Educação Arquivo

Portal IFRN -A Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) divulgou o Edital n°44/2017, referente às inscrições para o Processo Seletivo de vagas remanescentes dos Cursos Técnicos de Nível Médio na forma subsequente ofertados pelo Instituto. Com ingresso no segundo semestre letivo de 2017, os campi, cursos e número de vagas disponíveis estão relacionadas na tabela abaixo.

Inscrição

A inscrição do candidato será realizada exclusivamente via internet, no Portal do Candidato, no período de 21 de agosto de 2017, a partir das 14h, até o dia 31 de agosto de 2017 às 18h, horário local. Para saber detalhes, o interessado deve baixar o edital.

d2f15385da52321bf577e29460f7df38

A Prefeitura de Macaíba, por intermédio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (SMIN), prossegue com seu ritmo de obras na futura creche do distrito de Traíras, um dos mais populosos do município, estando localizado há cerca de 30 km do centro. A nova unidade de ensino terá capacidade para atender cerca de 250 crianças com idades entre 2 e 5 anos.

As obras estão avançando e a creche já começou a receber sua cobertura. Esta é a mais uma obra significativa que a Prefeitura pretende inaugurar na região nos próximos meses. No final do mês passado, julho, outra creche similar foi inaugurada no distrito de Canabrava – Creche Damiana França Rodrigues, nas adjacências de Traíras, beneficiando não só o próprio distrito como também comunidades e assentamentos próximos.

Ressalta-se que, além da creche de Traíras, também estão sendo construídas outras duas grandes creches: uma no distrito de Cajazeiras e uma no bairro Campo das Mangueiras. Levando-se em consideração que cada uma dessas unidades tem capacidade para atender em média 250 crianças, serão criadas aproximadamente 1 mil vagas no âmbito da Educação Infantil do município.

Ainda é relevante pontuar que, em abril de 2015, a gestão municipal, com o então (e também atual) prefeito Fernando Cunha, concluiu e inaugurou a Creche Proinfância Profª Eunice Eugênia de Araújo Costa, no Conjunto Líbano, que hoje em dia atende cerca de 280 crianças de várias partes da região central da cidade.

Assecom

Campus Natal-Central (Cnat) do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) será palco, entre os dias 19 e 20 de agosto, da etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), que chega a sua 11ª edição e selecionará as melhores equipes de escolas públicas e privadas para representar o RN na etapa nacional, em Curitiba/PR. A competição tem entrada gratuita e acontecerá nas quadras do CNat, das 8h às 18h. As equipes do nível médio irão competir no sábado, dia 19, e as do fundamental, no domingo, dia 20 de agosto.

A OBR abrange duas modalidades competitivas: prática e teórica. Na etapa deste fim de semana, na modalidade prática, participarão 198 equipes do Rio Grande do Norte e os competidores terão de construir e programar um robô que deve vencer obstáculos para salvar vítimas em um ambiente que simula um cenário de demolição.

Com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e do IFRN, e o patrocínio das empresas Robô Ciência e Roboeduc, o evento é voltado para as pessoas que gostam de tecnologia e têm afinidade com robótica. Dessa forma, além de contar com a presença dos competidores, o evento busca difundir a robótica para a sociedade em geral e atrair crianças, adolescentes e adultos para esse universo.

Além da etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica, o Campus Natal-Central do IFRN promoverá, no mesmo período, a I Competição de Robótica para nível superior do RN e a I Mostra Nacional de Robótica – regional RN, que contará com 21 projetos de alunos da educação infantil ao Ensino Superior das mais diversas áreas, desde cordéis com a temática da robótica a projetos na área de automação residencial.

A programação do evento conta ainda com uma apresentação de dança com robôs e um show da física com o professor do CNAT, Amadeu Albino Júnior, conhecido como “o mago da física”.

Mais informações pelos telefones 4005.9855/9882.

A Assessoria de Comunicação da Reitoria (Ascom-R) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) abre seleção para bolsista de apoio técnico. Os candidatos devem ser estudantes do curso de Jornalismo, a partir do quarto período, que tenham interesse em atividades relacionadas à assessoria de comunicação, tais como produção de clipping e elaboração de matérias.

A bolsa tem valor de R$ 400, com carga horária de 20h semanais, no turno matutino (8h às 12h) e duração de até dois anos. A seleção será composta de análise curricular, entrevista e avaliação de conhecimentos técnicos (produção textual).
Interessados devem encaminhar currículo e histórico acadêmico até o dia 21 de agosto para o e-mail ascom@reitoria.ufrn.br. A etapa de seleção acontece entre os dias 22 e 25, com chamada do selecionado no dia 28 para início da bolsa a partir de 1º de setembro.

Sabrina Craide – Repórter da Agência Brasil*

Renegociação de contratos, redução nos cardápios em restaurantes universitários, falta de recursos para manutenção, atraso no pagamento de contas. Essa é a realidade de algumas universidades federais, que reclamam da falta de verbas e do contingenciamento de recursos feito pelo governo federal.

O presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Emmanuel Tourinho, diz que os valores de custeio previstos para este ano para as universidades não são suficientes nem mesmo para as despesas regulares com energia, vigilância, limpeza, bolsas para os alunos de baixa renda e serviços de manutenção das instalações.

“Não será possível manter as instituições funcionando adequadamente se esse quadro não for rapidamente alterado. Os valores liberados até agora só garantem o funcionamento das instituições até setembro”, diz.

Segundo ele, não há recursos para concluir as obras inacabadas, e universidades mais antigas estão com infraestrutura deteriorada por falta de recursos para manutenção. Além disso, instituições novas estão funcionando em prédios alugados por falta de recursos para concluir as suas instalações

“É imprescindível recompor imediatamente os orçamentos das universidades federais. Estamos falando de um patrimônio dos mais valiosos para a sociedade brasileira e que está sendo colocado em risco. O prejuízo no longo prazo será incalculável”, diz Tourinho, que também é reitor da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Na semana passada, o Ministério da Educação (MEC) anunciou um aumento em cinco pontos percentuais no limite de empenho para custeio e investimento de universidades e institutos federais. Com o aumento, o limite do custeio, que é utilizado para a manutenção das instituições de ensino, passou de 70% para 75% e o limite de capital, utilizado para adquirir equipamentos e fazer investimentos, passou de 40% para 45%.

Mesmo com a liberação, o presidente da Andifes diz que a situação das instituições não muda, quanto a sua capacidade de honrar compromissos até setembro. “Para 2018, o quadro é também preocupante. Não temos ainda a previsão de recursos para investimento, nem a correção dos recursos de custeio”, diz Trourinho.

Gestão

O ministro da Educação, Mendonça Filho, diz que a meta é liberar 100% dos valores para custeio até o fim do ano. “Estamos no meio do exercício, e as liberações ocorrerão gradualmente, ao longo dos próximos meses, até dezembro. Então, posso tranquilizar as universidades federais de que os recursos serão liberados”, disse. De acordo com o MEC, neste ano já foram liberados R$ 4,8 bilhões para limite de empenho das universidades federais.

Para 2017, o limite de empenho previsto inicialmente para as universidades é 85% do valor previsto para despesas de custeio e de 60% para despesas de capital. “No entanto, o MEC está trabalhando para aumentar esse limite, assim como fez no ano passado, quando, mesmo após o contingenciamento feito pelo governo anterior, conseguiu liberar 100% de custeio para as universidades”, diz o ministério.

Segundo o ministro Mendonça Filho os problemas financeiros enfrentados pelas universidades muitas vezes decorrem de má gestão. “Em muitas situações de universidades federais há divergência e desequilíbrio do ponto de vista de capacidade gerencial. Algumas universidades não enfrentam problemas e dificuldades, porque elas são competentes, capazes e qualificam melhor suas gestões”, disse, lembrando que não compete ao MEC liberar a administração de recursos nas universidades federais.

UFRGS atrasa pagamento de contas

Na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a projeção é de um déficit de R$ 40 milhões até o fim do ano. Segundo o reitor da universidade, Rui Vicente Oppermann, a prioridade da administração é o pagamento de terceirizados. “Hoje temos uma tomada de decisão que é quase aquela de Sofia – onde é que vou fazer cortes? Nos últimos anos temos feito racionalização de serviços para diminuir a despesa com terceirizados, mas já chegamos a um limite”, contou.

As despesas compulsórias como contas de luz, água e comunicação estão sendo deixadas de lado no momento. “Contamos com a compreensão dos prestadores desses serviços públicos para que possamos fazer a rolagem dessa dívida sem maiores consequências.” O segundo item na lista de corte são os serviços de reformas e manutenção, importantes por se tratar de um campus extenso e com prédios antigos.

O reitor espera que não haja necessidade de reduzir mais os serviços como segurança, limpeza e fornecimento de alimentos. “Estamos confiando em um mínimo de sensibilidade do governo na liberação de recursos para que a gente possa chegar com pelo menos 90% do custeio liberado até o fim do ano”, admitiu.

UFMG diz que tem recursos para custeio até setembro

O reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Jaime Ramírez, conta que só há recursos para as despesas cotidianas, como insumos e serviços terceirizados, até setembro. “Se o governo federal mantiver a liberação de recursos no patamar de 85% do previsto, não só a UFMG, mas todas as outras federais vão ficar em situação grave até o fim do ano.”

No entanto, ele garante que a universidade não irá suspender as atividades-fim, mesmo que seja preciso atrasar pagamentos de fornecedores. Ramírez assegura que não haverá redução no pagamento de bolsas e benefícios de assistência estudantil, pois recursos de custeio têm sido utilizados para complementar o pagamento dos benefícios.

A administração da UFMG está trabalhando para que o governo federal libere R$ 25,98 milhões de recursos de custeio, o que corresponde a 15% do orçamento da universidade para 2017. O orçamento de custeio da UFMG em 2017 é de R$ 173,2 milhões, cerca de 10% inferior ao de 2016.

*Colaborou Daniel Isaia, de Porto Alegre

Foto: UFRN

Portal da UFRN – O Mestrado Profissional em Ensino de História (ProfHistória), coordenado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), está com inscrições abertas até o dia 28 de setembro. São 467 vagas no total, sendo 22 destinadas à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Os interessados devem realizar inscrição no site do ProfHistória, onde está disponível o edital do processo seletivo e o requerimento de inscrição. Após preencher os dados solicitados, o candidato deverá imprimir o boleto bancário e realizar pagamento da taxa no valor de R$ 120.

O exame nacional de acesso, realizado no dia 22 de outubro, será composto de prova objetiva contendo 20 questões de múltipla escolha e de prova discursiva, contendo uma questão, ambas de caráter eliminatório e classificatório. O local de realização da prova será divulgado no cartão de confirmação do candidato, que estará disponível a partir de 10 de outubro.

O resultado final do processo seletivo será divulgado no dia 30 de novembro. Outras informações podem ser obtidas no site do ProfHistória.

Em sua quinta edição, a Mostra Tecnológica do IFRN acaba de abrir as inscrições de projetos, protótipos e processos inovadores. Podem inscrever seus trabalhos estudantes, servidores e demais interessados na temática de inovação e empreendedorismo, com foco no ensino médio e técnico, incluindo o ProEJA.

 As inscrições podem ser feitas até o dia 25 de agosto, através do site do evento. A comissão organizadora indicará os três melhores trabalhos para receber certificado e credenciamento para feiras nacionais de tecnologia. Os projetos devem estar enquadrados em uma das seguintes categorias:

• Engenharias;

• Ciências Agrária;

• Ciências Exatas e da Terra;

• Ciências Biológicas;

• Ciências da Saúde;

• Ciências Sociais Aplicadas;

• Ciências Humanas;

• Artes, Letras e Linguística.

De acordo com o diretor de Inovação Tecnológica do IFRN, professor Rodrigo Siqueira, “a mostra promove integração entre as instituições de ensino, a pesquisa e o meio empresarial, possibilitando o desenvolvimento, a aplicação e a divulgação de novas tecnologias”.

A Mostra Tecnológica vai acontecer durante a III Semana de Ciência, Tecnologia e Extensão do IFRN (Secitex), que acontece neste ano na Ilha de Santana, organizada pelo Campus Caicó do Instituto, em parceria com as Pró-Reitorias de Pesquisa e Inovação e de Extensão. A Mostra é promovida pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação. A previsão é que sejam selecionados 39 trabalhos para apresentação. Os trabalhos serão apresentados nos dias 28, 29 e 30 de novembro, a partir das 15h até as 22h.

A premiação será anunciada a partir das 18h do dia 30 de novembro. Todos os detalhes sobre a submissão e avaliação dos projetos podem ser conferidos na página da Secitex. Acesse:

Mostra Tecnológica – Secitex 2017

Do e-Tec/EAJ/UFRN

A coordenação geral do e-Tec/EAJ realizou nesta última  quinta-feira (10) uma reunião geral com professores mediadores e coordenadores de cursos do MedioTec EaD. O encontro aconteceu no auditório do Ensino Médio da Escola Agrícola de Jundiaí.

O coordenador geral Max Lacerda fez uma apresentação geral sobre o programa e as equipes de coordenação pedagógica e secretaria escolar detalharam as especificações do MedioTec e a metodologia de trabalho.

A reunião também serviu para apresentação da equipe e para tirar dúvidas sobre a nova empreitada coordenada pelo e-Tec/EAJ. As aulas estão previstas para começar a partir do dia 19 de agosto e, em breve, será divulgado o calendário detalhado de cada polo.

“A equipe e-Tec está muito empenhada com o MedioTec EaD desde que começamos a idealizar como seria essa oferta, passando pela realização dos seminários de profissões nas escolas dos municípios participantes, pela seleção de professores, e agora, com a chegada desse reforço, seguimos para começar as aulas”, ressaltou o professor Max Lacerda.

O e-Tec passa a atuar agora em 33 municípios potiguares ofertando 16 cursos através da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), da Escola de Saúde da UFRN (ESUFRN) e do Instituto Metrópole Digital (IMD).

Foto: Macaíba no Ar

Foto: Macaíba no Ar/ Arquivo

Portal da UFRN – Segue até esta sexta-feira, 11, o período de confirmação de matrícula nos cursos técnicos ofertados pela Escola Agrícola de Jundiaí para alunos da rede estadual de ensino. Os aprovados devem comparecer aos locais onde os cursos serão realizados para apresentar documentação. O início das aulas está previsto para o dia 14 de agosto.

É necessário apresentar atestado de matrícula ou declaração da escola; certidão de nascimento ou casamento (cópia); original e cópia do RG e CPF; comprovante de endereço; cópia do histórico escolar da série anterior e laudo médico (se for portador de necessidade especial). Os aprovados com idade acima de 18 anos devem apresentar, também, título de eleitor, comprovação de votação; e certificado de reservista (para homens).

Os cursos são presenciais, mas com conteúdos de educação a distância, e acontecem nas dependências de escolas estaduais, centros de educação profissional, nos Campi da UFRN em Natal e Macaíba e na Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa). As informações sobre locais de matrícula estão disponíveis aqui.

 

Portal da UFRN – A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGED) e do Centro de Educação (CE), inscreve até o dia 14 de agosto, para a seleção de mestrado e doutorado em Educação com ingresso em 2018.1.

O programa oferta 94 vagas, sendo 55 para o mestrado e 39 para o doutorado. Dessas vagas, 10% são para servidores permanentes da UFRN, distribuídos da seguinte forma: cinco vagas para o mestrado e quatro vagas para o doutorado. Os candidatos da demanda interna devem atender aos requisitos mínimos propostos pelo PPGED para a candidatura e aprovação no processo seletivo.

As inscrições são feitas exclusivamente por meio do site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve). Mais informações sobre o processo seletivo podem ser obtidas no edital, disponível aqui.

Portal IFRN – A Diretoria de Gestão em Atividades Estudantis do IFRN (Digae) publicou nesta segunda-feira (7) o Edital 3/2017, referente aos programas de assistência estudantil. São ofertadas 399 vagas distribuídas entre alimentação estudantil, apoio à formação estudantil (iniciação profissional) e auxílio transporte. As vagas são voltadas para os campi Apodi, Caicó, Ipanguaçu, Natal-Cidade Alta, Pau dos Ferros e Santa Cruz.

INSCRIÇÕES

Podem concorrer estudantes dos cursos técnicos de nível médio, na forma Integrada e EJA, Subsequente ou Superior do IFRN, na modalidade presencial, com matrícula e frequência regulares e prioritariamente em situação de vulnerabilidade social e econômica.

O período de inscrição varia conforme o campus e está determinado no Anexo I do edital, como as normas para o processo de inscrição. Todos os interessados deverão se inscrever primeiramente no Suap, além de entregar no campus a documentação exigida no Item 6 do edital.

SOBRE OS PROGRAMAS

Os Programas de Assistência Estudantil do IFRN têm como objetivo contribuir para que estudantes em situação de vulnerabilidade social tenham condições básicas para a permanência com qualidade na Instituição. “A intenção final é promover a redução dos índices de retenção e evasão escolar decorrentes das condições de vulnerabilidade social e econômica”, declarou Odisseia Gaspareto, diretora de Atividades Estudantis do IFRN.

Acesse:

Edital 3/2017

Suap

aplicativo do Enem

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Da Agência Brasil -Professores das redes públicas estaduais e municipais e servidores públicos do Executivo Federal têm até hoje (7) para se inscreverem para a Rede Nacional de Certificadores (RNC) do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. As inscrições terminam às 23h59 (horário oficial de Brasília) e podem ser feitas no sistema da RNC no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Os certificadores são representantes do Inep no local de aplicação do Enem, sendo responsáveis por conferir vários procedimentos. A remuneração é R$ 318 por dia, com 12 horas de trabalho.

Antes de realizar a inscrição é preciso fazer um cadastro no sistema da RNC. As inscrições também podem ser feitas pelo aplicativo da RNC, disponível para download nas lojas Google Play, para Android, e App Store, para IOS. O processo só se concretiza quando o interessado faz o cadastro e a inscrição.

Os servidores públicos interessados em se inscrever na RNC não podem estar em gozo de licenças, afastamentos legais ou inativos; e os docentes das redes públicas precisam ser efetivos e estarem devidamente registrados no Censo Escolar. A formação mínima exigida pelo Inep é o Ensino Médio. Os certificadores também não podem estar inscritos no Enem 2017, nem ter parentes de até terceiro grau fazendo o exame este ano.

Para atuar na RNC é indispensável ter smartphone ou tablet com acesso à internet móvel, com especificações técnicas detalhadas no edital, para acessar o aplicativo que permite o contato dos certificadores com o Inep. Os certificadores precisam, ainda, ter computador com acesso à internet para realização do curso de capacitação a distância oferecido pelo Inep. Só serão aceitos na RNC aqueles que conseguirem aproveitamento mínimo no curso.

IFRN lança edital de especialização em Tecnologias Aplicadas à Educação

A Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) publicou o Edital 40/2017, que rege processo seletivo para quarenta vagas em Pós-Graduação oferecidas pelo Campus Ceará-Mirim. As aulas começam no segundo semestre letivo de 2017. O Edital trata de curso de Especialização em Tecnologias Aplicadas à Educação. As inscrições ocorrerão de 07 a 17/08, através do Portal do Candidato, com taxa de inscrição no valor de R$ 50.

Voltada a portadores de diploma de graduação que estejam atuando em sala de aula e outros profissionais das áreas de Informática, Computação e Educação, a seleção também inclui candidatos que estejam no último período do curso de graduação, desde que, em caso de aprovação, apresentem o certificado de conclusão/diploma do curso no momento da matrícula.

Acesse

Portal do Candidato

Edital 40/2017 – Documento completo

O Instituto Cursos Estratégicos é uma instituição privada voltada para a educação de qualidade, que forma além de cidadãos, pessoas altamente capacitadas para realizar seus sonhos e seu futuro. Realizamos aulas particulares no município de Macaíba –

RN das seguintes disciplinas:

Para Ensino Fundamental: Português/Redação, Matemática, História, Geografia, Ciências;

Para Ensino Médio: Português/Redação, Matemática, História, Geografia, Inglês, Biologia, Física, Química,

Para Ensino Superior: Cálculo 1, Cálculo 2, Cálculo 3, Álgebra Linear, Estatística Básica,

Entre em contato conosco para mais informações: (84) 99446-5765 (WhatsApp)