Área Policial Arquivo

WhatsApp-Image-20160621 (1)

190 RN – Policiais do 11º Batalhão de Polícia Militar (11ºBPM) deteram na noite desta segunda-feira (20) um adolescente e prenderam um homem identificado como Rickson da Silva Dantas, de 20 anos, ao ser flagrado após praticar um roubo na zona norte de Natal.

A PM vinha monitorando a dupla que já tinha roubado eu veículo e tinha realizado um roubo em um posto de combustível na cidade de Ceará-Mirim. Barreiras itinerantes foram montadas e os militares visualizaram o veículo que chegou a empreender fuga, mas logo foi alcançado.

Um revólver calibre .38 com seis munições, , celulares, o dinheiro fruto das ações criminosas, além do veículo, foram retiros pelos militares. A dupla já é conhecida pela PM pela prática de crimes na Grande Natal.

assalto-m_o-armada

Moradores frustaram uma tentativa de assalto no Bairro Campinas, na zona urbana da cidade de Macaíba. O fato aconteceu ontem (21) a noite. Segundo informações passada ao blog, um homem e uma mulher tentataram assaltar um ponto de açai, mas não imaginavam que os donos e clientes que estavam no local iriam reagir. Os dois criminosos estavam em uma motocicleta.

Uma quadrilha formada por cinco pessoas foi presa pela Polícia Militar em São Gonçalo do Amarante na madrugada desta última segunda-feira (20) após uma série de roubos na zona Norte de Natal.

Três homens e duas mulheres passaram a noite do domingo (19) praticando roubos abordo de uma motocicleta. Enquanto um casal saía para praticar os crimes, o outro permanecia na suíte presidencial do motel com mais um homem; em seguida, eles faziam o revezamento.

Uma pessoa seguiu a motocicleta, em uma das ações, e viu quando eles entraram no motel, acionando de imediato a Polícia Militar. Com a chegada dos policiais, eles negaram participação nos roubos, embora tenham sido encontrados diversos aparelhos celulares dentro da suíte. Uma das vítimas que teve o celular roubado ligou no exato momento em que era feita a abordagem, o que acabou confirmando a suspeita.

Foram presos Felipe Florêncio da Silva, Carlos André Nunes Tavares, Elvis Silva Cavalcante, Camila da Silva Targino Costa e Raionara Quirino da Silva. Carlos André foi preso em 18 de maio deste ano por porte ilegal de arma, mas foi colocado em liberdade após audiência de custódia pois, segundo o magistrado, ele não oferecia risco à sociedade. Raionara Quirino foi condenada por tráfico de drogas, mas aguarda recurso em liberdade.

Todos os suspeitos, juntamente com oito aparelhos celulares das vítimas, uma faca e uma motocicleta utilizados para a prática dos roubos, foram levados à Delegacia de Plantão da Zona Norte, para a adoção das medidas cabíveis.

Fernando Frazão/Agência Brasil

O prazo para fazer o alistamento militar termina em 30 de junho. O cadastro foi aberto em janeiro, e a expectativa do ministério da Defesa é de que, até o fim deste mês, pelo menos dois milhões de jovens se inscrevam no alistamento e serão alocados em uma das Forças Armadas: Aeronáutica, Marinha e Exército.

Quem deve se alistar

O alistamento é obrigatório para jovens do sexo masculino que completam dezoito anos em 2016. No caso das mulheres, o processo não é compulsório e elas podem ingressar nas Forças Armadas por meio de concursos públicos. Pessoas com deficiência física ou mental também precisam fazer o alistamento, conforme determina a Constituição. No entanto, serão dispensados de prestar serviço militar depois de se apresentarem na Seleção Geral.

Como se alistar

O alistamento pode ser feito presencialmente em uma Junta de Serviço Militar. Mas o processo também pode ser feito por meio da internet, no caso de moradores de nove Estados: Amapá, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Santa Catarina e Sergipe. É necessário registrar o CPF e dados da certidão de nascimento.

Documentação

Para efetivar o alistamento presencial, é preciso levar certidão de nascimento ou documento de identidade. No caso de brasileiro naturalizado ou por opção, a prova de naturalização ou certidão do termo de opção; comprovante de residência e uma foto 3×4 (recente, de frente e sem retoques).

São aceitos como documento de identidade (todos dentro de sua validade): carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira profissional, passaporte e carteira de identificação funcional.

Adiamento

À princípio, não é possível adiar a época de se alistar. No entanto, é possível requerer o adiamento da incorporação ao serviço militar para a próxima turma.

A exceção é para estudantes dos cursos de Medicina, Farmácia, Odontologia e Veterinária, que podem adiar o alistamento até o fim da graduação. Porém, continuam sujeitos à participar da seleção de Estágio de Adaptação e Serviço das Forças Armadas para formar oficiais temporários.

Fora do Prazo

Caso o jovem deixe de se alistar no prazo, fica sujeito ao pagamento de multa na Junta Militar para regularizar a situação. O valor da multa é R$ 1,38 a ser paga nas seguintes instituições: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal nos Correios.

Débito com o Serviço Militar

Quem não fizer o alistamento fica em débito com serviço militar, o que acarreta consequências. O jovem fica impedido de obter passaporte ou prorrogar sua validade. Também não consegue prestar exame ou matricular-se em qualquer estabelecimento de ensino. Outro problema é que não consegue obter carteira de trabalho e registro de diploma de profissões liberais. Além disso, também não pode se inscrever em concurso público ou exercer qualquer função ou cargo público.

Serviço Militar

Após o alistamento, os jovens recebem um comprovante de que fizeram o procedimento. Anexado a ele há a data em que devem retornar à Junta Militar para a Seleção Geral. Nessa fase, que deve ocorrer entre julho e outubro, os jovens devem se apresentar para concorrer à vaga na incorporação nas Forças Armadas. Ao fim dos testes psicológicos e físicos, os candidatos aptos são alocados nas vagas disponíveis.

Depois dessa etapa, os selecionados para o serviço militar ficam impedidos de assumir cargos públicos até o fim desse período. Entretanto, durante o serviço militar, o cabo ou soldado passa por cursos profissionalizantes para se qualificar para o mercado de trabalho.

Dispensa

Na hora da seleção, alguns dos candidatos são dispensados do serviço militar depois dos testes físicos e psicológicos. Quem for dispensado deve retornar à Junta de Serviço Militar em que se alistou para o Juramento à Bandeira e para receber o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) e assim regularizar sua situação.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Diretoria de Serviço Militar
190 RN – Policiais das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM) capturaram no início da noite deste último domingo (19), na rua da Liberdade, na comunidade de Brasília Teimosa, na zona Leste de Natal, o foragido da Justiça, Anderson Valério dos Santos, vulgo “Beiço”.
A prisão se deu após denúncia anônima que indicaram aos policiais a localização do infrator. Ao constatar a presença dos policiais, o foragido tentou se evadir entrando em uma residência,  mais foi detido. Com “Beiço” foi apreendido um revólver calibre 38, municiado. Ele estava preso acusado de homicídio e fugiu do CDP de Pirangi com outros detentos. Ele é suspeito de ter participado, recentemente, de um outro crime em Parnamirim.
Homem é assassinado na Vila São José em Macaíba. Segundo a Connect TV, a vítima foi identificada por Deijan de Souza Araújo, de 48 anos. A Polícia Militar foi acionada via Ciosp sobre o ocorrido.
Segundo o delegado Alexandro, do DHPP, Deijan de Souza foi assassinado com três disparos, sendo dois na região do tórax e um no braço. O fato aconteceu na madrugada de hoje (20).

 

Portal BO – Quatro candidatos a vaga do curso de Medicina de uma Universidade particular de Natal foram autuados neste sábado (18 ) e domingo (19), suspeitos de fraude durante o exame de avaliação para o ingresso. Um adolescente de 17 anos e três maiores de idade, sendo um homem e duas mulheres usavam pontos de comunicação durante as provas, disse a polícia.

De acordo com o agente da Polícia Civil Armando Paulo, da delegacia de plantão da zona Sul, a fraude foi descoberta por fiscais que acompanhavam os candidatos nas salas e em seguida denunciada a equipe coordenadora do concurso. “Na tarde do sábado foram dois candidatos, um menor e outro maior de 23 anos, já neste domingo as autuadas foram mulheres, sendo uma de Natal e outra da cidade de Alexandria, também maiores de idade”, informou.

O policial ainda disse que as mulheres relataram que pagaram cerca de 4 mil reais pelas respostas via ponto, porém este mesmo valor foi arbitrato como fiança para que as candidatas podessem responder em liberdade. Os outros dois envolvidos também foram liberados mediante fiança.

O colunista da TV do UOL, Flávio Ricco, destacou que uma equipe de externas do “Programa Silvio Santos” foi assaltada, nesta última quinta-feira (16), em Natal, no Rio Grande do Norte, enquanto realizava uma série de gravações.

Os profissionais da emissora estavam trabalhando na região há uma semana, incluindo Patrícia Abravanel, para o quadro “Patrícia Tá na Rua”, mas a apresentadora voltou a São Paulo antes do ocorrido.

A equipe que lá permaneceu gravava outros quadros, como “Os velhinhos se divertem” e “Desafio com as crianças” e, enquanto se preparava para este último, foi surpreendida pelos bandidos armados.

Eles anunciaram o assalto e levaram tudo, desde câmeras, lente, tripé, monitores do SBT, mais celulares e documentos. Felizmente ninguém foi ferido na ação.

Passado o susto, o pessoal do SBT procurou a delegacia mais próxima e os policiais conseguiram localizar e prender os bandidos. Além disso, todos os equipamentos e documentos foram recuperados.

ac10ac38-94a5-4ded-9c4f-cd5b071ba635
No final da tarde deste último sábado (18), os militares do Pelotão de Extremoz fecharam mais um ponto de venda de drogas e prenderam três pessoas suspeitas de comercializarem e usarem entorpecentes na região. A ação foi motivada por denúncias recebidas pela Polícia Militar informando à cerca de uma residência onde estaria funcionando um ponto de venda de drogas. Segundo as denúncias, um casal seria o responsável pela venda do material ilícito.
Visando constatar a veracidade dos fatos, os policiais foram ao local e encontraram uma movimentação de possíveis consumidores de entorpecentes e ao realizarem a abordagem a dois suspeitos, que se encontrava em frente a residência, o fato foi confirmado.
A partir daí os militares adentraram a residência e encontraram, dentro de uma caixa de sapato sobre o guarda-roupa, 24 “trouxinhas” de maconha pronta para venda, dois tabletes e mais uma porção da mesma droga totalizando cerca de 1 kg do material entorpecente, saquinhos plásticos e outros materiais utilizados para embalar a droga, além de alguns aparelhos celulares. Em outro cômodo, os militares encontraram um recipiente com a quantia em espécie de R$ 304,00 fracionados.
A proprietária da casa e os dois homens abordados nas proximidades, além do material apreendido no imóvel, foram conduzidos à Delegacia de Plantão da Zona Norte onde foram apresentados a autoridade policial de plantão para adoção das providências cabíveis.

image

Uma motocicleta foi recuperada pela a Polícia Militar do 11º Batalhão durante a tarde de ontem,18, em Macaíba. Dois suspeitos conseguiram fugir.

Os policiais realizavam patrulhamento na área do bairro Campo das Mangueiras, nas proximidades da Lagoa das Pedras, quando se depararam com dois homens em uma moto em atitude suspeita. No momento de uma tentativa de abordagem por parte da PM, a dupla abandonou a moto e fugiu adentrado uma área da mata.

O sargento Sales e o Cabo Cruz I, ao verificar a placa do veículo foi constatado que a moto tinha sido tomada de assalto em Bento Fernandes. Como de praxe o proprietariado foi acionado e a moto entregue.

ConnectTV

Um homicídio foi registrado por volta das 13h40min deste sábado, na Avenida Guararapes, no Loteamento Nova Natal, no bairro Lagoa Azul, zona Norte de Natal, vitimando Bruno Sabino da Silva Cirino, de 22 anos.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, Bruno foi executado com tiros na cabeça no momento em que passava no local. Ele teria sido abordado pelo atirador ainda não identificado que após atirar contra ele, levou uma bicicleta, que a vítima teria saído para vender.

Os policiais do 4º Batalhão ainda realizam o isolamento enquanto aguardam a chagada dos policiais da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e dos peritos do ITEP, para a perícia, investigação e remoção do corpo para a sede do Instituto. Informações do 190 RN.

O Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) realizou na madrugada deste sábado (18) mais uma “Operação Zero Álcool” na cidade de Mossoró. Durante toda a ação, 468 veículos foram abordados, com a oferta do exame etílico a todos os condutores. A operação flagrou 10 condutores com teor de álcool acima de 0,34 mg/l, os quais foram conduzidos à delegacia de Plantão montada exclusivamente para a operação. Oito condutores não apresentaram carteiras de habilitação e 12 se negaram a fazer o teste do bafômetro.
No total, foram lavrados 47 autos de infração e recolhidas 24 CNHs. Também durante as abordagens, o condutor Alex Jhonnata de Souza, foi detido por estar portando um revólver calibre 38 com quatro munições intactas. Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia de Plantão para os devidos procedimentos. Outro condutor, Luan Eduardo Fernandes Galdino, foi detido por suspeita de tentar subornar policiais e foi autuado por corrupção ativa na Delegacia de Plantão. Luan Eduardo já responde a um homicídio na cidade de Mossoró.
Paralelamente, em Canguaretama, a operação autou seis condutores, apreendeu 4 CNHs e realizou 30 testes de alcoolemia. A cidade completou 545 dias sem vítima fatal decorrente de acidente de trânsito.
Na cidade de Currais Novos, dois condutores foram flagrados conduzindo sobre o efeito de álcool, quatro motocicletas foram apreendidas por irregularidades, um documento veicular foi retido, dez condutores não apresentaram carteiras de habilitação e outro foi notificação por estar conduzido falando ao celular.
A Operação Zero Álcool tem sido considerada um sucesso e bem elogiada pela população.

 

Durante  o início da manhã desta última  sexta-feira (17), um  corpo de uma mulher que estava desaparecida desde o inicio desta semana foi encontrado. O corpo estava enterrado em um morro do bairro de Cidade Nova, na zona Oeste de Natal.

A Polícia Civil vai investigar o caso, o corpo da vítima foi levado pelo ITEP.

 

estupro
Vinícius Lisboa – Repórter da Agência Brasil*

A Polícia Civil do Rio de Janeiro divulgou hoje (17) que sete pessoas foram indiciadas no caso da adolescente que sofreu estupro coletivo no mês passado. A titular da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima, Cristiana Bento, pediu à Justiça a prisão preventiva dos indiciados e encaminhou o caso ao Ministério Público. Apesar disso, as investigações continuarão a buscar possíveis partícipes do crime, que causou comoção nas redes sociais após a divulgação de imagens em que a adolescente era violentada.

O inquérito foi concluído com o indiciamento de Raí de Souza e Raphael Duarte Belo pelos crimes de estupro de vulnerável e produção e divulgação de material pornográfico com menor de idade; um menor de idade, por ato análogo aos mesmos crimes; Moisés Camilo de Lucena e Sérgio Luiz da Silva, por estupro de vulnerável; e Michel Brasil e Marcelo Miranda, pela divulgação das imagens.

O jogador de futebol Lucas Perdomo Duarte Santos, que também foi investigado e chegou a ser preso, não foi indiciado porque as investigações não apontaram sua participação no crime.

A delegada Cristiana Bento afirmou que a perícia no celular de Raí de Souza foi fundamental para que as investigações determinassem a atuação de cada um dos indiciados. No aparelho, foram encontradas mais imagens e conversas em que os investigados combinavam os depoimentos.

Cristiana Bento disse esperar que os indiciados recebam “penas exemplares”. “Que sirva de exemplo para a comunidade que a mulher não é uma coisa, e que deve ser respeitada. E que praticar sexo com adolescente ou qualquer mulher desacordada, que não possa oferecer resistência, é crime”, afirmou ela, que acrescentou: “Acredito que [esse caso] fez a sociedade pensar no conceito de estupro e na cultura do estupro. A cultura do estupro pretende colocar a culpa na vítima ou despenalizar o agressor, absolvendo como doente ou psicopata. É um alerta que se faz”.

*Colaborou a repórter Ligia Souto, do Radiojornalismo da EBC