Educação Arquivo

Foto: Macaíba no Ar

Foto: Macaíba no Ar/ Arquivo

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) está com inscrições abertas para seleção de professores de cursos técnicos para atuarem em vários municípios do Rio Grande do Norte.

As inscrições estão abertas até o dia 2 de fevereiro de 2018 e devem ser feitas no Setor Pedagógico da Coordenação Geral do e-Tec, localizada no antigo prédio da direção da EAJ, em Macaíba, da 8 às 11 horas e das 14 às 16 horas.

Os requisitos mínimos para participação no processo seletivo são diploma de nível técnico ou superior na área do curso e comprovante de experiência de, no mínimo, um ano de docência.

As vagas são para os cursos técnicos em Administração, Agroindústria, Agronegócio, Contabilidade, Cooperativismo, Finanças, Logística, Manutenção e Suporte em Informática, Qualidade, Química e Redes de Computadores.

Os candidatos serão selecionados por região para atuação nos polos de Acari, Apodi, Caraúbas, Areia Branca, Assú, Caicó, Ceará-Mirim, Ceará-Mirim (Assentamento Rosário), Currais Novos, Goianinha, Ipanguaçu, Itajá, Jaçanã, João Câmara, Lajes, Macaíba, Macau, Martins, Monte Alegre, Mossoró, Natal, Nova Cruz, Parelhas, Parnamirim, Santa Cruz, São Gonçalo do Amarante, São João do Sabugi, São José de Mipibu, São Paulo do Potengi, Touros e Vera Cruz.

Mais informações aqui na seção Processos Seletivos, edital 003/2018.

O Ministério da Educação antecipou o prazo de inscrição para o Sistema de Seleção Unificada, o SiSU. A partir desta terça-feira (23), os candidatos poderão utilizar a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio – Enem – para concorrer a vagas em instituições públicas de ensino superior. O prazo se estende até a próxima sexta-feira, 26. O Instituto Federal do Rio Grande do Norte divulgou nesta segunda-feira (22) a segunda retificação do Edital 62/2018que rege vagas para ingresso no primeiro semestre de 2018.

Há 376 vagas para os cursos superiores de Licenciatura em Química, Física, Informática, Biologia, Geografia, Matemática; 592 vagas para os cursos superiores de tecnologia em Design de Moda, Gestão de Turismo, Alimentos, Sistemas para Internet, Agroecologia, Energias Renováveis, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão Pública, Redes de Computadores, Comércio Exterior, Construção de Edifícios, Gestão Ambiental, Produção Cultural, Marketing, Processos Químicos e Logística; além disso, há 40 vagas para o curso superior de Engenharia de Energias. Os cursos são oferecidos nos campi Apodi, Caicó, Canguaretama, Currais Novos, João Câmara, Ipanguaçu, Macau, Natal-Central, Natal-Cidade Alta, Natal-Zona Norte, Nova Cruz, Parnamirim, Pau dos Ferros, Santa Cruz e São Gonçalo do Amarante.

Todas as informações podem ser conferidas no edital.

Resultado de imagem para sigeduc

Desenvolvido para aumentar a acessibilidade e dar mais comodidade na hora da realização da matrícula de novos alunos, a Secretaria de Educação e Cultura do RN lança hoje, para alunos e responsáveis, o aplicativo Matrícula Escolar RN.

Para realizar a matrícula, o estudante ou responsável deve escolher em qual tipo de ensino deseja solicitar a vaga – tendo a partir de hoje como opções o ensino médio regular e o integral –, selecionar as opções apresentadas como o turno a ser cursado, e incluir as informações pessoais solicitadas. Não é necessário criar login e senha para ter acesso às funções do aplicativo.

 “A tecnologia está cada vez mais avançada e a educação precisa acompanhá-la” afirma Ana Paula Flor, coordenadora da Central de Matrículas da Secretaria.

Após a solicitação concluída, é preciso imprimir o comprovante e aguardar o processamento da matrícula. Após o deferimento, o estudante tem um prazo de 5 dias corridos para comparecer à escola com os documentos solicitados no comprovante para efetivar a matrícula.

O aplicativo traz mais uma opção para a solicitação da matrícula, que podia ser realizada online, através do site sigeduc.rn.gov.br. Caso o estudante ou responsável não consiga solicitar a matrícula por essas plataformas, há também a possibilidade de se dirigir à própria escola, à Diretoria Regional de Educação e Cultura (DIREC) responsável ou à Central de Matrículas, localizada no andar térreo da Secretaria de Educação.

Mais novidades

Em termos de tecnologia, está agendado também, ainda para o próximo mês, o lançamento de um módulo para a Escola Presidente Kennedy no SigEduc, que deve contar com as mesmas funções do aplicativo desenvolvidas exclusivamente para alunos da instituição de ensino.

Escola Estadual Alfredo Mesquita Filho passa ser de ensino de tempo integral

Nesta próxima quarta-feira (24), haverá uma reunião da Secretaria Estadual de Educação para tratar da educação de tempo integral. A reunião acontecerá no Pax Clube, a partir das 8hs. A Escola Estadual Alfredo Mesquita Filho passa a partir deste ano a oferecer o ensino neste modalidade.

A reunião vai contar com a participação de técnicos da Secretaria de Educação e dos diretores das escolas estaduais de Macaíba.

( Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Agência Brasil – A Superintendência da Polícia Federal (PF) na Bahia cumpriu nesta sexta-feira (19), em Salvador, mandado de busca e apreensão na casa de um estudante para apurar denúncia de fraude no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O candidato cometeu um plágio, copiando um trecho de um livro relacionado ao tema escolhido neste ano para a redação. O rapaz confessou o crime.

O candidato reproduziu a sinopse do livro Redação de Surdos: uma Jornada em Busca da Avaliação Escrita, de Maria do Carmo Ribeiro, lançado pela editora Prismas em 2015. O tema da redação do Enem deste ano foi Desafios para a Formação Educacional de Surdos.

A PF começou a apurar o caso após receber informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão do Ministério da Educação responsável pelo Enem, sobre a ocorrência de um plágio em uma prova aplicada em Salvador.

De acordo com a delegada responsável pelo inquérito, Suzana Jacobina, o candidato confessou que usou um telefone celular para ter acesso ao conteúdo na redação, sem que tenha sido visto pela equipe de fiscalização da prova.

A PF continuará a investigação, mas, em uma avaliação preliminar, considerou o caso foi isolado, envolvendo apenas um estudante. A delegada descarta, no momento, que haja risco de alguém ter vazado o coneteúdo da prova neste caso, o que poderia comprometer a validade do Exame como um todo.

“Com as provas até então colhidas, a linha de investigação mostra que o caso foi isolado. A princípio, o Enem está real, não tem risco de ser suspenso. Mas tudo ainda precisa ser confirmado”, afirmou a delegada Suzana Jacobina.

SEEC/ASSECOM

Em cerimônia realizada na manhã de ontem (17), no Palácio do Planalto em Brasília, o ministro da Educação, Mendonça Filho, assinou a liberação de R$ 21,7 milhões para fortalecimento e ampliação das vagas nas escolas estaduais de ensino médio em tempo integral do RN. A secretária de Educação, professora Cláudia Santa Rosa, participou da cerimônia.

Para 2018, a Secretaria de Educação do RN ofertará 12 mil vagas para o ensino médio em tempo integral em 29 escolas. Para a titular da pasta, os recursos do MEC contribuem para a concretização das metas do Plano Estadual de Educação. “É um fomento importante para o RN avançar, tendo em vista cumprir a meta do Plano Estadual de Educação, que é atingir 50% das suas escolas em tempo integral, até o ano de 2025”, declarou Cláudia Santa Rosa.

A secretária ainda destacou que esta modalidade de ensino contribui para os projetos de vida dos estudantes. “O tempo integral possibilita a implantação de um projeto pedagógico que fortalece a formação dos jovens”, frisou Santa Rosa.

Os recursos destinados pelo Ministério da Educação ao RN fazem parte das ações do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, lançado pelo Governo Federal em 2016.

Investimentos

Em contrapartida ao investimento do MEC, o Governo do RN tem investido R$ 14 milhões de reais nas escolas estaduais de ensino médio em tempo integral. “Em obras, até o final deste ano, serão utilizados R$7,2 milhões, entre pequenos reparos e reformas. Um compromisso que elevou o RN para um patamar de confiança junto ao MEC”, explicou o consultor João Faria, membro da equipe de implementação do Ensino Médio em Tempo Integral.

Neste ano, a Secretaria de Educação do RN ampliará essa rede em 11 unidades de ensino. As escolas de ensino médio Francisco Ivo Cavalcanti (Natal), Alfredo Mesquita Filho (Macaíba), Antônio de Souza (Parnamirm), Rosa Pignataro (Nova Cruz), Aida Ramalho (Mossoró), Clara Teteo (Macau), o Colégio Atheneu Norte-Riograndense (Natal) e os Centros Estaduais de Educação Profissional Antunes Pereira (Ceará Mirim), Ruy Pereira dos Santos (São Gonçalo do Amarante) e Francisco Pedroza (Mossoró) ingressarão no tempo integral.

Paula Laboissière – Repórter da Agência Brasil

 O Ministério de Educação divulgou hoje (18) os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. Das 4.725.330 redações corrigidas, 309.157 tiveram nota zero e apenas 53 registraram nota 1.000. Na edição anterior, foram 291.806 notas zero e 77 notas mil entre 6.034.672 redações corrigidas.

Os resultados da prova foram liberados pouco antes das 12h no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e só podem ser consultados individualmente. Os candidatos devem acessar a Página do Participante e fazer login por meio do CPF e senha anteriormente cadastrada.

“Recomendo calma, cautela e controle da ansiedade. Sei que é um momento importante para milhões de jovens de todo o Brasil, mas é preciso ter a clareza de que o exame é seguro, as notas estarão disponíveis e cada um terá a oportunidade de acessar justamente a informação relativa à sua nota”, disse o ministro da Educação, Mendonça Filho.

Pela primeira vez, de acordo com o Inep, a divulgação das notas considerou a proficiência média geral e a proficiência média dos concluintes, além das proficiências médias dos treineiros, dos egressos e das pessoas privadas de liberdade.

A previsão do instituto é que o resultado dos treineiros seja divulgado no dia 19 de março, assim como as vistas pedagógicas dos espelhos da redação. O Enem 2017 foi aplicado pelo Inep em 5 e 12 de novembro. Confira abaixo os resultados por área de conhecimento:

Linguagens, códigos e suas tecnologias

Proficiência Mínima – 299,6

Proficiência Máxima – 788,8

Proficiência Média Geral – 510,2

Proficiência Média Concluintes – 506,5

Proficiência Média Egressos – 513,84

Proficiência Média Treineiros – 516,86

Proficiência Média dos Participantes Privados de Liberdade – 427,4

Redação

Redações Nota Zero – 309.157

Redações Nota Mil – 53

Proficiência Média Geral – 558,0

Proficiência Média Concluintes – 560,6

Proficiência Média Egressos – 556,9

Proficiência Média Treineiros – 570,6

Proficiência Média Participantes Privados de Liberdade – 423,0

Apenas 6,5% das redações receberam nota zero. Os motivos foram fuga ao tema (5,01%), prova em branco (0,80%), texto insuficiente (0,33%), parte desconectada (0,17%), não atendimento ao tipo textual (0,11%), cópia do texto motivador (0,09%) e outros motivos (0,03%).

Ciências Humanas e suas tecnologias

Proficiência Mínima – 307,7

Proficiência Máxima – 868,3

Proficiência Média Geral – 519,3

Proficiência Média Concluintes – 517,4

Proficiência Média Egressos – 522,24

Proficiência Média Treineiros – 526,68

Proficiência Média Participantes Privados de Liberdade – 433,7

Matemática e suas tecnologias

Proficiência Mínima – 310,4

Proficiência Máxima – 993,9

Proficiência Média Geral – 518,5

Proficiência Média Concluintes – 522,3

Proficiência Média Egressos – 516,62

Proficiência Média Treineiros – 538,77

Proficiência Média Participantes Privados de Liberdade – 447,4

Ciências da Natureza e suas tecnologias

Proficiência Mínima – 298,0

Proficiência Máxima – 885,6

Proficiência Média Geral – 510,6

Proficiência Média Concluintes – 508,4

Proficiência Média Egressos – 512,48

Proficiência Média Treineiros – 519,36

Proficiência Média Participantes Privados de Liberdade – 436,9

Foto: Macaíba no Ar

Foto: Macaíba no Ar/ Arquivo

Agência Brasil – O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 deve ser divulgado amanhã (18), às 11h, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no mesmo horário da entrevista coletiva com o ministro da Educação. O resultado individual estará disponível na internet, na Página do Participante.

Inicialmente, a divulgação estava prevista para o dia 19, mas, no início da semana, o Ministério da Educação anunciou a antecipação da data.

Para acessar o resultado, será necessário informar o CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição no Enem. Quem não se lembra da senha pode recuperá-la na Página do Participante. É com ela que o estudante também terá acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que ficará aberto de 29 de janeiro a 1º de fevereiro.

Os resultados dos participantes com menos de 18 anos, chamados de treineiros, serão liberados 60 dias depois da divulgação regular. O mesmo prazo vale para os espelhos de correção das redações.

A edição de 2017 do Enem tem novidades. As provas foram aplicadas em dois domingos consecutivos, com a redação no primeiro dia.

No dia 5 de novembro, os candidatos fizeram as provas de linguagem, códigos e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias, além da redação. Em 12 de novembro, foram aplicadas as provas de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.

Os estudantes podem usar o resultado das provas do Enem em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sisu, para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Resultado de imagem para metropole digital

O Instituto Metrópole Digital (IMD) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realiza nesta segunda-feira, 15, o cadastramento de candidatos aprovados para a segunda chamada das turmas de 2018 de cursos de formação técnica do Instituto. Os selecionados devem se dirigir aos locais indicados no edital, disponível aqui.

O processo seletivo, realizado pelo Núcleo Permanente de Concursos (Comperve), é referente a formação das turmas de 2018 para os cursos técnicos do IMD em Automação Industrial, Eletrônica, Informática para Internet, Programação de Jogos Digitais e Redes de Computadores que serão oferecidos em cinco polos: Natal, Mossoró, Angicos, Caicó e Pau dos Ferros.

A relação com os nomes dos candidatos aptos a fazerem o cadastramento da segunda chamada foi divulgado na última quinta-feira, 11, no site da Comperve, e pode ser acessado por este link. Os convocados devem comparecer aos locais indicados no edital com a documentação solicitada.

Outras informações podem ser conferidas no site da Comperve.

 

 

Recebemos da direção da Escola Estadual Paulo Nobre a situação ao qual a estrutura física da instituição como se encontra. A Secretaria Estadual de Educação já foi informada da situação, mas até agora nada foi feito para resolver os problemas.

Dados da Escola

Escola Estadual Professor Paulo Nobre, situada à Rua Professor Caetano, 400 – Centro – Macaíba, fundada no ano de 1970, atualmente funciona com 17 Turmas distribuídas nos 3 turnos, sendo manhã e tarde do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e noite com turmas de 4º e 5º Período da EJA, e um quantitativo médio de 610 alunos. A escola possui um quadro de professores quase completo, além de ser bem equipada em aparelhos eletrônicos. No ano de 2017 tivemos uma aluna medalhista na OBMEP e uma Mensão Honrosa. Além de anualmente ter um bom índice de aprovados no IFRN e EAJ. Por estes motivos a escola é sempre bem procurada, tendo sempre suas vagas para alunos novatos preenchidas em aproximadamente 1h após o início no sigeduc.

Problema

O único problema enfrentado é a estrutura física da escola. São 6 salas de aulas, onde todas apresentam enormes rachaduras e infiltrações, em algumas delas o forro está caindo. Por toda a escola, nos banheiros e em outras dependências existem rachaduras em todas as paredes e infiltrações, devido a escola nunca ter passado por uma grande reforma. A caixa d’água está sendo sustentada praticamente pelos ferros, pois o cimeno das colunas está caindo.

 

 

A secretaria de Educação do estado sempre usava o argumento de que por falta de documentação do terreno não poderia fazer reformas, pois é uma obrigação a ser cumprida. A atual gestão que assumiu em 02/01/2017 (Gestores: José Firmino e Rucele Albuquerque) foi atrás de regularizar essa situação e no dia 13/03/2017 foi protocolado sob número 51253/2017-6 o processo de regularização fundiária que teve seu decreto publicado em 18/08/2017 sob o número 27.237 onde passa a dominialidade do terreno da escola para o estado, passando então o estado a poder liberar qualquer tipo de reforma.

No dia 20/02/2017 foi protocolado no gabinete da SEEC sob ofício número 14/2017 uma solicitação de reforma, onde em anexo já constava inúmeras fotos dos problemas estruturais encontrados. E já no dia 24/02/2017 esteve na escola um engenheiro da própria secretaria que emitiu um laudo de 8 páginas, onde aponta os principais problemas encontrados.

No dia 30/06/2017 foi protocolado novamente uma solicitação de liberação de recursos para ser feito o retelhamento da escola e outras coisas emergenciais sob ofício nº 34/2017, novamente apresentando o laudo técnico e outras coisas mais.

 

Nada foi feito até a presente data, e para melhorar a situação hoje 15/01/2018 com as chuvas o forro de duas salas de aulas começou a cair, além de que o chão de uma sala de aula está começando a afundar. A secretária de Educação foi notificado por meio telefônico e o corpo de bombeiro será acionado para uma vistoria. A nossa preocupação enquanto gestão, é com relação a situação desses 600 alunos para o ano de 2018, já que em 2017 tivemos grandes problemas com as chuvas, onde sempre tínhamos que suspender as aulas por inviabilidade e risco do teto vir abaixo. Já comuniquei informalmente a 1ª DIREC que caso não se resolva, não teremos condições de iniciar as aulas.

Foto: Macaíba no Ar

Foto: Macaíba no Ar/ Arquivo

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN),  divulgou no site do Núcleo Permanente de Concursos da UFRN (Comperve), o resultado do processo seletivo  para cursos técnicos.

A matrícula de todos os aprovados será realizada na Secretaria Escolar da EAJ, de acordo com o seguinte cronograma:

Dia 22/01 – aprovados para o curso Técnico em Agropecuária

Dia 23/01– aprovados para o curso Técnico em Agroindústria

Dia 24/01 – aprovados para o curso técnico em Aquicultura

Dia 25/01 – aprovados para o curso técnico em Informática

A documentação solicitada no momento da matrícula será :  Carteira de Identidade, Certidão de Nascimento ou de Casamento, Cadastro de Pessoa Física – CPF, Certidão de Quitação Eleitoral, Prova de estar em dia com as obrigações relativas ao serviço militar, Comprovante de residência , 1 fotografia 3 X 4 recente e Carteira de vacinação atualizada, Histórico escolar e certificado de conclusão do ensino fundamental ou médio.

Outras informações podem ser conferidas aqui.

O Mestrado Profissional em Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com inscrições abertas até o dia 17 de janeiro para processo seletivo para interessados em ingressar no curso no ano letivo de 2018. Ao todo, são oferecidas 15 vagas, distribuídas em cinco áreas temáticas.

Podem participar da seleção candidatos residentes no Brasil com graduação em Engenharia Elétrica, Engenharia de Energia, Engenharia de Computação e Automação ou Engenharia Mecânica. As inscrições são feitas online, através do preenchimento doformulário disponibilizado na página do Sigaa. Além disso, é necessário anexar um projeto de mestrado e pagar a taxa no valor de R$ 100 reais.

A seleção acontece entre os dias 5 e 20 de fevereiro e conta com prova escrita e análise do projeto de mestrado do candidato. O resultado final, contendo o nome dos aprovados, será divulgado no dia 22 de fevereiro e o início das aulas está previsto ainda para o primeiro semestre de 2018. O edital, com outras informações, pode ser baixado por este link.

Foto: Arquivo

A Comissão Permanente de Vestibular (Comperve) através do Núcleo Permanente de Concursos, divulgou nesta última sexta-feira (12) o resultado do exame de seleção da Escola Agrícola de Jundiaí. Os candidatos podem acessar o site da Comperve e conferir o resultado obtido. Foram ofertados cinco cursos técnicos, parte  integrado ao ensino médio e subsequente, com total de dez turmas.

A Escola Agrícola de jundiaí fica localizada no distrito de Jundiaí, em Macaíba. São mais de 60 anos de fundação, onde faz parte da Universidade Federal do Rio Grande do Norte como Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias.

Confira o resultado

A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna

Em uma publicação no Facebook, a Secretária Estadual de Educação do Rio Grande do Norte, Claúdia Santa Rosa,  afirmou que autorizou abertura de dezenas de processos contra professores que não estaria indo trabalhar e pagando a terceiros para cumprir o expediente.

Veja o que escreveu Claúdia Santa Rosa.

Hoje tive de autorizar o prosseguimento e/ou a abertura de dezenas de processos que, infelizmente, há quase 100% de chances de resultarem em demissões de professores, alguns em estágio probatório. Explico: com a conivência de gestores (também responderão com as mesmas chances de demissão) e dos que trabalham nas respectivas escolas, esses professores pagam entre R$ 800,00 e 1.000,00 por um mês de trabalho para pessoas os substituírem, por meses e anos. Grave, gravíssimo! Não preciso dizer o enquadramento legal e moral em um país imerso em investigações de corrupção e lesão dos bens públicos. A legislação é severa. Lamento!
Estou divulgando para que a população tome conhecimento e, se há outros casos, os envolvidos corrijam em tempo. Todos precisamos abraçar a escola 

E07AE33F-9EA0-4C71-B3EF-AA02411E69D7

A Prefeitura de Macaíba, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, entregará o novo fardamento para os alunos da rede municipal de ensino em fevereiro. Estudantes da educação infantil ao ensino fundamental 2 de todas as escolas municipais receberão o uniforme.

O fardamento é mais um investimento da Prefeitura macaibense na educação das crianças e adolescentes do município. Entre outros investimentos realizados está a construção da creche Damiana França, no distrito Canabrava, inaugurada em junho de 2017 pelo prefeito Fernando Cunha.

A unidade tem capacidade para atender cerca de 250 crianças do distrito e de comunidades rurais vizinhas. Mais três creches estão sendo construídas pela administração municipal, sendo um em Traíras, uma no distrito Cajazeiras e outra no bairro Campo das Mangueiras.

Assecom