Área Policial Arquivo

13EA32B5-3303-4C3D-86C1-2FEA2DB8890B

PRF – Na noite desta última segunda-feira (6), uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazia patrulhamento pela BR 304 em Macaíba, quando suspeitaram de uma dupla em uma motocicleta.

Os suspeitos estavam transitando por uma estrada carroçável, às margens da BR e, ao visualizarem a viatura, empreenderam fuga. O passageiro sacou uma arma e pulou da motocicleta, fugindo pelo matagal. O condutor ainda tentou fugir, mas caiu da moto e foi detido.

Os policiais ainda fizeram buscas na região, mas não encontraram o outro homem.

A motocicleta havia sido tomada de assalto pela manhã, na cidade de Parnamirim. Até o mês de outubro, a PRF no RN já recuperou 130 veículos roubados.

A ocorrência foi encaminhada à central de flagrantes em Natal, para os procedimentos cabíveis.

 

 

PM/Assecom – Na manhã desta última segunda-feira (06), policiais militares do 5º Batalhão detiveram dois indivíduos na Zona Sul de Natal.

Um jovem de 21 anos de idade, e um adolescente de 16 anos tentaram roubar um veículo na Rua São José, no bairro Lagoa Nova, mas não tiveram êxito. Eles chegaram a efetuar um disparo de arma de fogo em via pública. A viatura realizou diligências e no bairro de Morro Branco conseguiu deter a dupla de posse de um revólver da marca Taurus, calibre 38, com seis munições, sendo cinco intactas e uma deflagrada.

A guarnição conduziu os acusados e a arma à Delegacia Especializada em Atendimento ao Adolescente Infrator. O menor foi autuado pelo ato infracional análogo ao crime de porte ilegal de arma de fogo.

Ontem (06) foi registrado um homicídio na comunidade de Lamarão, em Macaíba. De acordo com informações da página Ficha da Polícia RN, o corpo de um homem foi encontrado próximo de uma fábrica de gelo. A Polícia Militar foi acionada, chegando ao local foi feito o isolamento da área, para que o Instituto Técnico-Científico pudesse realizar os procedimentos de recolhimento de provas e remoção do corpo.

 

 

IMG-20171106-WA0020

Em assembleia geral realizada na tarde desta segunda-feira (06), policiais e bombeiros militares decidiram interromper as atividades no próximo dia 13 até que o executivo estadual atualize a folha salarial da categoria. A movimentação será em frente à Governadoria, 8h.

O presidente da ACSPM/RN, Roberto Campos explica que atrasar salários dos PMs não é priorizar a segurança do estado. “A situação já passou do limite. Como este pode ser o ‘governo da segurança’ se nem os policiais estão sendo remunerados para colocar a vida em risco protegendo a população”.

A categoria pede que os salários sejam pagos em dia, até o último dia útil do mês corrente. “Tem PMs que estão com atraso de 60 dias na remuneração, isso desestrutura a vida financeira de uma família”, ressalta Roberto Campos.

Os policiais militares devem comparecer FARDADOS ao ato de paralisação.

Resultado de imagem para guarda municipal de natal[

Divulgação

Agentes da Guarda Municipal do Natal (GMN) abortaram na manhã deste último domingo (05) uma tentativa de roubo ao Centro Municipal de Educação Infantil Nossa Senhora de Santana, situado na Rua Alfredo Edeltrudes, no Bairro Nordeste, zona Oeste da capital. Na ocasião, os guardas municipais conseguiram recuperar um aparelho de som, um microfone e vários alimentos da merenda escolar que estavam sendo furtados da unidade pedagógica.

De acordo com informações repassadas pela guarnição do Grupo de Apoio Patrimonial da GMN, os guardas municipais foram acionados via rádio pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) onde chegou uma denúncia de arrombamento do CMEI Nossa Senhora de Santana. Ao chegar no local, foi realizada uma varredura na unidade e logo foi detectado o ambiente que o criminoso forçou conseguindo entrar no prédio. “O local foi violado pelo banheiro, onde o indivíduo destelhou o teto e quebrou o foro de PVC tendo acesso as dependências do CMEI”, contou um dos agentes da GMN.

No momento em que os guardas municipais realizavam a varredura externa conseguiram identificar um suspeito que estava escondido num terreno vizinho ao CMEI. Os guardas partiram em perseguição fazendo com o suspeito largasse pelo caminho o material fruto do roubo. Foi feita a perseguição a pé e de viatura no encalce do infrator que desceu em direção a Comunidade do Mosquito, conseguindo escapar da guarnição.

Vários espaços do CMEI foram violados pelo arrombador, entre eles a cozinha, dispensa, banheiros e outros, porém não conseguiram levar o material da escola. Os guardas municipais acionaram a gestora administrativa responsável pela unidade pedagógica, que compareceu ao local e tomou as providências cabíveis.

Taxista foi assassinado na noite de ontem (4), no bairro de jardim Lola, em São Gonçalo do Amarante. De acordo com a Polícia Militar, a vítima  estava realizando uma corrida no local, quando teria sofrido disparos. Os suspeitos podem ter fugido pelo mangue, onde a Polícia Militar realizou buscas.

 

Nesta última sexta-feira (03) foi registrado um assalto em uma loja de material de construção no distrito de Mangabeira, em Macaíba. A dupla de assaltantes estava em uma motocicleta preta quando chegaram ao estabelecimento e anunciaram o assalto.

Até o momento ninguém foi preso. Mangabeira é uma das regiões de Macaíba que vem registrando muitos roubos, principalmente pela facilidade que os bandidos têm para fugir pela BR-226.

Duas motos foram encontradas em uma estrada de terra  no distrito de Cajazeiras, em Macaíba. Ambas modelos 150 da honda, uma de cor vermelha e a outra preta, estavam deitadas sobre uma vegetação rasteira. A placa da moto vermelha é da cidade de Sítio Novo e a outra Santo Antônio.

Os proprietários devem entrar em contato com o Ciosp para mais informações.

Corpo carbonizado foi encontrado amarrado e de cabeça para baixo entre pilhas de materiais de concreto em Parnamirim, na Grande Natal (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

(Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

Um corpo de uma mulher foi encontrado em Parnamirim. De acordo com o Portal G1 RN, o corpo estava carbonizado, com mãos e pés amarados, foi encontrado de cabeça para baixo. O local está várias  peças de concreto. Os moradores acionaram a Polícia Militar após encontrarem o corpo no local, na tarde de ontem (02).

 

Ontem (01) uma família foi refém de um trio que pretendia roubar uma residência no bairro Bosque Brasil, em Macaíba. Tentaram de início roubar um carro, mas a tentativa foi frustada após o bloqueador do veículo ser acionado, não conseguindo levar o carro, os moradores ficaram no alvo do trio.

Logo em seguida, uma viatura da Polícia Militar chegou ao local, ao ver a  viatura dois bandidos conseguiram fugir pulando o muro e o menor de idade foi apreendido. O caso foi registrado na delegacia de plantão da zona sul de Natal.

 

Da SESED/Assecom

Policiais das Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas (Rocam) prenderam, na noite desta terça-feira (31), quatro pessoas suspeitas de praticarem um roubo a um transporte público na Avenida Felizardo Moura, no bairro das Quintas, em Natal.

Segundo a PM, Laércio Leopoldino da Silva,19 anos, anunciou o assalto no ônibus da linda 60. Um passageiro reagiu a ação e atirou contra ele. Ferido, Laércio atirou várias vezes contra os passageiros atingindo quatro pessoas. Rapidamente a PM foi acionada e conseguiu deter, além de Laércio, três suspeitos de envolvimento.
Todos os detidos foram conduzidos à Delegacia e ficaram à disposição da Justiça.

Um homem ainda sem identificação foi baleado no bairro Alfredo Mesquita, em Macaíba. Segundo informações do local, foram disparados mais de cinco tiros de arma de fogo. Uma equipe do Samu foi acionada para o local onde se encontra a vítima.

Leia nossas publicações assim que forem ao ar, basta ficar ligado em nossa página no Facebook.

Agência Brasil – O Brasil registrou 61,6 mil mortes violentas em 2016, de acordo com o Anuário Brasileiro da Segurança Pública divulgado hoje (30). O número, que contabiliza latrocínios, homicídios e lesões seguidas de morte, representa um crescimento de 3,8% em comparação com 2015, sendo o maior patamar da história do país. Em média, foram contabilizados 7 assassinatos por hora. Com o crescimento do número de mortes intencionais, a taxa de homicídios no Brasil por 100 mil habitantes ficou em 29,9.

O Rio de Janeiro é o estado com maior número de vítimas (6,2 mil) e registrou o segundo maior crescimento na quantidade de casos, 24,3% em relação a 2015. Foram registrados 37,6 homicídios para cada 100 mil habitantes no estado.

A maior taxa de assassinatos foi, no entanto, verificada em Sergipe com 64 casos para cada grupo de 100 mil. Em números absolutos, o estado teve 1,4 mil mortes violentas em 2016, uma alta de 11,5% em relação ao ano anterior.

A maior elevação no número de assassinatos ocorreu no Amapá que teve 250 casos em 2015 e chegou a 388 em 2016, uma alta de 52,1%. O Rio Grande do Norte foi o terceiro em crescimento no número de mortes (18%). Com 1,9 mil casos, o estado tem a segunda maior taxa de assassinatos para cada 100 mil habitantes no estado – 56,9.

Violência contra a mulher

O anuário trouxe ainda, pela primeira vez, os dados dos feminicídios e assassinatos de mulheres. Em 2015 entrou em vigor a legislação nacional que determinou que assassinatos cometidos contra mulheres em razão de gênero se tornassem agravante do homicídio. Em 2016, foram registrados 533 casos em todo o país que tiveram enquadramento na nova lei. Desses, 96 ocorreram no Rio Grande do Sul.

Os crimes violentos contra mulheres somaram 4,6 mil casos em 2016, o que representa uma média de um assassinato a cada duas horas. Os estupros totalizaram 49,5 mil ocorrências, um crescimento de 3,5% em comparação com 2015.

Soluções

A partir de experiências que conseguiram reduzir a violência em outros países, como no Reino Unido, o professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Rafael Alcadipani, defendeu políticas que atuem para diminuir a reincidência e melhorar a qualidade de vida da população mais pobre. “A pessoa mais educada, com uma vida melhor, vai ter menos a gramática da violência no seu cotidiano. No caso do Reino Unido, novas gerações que vieram de lares mais estruturados devido ao desenvolvimento econômico que houve no país nas décadas de 1980 e 1990 tem a gramática da violência menos presente”, destacou.

Ainda sobre os resultados obtidos na Inglaterra, o professor apontou como um bom exemplo o uso da liberdade condicional, em que os condenados são observados por funcionários especializados. “Em vez de ser preso, ele vai ter uma pena que vai ser mudar o comportamento da sua vida”, explicou. Enquanto no Brasil, Alcadipani vê como infrutífera a política de encarceramento adotada como regra. “Você não tem nenhuma efetividade de ação que impeça que esse sujeito continue no meio do crime”, enfatizou.

Para reduzir o poder do crime organizado, o Brasil precisa, na opinião do especialista, também discutir a legalização das drogas. “O que resolve problema de fuzil e segurança pública não é controlar fronteira, porque ninguém controla a sua fronteira. O Estados Unidos têm muito mais dinheiro e tecnologia e não controla a sua fronteira. O que controla esse tipo de crime é justamente a regulamentação do mercado das drogas. Se tem muito fuzil, muita arma pesada, você tem muito dinheiro na mão do crime hoje”.