Cotidiano Arquivo

Resultado de imagem para onibus macaiba

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn) protocolou ofício no final da manhã desta terça-feira 4, solicitando a ampliação do pleito de reajuste tarifário devido à proximidade da data base de motorista e cobradores para o dia 1º de maio e a inflação de janeiro, fevereiro e março. Com isto, o Seturn amplia o pleito para R$ 3,50, quando em ofício datado de 31 de janeiro deste ano pleiteava R$ 3,40.

No ofício Nº 0089 / 2017 o consultor técnico do Seturn, Nilson Queiroga explica que “há 63 dias sem definição ao pedido de 31.01.2017, para atualização do valor da passagem para deslocamento urbano de passageiros pelas empresas associadas ao Seturn, de R$ 2,90 para R$ 3,40, mais uma vez, premidos pelas dificuldades econômico-financeiras por que passa o sistema de transporte urbano de passageiros pede definição urgentíssima do reajustamento, desta vez para R$ 3,50, corrigindo a inflação dos dois meses que se passaram. Acrescida da tendência de agravamento das dificuldades financeiras em razão do dissídio coletivo da categoria, normalmente com data de 1° de maio de cada ano”, disse Queiroga.

Segundo a exposição de Nilson não há como o Seturn suportar a tarifa sem reajustamento, que, segundo ele, é a menor dentre todas as capitais brasileiras e, também, inferior à maioria dos municípios brasileiros com transporte coletivo instituído, dos quais 70 já receberam os seus devidos aumentos nos primeiros três meses deste ano.

O Seturn anexou relatório fornecido pela NTU – Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos, atualizado em 03.04.2017, com a composição das tarifas nas principais cidades brasileiras. Eles ainda pleiteiam que em Natal, o transporte urbano de passageiros não possuí subsídio de ISS e ICMS sobre o óleo diesel, muito comum nas grandes cidades e capitais brasileiras, para baratear a tarifa.

Do Agora RN

O Governo do RN segue o pagamento do funcionalismo nesta quinta-feira (6), quando deposita os vencimentos dos 32.938 servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem até R$ 2 mil. O valor representa uma soma de R$ 39,2 milhões.

Com o pagamento desta faixa salarial somado aos vencimentos já depositados dos servidores ativos da Educação e da Administração Indireta que possuem recursos próprios, 56.806 servidores já terão recebido integralmente seus salários, o que representa 51,31% da folha, um montante de R$ 89 milhões.

O Governo segue acompanhando as receitas para anunciar o pagamento dos salários dos demais servidores o mais breve possível, a partir da disponibilidade de recursos.

Resultado de imagem para rotatória do vilar em macaíba

Divulgação

De acordo com assessoria de comunicação da Prefeitura de Macaíba, o prefeito Fernando Cunha acompanhou a liberação da parte superior do viaduto de Emaús, Irmã Maura de Morais na manhã desta última segunda-feira (3), em Parnamirim, ao lado do governador Robinson Faria e do ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella.

Na oportunidade, o prefeito solicitou ao ministro celeridade na instalação da iluminação pública do trecho Macaíba-Parnamirim, trabalho que foi autorizado. As obras do trecho entre o Vilar e a Avenida Mônica Dantas também foram autorizadas. Elas estavam paradas por problemas técnicos, mas começarão a ser realizadas em breve, da mesma forma que o trecho final da Reta Tabajara em Macaíba, que deverá ser concluído este ano.

Vale salientar que a duplicação entre a BR-226 e a Reta será feita em concreto, não mais em asfalto. A expectativa é que a obra termine no final de 2018.

 

O Governo do Estado assinou, na manhã desta última sexta, 31, termo de cooperação com a Prefeitura de Caicó para a criação de uma nova vertente do programa Moradia Cidadã, que passará a contemplar também os servidores do município. O projeto nasce como piloto na cidade seridoense, mas será estendido para todo o estado.

Especificamente em Caicó, já há um empreendimento que será inserido no programa, no qual serão construídas 150 unidades residenciais vendidas aos servidores com 47% de desconto em relação ao preço de custo.

Este abatimento só é possível graças à parceria entre Estado e Município, na qual a prefeitura doou o terreno para a construção das casas e, em conjunto com o governo, viabilizou junto à Caixa Econômica Federal a aprovação do empreendimento além do subsídio do Governo Federal.

“Será o primeiro empreendimento nesta modalidade no estado, o que marca mais uma ação do Governo no combate ao déficit habitacional”, assinalou Robinson Faria. A partir desta iniciativa, pretende-se lançar outros empreendimentos nos demais municípios na mesma modalidade, proporcionando um benefício relevante aos futuros moradores.

“Nosso objetivo é chegar aos 167 municípios do estado. Queremos levar este projeto a todos os cantos do Rio Grande do Norte. Com muito trabalho, estamos conseguindo desenvolver ações para viabilizar o sonho da casa própria”, explicou João Ronaldo, presidente da Companhia Estadual da Habitação (Cehab).

A falta de iluminação pública na RN-160 em Macaíba vem facilitando ações de assaltantes. Não é de hoje que se ver relatos de tentativas ou assaltos na rodovia que o corta vários municípios da Grande Natal, o trecho entre Macaíba e São Gonçalo do Amarante vem sendo o alvo principal por causa do intenso tráfego de veículos que vão para o Aeroporto Internacional Aluízio Alves. Nós aqui já fizemos várias matérias sobre o assunto, mais ele não sai de pauta devido a contínua ação dos bandidos no trecho sem iluminação após a entrada do acesso dos Mártires em São Gonçalo, onde até esse acesso a Prefeitura de São Gonçalo iluminou, de lá para cá tudo sem iluminação.

A estrutura da rodovia sem acostamento, sem sinalização e com vegetação de um lado e outro, fazem do trecho um ótimo local para os bandidos agirem. Semanas atrás noticiamos aqui o assalto a um apresentador de TV, que tinha como destino o aeroporto e foi surpreendido neste trecho. Falta saber quando o poder público vai tomar providências e iluminar todo o trecho que pertence a Macaíba e o restante de São Gonçalo.

No Bairro Campinas, em frente da praça pública está cheio de poda, segundo seu Francisco, ele  nos informou que  no dia em que o local foi limpo, os moradores próximo da praça voltaram a colocar o lixo lá, ele também reclama da demora atualmente no recolhimento de entulho e poda no bairro.

Em nosso caminho para o bairro Campinas, encontramos na Lagoa Grande (Avenida Enock Garcia), bastante poda e entulho com restos de materiais de construção, um dos pontos é próximo do segundo quebra-molas e o outro antes da primeiro rua do Loteamento Esperança.

 

Os moradores da comunidade Retiro 1, próximo a Reta Tabajara, em Macaíba, estão há 20 dias sem água, destacou a reportagem do RN TV 1ª edição desta quinta-feira (30).  As obras de duplicação da Reta Tabajara quebrou a tubulação e esse é o motivo da falta d’água, noticiou o jornal.

Uma moradora relatou que a situação está muito difícil, visto que, está tendo que pegar água na casa de uma filha que mora em Natal. Já outro disse que está tendo que comprar. “Sem ter água, o jeito é comprar”, relatou o morador.

Em nota, o DNIT disse que até amanhã o abastecimento será restabelecido.

Do Senadinho Macaíba

O Governo do RN começa a pagar a folha de março nesta sexta-feira (31), quando deposita os vencimentos dos 24.038 servidores ativos da Educação e da Administração Indireta que possui recursos próprios, uma soma equivalente a R$ 75,5 milhões.

O Governo segue acompanhando as receitas para anunciar o pagamento dos salários dos demais servidores o mais breve possível, a partir da disponibilidade de recursos.

Por solicitação de sindicatos e associações de servidores, o Governo vem pagando a folha sem distinção entre ativos, aposentados e pensionistas.

O Governo do Estado, por meio da Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac), abre uma nova unidade socioeducativa no Rio Grande do Norte. O Centro Educacional (Ceduc) Santa Catarina, localizado na zona Norte de Natal, passa a funcionar a partir desta semana para o cumprimento de medida em semiliberdade exclusivamente do sexo feminino, com um total de 10 vagas.

O Ceduc Santa Catarina é a nona unidade da Fundac no RN, sendo a segunda do sexo feminino, ao lado do Ceduc Padre João Maria, também na Zona Norte de Natal, onde até então funcionava o cumprimento de todas as medidas. Com a inauguração do novo centro, a unidade passa funcionar somente para o cumprimento de medidas em regime fechado.

De acordo com a diretora do Ceduc, Sivonete Abreu, a separação de medidas por unidade é benéfica por questões de segurança, além de que investir na qualidade do regime semiaberto é essencial para a ressocialização do menor infrator.

“O propósito da semiliberdade é preparar os jovens para que possam voltar as ruas e ter condições de se reinserir na sociedade. Por isso, a nossa prioridade é de que ele saia do centro educacional para ir à escola, faça cursos e trabalhe, até que a permanência dele na unidade seja a mínima possível”, explica.

O Governo do RN conclui a folha de fevereiro nesta quinta-feira (30), quando deposita o complemento salarial dos 19.563 servidores ativos, inativos e pensionistas que recebem acima de R$ 4 mil. O grupo desta faixa salarial já havia recebido, desde o dia 17, uma parcela de R$ 4 mil. A soma dos valores pagos nesta quinta-feira chega a R$ 61,4 milhões.

O Governo ressalta ainda que a folha foi iniciada desde 24 de fevereiro e, no dia 11 de março, mais de 82% dos servidores já haviam recebido integralmente os salários.

Consumidor critica limitação à internet

Arquivo/Agência Brasil

Os consumidores que forem assinar novos contratos de internet fixa devem ficar atentos para as condições oferecidas pelas empresas. A limitação do uso da banda larga fixa está proibida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) desde abril do ano passado, mas o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) diz que continua recebendo reclamações de consumidores sobre a oferta de pacotes com franquia de dados pelas operadoras.

Além de ficarem atentos aos contratos, os consumidores devem reunir documentos para se prevenir de futuras cobranças, orienta o Idec. “Questionem isso por telefone, peguem o protocolo, ou acessem pela internet o espaço do consumidor e faça um download do contrato. Documente isso para depois contestar judicialmente, caso as empresas comecem a querer cobrar isso de forma retroativa, o que seria um absurdo”, diz o pesquisador em telecomunicações do Idec, Rafael Zanatta.

Segundo ele, o Idec ainda não recebeu reclamações de clientes que tiveram a internet reduzida ou cortada. “Ou seja, aparentemente as empresas estão cumprindo [a proibição de estabelecer franquia de dados], até porque está todo mundo em cima desse assunto”, comenda Zanatta.

Ler mais…

Foto: Arquivo

Os motoristas e cobradores do transporte público de Natal poderão deflagrar greve na próxima segunda-feira 27. A categoria se reunirá em frente à sede do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro) para definir como acontecerão as mobilizações. A informação desmente boatos que dão conta de que os trabalhadores já teriam decidido cruzar os braços a partir da próxima sexta-feira 31.

A decisão, conforme citado anteriormente, acontecerá em assembleia realizada em dois momentos na segunda: um encontro às 9h e outro às 16h. Caso a paralisação seja confirmada, a data de início da greve também será decidida.

A motivação para uma possível greve dos rodoviários em Natal é o pacote de reformas que o Governo Federal tenta implementar. Alguns dos pontos sobre os quais os trabalhadores rodoviários protestam são as reformas trabalhista e previdenciária – em discussão no Congresso Nacional – e a Lei da Terceirização, aprovada na Câmara na quarta-feira 22.

Informações do Agora RN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte alcança o pioneirismo outra vez, lançando uma ferramenta que estreita ainda mais o laço entre a sociedade e o órgão de defesa do consumidor do Parlamento Estadual, o Procon Legislativo. A novidade é um serviço de contato e atendimento via Whatsapp, através do número 98849-1187, oferecendo ao potiguar mais um canal para buscar seus direitos.

O diretor do Procon da Assembleia, Dari Dantas, ressalta a importância de se ter mais uma via de relacionamento com o consumidor. “Queremos estar mais próximos da população e nada melhor que usar a tecnologia a nosso favor”, comenta.

A iniciativa, inédita entre as unidades do Legislativo no país, servirá para o consumidor tirar dúvidas, procurar orientação ou fazer denúncias, não permitindo, no entanto, a abertura de processos contra algum fornecedor. O serviço, que já está em funcionamento, conta com uma equipe preparada para atender o consumidor sempre que uma demanda for gerada no aplicativo de mensagens.

Além do atendimento via WhatsApp, o consumidor também pode entrar em contato com o Procon Legislativo na sede do órgão, que fica na Rua Jundiaí, nº 481, de segunda a sexta-feira, com atendimento ao público das 8h às 12h. Quem preferir contatar o serviço por telefone, pode ligar para 3615-9000.

Em decreto publicado ontem (23), no Diário Oficial do Estado, o Governador Robinson Faria reconheceu em situação de emergência 153 municípios do Rio Grande do Norte em virtude dos efeitos da seca no interior do estado.

O decreto tem validade de 180 dias e leva em consideração análises técnicas das áreas do Governo que monitoram a questão da Segurança Hídrica no RN. Esta é a 8ª vez consecutiva que o governo toma a medida, que tem como objetivo facilitar o trâmite dos processos que envolvem obras e serviços para minimizar os efeitos da estiagem, considerada a maior dos últimos 100 anos.

O decreto é importante também para que o estado continue captando recursos do Governo Federal. Somente em 2017, já foram garantidos pelo Ministério da Integração Nacional, para continuidade da Operação Vertente, que fornece água potável à população através de carros-pipa, R$ 12,7 milhões. Também já estão assegurados para o Estado, via Ministério, R$ 88 milhões para a Adutora Afonso Bezerra – Pendências, e para a mudança de captação da Adutora de Jerônimo Rosado e Sertão Central Cabugi.

Segundo estimativa feita pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (SAPE), o prejuízo anual gerado pela estiagem na economia do estado gira em torno de R$ 4 bilhões. Apenas na agricultura, se comparados os anos de 2016 e 2014, a área colhida de feijão foi reduzida em 49%, a de milho caiu 64% e a de sorgo sofreu queda de 79%.

A equipe de Segurança Hídrica que monitora as ações de resposta à emergência é composta, além da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (SAPE), Companhia de Águas e Esgotos do RN (CAERN), e pelo Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (IGARN).

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre

Foto: Assessoria de Comunicação PMM

O secretário de Cultura e Turismo da Prefeitura de Macaíba, Marcelo Augusto Bezerra e a equipe da Secretaria de Infraestrutura municipal realizaram uma vista técnica à capela de São José, no Centro do município ao lado da equipe de arquitetos da Fundação José Augusto e de padre Assis, pároco de Macaíba, na manhã desta quinta-feira (23).

O objetivo da visita foi averiguar a situação da capela e viabilizar os trabalhos de manutenção no local, que sofreu um vazamento e teve parte de uma de suas paredes danificada, no dia 2 de março deste ano. A equipe da Fundação José Augusto é composta por Paulo Heider Forte Feijó, arquiteto da Fundação e professor da UFRN, responsável pela restauração do museu Solar Ferreiro Torto, em 1975 e Valéria Paiva, arquiteta da Fundação.

Sobre a análise realizada pela equipe, a arquiteta afirmou não existir risco de desabamento. “Em princípio não é um problema que compromete a estrutura da igreja, mas será necessária uma análise da parte de engenharia para um diagnóstico definitivo da situação, para que se possa então realizar os serviços de manutenção”, afirmou.

Na visita ficou definido que a manutenção será feita, mas é necessária uma análise do material que será utilizado no local para que ele esteja de acordo com a estrutura e não altere suas características, que devem ser preservadas de acordo com a lei. A capela segue interditada até que os trabalhos sejam concluídos. A Prefeitura auxiliará nos serviços.

As equipes trabalham para que o local seja reaberto para a população o mais rápido possível. Pároco de Macaíba, padre Assis declarou sobre as atividades: “Vamos tentar fazer o serviço e rezar para que ele seja realizado e as atividades voltem a acontecer aqui. Peço aos católicos de Macaíba que rezem para que tudo ocorra bem”, afirmou o padre.

A capela de São José tem 140 anos, sendo o mais antigo prédio católico de Macaíba. Ela foi construída em 1876 pela comunidade do município e integra a seleta lista de 131 prédios tombados pelo estado do Rio Grande do Norte.

Assecom