Educação Arquivo

É possível transformar a Universidade em um espaço educador sustentável? Esse é o principal questionamento da palestra ministrada pela professora Eliana de Jesus Lopes, no evento  Indicadores de Sustentabilidade para Universidades.

De acordo com a organização, a palestra é uma oportunidade de verificarmos como a Política de Comunicação poderá contribuir para se alcançar a sustentabilidade na Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

O evento acontece amanhã, 19 de outubro, às 14h30, no auditório da Superintendência de Infraestrutura da UFRN. A entrada é gratuita, com direito a certificado de participação. As inscrições devem ser feitas no local do evento.

Palestrante

Eliana de Jesus Lopes é mestre em Engenharia de Produção e Especialista em Gestão Ambiental. Professora nos cursos de Engenharia de Produção e Administração, do Centro Universitário Uninta (CE). É autora de artigos sobre ações de sustentabilidade e educação ambiental em universidades.

Curso de Apicultura é destaque em rede nacional

“Escola no meio do sertão do RN forma apicultores e transforma região”: foi com este tema que o curso técnico em Apicultura, do Campus Pau dos Ferros do IFRN, foi apresentado a todo o Brasil, na edição nacional do programa Globo Rural, exibida na manhã do último domingo (14).

Apicultura é o primeiro curso técnico de Instituto Federal do País e, desde que começou a funcionar, em 2012, tem atraído olhares de muita gente, inclusive da imprensa.

Através de reportagem de Nelson Araújo e Francisco Maffezoli Júnior, o Globo Rural mostrou a estrutura da escola, sua qualidade na educação e importância para o desenvolvimento da Região.

A reportagem mencionou o ensino médio integrado aos cursos técnicos, de qualidade, completo; mostrando, ainda, o perfil acolhedor do IFRN, com a sua reserva de 50% das vagas para estudantes da rede pública, oportunizando que jovens de camadas menos favorecidas possam ter acesso à educação de qualidade, como filhos de agricultores, mencionados na reportagem. “De cada dez alunos, sete vêm de classes mais populares”, diz a Diretora Geral do CampusProfessora Francimar da Silva, à reportagem.

Dois alunos foram destaques: João Vitor Pires da Silva e José Kelvin de Araújo Silva, cuja reportagem apresentou, além de seus pais, um pouco de suas histórias, inclusive a partir de quando o IFRN passou a fazer parte de suas vidas. A reportagem destacou também que o curso tem empregabilidade, através do ex-aluno Elzir de Queiroz, técnico formado pelo Campus e já atua como apicultor profissional no município de Marcelino Vieira (RN).

A veiculação mostrou ao Brasil a formação teórico-prática de qualidade que a Instituição proporciona, atrelada à formação humanística, profissional e cidadã, mostrando que a educação traz esperança e é capaz de transformar vidas e proporcionar um futuro melhor.

“A Instituição provoca na região uma transformação parecida com a que acontece quando chove na caatinga, quando a vida aexplode e fica tudo verdinho. Com educação de excelência, a juventude floresce e a cidadania frutifica”, diz a reportagem.

A notícia foi ao ar na manhã deste domingo (14 de outubro), na edição nacional do Globo Rural, veiculada através da Rede Globo de televisão. O conteúdo on-line já está disponível e pode ser assistida através do link abaixo:

Reportagem: “Escola no meio do sertão do RN forma apicultores e transforma região

A Pró-Reitoria de Ensino divulgou nesta segunda-feira (15) o gabarito preliminar das provas do Exame de Seleção, que dá acesso aos Cursos Técnicos Integrados em 2019. O linkpara o gabarito está na página do edital.

O candidato interessado em interpor recurso deve fazê-lo entre as 10h e as 23h59 de terça-feira (16) na Área do Candidato no Portal do Candidato.

Segundo a Coordenadoria de Acesso ao Discente (Cadis), 1.658 candidatos inscritos no exame não compareceram, gerando uma ausência de 7,5% dos inscritos.

Macaíba no Ar

A Escola Agrícola de Jundiaí da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), situada no município de Macaíba, promove nos dias 16 e 17 de outubro a IV Agrotec. O evento pretende consolidar a integração de TI e Ciências Agrárias, proposta pelo curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, bem como realizar palestras, debates e minicursos sobre temas e ferramentas pertinentes.

Dentre os temas contemplados pela programação, estão Difusão de tecnologias de precisão para agricultura familiar e agro-empreendedorismo. Os interessados podem realizar inscrição prévia por meio do Sistema Integrado de Gestão de Acadêmicas (Sigaa), onde também, pode ser conferida toda a programação de atividades.

Terra de uma série de expoentes da educação e da cultura do Rio Grande do Norte como, por exemplo, os irmãos Henrique Castriciano e Auta de Souza, Macaíba abrirá espaço mais uma vez para o rico universo da literatura.

A partir desta terça-feira (16), a Prefeitura promove mais uma edição da Semana Literária do município (V SLIM), que terá início com atividades nas escolas da rede pública municipal com programação até a quinta-feira (18). O tema desta edição é “Sabores e saberes da Cultura Nordestina”.

Na sexta (19), ocorre a culminância da SLIM 2018, na Praça Paulo Holanda Paz, com programação durante o decorrer do dia, tendo como atração principal a cantora, compositora, atriz e escritora Bia Bedran. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, “o objetivo é fomentar a prática da leitura nos espaços escolares e públicos propiciando assim a toda a sociedade macaibense momentos de valorização da cultura e literatura nacional e local”.

A apresentação do espetáculo musical de Bia Bedran começa às 16h. Antes, no período da manhã, a partir das 8h acontecerão apresentações culturais e de banda marcial da Escola Municipal Waldemar Diógenes, quarteto de cordas da Escola de Música de Macaíba, cordel de José Acaci e show musical de Marília Lima Bandeira. No período da tarde, Bia Bedran será antecedida por uma apresentação cultural de quilombolas da comunidade de Capoeiras e mais uma apresentação cultural da Escola Municipal Waldemar Diógenes.

Com a V SLIM, a Praça Paulo Holanda também terá gincana literária, contação de histórias, tenda para educação infantil, tenda de artesanato, tenda de livros, casa do autor, barraca de culinária, teatro popular, artesanato, arte sacra, grafitagem e jogos digitais. A Semana Literária de Macaíba é realizada desde o ano de 2014, na terceira gestão do prefeito Fernando Cunha.

IFRN se posiciona contra casos de intolerância e agressão

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), diante de casos de agressão sofridos por cidadãos de todo país, inclusive da Instituição, devido ao momento político-eleitoral, torna público seu posicionamento de defesa às diferenças e direitos de expressão garantidos pela democracia.

Os casos de intolerância também foram citados em nota pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com a qual o IFRN se solidariza e se une como instituição de ensino pública, autônoma e de qualidade referenciada socialmente. Desse modo, lamenta os casos de violência física e moral sofridos por qualquer cidadão e aponta o diálogo e a educação como caminhos para superar o momento de tensão e construir um país com mais inclusão e democracia.

O posicionamento toma como base um dos principais norteadores das ações do Instituto, a sua função social, a qual enfatiza o compromisso com a formação humana integral, o exercício da cidadania e a produção e a socialização do conhecimento, “visando, sobretudo, à transformação da realidade na perspectiva da igualdade e da justiça sociais”.

Wyllys Farkatt Tabosa, reitor, representando o Colégio de Dirigentes do IFRN

Foto: Wallacy Medeiros / Agecom

O Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) vai sediar, entre os dias 16 e 18 de outubro, o “Congresso de Empreendedorismo Universitário: um olhar para o futuro”, iniciativa que integra várias instituições de ensino superior do Rio Grande do Norte.

O evento tem a realização da UFRN, em parceria com o Instituto Federal do Rio Grande (IFRN), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), por meio de suas pró-reitorias de Extensão e Pesquisa.

A programação do congresso engloba uma série de palestras, mesas redondas, workshops e premiações. As inscrições podem ser realizadas por meio do Sistema de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa), ou pelo LINK.

A abertura do Congresso acontece no Auditório da Reitoria, às 19h do dia 16, com a mesa redonda “Cenários Futuros e as Oportunidades para Empreender”, tendo a participação do gerente de comunicação e marketing do Sebrae/RN, Edwin Aldrin, e do criador da metodologia Meu Planejamento Futuro  (MEF), Jaime Araújo, com mediação do diretor da Saber Inovar, Marcelo Bandiera.

Dando continuidade à programação, será promovido no segundo dia de evento (17) uma série de palestras abordando temas de fomento à cultura do empreendedorismo, tais como: “Internet das coisas, tecnologia e empreendimentos”; “Aceleração de ideias e incubação de negócios – experiencias das incubadoras”; e “Metodologias e ferramentas de suporte ao empreendedorismo”. As palestras acontecerão na sede do IMD nos turnos da manhã e tarde.

Para finalizar a programação será realizado no último dia do evento, no Auditório do IMD, o “Workshop e Premiação da Maratona 100 Projetos em 100 Dias”.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) vem a público reiterar sua postura de defesa da pluralidade de pensamento e de respeito às liberdades políticas e individuais, ao mesmo tempo em que repudia veementemente todo ato de violência a qualquer cidadão brasileiro. Entende-se que a existência da Universidade, pilar do desenvolvimento científico e tecnológico nacional, depende do exercício da liberdade de opinião, caracterizando-se como um espaço incompatível com qualquer forma de intolerância ou opressão.

A UFRN externa sua preocupação e lamenta profundamente a disseminação de atos de constrangimento e violência física e moral, ocorridos em todo o país por motivação político-eleitoral, inclusive os que atingem membros da sua comunidade universitária.

Caminho para construir um país justo, inclusivo e democrático, a UFRN, como instituição federal de ensino superior pública, gratuita, autônoma e de qualidade, adotará todas as medidas legais cabíveis para coibir que atos de violência se repitam no âmbito da Instituição, da mesma forma em que manterá sua postura incondicional de defesa da Democracia e contra todo tipo de preconceito e discriminação em nosso país.

Reitora Ângela Maria Paiva Cruz

Vice-Reitor José Daniel Diniz Melo

A Olimpíada de Robótica do IFRN está com período de inscrições abertas até amanhã (5), e acontece entre 29 e 31 de outubro. O evento tem como objetivo fortalecer os grupos de robótica no âmbito do Instituto Federal do Rio Grande do Norte, através do uso da robótica como ferramenta educacional com troca de conhecimento e experiências, tanto entre o corpo discente como o docente.

O desafio fará parte da programação da Semana de Ciência, Tecnologia e Extensão (SECITEX) do IFRN, e consiste na simulação de uma missão de resgate com robôs autônomos e sem qualquer assistência humana. Uma vez dentro da sala de salvamento, o robô deve localizar e transportar as vítimas para a área segura em um dos cantos da sala.

As três equipes que apresentarem melhor desempenho serão premiadas com medalhas. Para participar é necessário fazer inscrição pelo site da SECITEX e conferir as regras da competição, definições das equipes e outros detalhes. Para isso acesse:

Página da Olimpíada 

Link das Inscrições

Foto: Wallacy Medeiros / Agecom

O Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), por meio do Núcleo Permanente de Concursos (COMPERVE), dará início ao processo seletivo para os cursos de formação técnica em Tecnologia da Informação (TI), com ingresso em 2019 para aulas semipresenciais. As inscrições tiveram início nesta segunda (01)  e vão permanecer abertas até o dia 29 desse mesmo mês.

Serão ofertadas 720 vagas, distribuídas entre os polos de Natal, Mossoró, Caicó, Angicos e Pau dos Ferros. Podem participar do processo candidatos que estejam matriculados no Ensino Médio ou que ainda o estejam cursando, divididos nas faixas etárias estabelecidas no edital do processo seletivo. Conheça mais sobre os cursos técnicos do IMD no seguinte LINK.

Vagas

Do número total de vagas, 70% delas serão destinadas a alunos que tenham cursado o Ensino Fundamental inteiramente em escolas públicas. Dessa porcentagem, metade será reservada aos candidatos com renda familiar per capita  igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

As inscrições devem ser realizadas unicamente via internet, dentro do prazo estabelecido no edital do processo. Para efetuá-las, o candidato deve: acessar o endereço eletrônico da Comperve, disponível em www.comperve.ufrn.br, preencher corretamente e enviar o formulário de inscrição; além de imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU) e efetivar pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 30,00, até o dia 30 de outubro. As inscrições só serão efetivadas mediante confirmação, pela Comperve, do pagamento efetuado.

Polos

Cada candidato tem direito a uma inscrição em um dos cinco polos destacados no edital do processo, podendo escolher o local (qual polo) em que deseja realizar a prova. Para solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição, o interessado deve, até o dia 15 de outubro, acessar o site da Comperve e requisitar a isenção, presente no formulário de inscrição, e enviar eletronicamente o formulário preenchido. Recomenda-se imprimir o comprovante de dispensa de pagamento.

Para solicitar a isenção do pagamento o candidato deve estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), bem como ser membro de família de baixa renda. O deferimento da solicitação de dispensa de pagamento será divulgado em 23 de outubro, no site da Comperve.

Prova

A prova será realizada no dia 25 de novembro nas cinco cidades citadas no edital, tendo início às 8h. Os locais de realização dos testes serão publicados no site da Comperve a partir do dia 20 de novembro. A prova será objetiva, abordando cinco campos específicos do conhecimento: Criatividade e Inovação; Comunicação e Colaboração; Pesquisa e Gerenciamento de Informações; e Conceitos e Procedimentos em Tecnologia.

O resultado do processo está previsto para ser divulgado no dia 11 de dezembro no site da Comperve. A data e o local do cadastramento dos aprovados serão informados no “Edital de Cadastramento, Matrícula e Remanejamento”, a ser publicado no mesmo dia de publicação do resultado.

Para mais informações a respeito do processo, consulte o edital disponível no LINK.

A Pró-Reitoria de Ensino do IFRN (Proen) lançou nesta sexta (28) o Edital 35/2018, referente ao processo seletivo para Especialização em Práticas Assertivas em Didática e Gestão da Educação Profissional Integrada à Educação de Jovens e Adultos na modalidade a distância. Os estudantes selecionados vão ingressar no segundo semestre letivo de 2018.

As vagas são destinadas exclusivamente a portadores de diploma de conclusão de curso superior de graduação – licenciatura, bacharelado ou tecnólogo e profissionais da educação pública federal, estadual e municipal, no caso, professores, tutores, instrutores ou gestores (secretários, gerentes, diretores, pró-reitores, diretores de ensino, coordenadores de cursos, pedagogos e técnicos em assuntos educacionais).

Os candidatos, de acordo com o público alvo, deverão selecionar, no momento da inscrição no processo seletivo, a ênfase em que desejarão se especializar: didática ou gestão. Serão 30 instituições polo em todo país, dentre Institutos Federais, Universidades Federais e Estaduais, Secretarias Estaduais de Educação, cada uma com 50 vagas, totalizando 1500 vagas.

INSCRIÇÕES

As inscrições estarão abertas das 14h do dia 8 até as 18h de 22 de outubro de 2018, através do portal do candidato. O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 30 (trinta reais), deve ser feito até o dia 23 de outubro de 2018.

ACESSE

Portal do Candidato

Edital 35/2018

 

Agência Brasil – O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou os resultados finais das escolas que participaram do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2017 na internet. Pelo Sistema Saeb é possível consultar o desempenho de cada um dos centros de ensino, além dos resultados municipais, estaduais e nacionais.

O Saeb avalia estudantes do 5º ano, do 9º ano e do ensino médio em língua portuguesa e matemática.

Segundo o Inep, o Boletim da Escola mostra o desempenho no Saeb de forma contextualizada, permitindo que cada unidade escolar conheça os seus resultados e alguns dados referentes ao cenário estadual, municipal e nacional. O Boletim da Escola é público. O acesso pode ser realizado com o Código Inep da escola ou simplesmente identificando ano, Unidade da Federação, município e dependência administrativa.

Estão disponíveis os dados de escolas que tiveram pelo menos dez estudantes presentes na aplicação das avaliações e que alcançaram a taxa de participação de, pelo menos, 80% dos alunos matriculados, conforme dados declarados pela escola ao Censo Escolar 2017.

Nacionalmente, os resultados de 2017 mostraram que cerca de 70% dos estudantes deixaram a escola com resultados considerados insuficientes em matemática. A mesma porcentagem não aprendeu nem mesmo o considerado básico em português, de acordo com critérios do Ministério da Educação (MEC).

O Saeb foi aplicado, em outubro e novembro do ano passado para mais de 5,4 milhões de estudantes de mais de 70 mil escolas. Dúvidas podem ser encaminhadas pelo e-mail: provabrasil.resultados@inep.gov.br.

livros didáticos

Arquivo/Valter Campanato/Agência Brasil

Agência Brasil – Estudantes da rede pública receberão livros de literatura em 2019, além do material didático, de acordo com o novo formato do Programa Nacional do Livro e do Material Didático Literário (PNLD). A escolha das obras pelas escolas credenciadas teve início no último dia 25 e irá até o dia 8 de outubro.

De acordo com o Ministério da Educação, a escolha será feita pelas escolas, a partir de uma lista, e levará em conta a opinião dos professores e diretores de escola. No catálogo para o ensino médio, estão livros como a biografia da paquistanesa Malala – a mais jovem a receber um Prêmio Nobel da Paz; o clássico de ficção Admirável Mundo Novo, de Aldous Juxley; e poemas de Cecília Meireles.

Até este ano, o programa destinava as obras literárias apenas para as bibliotecas e para serem usadas em salas de aula. A previsão é que os estudantes recebam os dois livros literários.

Para a assessora de projetos da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Andressa Pellanda, é importante o aspecto individual da leitura, mas o papel didático da biblioteca não se deve ser esquecido. Ela defende que a escolha dos livros deve ser a mais democrática possível, envolvendo não só os professores, como prevê o programa, e que os alunos também sejam consultados.

“Sempre falamos da necessidade sobre o processo de gestão democrática dentro da escola. Então, a escolha dos livros didáticos também tem que passar por isso, existe todo um trabalho que é feito e pensado para que as escolas possam ter de fato gestão democrática”, disse. “Se os professores, os diretores, os coordenadores pedagógicos puderem discutir com os estudantes a escolha dos livros de literatura e também os livros didáticos, isso sempre é muito mais frutífero porque uma gestão democrática gera apropriação de cultura, então gera educação e aprendizado”, acrescentou.

Na avaliação de Cândido Grangeiro, sócio de uma pequena editora que teve livros escolhidos para o catálogo literário do programa, houve conquistas com o novo modelo. “Isso é uma conquista enorme [o livro ficar com o estudante] porque o aluno tem um acesso maior à literatura”, disse, ressaltando ser mais um incentivo para publicações no mercado editorial.

Os professores terão acesso a um guia com resenhas das obras selecionadas pelo programa e a escolha será feita após uma reunião de professores e diretoria da escola. Ainda de acordo com as regras, uma mesma editora não poderá ter dois livros escolhidos. As obras serão devolvidas às escolas depois do período de um ano para reutilização. Cada editora pode inscrever quatro obras para serem selecionadas para o catálogo.

O PNLD não permite que as editoras, com obras selecionadas para o catálogo, façam ações promocionais, distribuam brindes ou visitem as escolas. Grangeiro alerta para um disputa desigual entre as grandes e pequenas editoras. “Essas editoras [grandes] trazem toda uma tradição de chegada, um poder comercial mesmo, tem distribuidor, tem dinheiro, enfim, de chegar nas escolas e conseguir concentrar todas as adoções [de livros]. As editoras pequenas não dominam esse universo comercial, nem tem recursos financeiros para esses estudos. A disputa é extremamente desigual”, disse.

 *Colaborou Nelson Lin, da Rádio Nacional

Macaíba no Ar

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) torna público o edital do processo seletivo para os cursos técnicos integrados em Agropecuária, Agroindústria, Informática e técnico em Aquicultura subsequente e integrado.

A inscrição será realizada via Internet, do dia 24 de setembro até às 23h59 do dia 22 de outubro, acessando o site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve).  As Provas serão aplicadas no dia 18 de novembro de 2018, nos municípios de Caicó, Natal e Touros. Consulte o edital aqui.