Cajueiro de Pirangi promove Mostra de Orquídeas e Bromélias

Com o objetivo de proporcionar mais atrativos aos visitantes do Cajueiro de Pirangi, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, por meio da equipe coordenadora do Cajueiro, realiza neste mês de novembro, a primeira Mostra de Orquídeas e Bromélias. A iniciativa faz parte do cronograma, desenvolvido pela atual gestão, de atividades culturais, que valorizam o meio ambiente, a economia solidária, gastronomia, artesanato e artes potiguares.

A Mostra de Orquídeas e Bromélias tem início na próxima sexta-feira (8), com abertura às 9h, e seguirá até o dia 18 de novembro. A visitação será aberta até as 17h30, no horário convencional de visitação do Cajueiro. Além da mostra florística disponível durante todo o dia, o Festival conta com lançamentos de projetos e curso de cultivo de orquídeas.

Para a gestora do Cajueiro de Pirangi, Marígia Madge, realizar atividades no maior cajueiro do mundo, é uma forma de divulgar a cultura potiguar ao mesmo tempo em que se preserva a beleza natural do local. “O nosso objetivo não deve se limitar na recepção de turistas para conhecer a árvore, mas sim, pensar em maneiras de desenvolvermos um lado fundamental da existência do Cajueiro, que é a participação e valorização de forma coletiva”, disse.

O Cajueiro de Pirangi realizou, no mês de setembro, uma Exposição de rosas do deserto, cactos e suculentas. A atividade foi desenvolvida por um profissional de segurança que atua no local, e, nas palavras da gestora Marígia, “um de nossos objetivos principais é fomentar o cajueiro através de sua gente”.

Programação

Dia 8/11: Abertura da Mostra

Dia 9/11:

– 9h: Lançamento do projeto Salinidade das Orquídeas que ocorrem na Zona Spray do Litoral, com Clementino Câmara – NOB/RN

– 15h – Curso Cultivo de Orquídeas, com Maria Gleide Brandão – NOB/RN

Dia 17/11: Lançamento do projeto NOB/RB/JARDINEIRO/PHALAENOPSIS, novo sistema de cultivo de Phalaenopsis acrescentando algas trituradas

Dia 18/11: Encerramento

O maior cajueiro do mundo

Cajueiro de Pirangi fica na praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim, cidade da Grande Natal, e cobre uma área de aproximadamente 8.500 metros quadrados, com um perímetro de aproximadamente 500 metros. Conta a história que o cajueiro foi plantado em dezembro de 1888 por um pescador chamado Luiz Inácio de Oliveira, que morreu com 93 anos sob as sombras da árvore.

O Cajueiro é aberto todos os dias da semana, das 7h30 às 17h30. A entrada custa R$8,00.

Crianças, de sete a 12 anos, pagam meia entrada, assim como estudantes e professores, portando carteira comprobatória.

O Cajueiro é a razão da comunidade e faz parte de suas vidas desde sempre. O corpo funcional, em sua maioria, é composto por profissionais que habitam o entorno – Pirangi, Pium, Búzios, Cotovelo.

Administrador