Cotidiano Arquivo

Com o principal objetivo de disseminar a educação ambiental nos municípios potiguares, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, realiza nesta quarta e quinta-feira (30 e 31/10), mais uma edição do projeto “Meu Município, Meu Ambiente”. Dessa vez, o município de Macaíba recebe a programação da equipe da Subcoordenadoria de Planejamento e Educação Ambiental (Spea), que contempla a tradicional Mostra da Biodiversidade Potiguar, oficinas de sabão ecológico e oficinas de reuso e reciclagem de resíduos sólidos.

As atividades são voltadas para alunos e profissionais da Rede Pública de Ensino da região. Cerca de 800 alunos participam da Mostra da Biodiversidade Potiguar e mais de 80 pessoas realizam as oficinas de reuso e reciclagem ministradas pelo Idema. Participam do projeto, as Escolas Municipais Tereza Brito, Pinheiro Borges, Auta de Souza, Francisco Genival, Alfredo Lira, Pedro Gomes, José Arinaldo, Augusto Severo, Falcão Freire, Dayse Hall e Fabrício Pedrosa.

Representam o Idema, os educadores ambientais: Miguel Rocha, Stephane Melina, Ana Maria de Carvalho e Ana Luiza Bezerra.

Na manhã do último sábado (26), a equipe do Cidadão Macaibense visitou a feira da cidade. No início da nossa caminhada encontramos uma família que estava pedindo ajuda, um senhor que segurava um cartaz (foto) com uma criança no colo e uma mulher recebendo alimentos dos feirantes, provavelmente eles fazem parte de um grupo de refugiados da Venezuela, país onde impera o regime de Nicolás Maduro.

O número de venezuelanos que buscam ajuda no Brasil tem aumentado nos últimos meses, em Macaíba, a nossa equipe encontrou 5 pessoas, mas fomos informados que eles estavam espalhados na feira e o número pode ser maior. Eles chegaram há 3 meses e vieram para as cidades do nordeste. Nas ruas, semáforos e feiras eles pedem ajuda em dinheiro, comida, roupas, remédios, fraldas descartáveis e emprego.

Nossa equipe não conseguiu obter informações concretas sobre a real situação dos venezuelanos na cidade. Qual o destino após a feira? Onde estão dormindo, roupas e alimentação? Um grupo de macaibenses estão buscando informações para ajudar e nossa equipe está a disposição nessa iniciativa.

Do Cidadão Macaibense

Resultado de imagem para obra da caern em macaíba

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) ainda não realizou o recapeamento das vias que foram abertas para os serviços de saneamento básico do centro de Macaíba. Diversas ruas do centro da cidade estão em péssimas condições de trafegar devido a situação ao qual a Caern deixou.

A Prefeitura de Macaíba já notificou a empresa sobre essa situação e espera que o problema seja resolvido o mais rápido possível.

 

A governadora Fátima Bezerra se reuniu, no final da manhã desta terça-feira (29), com uma equipe da Cosern para receber, oficialmente, parte dos equipamentos de proteção individual doados pela empresa para o projeto “Se chegar a gente limpa”, que tem à frente o Idema e a Defesa Civil Estadual. A ação é uma continuidade da programação do Governo do Estado para combater o derramamento de óleo nas praias, que atinge o RN, a

Acompanhada do Vice-governador, Antenor Roberto, e do Secretário Chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, a chefe do governo estadual afirmou o compromisso com o projeto. “Nós temos que estar preparados para a guerra. Somos o estado menos atingido, mas temos que entrar em campo”, disse.

Ao todo, estão sendo doados pela Cosern 6.950 equipamentos de proteção entre luvas, máscaras, botas e protetores solares. Parte deste material começou a ser entregue nesta segunda-feira (28),  como também do material enviado pelo Governo Federal, através do Grupo de Avaliação e Acompanhamento (GAA), que entregou pás, carros de mão, ancinhos, peneiras, baldes e big bags; e do Governo do Estado, por meio do Idema, que adquiriu bombonas plásticas. Estes materiais foram doados aos voluntários, que foram treinados anteriormente pela Defesa Civil e pelo Idema.

“Ontem, em pleno ponto facultativo, eu estava recebendo o Comandante Medeiros, da Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte”, disse a governadora, que se reuniu também com o Diretor- Presidente do Idema, Leon Aguiar, e com Fernando Mineiro, Secretário de Projetos e Metas do Estado.

Foto: Divulgação

Agência Brasil – Novas manchas de óleo surgiram em nove praias de cinco estados da Região Nordeste, segundo informações do Grupo de Avaliação e Acompanhamento (GAA), formado por Marinha, Agência Nacional de Petróleo (ANP) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Manchas de óleo cru começaram a aparecer nas praias do litoral nordestino no final de agosto e atingiram mais de 200 localidades em todos os estados da região. Desde então, foram recolhidas mais de mil toneladas do produto, numa extensão de 2,5 mil quilômetros.

As praias afetadas são Via Costeira e Búzios, no Rio Grande do Norte; Conceição e Itapuama, em Pernambuco; Japaratinga e Piaçabuçu, Alagoas; Abaís, em Sergipe; além de Morro de São Paulo e Moreré, na Bahia. De acordo com o GAA, equipes já foram mobilizadas para atuar nos locais.

Por meio de nota o GAA informou que, em Moreré, foi observada “presença de manchas” e, em Japaratinga, foram visualizadas “apenas pelotas”. Ainda segundo o grupo, as vistorias por navios, o monitoramento aéreo e as ações de limpeza “continuarão até o encerramento das reincidências desse óleo nas praias nordestinas”.

Transferência para Brasília

Desde o dia 26, o comitê que dá suporte ao monitoramento das manchas de óleo que têm afetado as praias brasileiras está funcionando em Brasília, em vez de no Rio de Janeiro. Segundo a Marinha, a mudança tem, por objetivo, ampliar a capacidade de combate e coordenação.

“A extensão da área afetada, a duração no tempo e as características de dispersão do óleo desse crime ambiental inédito no país exigem constante avaliação da estrutura e recursos empregados. Assim, o aumento do efetivo e dos meios no combate às manchas de óleo e a transferência do GAA para as instalações do Centro de Operações Conjuntas, na sede do Ministério da Defesa, em Brasília, visam ampliar a capacidade de combate e coordenação”, informou o departamento da Marinha.

Assim como na edição do ano passado, alunos da comunidade rural de Riacho do Sangue fizeram bonito nos JERNS 2019. Os estudantes Mário Roberto, Abias Melo e Allana Rosileide conquistaram medalhas dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte, levando Macaíba a um lugar de destaque na modalidade conhecida como Luta Olímpica.

Mário sagrou-se campeão na categoria com limite até 76kg, enquanto Abias e Allana foram vices, respectivamente, nas categorias com limites de até 45kg e 70 kg, disputando com representantes de escolas públicas e particulares de várias partes do Rio Grande do Norte.

Além do vice-campeonato, Allana conseguiu índice para a etapa nacional dos Jogos Escolares a ser realizada em novembro na cidade de Blumenau, Santa Catarina.

Informativo Atitude

O entregar do aplicativo Uber Eats Luiz André, de 22 anos, que foi humilhado nas redes sociais pela ex-miss Campo Novo do Parecis Bruna Figueiredo por estar fazendo entrega de bicicleta, ganhou uma moto para trabalhar. A entrega foi feita no Programa Pop Show, da TV Cidade Verde, na manhã desta segunda (28).

Luiz André estava no palco do Pop Show, contando sua história, quando foi surpreendido com a entrega da moto Honda zero km. Além disso, recebeu de presente o patrocínio para fazer sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Ao RD News, o entregador disse que faz entregas para garantir o “pão de cada dia” e que ele é de família trabalhadora. Disse ainda que um dia irá se formar advogado ou administrador. Ele pensa em processar a miss por expor sua imagem com ironia.

*As informações são do RD News*

Com Informações do Manaus Alerta

Nesta segunda-feira (28) a Governadora Fátima Bezerra, acompanhada de Leon Aguiar, Diretor-Presidente do Idema e de Fernando Mineiro, Secretário de Projetos e Metas, se reuniu com o Comandante Medeiros reponsável pela Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte Distrito Naval, para tratar da questão do óleo nas praias.

O Cmte Medeiros informou as ações cotidianas desenvolvidas no Estado para monitorar a ocorrência de óleo nas praias e ressaltou o acerto da iniciativa da Governadora ao criar o Comitê Unificado Estadual para acompanhar e agir em relação a essa grave questão, destacando o trabalho de capacitação dos voluntários para atuação nas áreas.

A Governadora reforçou a preocupação com os impactos ambientais e suas consequências para a economia do Estado, em especial para a população que mora nas áreas afetadas, para o turismo e para a pesca.

Tanto a Governadora como o Comandante reafirmaram a determinação de ação conjunta para minimização dos efeitos dessa ambiental. Após esta reunião, a Governadora se reunirá com os integrantes do Comitê Unificado, para definir os atendiemntos aos municípios mais afetados.

Tartarugas foram encontradas na Praia de Tabatinga, Nísia Floresta, na Grande Natal — Foto: PCCB/UERN

Foto: PCCB/UERN

Duas tartarugas marinhas foram encontradas mortas e manchadas por óleo neste domingo (28) na praia de Tabatinga, em Nísia Floresta, na região metropolitana de Natal. A praia foi uma das seis potiguares que voltaram a ter registro da presença de óleo neste fim de semana. Os animais foram recolhidos pelo Projeto Cetáceos da Costa Branca, da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN).

Informações do G1 RN

Manchas de óleo voltam a aparecer em praias do RN — Foto: Reprodução

É destaque no portal G1 RN: As manchas de óleo de origem ainda desconhecida voltaram a aparecer em seis praias do Rio Grande do Norte durante o fim de semana, segundo confirmou o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema). Os locais afetados passam por limpeza.

As praias que registraram manchas foram Tabatinga, Búzios e Camurupim, as três no município de Nísia Floresta; a Praia do Giz e a Praia do Amor, em Tibau do Sul, além de Pirangi do Norte, em Parnamirim.

Matéria na íntegra

A imagem pode conter: 21 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Na noite desse sábado (26), o Cruzeiro de Macaíba venceu a forte equipe do Mossoró Esporte Clube pelo placar de 3 a 0. Partida válida pelo primeiro jogo da semifinal do Campeonato Norteriograndense de Futsal 2019. Os gols foram marcados pelos atletas Ingo, Walber e Darllan. A segunda partida da semifinal será realizada no próximo sábado, dia 02/11 na cidade de Mossoró. Para se classificar a final, o azulão macaibense precisará apenas de um empate.

Foi finalizado nesta última desta quinta-feira (24), a modalidade de Xadrez dos JERN´s 2019. A prova contou com quase 800 inscritos, número recorde de participantes em Jogos Escolares no RN. O grande destaque dos jogos ficou para o xadrez interiorano, pois, dos 06 Campeões individuais, ou seja, dos 06 atletas Ouro do Xadrez, 05 são de escolas interioranas e apenas 01 da capital, a saber a seguir:
Campeão Mirim Masculino – Giovanni Brandão – Colégio Nossa Sra. das Neves – Natal
Campeã Mirim Feminino – Radyja Fernandes – EE Profº Paulo Nobre – Macaíba
Campeão Infantil Masculino – José Carlos – Escola Municipal José Arinaldo – Macaíba
Campeã Infantil Feminina – Ellen Pereira – Escola Modelo – Nova Cruz
Campeão Juvenil Masculino – Davi Alves – IFRN Parnamirim – Parnamirim
Campeã Juvenil Feminina – Alessandra Kelly – EE Apolinária Jales – Bodó
Como vimos acima, Macaíba foi a cidade de mais destaque, com 02 medalhas de Ouro, seguida por Natal, Parnamirim, Nova Cruz e Bodó, todas com 1 Medalha de Ouro.
Pela delegação de Macaíba, também merecem destaques:
Isabel Souza – EE Profº Paulo Nobre com a honrosa medalha de Bronze no Infantil Feminino.
Igor Thales (Escola Ativa) e Luiza Karollyne (EE Henrique Castriciano) que decidiram a medalha de Ouro na última rodada, sendo vencidos pelos Macaibenses José Carlos e Radyja Fernandes, mas ficando muito bem colocados na 6ª e 5ª colocações, respectivamente, e ainda tendo ambos, mais um ano na mesma categoria.
Ingryd Beatriz e Karina Melo (Ainda com 02 anos na categoria), nas 8ª e 10ª colocações no Mirim Feminino.
Com o sentimento do dever cumprido, o Núcleo Enxadrístico de Macaíba, agradece a todos os atletas pelo empenho, pela luta e pelo espirito de equipe, que envolveu a todos nestes 04 dias de competição, agradecemos também aos país pela confiança, aos professores parceiros e ao apoio de Prefeitura de Macaíba.
Mais informações Núcleo Enxadrístico 

 

A Prefeitura de Macaíba ganhou ação cível contra o Governo do Estado do Rio Grande do Norte referente aos repasses de recursos devidos pelo Estado ao município nos programas de assistência farmacêutica básica e fortalecimento da atenção básica. Na ação, movida no ano de 2013 e julgada em 18 de abril de 2018, o Governo do Estado foi condenado a pagar R$ 3.288.577, 26 à Prefeitura, mas até o momento, o pagamento não foi realizado.

Os repasses da coparticipação no financiamento da assistência farmacêutica e da atenção básica não estão sendo feitos desde 2010. A falta destes recursos acarreta em uma grave situação financeira e desabastecimento de medicamentos nos postos de saúde de Macaíba, afetando toda uma rede de atendimento que alcança milhares de usuários da rede de saúde. A decisão judicial for proferida pelo desembargador Dilermando Mota.

Foto: Divulgação

A Marinha informou que, até terça-feira (22), foram recolhidas mais de 1 mil toneladas de resíduos recolhidos das praias do Nordeste. De acordo com a instituição, desse número quase a metade teve a destinação final realizada. Esse trabalho tem sido feito por meio de uma interlocução direta com os estados afetados, articulações com o Sindicato Nacional das Indústrias de Cimento (SNIC) e com a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP).

No encontro, foram identificados possíveis recebedores para esses resíduos coletados, para realizar a destinação final ambientalmente adequada. O objetivo é absorver grande parte do material recolhido para ser reaproveitado em coprocessamento.

Origem do despejo

Pesquisadores do Laboratório de Métodos Computacionais em Engenharia (Lamce) da Coppe/UFRJ acreditam que o ponto de origem do despejo de óleo que polui a costa do Nordeste esteja em uma área entre 600 km e 700 km da costa brasileira, numa faixa de latitude com centro na fronteira entre Sergipe e Alagoas. O trabalho foi realizado por meio de imagem de satélite, computação de alto desempenho e modelo matemático.

A investigação foi feita pelos professores da Coppe, Luiz Landau, coordenador do laboratório, e o professor colaborador Luiz Assad, a pedido da Marinha. A área apontada fica em águas internacionais. Segundo o professor Landau, essa parte da análise já foi entregue às Forças Armadas. Na próxima semana, os pesquisadores da Coppe começam a trabalhar para antecipar a maneira como ocorrerá a dispersão de óleo de agora em diante.

“Há muita incerteza com relação à trajetória de óleo, porque ele correu abaixo da superfície. Não sabemos quanto tempo esse óleo demorou para intemperizar, ou seja, sofrer processos de mudanças das características físico-químicas para entrar abaixo na coluna d’água”, disse o professor Luiz Assad.

Agência Brasil