Área Policial Arquivo

No final da tarde desta quinta-feira (05), um homem identificado pelo nome de Hermano Mangabeira, policial militar, fez o próprio filho refém em Macaíba. O homem está armado segurando a criança na calçada da igreja Matriz. O local está isolado pela Polícia Militar e a Polícia Civil negocia com o homem para que o caso tenha um desfecho sem vítimas.

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu na noite desta quarta-feira (4), na Unidade Operacional da PRF de Macaíba, dois homens que seguiam no sentido ao interior do Estado, em um carro roubado.

No momento da abordagem, o condutor ainda tentou fugir da fiscalização mas foi contido pelos policiais. No interior do veículo foram encontrados duas pistolas, sendo uma calibre 380 e outra . 40, nove carregadores municiados com 80 munições, além de explosivos.

No porta-malas do carro ainda foram localizados, duas alavancas de ferro, uma marreta grande, um colete à prova de balas, duas toucas balaclavas, três pares de luvas, fitas adesivas, roupas camufladas, etc.

De imediato foi dada voz de prisão aos dois homens, com idades de 26 e 27 anos. A ocorrência foi encaminhada à delegacia de Polícia Federal, em Natal. Na delegacia, foi constatado que a dupla já tem passagem pela polícia por assalto à caixas eletrônicos, inclusive um deles estava no regime semiaberto.

O veículo utilizado pela dupla, um Siena Tetrafuel, havia sido tomado de assalto de um motorista de aplicativo, na última sexta-feira (30/08), no perímetro urbano de BR 101, no bairro de potilândia, em Natal. O dono do veículo esteve na polícia federal e reconheceu os dois homens como os autores do roubo.

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal realizou, na tarde desta terça-feira (3), a operação “Carga Segura” voltada para os veículos de transportes de cargas.

A ação ocorreu na BR 304, nas proximidades do Distrito Industrial de Macaíba, região metropolitana de Natal. Durante os trabalhos, foram fiscalizados 12 caminhões transportando cargas diversas.

Em oito veículos fiscalizados foram contabilizadas 38 toneladas de excesso de peso.

Os carros foram retidos e a carga excedente transbordada. Todos foram autuados com base no Código de Trânsito Brasileiro – CTB.

A ação tem como objetivo principal coibir o transporte de cargas excessivas nas rodovias federais do Rio Grande do Norte.

O excesso de peso, além de pôr em risco a segurança de todos que trafegam pelas BRs, contribui para danificar o pavimento das rodovias e estradas.

Policiais civis da Delegacia Municipal de Caicó e da 3ª Delegacia Regional, com apoio de policiais militares do 6º Batalhão de Polícia Militar, deflagraram, na tarde desta terça-feira (3), uma operação com objetivo de combater o tráfico de drogas. A ação também visou obter informações a respeito de um homicídio ocorrido no dia 31 de agosto. A vítima, Igor Rafael Virgínio de Medeiros, foi atingida por vários disparos de arma de fogo, no bairro João XXIII, no município de Caicó.

Durante as diligências, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão no bairro João XXIII. Em uma das residências, foram apreendidas porções de “crack” e a quantia de R$ 2.465,00 (dois mil quatrocentos e sessenta e cinco reais) em notas fracionadas, indicando que o local era utilizado como ponto de tráfico de drogas. Neste imóvel, os suspeitos conseguiram fugir do cerco policial, dentre eles, Julho dos Santos Correia, conhecido como “Gato voador”, o qual é foragido da justiça e suspeito de participar de uma tentativa de homicídio, no ano de 2019, na cidade de Caicó.

Em outra residência no mesmo bairro, além do mandado de busca e apreensão domiciliar, foi dado cumprimento a um mandado de prisão em desfavor de Lucas Daniel da Silva, conhecido como “Galegal”. Ele é foragido do sistema prisional e apontado nas investigações como um dos chefes locais de uma facção criminosa que atua na cidade de Caicó. A prisão é decorrente de regressão do regime de cumprimento de pena.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou “whatsapp” da Delegacia de Polícia Civil de Caicó 84 9 8602 0324.

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, na tarde desta terça-feira (3), Manoel Batista dos Santos, conhecido como “Mané”, 19 anos. A prisão em flagrante ocorreu na comunidade Capoeiras, na zona rural de Macaíba, pela prática do crime de tráfico de drogas.

 Após o recebimento de denúncias anônimas, os policiais conseguiram prender, inicialmente, Paulo César dos Santos Filho, considerado um criminoso perigoso que, em razão de dificuldades de locomoção, passou a contar com ajuda de alguns adolescentes para praticar o tráfico de drogas na região. Na mesma ação, um adolescente foi apreendido por tráfico de drogas.

A partir da prisão de “Paulinho”, os policiais chegaram à residência de Manoel Batista. Ao perceber a presença da polícia, ele tentou fugir, saltando pela janela da casa, mas foi capturado. Com ele, foram encontrados porções de maconha, diversos sacos plásticos usados para embalagem de droga e dinheiro.

De acordo com as investigações, Manoel Batista trafica drogas para “Paulinho”. Após ser autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia da Polícia Civil 181 ou do Disque Denúncia/Whatsapp da Delegacia Municipal de Macaíba, por meio do número: (84) 98114-4042.

Um cabo da Polícia Militar levou um tiro de espingarda calibre 12 na madrugada desta terça-feira (3) durante um confronto com bandidos em meio a uma operação realizada na comunidade da Baixa, região próxima do centro de Macaíba, município da Grande Natal. O policial ficou ferido na barriga, em uma das coxas e em um dos braços, que fraturou. Ninguém foi preso.

Segundo a assessoria de comunicação da PM, o cabo, que é do 11º Batalhão, foi socorrido consciente para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal, atendido e já liberado. “Ele agora deve passar por uma cirurgia reparadora no braço”, acrescentou o tenente-coronel Eduardo Franco.

Ainda durante a troca de tiros com os criminosos, reforço foi chamado e buscas foram feitas na área, mas nenhum suspeito foi encontrado.

G1 RN

Agência PRF

Na manhã desta segunda-feira (02),  no Km 295 da BR 304, em Macaíba,  policiais da PRF realizavam fiscalização em um micro-ônibus, quando foi identificado um mandado de prisão em desfavor de um dos passageiros, um homem de 40 anos, expedido pela 13ª vara criminal da comarca de Natal, pelo crime de tráfico de drogas.

Diante do flagrante, o homem foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Macaíba.

A Delegacia Municipal de Macaíba divulgou, na manhã desta segunda-feira (02), imagens de Uilame Miranda dos Santos, 48 anos, foragido da Justiça pela prática dos crimes de tentativa de estupro e tentativas de feminicídios. Ele tentou cometer os crimes contra a enteada e companheira, no dia 21 de agosto deste ano, por volta das 13h30, na residência da família, no loteamento Brasil, no município de Macaíba.

Em desfavor de Uilame Miranda existe um mandado de prisão preventiva, que foi expedido pela 3ª Vara da Comarca de Macaíba, referentes aos crimes cometidos contra a enteada, tentativa de estupro e feminicídio, e contra a companheira, tentativa de feminicídio.

Ele convivia com a enteada desde que a adolescente tinha 1 ano de idade. No momento do crime, a vítima reagiu, gritando por socorro, quando a sua mãe foi atender o pedido de ajuda e foi atingida por golpes de faca. Em seguida, ele passou a tentar esfaquear também a adolescente.

As vítimas conseguiram sair de casa e os gritos chamaram a atenção da vizinhança, que agiu em socorro delas. Durante a violência cometida na rua, o homem tentou matar a adolescente usando um paralelepípedo. Na ocasião, o agressor conseguiu fugir. Segundo as investigações, Uilame Miranda recebeu ajuda de dois homens para conseguir chegar até os familiares e, desde então, não foi mais visto. As últimas imagens do agressor foram captadas enquanto ele se encontrava com um irmão, no bairro do Tirol, na Zona Oeste de Natal.

A Polícia Civil solicita a ajuda da população no envio de informações para localizar Uilame Miranda. Informações podem ser enviadas de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 do Disque Denúncia da Delegacia Municipal de Macaíba, por meio do aplicativo WhatsApp, através do número: (84) 9 8132-5887.

Polícia Civil/Assecom

Vítima levou uma mordida no braço direito durante o assalto — Foto: Klênyo Galvão/Inter TV Cabugi

Foto: Klênyo Galvão/Inter TV Cabugi

O portal G1 RN  destaca: Uma mulher de 29 anos levou uma mordida de um ladrão durante um assalto ocorrido na madrugada desta segunda-feira (2) no bairro Dix-Sept Rosado, na Zona Oeste de Natal. A dentada foi dada porque ela se negou a entregar o celular. O crime foi cometido por dois bandidos, que pouco tempo depois foram localizados por policiais militares e presos. Com eles foram apreendidos um simulacro de revólver e uma faca.

Resultado de imagem para pc rn

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) obteve uma medida liminar que determina ao Estado que se abstenha de lotar policiais civis nos setores administrativos da Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol) e da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), com exceção para alguns cargos comissionados e funções gratificadas. A ordem ocorre em tutela antecipada e deferida parcialmente pelo Juízo da 3ª Vara da Fazenda Pública da comarca de Natal na ação civil pública movida pelo MPRN contra o Estado.

O Estado também terá que, no prazo de 12 meses, regularizar em pelo menos 50% os policiais civil que se encontrem exercendo atividades administrativas no âmbito da Degepol e da Sesed, de modo a serem relotados em delegacias e divisões responsáveis pela execução da atividade-fim da polícia civil. Novamente, a exceção fica para aqueles que ocupam alguns cargos comissionados ou funções gratificadas e ainda os lotados em unidades operacionais (Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa, Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado, Núcleo de Inteligência Policial, Delegacias Regionais, Divisão de Polícia Civil do Oeste do Estado e Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro).

Para ajuizar a ação, o MPRN levou em consideração a realidade vivida pelo Rio Grande do Norte: aumento vertiginoso da criminalidade, evidenciado nos números estatísticos que apontam o estado como um dos mais violentos do país. Além disso, para o MPRN, o agravante é que o Estado não vem tratando o problema como prioridade. Isso porque, além do baixo número de policiais civis, parte considerável desses recursos humanos é empregada em atividades administrativas, cedida para outros órgãos, sem lotação ou com cargo em vacância, de forma a prejudicar a atividade-fim da polícia judiciária e a caracterizar desvio de função.

O MPRN aponta a existência de 212 policiais civis (dentre delegados, escrivães e agentes) afastados da atividade-fim e lotados na Degepol e na Sesed, em exercício de atividades meramente administrativas e burocráticas. Dos 5.150 cargos de policial civil, somente 1.461 estão preenchidos, o que corresponde a 28,36% do efetivo previsto em lei. Além disso, verificou que cerca de 317 policias civis estão exercendo funções administrativas, cedidos para outros órgãos, sem lotação ou com cargo em vacância, o que compromete ainda mais o exercício da atividade-fim da qual fora incumbida a polícia civil.

Ao analisar o pedido liminar, o juiz ressaltou a total ineficiência do Estado em criar condições para a alteração ou minoração do quadro da segurança pública estadual. “Desse forma, considero que o número excessivo de cargos vagos no âmbito da polícia civil do Rio Grande do Norte e a quantidade expressiva de policiais civis designados para o exercício de atividades administrativas diversas da atividade-fim da polícia civil demonstram evidente omissão do ente público demandado em zelar pela manutenção de condições adequadas ao exercício da função precípua da polícia civil, prejudicando sensivelmente o combate às atividades criminosas e, por consequência, violando o dever constitucional de garantia da segurança pública”, expressa o magistrado na liminar.

Leia a decisão em liminar antecipada na íntegra clicando aqui.

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, no final da noite desta quarta-feira (28), no km 01 da BR 226, nas proximidades do bairro das Quintas, em Natal, um homem de 37 anos, auxiliar de mecânico, natural da capital potiguar, procurado da justiça por dois crimes anteriores.

Após a realização de consultas aos sistemas de segurança, verificou-se que havia dois mandados de prisão em aberto em desfavor do condutor. Um expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Parnamirim, por furto, e o outro pela 17ª Vara Criminal da Comarca de Natal, pelos crimes de furto e receptação.

Diante dos fatos, o homem foi preso e encaminhado para a Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal.

A Delegacia Municipal de Jardim do Seridó, com apoio da 3ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Caicó, deflagrou, na manhã desta quinta-feira (29), uma operação contra o tráfico de drogas no município de Jardim do Seridó, que resultou na prisão de três homens e de uma mulher, além da apreensão de um adolescente. Durante as diligências, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão.

Foram presos: Crismarque do Nascimento Avelino, 26 anos, Carlos Anderson dos Santos André, 23 anos, João Pedro de Oliveira Pereira, 18 anos, e Fabiana Cristina da Silva, 30 anos. Um adolescente de 16 anos foi apreendido. Ao longo da operação foram apreendidos, aproximadamente, 1,11kg de drogas, entre “crack”, cocaína e maconha, além de outros apetrechos relacionados com o tráfico.

Todos eles foram autuados pela prática do crime de tráfico de drogas e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

PC/Assecom

Pedreiro foi assassinado e filho ficou ferido na Redinha Nova, na Grande Natal. — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi

Pai e filho foram baleados por criminosos na manhã desta quarta-feira (28) em Redinha Nova, em Extremoz. De acordo com  o portal G1 RN, o homem de 44 anos morreu no local. Já o filho dele, que é soldado do Exército, foi socorrido com vida ao hospital. Os bandidos conseguiram fugir após o crime.

O homem assassinado foi identificado pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) como o pedreiro Paulo Sérgio Silva de Araújo, 44. Segundo testemunhas, ele seguia de moto na rua Atum, levando o filho na garupa para o quartel, quando os dois foram abordados, na esquina da via, por criminosos encapuzados que chegaram de carro.

Policiais Civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Natal prenderam em flagrante, nesta terça-feira (27), Kleber Silva de Lima, 36 anos. A prisão aconteceu no bairro Guarapes, na Zona Oeste de Natal.

Durante a diligência, os policiais apreenderam com Kleber Silva porções de maconha e “crack”. Ele foi autuado pelo crime de tráfico de drogas e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

PC/Assecom

Caminhonete da PGE foi alvo de tentativa de assalto em Natal — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Criminosos tentaram roubar um veículo oficial da Procuradoria Geral do Estado na noite desta segunda-feira (26) na Zona Sul de Natal. O policial militar que dirigia a caminhonete reagiu, houve troca de tiros e um dos assaltantes morreu.

O caso aconteceu no conjunto Cidade Satélite, no bairro Pitimbu. De acordo com informações que testemunhas repassaram à polícia, pelo menos três assaltantes tentaram tomar o carro, porém o motorista reagiu e houve troca de tiros. Dois criminosos fugiram, segundo a polícia, em direção da Felipe Camarão, na Zona Oeste da cidade.

No momento do crime, o policial militar era o único ocupante do veículo, que ficou com várias marcas de tiros. Alguns teriam partido de dentro do próprio carro e outros, de fora, dos assaltantes.

Perto do suspeito que morreu, foi encontrada uma réplica de pistola. De acordo com os policiais, a suspeita é que pelo menos um dos que fugiram estivesse armado.

A perícia do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) levantou as primeiras informações que vão ajudar no inquérito policial. Enquanto policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) eram esperados, três homens que estavam próximos dos assaltantes no momento do crime e que conheciam o suspeito morto foram obrigados a permanecer no local para prestar depoimento.

Policiais militares fizeram buscas pelos suspeitos que fugiram, mas ninguém foi preso.

A assessoria PGE afirmou que a caminhonete branca pertence ao órgão e que era recolhida, após o fim do expediente, ao policial militar, que é cedido. O veículo é usado pelo procurador-geral e demais procuradores, bem como por servidores da PGE, atendendo às necessidades do trabalho.

Informações do G1 RN