Educação Arquivo

resultado do Sisu, educação. MEC

 

Agência Brasil – O Ministério da Educação (MEC) liberou há pouco o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que estava com divulgação suspensa por ordem judicial . As informações foram liberadas depois de decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), na tarde de hoje (28).

Neste semestre, são 237.128 vagas em 128 instituições de ensino superior públicas de todo o país. Segundo a pasta, mais de 3,4 milhões de inscrições foram realizadas este ano. Quem não for contemplado agora, poderá participar da lista de espera da segunda chamada, entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro.

O ministério informou também que estarão abertas hoje à noite as inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni). No cronograma inicial, o término para concorrer às bolsas seria na próxima sexta-feira (31). O MEC decidiu prorrogar o prazo por mais um dia, sábado,1º de fevereiro, para que os candidatos tenham tempo suficiente de se inscreverem.

Por meio de nota, a pasta acrescentou que o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) permanece com o cronograma atual, com inscrições de 5 a 12 de fevereiro.

Agência Brasil – Inicialmente programadas para terem início nesta terça-feira (28), as inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni) foram suspensas pelo Ministério da Educação nesta segunda-feira (27). O ministério ainda não estipulou nova data.

A decisão foi tomada após o Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região suspender a divulgação do resultado das inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Segundo o MEC, o cronograma do do Sisu e o do Prouni, ambos programas de acesso à educação superior, só serão divulgados após uma decisão final da justiça.

O Sisu oferta vagas em instituições públicas de ensino superior. Já o Prouni oferta bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior. Mas ambos utilizam notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Como foi comprovada a falha na correção (http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2020-01/inep-encontra-inconsistencia-em-correcao-do-enem) de algumas provas do Enem, a justiça atendeu o pedido da Defensoria Pública da União (DPU) de suspender a divulgação dos resultados do Sisu. A ideia é não comprometer a transparência e a lisura do procedimento que dá acesso às vagas, seja de um programa, seja de outro.

Segundo a DPU, em seu pedido, a revisão das notas pode provocar alteração nos resultados finais de todos os candidatos. E essa alteração, ainda que de décimos, pode ser a diferença entre conseguir ou não a vaga pretendida.

O MEC, no entanto, vai disponibilizar aos estudantes a consulta de bolsas do Prouni, uma vez que se trata apenas de uma informação. Com isso, a consulta das mais de 251 mil bolsas relativas ao processo seletivo 1/2020 já está aberta.

Resultado de imagem para pax ufrn

Foto: Portal da UFRN

Os pesquisadores Elson Longo e Valéria Longo iniciaram uma série de visitas e reuniões no estado na manhã desta segunda-feira, 27, quando conheceram o projeto do Parque Científico Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX). A assessora especial do gabinete da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que coordena o projeto do Parque, ngela Maria Paiva Cruz, e o diretor da Agência de Inovação (AGIR), Daniel de Lima Pontes, defenderam que a conjunção de fatores como os projetos estratégicos definidos pela UFRN para o próximo decênio, a infraestrutura construída disponível e a qualificação dos docentes são diferenciais.

Angela Paiva detalhou ainda que a ideia é que o Parque Científico e Tecnológico esteja voltado principalmente para as áreas de Energias, Reabilitação em Saúde e Indústria 4.0. Durante a exposição, na Sala de Reuniões da Secretaria de Relações Internacionais (SRI), Daniel Pontes pontuou que já existe uma área construída de 15 mil metros quadrados, que será adaptada para este tipo de projeto de fomento ao desenvolvimento de inovação, com a integração entre o setor produtivo e a universidade. No local, haverá centro de inovação, incubadora multissetorial, aceleradora, agência de inovação e um Health Tech Lab. Além disso, as empresas que se instalarem na área vão contar com incentivos fiscais, relacionamento com os pesquisadores e outras condições adequadas ao desenvolvimento tecnológico.

Doutor em Físico-Química pelo Instituto de Física da USP-São Carlos, Elson Longo publicou mais de mil artigos em revistas internacionais e gerou mais de 850 trabalhos em congressos. Atualmente, é Diretor do Centro para o Desenvolvimento de Materiais Funcionais da Fapesp e mantém forte intercâmbio com instituições nacionais e internacionais de pesquisa na Espanha, França, EUA e Itália. “É interessante termos o cultivo ao empreendedorismo inserido neste projeto, por isso a importância das startups”, colocou. Ambos pesquisadores são vinculados à Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e serão recebidos pela governadora Fátima Bezerra na manhã desta terça-feira, 28, logo após visita às instalações do PAX. Além disso, na quinta-feira e na sexta-feira, 30 e 31 respectivamente, proferem palestras para os alunos e docentes dos programas de Química e de Ciência e Engenharia de Materiais e também para os alunos de Ciências Farmacêuticas e Desenvolvimento e Inovação em Medicamentos.

Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX)

Localizado na cidade de Macaíba/RN e com uma área prevista de 50 hectares, o Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX) está inserido em um ambiente de inovação proveniente da parceria entre Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação/ICTs, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Federação das Indústrias, Federação do Comércio, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e prefeituras da Região Metropolitana de Natal. O Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo contará também, em seu ecossistema, com incubadora e aceleradora de empresas, oferta de serviços de propriedade intelectual por meio da Agência de Inovação da UFRN e de diversos laboratórios de pesquisa e inovação das ICTs associadas.

O prefeito Fernando Cunha esteve reunido com representantes do IFRN de São Gonçalo do Amarante, nesta segunda-feira (27), no Palácio Auta de Souza. O objetivo foi discutir parcerias entre a Prefeitura e o Instituto para que os estudantes do campus participem de atividades esportivas e eventos na Vila Olímpica de Macaíba, entre outras ações de desenvolvimento educacional e profissional.

Durante o encontro, o prefeito destacou a disponibilidade da Prefeitura, a parceria que a administração tem com a Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) e as ações realizadas diariamente na Vila juntos aos alunos da rede pública municipal de ensino. A diretora geral, Luisa de Marilac e o professor e coordenador de extensão do campus, Fernando Freire estiveram na reunião, onde também estiveram presentes o Chefe de Gabinete, Juedson Costa, o representante da Secretaria de Trabalho e Assistência Social de Macaíba, Iago Oliveira, os secretários municipais de Educação e Esportes e Lazer, Domingos Sávio e Flaubert Benício.

A professora Ângela Maria Paiva Cruz, coordenadora do Parque  Tecnológico Augusto Severo (PAX), conduz nesta sexta-feira, 23, a primeira reunião de 2020 do Projeto. O evento deve se estender por toda a tarde, no auditório do IMD, no campus da UFRN.

Na ocasião, a coordenadora fez uma atualização acerca do andamento do PAX e  informou os participantes do avanços alcançados até agora. Equipe da Secretaria de Gestão de Projetos da UFRN participa da reunião, apresentando a metodologia a ser utilizada na formulação de propostas para o Projeto.

Representantes do Governo do Estado do RN, Fapern e das Prefeituras Municipais de Natal, Macaíba, São Gonçalo do Amarante e Parnamirim participam do encontro. As instituições de Ensino Superior do Estado, IFRN, UERN e a própria UFRN, além de entidades parceiras como Fiern, Fecomércio, SEBRAE, Instituto Santos Dumont e IMD enviaram representantes.

Grupos de estudos foram formados e para discutir questões relacionadas com infraestrutura, gerenciamento, sustentabilidade,  imagem e outros temas. Na reunião, ainda em andamento, também devem ser anunciadas as ações a serem implementadas nesse início de 2020.

O Boletim da UFRN ouviu a coordenadora Ângela Paiva sobre a reunião:

WhatsApp Audio 2020-01-24 at 16.39.28 

Aluna egressa conquista nota mil no Enem 2019

Nayra Delâny de Amorim Alves, estudante egressa do Campus Pau dos Ferros do IFRN, alcançou a nota 1.000 na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Os resultados das notas individuais do exame foram divulgados na última sexta-feira (17). Formada no curso técnico integrado em Alimentos, Nayra está no seleto grupo de estudantes que conseguiu a nota máxima na redação. Além disso, ela está entre o grupo dos três estudantes do Rio Grande do Norte com essa nota, sendo a única mulher. Em todo o Brasil, 53 estudantes atingiram a nota máxima.

“Sinto-me muito honrada em fazer parte disso, essa nota é fruto de um ano de muito esforço e abdicação. Esse reconhecimento é incrível”, comemorou Nayra. Grata pelos anos vividos no IFRN, ela contou como foi a sua experiência no Instituto: “Costumo falar que o IFRN é a minha “segunda casa”. É surreal o que essa Instituição, da qual sou fã, faz na vida de tantos alunos. Durante os quatro anos que passei no IF me senti muito acolhida por todos. O IFRN, de fato, me preparou para a vida, sou eternamente grata a essa Instituição por ter feito parte da minha trajetória”.

Sobre o Enem 2019

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão realizador da prova do ENEM, foram quase quatro milhões de inscritos que fizeram a prova de redação no dia 3 de novembro de 2019, quando foi solicitado aos estudantes a produção de um texto dissertativo-argumentativo, de no máximo 30 linhas, sobre o tema: “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”.

Processo seletivo via Enem 2020

Estão abertas as inscrições via Enem para os cursos superiores de graduação do IFRN. De acordo com o Edital nº 41/2019, os candidatos que fizeram o exame em 2019, podem se inscrever até o dia 26 de janeiro pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Além disso, os interessados também poderão se inscrever pelo sítio do IFRN até o dia 28 de janeiro utilizando as notas obtidas nas edições de 2017 a 2019.

Saiba mais sobre as inscrições via Enem

 

Informe Publicitária

No próximo dia 31 de janeiro estará aberto o período para solicitação de matrículas dos novos alunos para o ano letivo de 2020 na rede estadual de ensino. As inscrições seguirão abertas até o dia 10 de fevereiro e devem ser realizadas por meio do Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc), ou pelo aplicativo Matrícula Escolar RN.

Esta trata-se da última etapa do Calendário de Matrículas 2020, que foi divulgado pela Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC) em novembro do ano passado, e destina-se exclusivamente aos estudantes que ingressarão como novos alunos na rede estadual. “Para o ano letivo de 2020 ampliamos a oferta de vagas na rede estadual, chegando a cerca de 300 mil, para garantir vagas a todos que desejarem ingressar na rede estadual”, explica Getúlio Marques, secretário de estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer do RN.

As inscrições devem ser feitas na aba “Matricule-se”, no portal do SIGEduc, na qual o aluno ou seus responsáveis devem selecionar o município, série e escola na qual desejam realizar a matrícula. Caso seja realizada pelo aplicativo Matrícula Escolar RN, o passo a passo da matrícula estará disponível na interface do app, disponível na plataforma Google Play.

Feito o cadastro, os interessados têm um prazo de três dias para efetivar a matrícula, apresentando presencialmente, na escola selecionada no ato da matrícula, os documentos informados no momento da inscrição.

Caso o estudante ou responsável não consiga fazer a matrícula através dessas plataformas, o interessado pode ir na própria escola ou até a sede da Diretoria Regional de Educação e Cultura (Direc) à qual a escola pertence. A SEEC também realiza atendimento na Central de Matrículas, localizada no andar térreo da Secretaria de Educação, no Centro Administrativo do Estado, em Natal. O atendimento é das 8h às 13h, de segunda a sexta.

Outros períodos 

Além da matrícula para os novos alunos, atualmente estão abertos o “Período para renovação de matrículas”, cujo prazo segue até o dia 14 de fevereiro e no qual é realizada a reiteração das matrículas dos alunos veteranos da rede estadual de ensino e o “Período para transferência”, que segue aberto hoje (24) destina-se aqueles estudantes que desejam ou precisam migrar para escolas estaduais. O resultado deste processo será divulgado no dia 27 de janeiro.

Foto: Cícero Oliveira

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) publicou o edital de ingresso para os cursos de graduação do ano 2020. Os aprovados para os campi de Natal e Macaíba devem efetuar o cadastramento nos dias 30 e 31 de janeiro e 1º e 3 de fevereiro, na Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) do campus central. Para os novos alunos do campus de Caicó, o procedimento ocorrerá nos dias 30 e 31 de janeiro e 1º de fevereiro, no Centro Regional de Ensino Superior do Seridó (CERES-Caicó). Já os estudantes de Currais Novos e Santa Cruz serão recebidos nos dias 30 e 31 de janeiro, no CERES-Currais Novos e na Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (FACISA), respectivamente.

O cadastramento e a matrícula serão efetuados simultaneamente, quando o candidato deve apresentar documentos para verificação de conformidade com as exigências para ingresso na UFRN. As vagas oferecidas pelo edital são relativas ao Sistema de Seleção Unificada (SiSU), utilizando a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2019.

De acordo com a pró-reitora de Graduação, Maria das Vitórias Vieira Almeida de Sá, a novidade deste ano é que os candidatos realizarão o envio eletrônico prévio da documentação, por meio do Portal do Candidato, de 27 de janeiro até 2 de fevereiro para a primeira chamada. No início do período de envio, o resultado do SiSU ainda não estará disponível, contudo a professora explica que o envio antecipado vai agilizar o processo de cadastramento.

Além do envio prévio da documentação, é obrigatório o comparecimento do candidato ao local de cadastramento, que será realizado das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h. Para verificar o Edital de Cadastramento e o Termo de Adesão, com o cronograma de convocações e o quadro de vagas, basta acessar o Portal do Candidato da UFRN: http://www.sisu.ufrn.br/.

Vagas 

A UFRN oferece 6.933 vagas por meio do SiSU para 107 cursos de graduação nos campi de Natal, Macaíba, Currais Novos, Caicó e Santa Cruz, sendo 4.649 vagas para o primeiro semestre e 2.284 para o segundo período letivo.

Ao fim da 1ª chamada, as vagas eventualmente não ocupadas serão preenchidas em uma 2ª chamada, mediante utilização da lista de espera disponibilizada pelo SiSU 2020. Para constar da lista de espera, o candidato deverá obrigatoriamente confirmar no portal do SiSU (http://sisu.mec.gov.br/) o interesse na vaga, durante o período especificado no cronograma definido pelo MEC. A segunda chamada está prevista para ocorrer nos dias 12, 13, 14 e 15 de fevereiro, para os suplentes dos campi de Natal e Macaíba; nos dias 12, 13 e 14 de fevereiro, para o campus Caicó; e 12 e 13 de fevereiro nos campi de Currais Novos e Santa Cruz.

Agência Brasil – O Ministério da Educação confirmou hoje (21) que as inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) enfrentam lentidão. Segundo a assessoria de imprensa do MEC, a “instabilidade ocorre devido ao grande número de acessos”. A expectativa é que o serviço se normalize em breve.

No começo da manhã, antes de entrar em reunião ministerial com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio da Alvorada, o ministro Abraham Weintraub postou vídeo, em seu perfil no Twitter, no qual informava que o Sisu estava “rodando normalmente” e já haviam sido feitas “quase 500 mil inscrições”.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) oferta 160 vagas no Campus Macaíba para cursos de nível superior via Sistema de Seleção Unificada (SISU), sendo 40 vagas por curso. São ofertadas vagas para os cursos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal e Zootecnia.

Inscrições

A partir desta terça-feira (21) estão abertas as inscrições via Enem para os cursos superiores de graduação do IFRN. De acordo com o Edital nº 41/2019, os candidatos que fizeram o exame em 2019, podem se inscrever até o dia 26 de janeiro pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Além disso, os interessados também poderão se inscrever pelo sítio do IFRN até o dia 28 de janeiro utilizando as notas obtidas nas edições de 2017 a 2019.

Via SiSU

Divulgado pela Coordenação de Acesso Discente (Cadis), o Edital nº 41/2019 oferece 1.278 vagas em diversos campi do IFRN, destinadas ao primeiro semestre letivo de 2020, as inscrições são feitas exclusivamente pelo Portal do SiSU. Os aprovados devem se matricular entre o período de 29 de janeiro a 4 fevereiro, conforme dias e horários estabelecidos pelo Edital.

Via Portal Candidato

Os candidatos que fizeram o Enem entre 2017 e 2019 podem se inscrever pela internet por meio do sítio do IFRN. A Pró-Reitoria de Ensino (Proen) publicou os editais nº. 01/2020-PROEN/IFRN, referente às graduações de licenciatura e tecnologia, e o nº. 02/2020-PROEN/IFRN, referente à seleção para o Curso Superior de Graduação em Licenciatura em Educação do Campo. Em ambos os casos, o resultado será divulgado no dia 30 de janeiro no Portal do Instituto, enquanto as pré-matrículas acontecem nos dias 3 e 4 de fevereiro.  Para ter mais informações sobre os processos seletivos acompanhe o Portal e as redes sociais do IFRN. Confira as matérias e os editais abaixo:

Graduações via SisU – Edital nº 41/2019

Licenciaturas e Tecnologias – Edital nº. 01/2020-PROEN/IFRN

Licenciatura em Educação do Campo – Edital nº. 02/2020-PROEN/IFRN

O presidente do Inep, Alexandre Lopes, apresenta detalhes da força-tarefa aplicada para avaliação do resultado do Enem

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Agência Brasil – O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, informou hoje (20) que os erros de correção da prova foram revistos. Segundo o Inep, as notas revisadas estão disponíveis na página do candidato.

O anúncio foi feito pelo presidente do Inep, Alexandre Lopes, no início da noite, em entrevista coletiva, para divulgar os resultados do trabalho realizado pela força-tarefa criada para resolver o problema. De acordo com Lopes, 5.974 participantes tiveram notas com inconsistências – o número representa 0,15% do total de participantes (3,9 milhões).

Lopes disse que, durante o trabalho da força-tarefa, todas as notas dos alunos que fizeram as provas foram analisadas para resolver os problemas encontrados e buscar novas inconsistências que poderiam aparecer. “Nós analisamos todos os alunos. A gente fez esses tipos de correlações para orientar a busca, para ver se a gente encontrava outras inconsistências”, explicou.

O presidente do Inep informou que a gráfica responsável pela prova deverá prestar esclarecimentos sobre as falhas ocorridas. “O erro estava na associação. Que tipo de erros que aconteceram na gráfica, que geraram essa diferença de associação, eu não sei dizer”, afirmou Lopes.

Sisu

Mais cedo, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, tinha anunciado que o prazo para inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi ampliado em dois dias.

As inscrições começam nesta terça-feira (21) e terminam domingo (26). Antes da prorrogação, o prazo se encerraria na sexta-feira (24). O Sisu oferece vagas em universidadaes federais com base nas notas obtidas no Enem.

No sábado (18), o presidente do Inep explicou que o erro foi provocado pela gráfica responsável da prova. A falha foi percebida após alguns alunos relatarem nas redes sociais terem sido surpreendidos com notas baixas na segunda prova do exame, realizado no ano passado, cujos resultados foram divulgados na sexta-feira (17).

A equipe técnica do instituto identificou que se tratava de inconsistência na transmissão de dados que a gráfica envia ao Inep para processamento das notas. A ocorrência gera contradições na associação entre o participante e a cor de sua prova. Dessa forma,  o gabarito usado para a correção não era da cor da prova feita pelo aluno, fato que provocou o erro. Por esse motivo, estudantes puderam pedir a revisão de suas notas até as 10h de hoje.

O curso de Bacharelado em Tecnologia da Informação (BTI), do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), oferta 300 vagas para estudantes que realizaram a prova do Exame Nacional do Ensino Médio 2019. Os candidatos, que poderão concorrer às vagas através do Sistema de Seleção Unificado (SISU), terão a partir desta terça-feira (21) para realizar a inscrição.

As vagas são distribuídas de acordo com o turno: no horário noturno, são ofertadas 120 vagas, sendo 60 de ampla concorrência e as demais para alunos prioritários. No período integral (matutino e vespertino), são disponibilizadas 180 vagas, sendo 90 para ampla concorrência. Para conferir mais detalhes, basta acessar a página do Sisu com as vagas relativas aos cursos da UFRN, no seguinte link.

O estudante interessado tem até o dia 24 de janeiro para realizar sua inscrição pelo site do SISU e utilizar sua nota do ENEM 2019. Para isso, será necessário apresentar o número de inscrição e senha no sistema. O ingresso no BTI acontece no primeiro semestre deste ano.

Graduação interdisciplinar

O curso, que possui uma graduação interdisciplinar, apresenta duas ênfases (Desenvolvimento de Software e Computação) e tem cinco áreas de conhecimento (Informática Educacional, Sistemas de Informação de Gestão, Bioinformática, Internet da Coisas, Produção de Jogos Digitais).

O estudante contará com a flexibilidade de sua matriz currricular, tendo a possibilidade de criar uma combinações próprias de componentes curriculares optativos, de acordo com seu interesse. Para mais informações sobre o BTI, acesse o portal do IMD.

Informe Publicitário

Agência Brasil – O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) estará aberto de terça-feira (21) até domingo, ou seja, por mais dois dias, por causa das falhas ocorridas na correção de algumas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, nesta segunda-feira (20) pela rede social Twitter.

O ministro afirmou que as inconsistências ocorreram em menos de 6 mil provas dentro das mais de 5 milhões de inscrições feitas para a prova. Segundo o ministro, os problemas foram concentrados em quatro cidades: Alagoinhas, na Bahia, e Ituiutaba, Iturama e Viçosa, em Minas Gerais, no segundo dia de exame.

Foto: UFRN

A UFRN divulga lista de segunda chamada para a reocupação de vagas residuais para o período letivo 2020.1. O cadastramento de candidatos para preenchimento de vagas não ocupadas na primeira chamada será realizado nos dias 21 e 22 de janeiro, no Anfiteatro D da Escola de Ciências e Tecnologia (ECT), no Campus Central da UFRN. A lista pode ser conferida neste link.

O resultado final do preenchimento dessas vagas será publicado nos sites da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve) e no quadro de avisos da Prograd, no prédio da Reitoria da UFRN, até às 23h59 do dia 24 de janeiro.

Para mais informações, acesse o edital.

Calendário de cadastramento

21 de janeiro

8h às 11h: Cursos da área de Ciências Exatas e Tecnológicas

13h às 16h: Cursos da área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas / Ciências da Vida e da Saúde

22 de janeiro

8h às 11h e 13h às 16h Retardatários de todos os cursos