Área Policial Arquivo

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu na manhã desta última terça-feira (6), na Br-304, em Macaíba/RN, um homem de 37 anos, condutor de um caminhão, pela prática de crime culposo, por transportar produtos perigosos em desacordo com as exigências da lei.

Durante fiscalização a transportes de produtos perigosos, uma equipe da PRF fiscalizou um caminhão VW/8.150E, carregado com 156 botijões de Gás Liquefeito de Petróleo (Gás de cozinha).

Na ocasião constatou-se que o condutor não possuía o Curso Especial para o Transporte de Produtos Perigosos – CETPP e também sua Carteira Nacional de Habilitação estava vencida.

No veículo foram encontradas as seguintes alterações: irregularidades nos painéis de segurança e rótulos de risco; extintor para situação de emergência vencido; falta de cones de sinalização; falta de equipamentos de proteção individual (capacete, luvas etc) para condutor e auxiliar. O veículo também apresentava mau estado de conservação devido a alguns pneus estarem desgastados. A carga estava sendo transportada da região metropolitana de Natal para a cidade de São Tomé/RN.

Diante dos fatos, o motorista foi detido, submetido a Termo Circunstanciado de Ocorrência e encaminhado ao órgão ambiental (IBAMA) para apuração de infração administrativa ambiental, com base no Decreto 6514/08.

Uma tentativa de assalto ocorreu próximo a Unidade de Pronto Atendimento de Macaíba, na noite dessa quarta-feira (07). De acordo com informações repassadas por populares ao site, dois bandidos abordaram um casal que vinha em uma motocicleta. Ainda segundo informações, na hora de saírem em fulga, eles [bandidos] avistaram uma ambulância que vinha com o giroflex ligado, aí abandonaram a moto e entraram para dentro do mato próximo a Unidade de Pronto Atendimento.

Senadinho Macaíba

PC/ASSECOM

Uma investigação realizada pelos policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) resultou na localização de 12 motores de veículos, que estavam escondidos dentro de uma casa no bairro Igapó, Zona Norte de Natal, na tarde desta terça-feira (06). Dos 12 motores que foram apreendidos, quatro deles estavam com registro de roubo. Os outros oito motores já estavam com numeração raspada.

No momento em que os policiais civis localizaram a casa, presenciaram a chegada de quatro homens ao local. “Durante a ação, três suspeitos foram conduzidos para a Deprov. Dois deles prestaram depoimentos nos quais afirmaram à Polícia Civil que foram até o local buscar um motor a pedido de um terceiro, que prestará esclarecimentos na delegacia”, detalhou o delegado titular da Deprov, Normando Feitosa.

O delegado Normando Feitosa destacou que as investigações prosseguirão com o intuito de identificar todas as pessoas envolvidas com o crime.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Foi identificado na manhã desta quarta-feira (7), no Instituto de Polícia Científica da Paraíba, em João Pessoa, o corpo da estudante Karolina Oliveira Gomes, de 16 anos, encontrada morta na manhã da terça (6) em um canavial no município de Capim. A adolescente, que morava com a família na cidade de Goianinha, na Grande Natal, estava desaparecida desde a noite da segunda (5), quando saiu de casa para ir a uma lan houve. O corpo foi reconhecido pelo pai da adolescente.

Ao G1, o mestre de obras Francisco Ananias Gomes cobrou justiça. “Só vou sossegar quando o criminoso que fez isso com minha falha for preso. Ele tem que pagar pelo que fez”, disse.

O pai de Karolina contou que a filha saiu de casa para ir imprimir um trabalho de matemática numa lan house. “Ela sequer chegou lá. Ligamos para ela várias vezes, mas não conseguimos contato”, completou.

Ainda segundo Francisco, o corpo da filha foi encontrado pela manhã. Estava sem roupas, em meio a um canavial, às margens de uma rodovia estadual na zona rural de Capim, que fica no litoral Norte paraibano, distante 85 quilômetros de Goianinha.

Francisco disse que a filha cursava o segundo ano do ensino médio, e sonhava em trabalhar na área de informática.

G1 RN

Na madrugada desta última segunda feira (05), policiais militares do 11º Batalhão em patrulhamento de rotina tentaram abordar três motocicletas em Ceará-Mirim quando um casal em um dos veículos empreendeu fuga, porém foram perseguidos.

Durante o acompanhamento entre as ruas da comunidade, os suspeitos perderam o controle e cairam, sendo alcançado pela PM. Em seguida foi realizada consulta e constatou-se que a moto Honda/Fan, de cor preta, encontrava-se com registro de roubo.

O condutor de 28 anos de idade e sua parceira de 21 anos, foram conduzidos à Delegacia de Plantão da Zona Norte para a realização de procedimentos cabíveis.

 

PC/ASSECOM

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, na tarde desta terça-feira (06), Roberto Leocádio de Sousa, 28 anos. A prisão aconteceu em Japecanga, zona rural do município de Macaíba.

A ação ocorreu após uma investigação realizada pelos policiais para averiguar a existência de uma fábrica de armas caseiras que estava sendo usada por criminosos na região. Durante as diligências, foram apreendidos na residência do suspeito um revólver e 15 munições de calibre 38, duas armas de fabricação caseira de calibre 12, cinco munições de calibre 12 e seis munições de calibre 22.

Roberto Leocádio foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, sendo liberado após o pagamento da fiança arbitrada na delegacia.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

PC/Assecom

O preso que tentou fugir do Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, vestido de mulher foi encontrado morto, na manhã desta terça-feira (6), em sua cela no presídio de segurança máxima Bangu 1.

Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Clauvino da Silva, de 42 anos, conhecido como Baixinho, teria se enforcado com um lençol.

O corpo de bombeiros foi chamado, e será realizado o registro de ocorrência. Também será instaurada uma sindicância para apurar os fatos. A Seap informou que todas as celas de Bangu 1 são individuais.

Tentativa de fuga

Na semana passada, Clauvino tentou sair pela porta da frente vestido de mulher. Segundo a Seap, o preso iria deixar a sua filha dentro da cadeia e vestiu a roupa dela para tentar a fuga.

Os inspetores penitenciários perceberam a atitude suspeita e interromperam o plano de fuga. O traficante, a sua filha e mais sete visitantes foram encaminhados à delegacia. Entre eles, estava uma grávida. Os agentes suspeitam que a máscara e os óculos entraram no presídio com ela, já que gestantes não são revistadas.

Clauvino estava condenado a 73 anos e 10 meses de prisão e tinha outra fuga em seu histórico no sistema penitenciário. Em fevereiro de 2013, Baixinho estava entre os 31 presos que fugiram do Instituto Penal Vicente Piragibe, em Gericinó. Na ocasião, ele conseguiu deixar a unidade pelo esgoto.

G1

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) prenderam, na tarde deste último sábado (03), Flaviano Márcio de Macêdo, conhecido como “Bola”, 29 anos, no município de Parnamirim. Ele é suspeito de integrar uma organização criminosa voltada para prática de homicídios e tráfico de drogas.

Os policiais já estavam investigando a organização criminosa há 3 meses. Neste sábado (03), após ser confirmado que havia drogas no imóvel usado pelo grupo, as equipes se deslocaram até o local e deram cumprimento a um mandado de busca.

Na residência, foram apreendidos, aproximadamente, 50kg de maconha e 1kg de uma porção branca, provavelmente, cocaína, além de uma balança digital e um caderno com anotações do tráfico.

Flaviano Márcio estava em outro imóvel, fazendo a vigilância da droga, onde foi dado cumprimento a um mandado de busca expedido pela Comarca de Parnamirim.

Após a apreensão das drogas, o homem foi levado à delegacia e autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

As investigações continuam com o objetivo de prender todos os integrantes dessa organização criminosa.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181, ou do número da DEICOR: 3232-2862.

PC/Assecom

A Operação Lei Seca realizada durante evento festivo na cidade de Santa Cruz, na madrugada deste domingo (04), abordou 681 condutores, resultando em 55 autuações por alcoolemia e 33 autos por infrações diversas.

O evento é uma festa tradicional que ocorre em algumas cidades do interior e reúne vários motociclistas, inclusive de estados vizinhos.

A operação visou garantir a segurança dos condutores e evitar acidentes graves, principalmente levando em conta que o álcool é responsável por cerca de 2/3 das mortes no trânsito, segundo estudo recente realizado aqui no Estado e que motociclistas são a maioria das vítimas, devido a sua vulnerabilidade.

Muitos condutores que estavam lá eram nativos da cidade, mas outros iriam pegar a estrada à noite, em suas motos, após terem ingerido álcool, ou seja, comportamento de altíssimo risco.

Os autuados irão pagar multa de R$ 2.934,70 e poderão ter a CNH suspensa por 12 meses. Em caso de reincidência no período de um ano a CNH passa a ser cassada.

Na noite desse sábado (03), policiais militares em patrulhamento pelo centro de Macaíba prenderam dois irmãos em flagrante. A dupla estava caminhando na rua professor Caetano (Aliança) quando a viatura do 11º Batalhão percebeu atitude suspeita e realizou abordagem. Os suspeitos foram flagrados com uma arma caseira municiada.

Diante do flagrante, a dupla foi conduzida à Central de Flagrantes de Natal.

Armas apreendidas após tiroteio entre policiais e suspeitos de assalto, na Zona Norte de Natal.  — Foto: PM/Divulgação

Foto: PM/Divulgação

Dois homens morreram após trocar tiros com policiais militares na tarde de sábado (3) em Natal. De acordo com a PM, a dupla era suspeita de ter feito uma “saidinha de banco” – modalidade de assalto em que a vítima é abordada logo após sacar dinheiro no caixa eletrônico – porém reagiu à abordagem.

A vítima do assalto acionou a policial por volta de 12h, após ter o dinheiro tomado por assaltantes após deixar o caixa eletrônico localizado em uma farmácia da avenida Itapetinga, no Conjunto Santarém, na Zona Norte da capital.

Com as características dos assaltantes, repassadas pela vítima, policiais do 4° Batalhão da PM, começaram a fazer buscas na região.

“Após contato com a Central de Monitoramento de presos usuários de tornozeleira (eletrônica), foi constatado que um apenado esteve no local, e com o auxílio do servidor do sistema penitenciário, foi possível localizar o local em que o preso se encontrava”, informou a PM.

A PM, então, localizou os suspeitos na região de mata por trás do Complexo Cultural na Zona Norte. Porém, ao perceberem a presença dos policiais, os criminosos teriam começado um tiroteio. Os policiais reagiram e balearam os suspeitos, que foram socorridos ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiram.

Os suspeitos mortos foram identificados como Fagner Alves do Nascimento e João Paulo Pereira, de 21 anos.

Uma pistola e um revólver, além de R$ 300 e outros bens roubados, como equipamentos médicos, foram apreendidos. A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Plantão da Zona Norte.

G1 RN

Na manhã deste sábado (03), um homem e uma jovem menor de idade foram detidos pela população no bairro Pé do Galo, em Macaíba. A dupla  suspeita de realizar assaltos na região do distrito industrial estava com um simulacro de pistola e uma motocicleta tipo Broz roubada.

A Polícia Militar conduziu a dupla a delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal.

Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) deflagraram, nesta sexta-feira (02), a operação “Fundo Falso”, a qual investigou a atuação de uma associação criminosa, que tinha como finalidade específica cometer roubos sequenciados em residências, em Natal e Região Metropolitana. A operação resultou na prisão de três homens: Wanderson Francisco Silva, 24 anos, Weldson Sinicley Silva, 27 anos, ambos já possuíam mandado de prisão, e Sérgio Souza da Costa Filho, 24 anos. As prisões são referentes às práticas dos crimes de associação criminosa e roubos, um deles cometido na madrugada desta quinta-feira (1), no bairro Neópolis, na Zona Sul de Natal.

De acordo com as investigações, o trio invadia as residências pulando os muros, após desabilitar as cercas elétricas, utilizando sempre de informações privilegiadas acerca da rotina dos moradores do imóvel. Eles aguardavam no interior das residências, até que os proprietários saíssem de casa pela manhã, quando rendiam as vítimas e furtavam todos os objetos de valor.

Inicialmente, os homens começaram a atuar com informações obtidas a partir da função exercida em determinada empresa de construção de móveis, sobre a existência de fundos falsos em armários projetados, supostamente, destinados à guarda simulada de bens de valor, para então invadir e roubar os proprietários, mediante grave ameaça, exercida com emprego de armas de fogo.

Os crimes de roubos foram praticados também em diversas residências: em Tirol, no dia 5 de março, em 27 de julho, em Santos Reis, no município de Parnamirim e no dia 31 de julho no bairro Capim Macio, em Natal.

No momento da prisão dos três homens, na residência onde eles estavam, foi dado cumprimento a um mandado de prisão em desfavor de Wellington Francisco da Silva, 26 anos, que estava foragido da Justiça do Rio Grande do Norte.

Todos eles foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

As investigações continuam para identificar a participação dos demais colaboradores, que aderiram à ação na prestação de informações privilegiadas e/ou na receptação dos bens subtraídos.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou Disque Denúncia da DEFUR de Natal, por meio do aplicativo WhatsApp: (84) 9 8152-4932 para a identificação da propriedade dos bens apreendidos nesta sexta-feira (2).

Em Mossoró, no km 32 da BR 304, na manhã desta quinta-feira (31), foram presos três homens, por receptação do veículo Hilux, com registro de roubo, nos sistemas operacionais.

Os indivíduos também estavam com documento do veículo falso, além da adulteração de sinais de identificação do veículo, como a placa clonada.

Um deles ainda possuía mandado de prisão em aberto da Justiça Estadual do Pará.

Ocorrência encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Mossoró.

SESED/ASSECOM

Com o objetivo de estudar e examinar as armas de fogo e elementos de munição envolvidos nos casos policiais, o Setor de Balística Forense (SBF), do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN), atua com importante colaboração para resolução de crimes respondendo a demandas Polícia Civil, Polícia Militar, Ministério Público e Judiciário.

Recentemente, o Setor de Balística Forense auxiliou na resolução de casos de repercussão na mídia, como o assassinato da universitária Josiérica Alves, em Monte Alegre, na Grande Natal.

Emitindo mais de 1 mil laudos por ano, o SBF pretende expandir ainda mais seus números e resultados, tendo em vista a meta de criação, por parte do Ministério da Justiça, de um Banco de Dados Balísticos Nacional, e a aquisição de novas tecnologias para possibilitar a constituição do banco de dados balístico do RN.

Atualmente, o setor conta com nove peritos criminais e seis agentes técnicos forenses, possuindo estande de tiro próprio, com tanque de coleta de projéteis, além de quatro microcomparadores balísticos.

Os principais exames realizados no SBF são: Eficiência em armas de fogo ou munição – para atestar seu funcionamento e potencial lesivo; Químico-Metalográfico – revelação de numeração e caracteres identificadores; e o exame de Microcomparação Balística – que permite constatar se projéteis saíram de determinada arma de fogo, ou se estojos foram percutidos por uma mesma arma, apontando a autoria de crimes violentos.