Educação Arquivo

Imagem relacionada

Os Seminários de Bioinformática voltam para sua 5ª edição. Realizado pelo Instituto Metrópole Digital (IMD), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), os seminários mensais sempre tratam de temas relevantes, viabilizando intercâmbios de conhecimentos e o diálogo entre discentes, docentes e a sociedade em geral.

Em 2019, o IMD dará continuidade ao projeto e está com inscrições abertas para o primeiro seminário, que acontece nesta sexta-feira, 22 de fevereiro, às 13 horas, na sala B206 do Instituto. Vale ressaltar que um dos objetivos da proposta é estabelecer uma forte interação entre os profissionais da academia e do setor produtivo do Rio Grande do Norte.

Inscrições, programação e informações complementares estão disponíveis na página do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa).

Divulgação

A cidade de Macaíba, no Rio Grande do Norte, está sediando o primeiro encontro de 2019, promovido pelo Namei – Núcleo de Apoio aos Municípios para a Educação Integral. O evento, que acontece nos dias 20 e 21 de fevereiro, reunirá os gestores e equipes técnicas das Secretarias Municipais de Educação de Alto do Rodrigues, Bom Jesus, Campo Redondo, Carnaubais, Ipanguaçu, Itajá, Macaíba, Macau, Paraú, Parazinho, Rio do Fogo, São Bento do Norte, Senador Elói de Souza e Barcelona.

A iniciativa, desenvolvida pela Fundação SM, tem como objetivo apoiar as Secretarias Municipais de Educação no processo de identificação dos desafios existentes em sua rede e na construção de caminhos para seu enfrentamento.

Vagas remanescentes: convocação de candidatos a graduação via ENEM A Diretora-Geral do Campus São Gonçalo do Amarante do IFRN, convoca candidatos selecionados para vagas remanescentes do processo seletivo, referente ao Edital nº 47/2018 – PROEN/IFRN para cursos superiores de graduação via Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), a efetuar matrícula entre os dias 20 e 21 de fevereiro.

As matrículas devem ser realizadas nos horários de 08h às 17h. Para isso, o candidato deverá estar munido de toda documentação prevista no referido Edital, conforme a listagem abaixo:

  • a) 02 (duas) fotos 3×4 (recentes e iguais);
  • b) Carteira de identidade (cópia acompanhada do original);
  • c) Cadastro de Pessoa Física (CPF) (cópia acompanhada do original);
  • d) Cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento;
  • e) Título de Eleitor, no caso dos maiores de 18 anos (cópia acompanhada do original);
  • f) Certificado de Alistamento Militar, de Dispensa de Incorporação ou de Reservista, no caso dos maiores de 18 anos do sexo masculino (cópia acompanhada do original);
  • g) Certificado de conclusão do ensino médio ou documento equivalente (cópia acompanhada do original);
  • h) Parecer de equivalência de estudos da Secretaria Estadual de Educação, para os aprovados que realizaram estudos equivalentes ao Ensino Médio, no todo ou em parte, no exterior, observando-se que, se apresentar documentos em língua estrangeira, estes deverão estar visados pela autoridade consular brasileira no país de origem e acompanhados da respectiva tradução oficial.

Como documento complementar, todos os candidatos aprovados deverão apresentar Carteira de Vacinação atualizada (cópia acompanhada do original).

Para saber mais, acesse:

Edital 47/2018 – Processo seletivo para cursos superiores de graduação 

Foto: UFRN

A Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EMUFRN) oferta 40 vagas para teatro musical adulto. As inscrições são ofertadas à comunidade, sendo 10% destinadas para atender à comunidade interna da UFRN. Podem participar adultos de qualquer idade. Os encontros acontecerão em turma única, uma vez por semana, na sexta-feira, das 16h50 às 18h30.

O Grupo Adulto, do Programa de Formação Inicial e Continuada em Música (PROMUSICA), novo grupo do projeto POLI Teatro Musical, tem como intuito desenvolver atividades de ensino, pesquisa e extensão universitária, em que serão realizadas exercícios de canto em conexão com a prática do teatro e do movimento corporal. As aulas serão conduzidas por professores e estagiários das áreas de música, dança e teatro, e as atividades serão realizadas tanto separadamente, em suas especificidades, como também em comunhão, na construção de um repertório performático envolvendo as três linguagens.

As inscrições serão realizadas de 11 a 22 de fevereiro de 2019, através do preenchimento do formulário. Caso o número de inscritos seja maior que o número de vagas, a seleção para as vagas disponíveis será realizada mediante sorteio público, a ser realizado na EMUFRN, no dia 23 de fevereiro, às 16h. Confira o edital para mais informações.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) divulgou nesta segunda-feira, 11, a segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para preenchimento das vagas remanescentes pelos candidatos que se inscreveram na lista de espera. Os convocados na primeira chamada regular ocuparam 5.050 das 6.933 vagas oferecidas para ingresso via Sisu, o que corresponde a 73% do total. O cadastramento dos novos aprovados será realizado a partir desta quinta-feira, 14, em dias e horários específicos para cada curso.

Os aprovados nos campi de Natal e Macaíba serão cadastrados nos dias 14, 15, 16 e 18 de fevereiro, na Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) do campus central, em Natal. Para os demais campi, o cadastramento ocorre de 14 a 16 de fevereiro no Centro Regional de Ensino Superior (CERES) de Caicó e entre os dias 14 e 15 nos campi de Currais Novos e Santa Cruz, que recebem os aprovados nos respectivos locais.

O atendimento acontece das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, com divisão por datas e turnos para cada curso da UFRN. Devem comparecer tanto os aprovados para o primeiro quanto para o segundo semestre, que podem realizar o cadastramento por procuração pública com firma reconhecida em cartório. O candidato que não comparecer nos prazos e locais indicados em edital, ou que apresentar documentação incorreta ou incompleta, será eliminado do processo de preenchimento de vagas remanescentes e impedido de compor o cadastro de reserva para futuras convocações.

A lista de convocados da segunda chamada está disponível no endereço www.sisu.ufrn.br, onde os candidatos também encontram o edital para conferir os documentos necessários, horários de cadastramento e outras informações importantes.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) inicia o período letivo 2019.1 nesta segunda-feira, 11, quando também começa o prazo para os novos estudantes realizarem a confirmação de vínculo. O procedimento deve ser feito até sexta-feira, 15, pelos ingressantes no primeiro período letivo que tenham sido cadastrados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), além dos estudantes que façam parte da primeira lista de remanejamento divulgada na última quinta-feira, 7.

A partir do procedimento, o aluno confirma o interesse e a disponibilidade de frequentar as aulas e demais atividades acadêmicas, mediante assinatura de uma lista na coordenação do curso. Não é permitida a confirmação de vínculo a distância ou por procuração, sendo obrigatório o comparecimento do estudante. Outras informações estão disponíveis no edital do Sisu, que pode ser acessado no endereço www.sisu.ufrn.br.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) divulgou na última quinta-feira, 7, a lista dos alunos remanejados do segundo para o primeiro semestre de 2019, que irão preencher as vagas não ocupadas pelos candidatos convocados para o primeiro período letivo no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Compõem a lista os estudantes convocados, a princípio, para iniciar o curso no segundo período e que compareceram ao cadastramento da UFRN. O remanejamento é obrigatório e obedece a ordem de classificação, bem como os grupos de reservas definidos pela política de ações afirmativas adotada pela instituição.

Todo candidato que tenha se cadastrado para ingresso no segundo período letivo, em curso que também ofereça vagas de ingresso no primeiro período, deve obrigatoriamente verificar a lista, sob o risco de perda da vaga caso tenha sido remanejado e não compareça para confirmar o vínculo e assistir às aulas. A lista de remanejados está disponível no endereço www.sisu.ufrn.br, onde estão disponíveis outros documentos e informações sobre o Sisu.

A Coordenação de Políticas Estudantis da Escola Agrícola de Jundiaí–EAJ/UFRN torna público o resultado do processo de renovação dos Programas de Bolsas de Assistência Estudantil, na modalidade de Bolsa Auxílio Moradia Estudantil para o semestre 2019.1, destinados aos alunos regularmente matriculados nos cursos Técnicos desta instituição, na modalidade de ensino presencial Subsequente e Integrado ao Ensino Médio.

 

NOTA 1: Os discentes que obtiveram resultado INDEFERIDO poderão entrar com RECURSO à Coordenação de Políticas Estudantis, conforme estabelece o edital nº 07/2018/COPE. O período para RECURSO será de 12 a 14 de fevereiro de 2019, das 08:00h às 12:00h e das 13:00h às 16:00h, por ordem de chegada.

 NOTA 2: Os discentes com resultado INDEFERIDO poderão acessar normalmente o R.U. até que saia o resultado do recurso.

 NOTA 3: Este resultado diz respeito APENAS aos discentes que solicitaram a renovação do auxílio.

Arquivo em anexo: Auxilio Moradia – veteranos

Nesta última sexta-feira (08), o Diário Oficial da União trouxe a nomeação do professor José Daniel Diniz Melo para o cargo de reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Atualmente José Daniel é vice-reitor e foi eleito com mais de 8 mil votos da comunidade universitária.

José Daniel assume como reitor no dia 28 de maio.

O IFRN está com três editais em andamento para cursos de Pós-Graduação Lato-Sensu, na modalidade de Ensino à Distância (EaD), e um edital para preenchimento das vagas remanescentes dos cursos técnicos de Nível Médio na Forma Integrada na Modalidade Educação de Jovens e Adultos (ProEJA). Publicados pela Pró-Reitoria de Ensino (Proen) do Instituto, as inscrições devem ser efetuadas no Portal do Candidato e o ingresso dos aprovados é no primeiro semestre letivo de 2019.

Oportunidades

O edital nº 01/2019 é referente ao curso de especialização em Práticas Assertivas da Educação Profissional Integrada à Educação de Jovens e Adultos, com inscrições abertas desde as 14h do dia 1º de fevereiro, até às 17h do dia 12 deste mês. Podem participar da seleção portadores de diploma de conclusão de curso superior de graduação (licenciatura, bacharelado ou tecnólogo e profissionais da educação pública federal, estadual e municipal, (professores, tutores, instrutores ou gestores).

Já os editais nº 04/2019 e nº 05/2019 são para curso superior de Pós-Graduação Lato Sensu em nível de especialização em Educação Profissional, com ingresso no primeiro semestre letivo de 2019, sendo o primeiro aberto ao público geral, e o segundo exclusivamente para servidores do IFRN. As inscrições estão acontecendo desde 28 de janeiro e vão até às 17h de 14 de fevereiro. Só podem participar, em ambos os casos, portadores de certificado de conclusão de cursos superiores de graduação (licenciaturas ou bacharelados).

No âmbito do processo seletivo para os cursos técnicos de Nível Médio na Forma Integrada na Modalidade ProEJA (edital nº 07/2019) são 36 vagas remanescentes, sendo 14 para o curso de Agroecologia (no Campus Ipanguaçu), 5 para Comércio (no Campus Natal Zona-Norte) e 17 para Manutenção e Suporte em Informática (no Campus Santa Cruz). As inscrições começaram na última quarta-feira (6) e seguem até às 17h do dia 8 de fevereiro. Estão aptos a participar os portadores de, no máximo, certificado de conclusão do Ensino Fundamental (ou de curso equivalente), que desejem cursar o ensino médio integrado a uma formação profissional e que tenham, até o último dia de matrícula, 18 anos completos.

Acesse:

Portal do Candidato

EDITAL Nº 01/2019 – Especialização em práticas assertivas da educação profissional integrada à Educação de Jovens e Adultos – a distância

EDITAL Nº 04/2019 – Especialização em Educação Profissional – EaD 

EDITAL Nº 05/2019 – Especialização em Educação Profissional – EaD – Servidores

EDITAL Nº 07/2019 – Vagas remanescentes para cursos técnicos de nível médio na forma integrada na modalidade Educação de Jovens e Adultos

A reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ângela Maria Paiva Cruz, participou de reunião em Brasília na última quarta-feira, 6, com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MTIC), Marcos Pontes. A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, e o senador Jean Paul Prates também estiveram no encontro, que teve como resultado a garantia de R$ 3 milhões para a finalização da primeira etapa do projeto Infovia Potiguar, voltado à interiorização da infraestrutura de telecomunicações.

Desenvolvido por meio de parceria entre governo estadual e instituições públicas de ensino superior, o Infovia Potiguar fornece inicialmente 100 Gb/s exclusivos para o RN por meio do acordo entre a Rede Nacional de Pesquisa (RNP) e a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), para interligação de universidades e centros de pesquisa em alta velocidade. A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) da UFRN, em Macaíba, e os campi de Santa Cruz, Currais Novos e Caicó são beneficiados pelo projeto, que possui duas estações – Natal e Mossoró – e estende a rede de fibra ótica para outras sete cidades.

Os representantes do Rio Grande do Norte ainda solicitaram apoio do ministro para a criação do Parque de Tecnologia da UFRN, em Macaíba, cujo projeto necessita de investimento em infraestrutura.

Secretário Domingos Savio com os homenageados

Nesta última segunda-feira (04), durante a jornada pedagógica realizada pela Secretaria Municipal de Educação de Macaíba, estudantes macaibenses foram homenageados pela aprovação no exame de seleção do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia (IFRN) e da Escola Agrícola de Jundiaí. O grupo de estudantes que concluíram o ensino fundamental na Rede Municipal de Ensino são residentes tanto da zona urbana quanto da zona rural da cidade.

Homenageados:

Janderson Silvestre – Logística

Luiz Henrique – Edificações

Samara Ferreira – Informática

Euclides Guedes – Edificações

João Alyson -Manutenção de Computadores

Giovanna Karoline – Controle Ambiental

Júlia Mariana – Edificações

Lívia Grazielle – Logística

José Francinaldo – Edificações

Camila Ferreira – Logística

João Pedro – Edificações

Maria Clara – Edificações

Everton Alexandre – Informática

Maysa Mikaele – Edificações

Gabriella Ambrosio – Logística

Jussara Francine – Informática

 

 

A Prefeitura do Natal divulgou no Diário Oficial do Município desta segunda-feira (04) o Edital Nº 01/2019, que trata do Processo de Seleção Simplificado para Contratação Temporária, a fim de integrar o Cadastro de Reserva de Professores, para atuação no Programa Nacional de Inclusão de Jovens – ProJovem Urbano. A processo seletivo é conduzido pela Comissão Permanente de Concurso Público da Secretaria Municipal de Educação (COMPEC-SME)

O Processo Seletivo se dará através de análise curricular, de caráter eliminatório e classificatório, para as disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e Língua Inglesa. Poderão participar da seleção os candidatos com idade mínima de 18 (dezoito) anos na data da contratação e com habilitação específica para o cargo selecionado. Vale ressaltar que será reservado um percentual de 5% das vagas para pessoas com deficiência.

A remuneração é de R$ 1.907,00 para os professores aprovados, que irão cumprir a carga horário de 30h semanais, distribuídas de segunda à sexta-feira, no período noturno, das 18h às 22h, e aos sábados, nos turnos matutino e/ou vespertino.

Os profissionais selecionados atuarão como educador de Ensino Fundamental, ministrando aulas dos componentes curriculares, utilizando material fornecido pelo ProJovem Urbano.

A inscrição será realizada pela internet, do dia 04 ao dia 11 de fevereiro de 2019, e efetivada mediante pagamento de taxa de R$ 60,00 (sessenta reais). O candidato precisa ter habilitação em nível superior – licenciatura plena – em Letras Língua Portuguesa, Língua Inglesa e em Matemática; certificado em curso de conhecimentos básicos de informática; e experiência profissional no Ensino Fundamental, na Educação de Jovens e Adultos ou no ProJovem de, pelo menos, um ano, a partir de 2008.

A inscrição deverá ser efetivada, no período de 05 a 12 de fevereiro de 2019, das 8h às 13h, na sala da COMPEC – sede da Secretaria Municipal de Educação, sala 509, Rua Fabrício Pedroza, 915, Areia Preta, Natal/RN. Para isto, o candidato precisa entregar a seguinte documentação: formulário de inscrição; boleto bancário e comprovante de pagamento; foto 3X4; original e cópia do RG e CPF; certidão de quitação eleitoral, emitida pelo TSE; original e cópia da quitação do serviço militar, para candidatos do sexo masculino; original e cópia de diplomas e certificados; e, para pessoa com deficiência, laudo médico que comprove sua condição.

O resultado parcial será publicado no DOM, no dia 14 de fevereiro de 2019, e o resultado final, no dia 20 de fevereiro de 2019. O concurso será homologado pela SME após a publicação do resultado final. O Processo Seletivo terá validade de janeiro/2019 a janeiro/2020. Para ter acesso ao edital, o formulário de inscrição e o boleto bancário, estarão disponíveis na página da Prefeitura Municipal do Natal, no site:www.natal.rn.gov.br/sme/.

 

 

Do Portal do IFRN – O que o IF significa para mim eu não consigo expressar em nenhuma palavra. Só sei que desejo voltar como docente, o que será uma honra!”. A frase finaliza o depoimento da estudante Flávia de Souza Rodrigues, que acaba de concluir o curso Técnico Integrado em Edificação no Campus São Paulo do Potengi e ser aprovada para o Curso de Engenharia Civil da UFRN, através do Sistema de Seleção Unificada (SiSU). A verticalização da sua formação, um dos objetivos do IFRN, passa pelas experiências acadêmicas e pessoais vivenciadas na Instituição, o que ela compartilha no texto abaixo:

‘Sou filha de dois agricultores que nem o ensino fundamental completo possuem. Tenho maior honra de ter uma família humilde, de coração muito bom e trabalhadora. Fui ensinada a lutar pelos meus objetivos. Mainha, apesar de sempre intensa, sempre me lembrava: “minha filha, você nem sempre vai ganhar, mas não precisa desistir”. Meus pais sempre se esforçaram para dar a melhor educação possível para mim e para minha irmã. Teve um tempo que as coisas estavam difíceis lá em casa e, naquela época, saiu um edital na Sociedade Educadora São Francisco, aqui em São Paulo do Potengi (SPP). O edital oferecia bolsa integral ou parcial. Estudei para conseguir e, no dia do resultado, quando menos esperava, meus antigos professores do fundamental chegaram com um carro de som anunciando que eu havia conseguido. Acho que ali eu comecei minha batalha.

Como meu pai também era servente, desde pequena eu estava vendo ele atuando, né? Para qual filha o pai não é um herói? Gostava de brincar com argamassa desde cedo, queria rebocar as paredes como ele, passar a régua e tudo mais; até então, sabia que queria engenharia civil, mas naquela época ainda não sabia que existia o IFRN. Dois anos antes do ensino fundamental II acabar, Josa, diretora da Sociedade Educadora São Francisco, chegou no meio da aula e começou a falar que Fátima (acho que deputada naquela época) tinha um projeto de trazer o Instituto para SPP e que a escola poderia ser uma grande oportunidade. Quando ela terminou de apresentar o IF, ingressar nele tinha se tornado um sonho.

Fomos conhecer a estrutura do IFRN e aquilo parecia coisa de outro mundo. Estudei em casa o ano todo e consegui. Ingressei no IFRN! Entrei com a ideia na mente de que o IF seria o abridor de portas. Quando saiu o resultado, já tinha vários sonhos, tinha prometido para mainha que no final do IF, ela iria ter uma filha formada, uma filha que ia se esforçar ao máximo para melhorar as nossas condições de vida.

Enquanto estudava lá, conheci Neuber, professor do curso de Edificações. Eu o chamo de pai, porque a forma que ele acreditou em mim… Nunca vi! Se eu falasse: “quero conquistar o mundo, será que dá certo?” Ele só respondia dizendo que eu era capaz.

Foi sendo orientada por ele, em um projeto de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, que viajei por algumas cidades e tive artigos aprovados em eventos, desde os federais como Secitex e Expotec, a importantes eventos externos, na área da construção como Ibracon, Elec’s e outros. E também em revistas como a Editorial Office of International Journal of Architecture, Arts and Applications. O projeto, as vivências que obtive em cada oportunidade dessa me fez desenvolver um amor maior pela área, de me imaginar construindo sem destruir o meio ambiente, além de uma vontade imensa de projetar visando contribuir também socialmente.

Não só Neuber, mas cada professor que eu tive no IF, cada contato, tudo foi importante para concretizar minha aprovação em Engenharia Civil. Os professores do Instituto são figuras com mentes brilhantes. Quando se entra numa escola desse tipo, geralmente, ou você sai com certeza daquele curso que você já havia imaginado ou você descobre sua paixão. Quando penso no IF, só me vem a ideia de que: não é só uma escola, nunca foi só aprendizado acadêmico. O aluno que ingressa flutuando, dentro de uma bolha, no IF se reconstrói totalmente. Nós temos contato com adversidades e é isso que faz o ser humano evoluir, se adaptar. A gente sai preparado não só para uma vida acadêmica ou profissional, saímos com uma visão de vida totalmente diferente, a realidade é sempre o eixo central dos nossos aprendizados. E isso deixa a gente mais humano também, a gente sabe o quanto pode ser difícil a vida de um aluno que sai de casa todos os dias às quatro horas da manhã para chegar lá na escola; o quanto é difícil ser de família humilde e sabemos o quanto os pais se orgulham em ver o filho(a) alçando novos ares.

Por exemplo, lá em casa, nunca passou pela cabeça da minha mãe que viajaria para apresentar um trabalho, que as promessas de ajuda financeira sairiam, que a oportunidade de mudar nossa vida poderia ser concretizada. E foi o IF que me deu essa esperança, que me possibilitou realizá-las.

No meu último ano, já estagiando na Coordenação de Laboratórios do Campus, estava determinada a passar no Enem. Para me ajudar, um amigo meu me deu uma conta do Descomplica, onde comecei a assistir as vídeo-aulas.  Carol e Ruthiane, duas ex-alunas do IF, também ajudaram, corrigindo minhas redações. Não foi fácil, teve dia que não aguentava mais tanta aula… Quando ficava difícil assim, eu lembrava porque eu não podia desistir: lembrava da promessa que eu tinha feito para mainha.

Dia 28 foi um dia incrível, liguei para mainha um dia antes chorando, dizendo que não iria conseguir. Ela me pediu para ter calma e acreditar nos planos de Deus. Me consolou com isso. Segunda de manhã, quando abri a página do SiSU, dei um grito tremendo: “consegui!”, depois corri para abraçar minha irmã e comecei a chorar. Essa aprovação significa muito para mim! Mainha ainda não consegue acreditar, pois é um grande sonho se realizando; é a possibilidade de ser a primeira graduada da família, de ter um emprego bom e dar conforto para família e é só o primeiro passo que imagino dar.

Termino dizendo que, dentre as pessoas importantes nessa jornada do IF, destaco Iasmin e Josivânia, mãe dela. Elas já são parte da minha família, delas vieram incentivos acadêmicos importantes para minha persistência nos meus sonhos. Além de ajudarem a realizá-los, sempre apresentaram portas onde eu achava que não possuíam saídas e, o mais importante, sempre me mostraram que – apesar das dificuldades – eu era e sou muito capaz de conseguir realizar meus sonhos.”

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio da Escola de Música (EMUFRN), torna público o edital para seleção de crianças e adolescentes no curso do Projeto Poli Teatro Musical. O curso é voltado para crianças e adolescentes entre 6 e 16 anos que tenham interesse em desenvolver a prática artística.

As inscrições serão realizadas de 11 a 22 de fevereiro através de preenchimento do formulário que será disponibilizado no site da Escola de Música. A seleção para as vagas disponíveis serão preenchidas por meio de sorteio público, que será realizado na EMUFRN no dia 23 de fevereiro, às 14h. A presença do responsável pela criança no sorteio é opcional.

Os nomes sorteados após o preenchimento das vagas serão colocados em lista de suplência e chamados em caso de desistência ou não realização da matrícula. A lista de sorteados será divulgada nas redes sociais do Projeto Poli Teatro Musical, no site e no mural da EMUFRN.

Quanto aos valores, cada série anual custa R$ 880, e a forma de pagamento pode ser feita em até duas parcelas de R$ 440, com vencimentos no início de cada semestre. A cobrança será feita por boleto via Guia de Recolhimento da União (GRU), com especificações de valores e unidade (EMUFRN) favorecida.

Para mais informações, basta acessar o edital do processo seletivo ou entrar em contato pelo telefone: (84) 3342 2229.