre na última quinta-feira do mês, às 11 horas, Hall da Justiça Federal, Natal/RN,com apresentações de dois artistas, onde o primeiro convidado atua com uma apresentação instrumental de 15 minutos e, o segundo convidado, finaliza com uma apresentação vocal, também de15 minutos, fechando a meia hora destinada ao projeto.

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte é inovadora com a iniciativa, sendo a única Seção Judiciária da 5ª Região, com este formato, a prestigiar o artista local, o que já vem servindo de base para outras Seções, além de agregar valores à qualidade de vida de seus servidores.

A edição de novembro tem data agendada para o dia 26, às 11h, Hall da Justiça Federal, em Natal/RN.

O público precisa do artista e o artista precisa de aplausos,

A maior atração será a sua presença!

Participe!

Serviço:
Projeto Cultural Instância das Artes
Cristina de Holanda & Frank Lemos
Hall da Justiça Federal RN
Quinta-feira, 26 de novembro de 2015, às 11h
Rua Dr Lauro Pinto – 245 – Lagoa Nova – Natal/RN

José Carlos
Coordenador das atividades culturais e artísticas da JFRN — com Frank Lemos.