Cotidiano Arquivo

Para isso é necessário realizar um cadastro que pode ser feito em qualquer posto de atendimento do Detran/RN, basta apresentar a Carteira de Identidade,  CPF, e um endereço de e-mail.

Após o cadastro, a segunda Via da Carteira Nacional de Habilitação, a Permissão Internacional para Dirigir e  a CNH definitiva poderão ser solicitadas via internet pelo Portal do Condutor. Basta acessar o site do Detran/RN (www.detran.rn.gov.br) , clicar na aba “Serviços” e acessar o Portal  com CPF e senha cadastrada.

Ao solicitar um dos serviços será gerada a respectiva taxa, o boleto para pagamento também pode ser acessado no site do Detran na aba “consulta de pessoas e boleto” . Há opções tanto para correntistas do Banco do Brasil como também para os demais bancos. Podendo a guia ser paga no próprio BB ou em qualquer correspondente bancário, dependendo da escolha do usuário no ato da impressão.

Os valores para os três serviços disponíveis são:  R$67,00 para PID, R$50,00 para CNH definitiva e R$25,00 para segunda via da CNH. O usuário que ainda está em processo de obtenção da CNH também pode solicitar o seu cadastro no Portal para acompanhar resultados da prova prática.

O Hemocentro do RN convoca doadores para repor, urgentemente, o estoque de sangue O positivo e O negativo que está em baixa. A medida tem como objetivo atender os pacientes internados na rede hospitalar da capital.

Quem teve Dengue, Zika ou Febre Chikungunya, deve aguardar um mês após a cura dos sintomas. Podem doar as pessoas que tem entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos de idade precisam de consentimento do responsável legal); ser saudável; pesar acima de 50 kg; ter dormido 6 horas na noite anterior; evitar alimentos gordurosos antes da doação, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores e apresentar um documento oficial com foto.

O Hemonorte funciona na Av. Alexandrino de Alencar, 1800, Tirol, (próximo ao Parque das Dunas/Bosque dos Namorados) – de segunda a sábado, das 07h às 18h e conta com uma unidade fixa de coleta de sangue na Zona Norte, que está localizada na Biblioteca Américo de Oliveira (Av. Itapetinga,1430, Conjunto Santarém), que funciona de segunda a sexta-feira das 7h30 às 17h e sábado das 7h30 às 12h.

O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Alberto Broch, afirmou ontem (22) que as mudanças na Previdência rural contidas na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016 excluiriam 80% dos segurados especiais do Regime Geral da Previdência Social (RGPS), que abrange os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Broch participa de audiência pública na comissão especial da Câmara dos Deputados que discute a reforma. Segundo o presidente da Contag, os trabalhadores rurais serão afetados principalmente pela mudança no modelo de contribuição e pela idade mínima de 65 anos.

Atualmente, os trabalhadores do campos podem aposentar-se comprovando que realizaram atividade no campo. Para os que têm condições de contribuir, é calculado o valor de 2% sobre a comercialização da produção. Com a PEC 287, a contribuição passa a ser obrigatória e individual. Além disso, os trabalhadores rurais terão de ter no mínimo 65 anos de idade e 25 anos de contribuição.

Segundo Broch, a população que trabalha no campo terá dificuldade em arcar com uma contribuição sobre a renda pessoal. “Para nós é um ponto crucial, talvez o mais sério de todos, pois os agricultores não têm salário, não têm férias, não têm nenhuma forma de benefício. Ele é remunerado pela produção e a produção pode ter ano que dá e ano que não dá”, argumentou.

Ainda de acordo com Alberto Broch, os trabalhadores rurais começam a trabalhar muito mais cedo que os demais brasileiros. “Há trabalhadores rurais que com 6, 7, 8 anos de idade estão na labuta. Nós já trabalhamos mais de 50 anos. Mexer na idade de um trabalhador ou trabalhadora rural é muito forte, é muito duro”, defendeu o presidente da Contag.

O representante do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Francisco Dal Chiavon, corroborou a dificuldade de contribuição por outra fórmula que não seja sobre a comercialização da produção. “O que faria uma família do Nordeste com cinco anos de seca? Como ela vai contribuir? Nós, que trabalhamos na lavoura, não recebemos um salário para contribuir mensalmente”, disse.

Da Agência Brasil

O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP-RN) contará com um sistema de agendamento eletrônico para emissão de carteiras de identidade nas centrais do cidadão do Via Direta e da Zona Norte de Natal. O programa virtual, desenvolvido pela coordenadoria de Tecnologia da Informação (TI) da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) irá contribuir para a redução de filas de espera para a confecção do documento.

Esta ferramenta já está pronta e os servidores do ITEP já estão sendo treinados para utilizá-la. A expectativa da direção do Instituto de Identificação (II) é de que o software comece a ser utilizado neste agendamento eletrônico até o início do mês de maio.

Responsável pelo setor de TI da Sesed, o major Emiliano Loiola revelou que o software desenvolvido para o ITEP é similar a alguns que já funcionam em outros estados do país.

A princípio concebido para o agendamento eletrônico na emissão de RG´s, posteriormente o sistema também será utilizado para a confecção de atestados de antecedentes criminais.

Nesta segunda-feira (27) o Governo do Estado acaba com uma espera de sete anos dos agricultores familiares potiguares. O governador Robinson Faria e o secretário Guilherme Saldanha inauguram a Central de Comercialização da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Cecafes), reformada e equipada, em solenidade marcada para as 10h, no cruzamento das avenidas Capitão Mor Gouveia e Jaguarari em Natal.

O equipamento será composto de 36 boxes e 50 barracas e irá beneficiar em torno de 1.200 agricultores familiares, com a comercialização de uma média de R$ 313 mil por mês e a venda de 170 toneladas de itens. Ocupando uma área de cinco mil metros quadrados ao lado da Ceasa/RN, a Central possui área construída de 2,7 mil metros quadrados e 78 vagas de estacionamento.

Serão 32 boxes destinados à venda de hortifrutis, produtos orgânicos, castanhas, doces caseiros, queijos, mel, polpa de frutas, entre outros produtos da agricultura familiar. Dois boxes de padaria ou similar, que irão comercializar itens como tapioca, cuscuz, pães, doces, alimentos funcionais e típicos da região. Além de outros dois boxes destinados à pesca, onde serão vendidos peixes, ostras e frutos do mar, com espaço para degustação.

O espaço ainda contará com uma lanchonete/restaurante, que servirá desde lanches até refeições completas, como café da manhã e almoço, rodeada por uma ampla praça de alimentação. As 50 barracas completarão o centro comercial com hortifruti trazidos direto da plantação dos agricultores familiares.

thumbnail_Portal da Mulher_Foto Demis Roussos (2)

O Governo do Estado por meio da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres do RN (SPM/RN) lançou ontem (21), no auditório da Governadoria, o Portal da Mulher Potiguar. A ferramenta é um marco no apoio às vítimas de violência doméstica no Rio Grande do Norte, onde 40% das mulheres disseram já ter sofrido algum tipo de violência. Durante a solenidade, também foi lançada a revista “Nós, do RN” que chega a edição de número 109 e apresenta a mulher potiguar em diversos aspectos.

O endereço mulherpotiguar.rn.gov.br servirá de suporte para as mulheres e oferece vários espaços nos quais elas podem fazer denúncias, reconhecer se são ou estão submetidas a algum tipo de agressão e ainda receber orientações sobre onde encontrar ajuda e outros encaminhamentos. O site é fruto da parceria entre Governo do Estado, via equipe do Sistema CERES, com apoio logístico da Universidade Potiguar.

“Com o portal, o governo demonstra a preocupação em desenvolver ações voltadas para a mulher, além de defender a igualdade e direitos do público feminino. E é com essas importantes parcerias que conseguimos efetivar políticas públicas eficientes e de qualidade”, afirmou a secretária chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha.

De acordo com a titular da secretaria de Políticas para Mulheres, Flavia Lisboa, através do portal será possível mapear e quantificar com precisão os casos de violência contra a mulher no Estado. “O portal é uma ferramenta de combate e apoio ao público feminino que muitas vezes não sabe a quem recorrer em meio a uma situação de violência. Com as informações prestadas pelas vítimas, os órgãos responsáveis saberão como agir para combater os abusos sofridos pelas mulheres. Daremos visibilidade aos problemas e continuaremos a lutar pela igualdade, direitos e oportunidades para as mulheres”, disse a secretária.

Também participaram do evento, a secretária de estado da Comunicação, Juliska Azevedo; a diretora geral do Departamento estadual de Imprensa, Suzy Noronha; a Deputada Estadual, Cristiane Dantas, além de representantes da Segurança, Assistência Social, Tribunal de Justiça, Ordem dos Advogados do RN e da Universidade Potiguar.

A Cosern informa que para fazer a ampliação e o melhoramento da rede, irá suspender temporariamente o fornecimento de energia na próxima terça-feira, 28, na Reta Tabajara, Retiro de Cima e adjacências, no período das quatorze horas e trinta minutos, às dezoito horas, no município de Macaíba.

Caso o serviço seja concluído antes do horário previsto, a rede será energizada sem qualquer outro aviso.

Mais Informações pelo telefone 116.

As inscrições do concurso público para o cargo de Soldado do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte seguem abertas até o dia 6 de abril. Até a última sexta-feira (17), 13.334 pessoas já haviam efetuado a inscrição para concorrer a uma das 70 vagas oferecidas, em ampla concorrência, tanto para homens quanto para mulheres. A remuneração inicial é de R$ 2.904,00.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente por meio da internet, no site do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan): www.idecan.org.br. O interessado tem até às 17h do dia 6 de abril de 2017 para se inscrever. A taxa é de R$ 80,00.

O concurso será realizado em seis etapas. A primeira constará de prova objetiva de múltipla escolha, a ser aplicada na data provável de 21 de maio de 2017, simultaneamente nas cidades do Natal, Mossoró e Caicó.

As fases seguintes consistirão de Avaliação Médica e Odontológica, Exame de Avaliação de Condicionamento Físico, Avaliação Psicológica e Investigação Social e da Vida Pregressa do candidato. A última etapa consistirá no Curso de Formação de Praças Bombeiro Militar, com duração média de 12 meses.

Ainda que o salário inicial seja de R$ 2.904,00, a remuneração pode chegar, nos termos da legislação pertinente às promoções referentes ao quadro de praças, ao valor de R$ 9.472,65, subsídio correspondente ao cargo de Subtenente Nível X.

O concurso público terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

O resultado final do processo seletivo para bolsistas, feito em parceria entre a Fundação Guimarães Duque/Ufersa e a Emater-RN, terá sua homologação publicada no dia 22 de março, próxima quarta-feira, no Diário Oficial da União.

Aqueles que realizaram as entrevistas em Mossoró, deverão se apresentar a partir do dia 22, no campus da Ufersa, na sede da Fundação Guimarães Duque (FGD). Já os entrevistados em Natal se apresentarão a partir da mesma data no escritório central da Emater-RN, no Centro Administrativo do Estado.

A relação de aprovados também será publicada nos sites da Ufersa e da Emater, após a homologação.

IMG_5567

A Prefeitura de Macaíba, através da Secretaria de Agricultura, da Pecuária e da Pesca (SEMAPE), em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), está implantando no município duas Unidades de Teste e Demonstração (UTD) de algodão de variedade colorida, verificando sua viabilidade econômica, a fim de que essa cultura possa ser mais uma fonte de renda para os agricultores familiares.

O primeiro passo foi dado mediante uma visita técnica realizada na manhã desta quinta-feira (16) ao município, mais precisamente ao assentamento Eldorado dos Carajás, na comunidade rural de Riacho do Sangue, e à comunidade rural quilombola de Capoeiras. Dois representantes da EMBRAPA, vindos do estado da Paraíba, discutiram as potencialidades de Macaíba para a retomada do plantio de algodão junto com o secretário Francisco Maia, titular da SEMAPE e líderes comunitários.

Os técnicos são da sede da Embrapa Algodão de Campina Grande. A intenção é capacitar representantes dessas comunidades para o manejo e o gerenciamento da espécie de algodão de coloração marrom clara, do tipo BRS Jade, e consequentemente implantar as duas UTDs, que são escolas de campo com o objetivo de incentivar a agricultura familiar e a própria economia local.

Segundo o Portal Infoteca-e, ligado à EMBRAPA, essa variedade de algodão se destaca pela alta produtividade e qualidade de fibra, além de se adaptar facilmente a vários tipos de solo. O secretário Maia reforçou para aos técnicos da Embrapa que Macaíba já foi uma grande produtora de algodão.

“A minha expectativa é boa, é que dê certo, vamos reunir representantes da associação e vamos explicar esse projeto para a comunidade”, declarou o senhor Severino, presidente da Associação de Agricultores Familiares do Eldorado dos Carajás.

O técnico Waltemilton Cartaxo referiu que há um grande potencial no município para a implantação de UTDs, uma área grande, com solos férteis, por exemplo, que são fatores favoráveis para o cultivo não só do algodão, mas também de outras culturas como amendoim e gergelim. Na ocasião, foram coletadas diversas amostras dos solos das localidades visitadas para a realização de uma análise para determinar as condições de plantio.

Assecom

A Cosern informa que para fazer a ampliação e o melhoramento da rede, irá suspender temporariamente o fornecimento de energia na próxima na próxima sexta-feira, 24, no Sítio Curral da Junta e adjacências, no período das quatorze horas e trinta minutos, às dezessete horas, no município de Macaíba.

Caso o serviço seja concluído antes do horário previsto, a rede será energizada sem qualquer outro aviso.

Mais Informações pelo telefone 116

O Governo do Estado lançou ontem, 16, o Programa Moradia Cidadã que vai viabilizar a aquisição da casa própria pelos servidores públicos estaduais e fomentar o mercado imobiliário. “Enfrentamos momentos de crise, mas o nosso governo enfrenta a crise com ousadia, motivação, otimismo e ideias como esta que beneficia o servidor, estimula a economia e a construção civil”, afirmou o governador Robinson Faria no ato do lançamento no auditório da Escola de Governo em Natal.

O programa Moradia Cidadã é operacionalizado pelo Governo do Estado através da Companhia Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano (Cehab), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas).

O projeto é prioridade da atual gestão no enfrentamento ao déficit habitacional no Rio Grande do Norte, que hoje é de cerca de 120 mil moradias.

O programa inicia com a oferta de imóveis já construídos em Natal e Mossoró e terá duas vertentes: Moradia Cidadã Servidor e Moradia Cidadã Municípios. A primeira modalidade atende as demandas dos servidores públicos estaduais ativos, aposentados e pensionistas, com preços diferenciados em relação ao mercado imobiliário.

A segunda modalidade, a Moradia Cidadã Município irá atender a demanda nas cidades do interior. Com base nas inscrições, que poderão ser feitas a partir desta sexta-feira, 17, no site www.rn.gov.br, serão ofertados casas e apartamentos novos e usados em todos os 167 municípios.

Para participar, o servidor deve se inscrever nos empreendimentos cadastrados, submetendo-se à aprovação das condições de financiamento, através dos agentes financeiros parceiros (Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil).

Através do Moradia Cidadã o Governo do RN também incentiva a retomada de obras dos programas Minha Casa Minha Vida (MCMV I e II) e Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PSH). O programa também viabiliza o avanço da regularização fundiária, além da construção de novas moradias de interesse social.

No esforço para reduzir o déficit habitacional e proporcionar o acesso à casa própria o Governo do Estado já viabilizou a entrega de 5.604 unidades habitacionais. A meta é entregar 40 mil moradias até o fim de 2018.

A dinamarquesa Vestas, gigante do segmento de energias renováveis, inaugurou o primeiro centro de serviços do Brasil no Rio Grande do Norte, na cidade de Parnamirim, na tarde desta última  quarta-feira (15). A unidade de 1.200 m² deve atender aos parques eólicos instalados no estado, hoje maior produtor de energia elétrica a partir dos ventos no país. O governador Robinson Faria comemorou a chegada da empresa, e destacou o empenho do Governo para atrair investimentos com este.

“Essa empresa vem pra dar suporte a nossa produção de energia eólica, nos campos da manutenção, da assistência técnica e da formação e qualificação de pessoal. E a vinda dela poderá atrair outras empresas para fortalecer o segmento em nosso estado, motivadas também pelo trabalho de nossa gestão que não tem medido esforços para garantir segurança jurídica e dar celeridade aos trâmites burocráticos, como licenciamentos ambientais”, destacou o governador.

A unidade de serviços irá gerar de imediato 100 empregos diretos, todos com alta qualificação. “Mas nós ainda pretendemos criar algumas dezenas de empregos – diria 60 ou 70 – não só em Parnamirim, mas também nas outras cidades onde temos projetos”, ressaltou Rogério Zampronha, presidente da Vestas, destacando ainda que o RN é “a casa” da empresa no Brasil. No estado, a Vestas tem nove parques eólicos em operação e dois em construção, espalhados por quatro municípios.

A escolha de Parnamirim como sede do centro tem motivação estratégica. “Daqui, nós conseguimos estar em duas horas em qualquer um dos parques com a nossa tecnologia e servidos por nós, de modo que eles produzam o tempo todo com o mínimo de interrupção”, explicou Zampronha.

LÍDER
Durante o discurso, o chefe do executivo estadual destacou que o Rio Grande do Norte é líder nacional na produção de energia eólica. A produção atual é de 3,3 GW nos 122 parques em operação. Há ainda outros 16 parques eólicos em construção, os quais irão gerar 417 MW.
Diante do cenário amplamente favorável, a Vestas não descarta investir em novos parques no estado, além dos dois atualmente em construção. “Estamos aguardando que o Governo Federal divulgue a agenda de leilões, e que o tema das linhas de transmissão seja resolvido rapidamente. Como potencial o Rio Grande do Norte é imbatível”, assinalou.

Brasília - Plenário do Senado aprovou projeto que proíbe as operadoras de internet de estabelecer franquias de dados em seus contratos de banda larga fixa (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Da Agência Brasil – O plenário do Senado aprovou ontem (15) projeto de lei que proíbe as operadoras de internet de estabelecer franquias de dados em seus contratos de banda larga fixa. Na prática, as operadoras ficam impedidas de limitar a quantidade de dados que o consumidor poderá usar por mês. O texto não prevê a probição no caso da banda larga móvel, utilizada em tablets e celulares.

O projeto tramitou em regime de urgência, depois de acordo entre os líderes partidários, e seguirá agora para a Câmara dos Deputados. Para o autor do projeto, senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), o limite para acesso à internet só ocorre “em países liderados por governos autoritários, que cerceiam o acesso à informação por parte de seus cidadãos”.

Tanto o autor quanto o relator, senador Pedro Chaves (PSC-MS), ressaltaram a importância do acesso à internet para a vida cotidiana, como estudos e até a declaração do Imposto de Renda – que é obrigatória e só pode ser feita online.

Por ser originário do Senado, se sofrer modificações na Câmara, o projeto deverá retornar para última análise dos senadores. Somente depois disso é que a matéria seguirá para sanção presidencial e poderá entrar em vigor.

O Sine-RN oferece, nesta quinta-feira (16), mais de 17 oportunidades de emprego em Natal e Mossoró.

Para concorrer às vagas, o candidato deve se cadastrar via Internet no Portal Mais Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego através do endereço maisemprego.mte.gov.br ou na unidade do Sine Matriz Cidade da Esperança, localizada na Rua Adolfo Gordo, s/n, Cidade da Esperança – Natal-RN no prédio da Central do Trabalhador no horário de 8h ás 16h ou em qualquer agência do Sine nas centrais do cidadão de Natal e no interior.

O interessado que não tem cadastro e acesso ao Portal Mais Emprego, pode comparecer as Agências do SINE, com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Número do PIS, cédula de identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência. O atendimento é de acordo com o horário de funcionamento das centrais do cidadão e do SINE Matriz Cidade da Esperança no prédio da Central do Trabalhador, das 8h às 16h.

VAGAS PERMANENTES – NATAL e GRANDE NATAL
OCUPAÇÃO    QUANT. DE VAGAS
COZINHEIRO DE RESTAURANTE    1
OPERADOR DE MÁQUINA DE BORDAR    2
PADEIRO    1
PADEIRO CONFEITEIRO    1
TÉCNICO DE REFRIGERAÇÃO (INSTALAÇÃO)    1

Total     6

VAGAS TEMPORÁRIAS – NATAL e GRANDE NATAL
OCUPAÇÃO    QUANT. DE VAGAS
AJUDANTE DE CARGA E DESCARGA DE MERCADORIA    1

Total    1

MOSSORÓ E REGIÃO
OCUPAÇÃO    QUANT. DE VAGAS
CONSULTOR DE VENDAS    1
GERENTE DE VENDAS    1
RESGATISTA SOCORRISTA    3
TÉCNICO DE ENFERMAGEM    5

Total    10

Vagas abertas no Sistema Mais Emprego, acesso em 15/03/2017 às 17h50min – Joacir Morais

Trabalhador, todas as oportunidades estão sujeitas à alteração. Para saber em tempo real qual ocupação está de acordo com o seu perfil profissional, acesse com seu login (PIS) e senha no Portal Mais Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego no endereço (maisemprego.mte.gov.br).