Descrição do autor

Administrador

Rua Manoel no período que não ocorre chuvas em nossa cidade (Campinas)

A lagoa  surgiu depois das fortes chuvas  que ocorreram no inicio do ano, pois a água surgi de um terreno bastante úmido e está causando transtorno para quem mora perto do local e para quem passa por lá, o surgimento desta água dar se pelo entupimento do cano que passa por baixo da praça, a rua Manoel Fernandes da Silva está tomada por lama, o pessoal da TCL já esteve no local para retirar a areia acumulada, mais o transtorno continua, pois tem que fazer o desentupimento do cano e fazer uma valeta de esgoto para que a água não escorra pelo meio da rua, a água acumulada no terreno pode trazer a dengue, já que ela não está tendo escoamento.

O terreno que falamos é este ao lado direito,  no fundo da imagem está a lagoa que depois das chuvas deixou estrago de bastante lama.

Para os pedestres está cada vez mais difícil transitar nas calçadas. O problema é grave porque em muitos pontos da cidade são os carros que ocupam os lugares destinados as pessoas. Estacionar em local proibido é uma das infrações mais cometidas pelos motoristas em Macaíba. A falta de fiscalização faz com que isso ocorra diariamente.

Art. 181. Estacionar o veículo:

VIII – no passeio ou sobre faixa destinada a pedestre, sobre ciclovia ou ciclofaixa, bem como nas ilhas, refúgios, ao lado ou sobre canteiros centrais, divisores de pista de rolamento, marcas de canalização, gramados ou jardim público:

Infração – grave.

A cidade de Macaíba hoje (27) está completando 136 anos de sua emancipação. Acho eu, que desde que essa cidade foi fundada, só não haverá nenhuma comemoração este ano. Nos últimos quatro anos, se comemorou a emancipação do município. Nos dias 10 a 15 de outubro a prefeitura já estava divulgando para a população o calendário da programação da semana da comemorações de aniversário do município. Como participação das forças armadas, missas, barracas, shows pirotécnicos, festas, bandas…Uma semana só de festejos.

Agora, o aniversário do prefeito o Sr. Fernando Cunha,que aconteceu a uns 15 dias atrás, foi divulgado uma semana antes. Onde ele mandou fecha todas as secretarias. Começando com uma missa,mesmo que tenha sido só com as presenças dos cargos comissionados da prefeitura. Depois um café da manha, que tinha lá uns 500 carrões estacionados entre o salão de recepção ( Arco íris), que se estenderam até a balaustrada. Esse café foi realizado numa sexta feira. Imagina vocês, a comemoração, churrascada que ele deu aos seus amigos no sábado e domingo, fora de Macaíba.

Por Manoel Mauricio Freire de Macedo

Mais uma vez foi debatido na Câmara Municipal de Macaíba a publicidade dos atos do legislativo. Os vereadores Luizinho e Edivaldo Emídio se pronunciaram na sessão realizada ontem (17) a favor da imprensa, onde disseram que os jornalista deveriam ser credenciados para realizarem as coberturas das sessões e informarem a população os trabalhos que estão sendo feitos em prol da cidade.

O Senadinho noticiou no dia 10 de outubro que o presidente vetou o trabalho da imprensa, e que apenas três edis ficaram a favor da imprensa, que foram: Kátia Sena, Edivaldo Emídio e Luizinho.

Os parlamentares assinaram o requerimento que solicita a volta da transmissão ao vivo das sessões por meio da 87.9 FM. Já os outros dez se recusaram a assinar. Que feio senhores vereadores!

Este repórter foi informado que o requerimento voltará para a “Casa Povo” e desta vez vamos ver quem realmente ficará a favor da imprensa, e consequentemente do povo.

Carlos Santos / Senadinho

O governo brasileiro pode deixar de arrecadar até R$ 331,3 bilhões em 35 anos com o leilão do pré-sal, afirma Ildo Sauer, ex-diretor de Gás e Energia da Petrobras no governo Lula e atual professor do Instituto de Energia e Ambiente da USP. Segundo Sauer, isso “fere o interesse nacional”.

Sauer e o advogado Fábio Konder Comparato protocolaram na Justiça Federal, em São Paulo, ação popular pedindo a suspensão do primeiro leilão do pré-sal brasileiro, do campo de Libra, previsto para segunda-feira (21), informa a Folha. Os detalhes da ação foram divulgados à imprensa na tarde desta sexta-feira (18).

O valor da perda foi calculado pela aluna de doutorado Larissa Araújo Rodrigues, segundo Sauer. O cálculo considera o modelo de partilha, previsto para o leilão; royalties de 15%; imposto de renda de 34% sobre o lucro; bônus de assinatura de R$ 15 bilhões, conforme determinado em edital; preço do barril de petróleo a US$ 160; e dólar a R$ 2,20. O cálculo não leva em conta taxa de juros e inflação.

Outras ações foram movidas também na Justiça do Rio, do Paraná e do Amapá, segundo Sauer. Ele afirma que se a liminar for concedida na primeira instância e não for revogada numa segunda instância,  pode invalidar o resultado do leilão.

Em outros cenários, com o preço do petróleo mais alto ou mais baixo que o estipulado, as perdas do governo variam. Com o barril a US$ 60, o governo deixaria de arrecadar R$ 176,8 bilhões; se o barril valer US$ 105, as perdas do governo são de R$ 222,3 bilhões.

Petrobras deveria assumir pré-sal sozinha, defende
Sauer defende que a Petrobras deveria assumir a exploração do pré-sal sozinha, e não em consórcio com empresas estrangeiras. Segundo ele, a estatal brasileira é a empresa mais capacitada do mundo para fazer exploração de petróleo em águas ultraprofundas, e poderia obter empréstimos junto a bancos, como devem fazer as empresas estrangeiras.

O leilão do bloco de Libra acontece sob o regime de partilha, aprovado pelo Congresso em 2010.

Isso significa que a Petrobras deve participar do consórcio vencedor, com no mínimo 30%, sendo responsável por desenvolver tecnologia, contratar funcionários e adquirir bens e serviços no mercado nacional.

Porém, outras empresas fazem a exploração por sua conta e risco e, caso encontrem petróleo, ficam com uma parte para cobrir os custos e dividem os lucros com a União. Os ganhadores da licitação podem explorar petróleo por quatro anos, prazo que pode ser estendido; além disso, as reservas não extraídas permanecem propriedade do Estado. UOL

As operadoras de telefonia seguem sem poder estabelecer prazos de validade dos créditos dos cartões pré-pagos em todo o território nacional. O Tribunal Regional da Federal (TRF) da 1ª região negou, por unanimidade, provimento aos embargos de declaração apresentados pela TIM, Telefônica, Oi e Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) pedindo a reversão de decisão anterior, segundo informações da assessoria de imprensa do órgão. “Da decisão, que tem efeito imediato, cabe recurso às instâncias superiores, porém, sem efeito suspensivo”, afirmou o TRF.

As empresas telefônicas alegaram que a decisão não deixou claro como deverá ser feita a reativação dos créditos pré-pagos, cujo prazo de validade tenha expirado e qual o procedimento a ser adotado, inclusive, em relação às linhas já canceladas e aos consumidores que não são mais seus usuários. As operadoras questionaram ainda se a decisão anterior alterou as regras para comercialização do serviço móvel na modalidade pré-paga ou se determinou que a Anatel proceda à edição de nova regulamentação. “A depender da solução apontada em face dos questionamentos acima citados, haveria violação aos dispositivos legais e constitucionais”, ponderam.

Segundo o TRF, ao analisar os embargos declaratórios, o relator, desembargador federal Souza Prudente, afirmou em seu voto que “não se vislumbra, no Acórdão embargado, qualquer contradição, omissão e/ou obscuridade, a autorizar a veiculação dos presentes embargos de declaração, tendo em vista que o referido julgado expressamente se pronunciou acerca de todas as questões veiculadas pelas recorrentes, em suas respectivas razões recursais”.

Em nota, o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil), que representa as teles, afirmou que as empresas “aguardarão a notificação da decisão para tomar as medidas judiciais cabíveis”.

TRIBUNA DO NORTE

O horário de verão começa à 0h do próximo domingo, 20, em todos os estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. Os moradores dessas três regiões deverão adiantar o relógio em uma hora. A medida segue até 16 de fevereiro de 2014.
Este ano, a Bahia não vai aderir à medida. Desde outubro do ano passado, quando foi publicado o Decreto 7.826, o estado não consta da relação de unidades federativas em que a iniciativa deve ser instituída.
Em setembro, quando anunciou que a Bahia não participaria da mudança, o governador Jaques Wagner afirmou que a decisão era baseada na opinião da maioria da população, que, segundo ele, reagiu contrariamente à adoção da medida.
Embora a Bahia esteja de fora do horário de verão, quem precisa utilizar serviços bancários ou os Correios vai precisar estar atento à hora de Brasília.
A partir da próxima segunda-feira (21), as agências bancárias e lotéricas vão funcionar em horário diferenciado. Em vez de iniciar os serviços às 10h, os bancos vão abrir às 9h e encerrar o expediente às 15h, uma hora mais cedo.
A mudança altera, ainda, o horário de postagem nos Correios. Os clientes que desejarem enviar correspondência para seguir no mesmo dia devem fazê-lo uma hora antes do tempo-limite, que varia de acordo com o local de onde a postagem é feita.
Economia – Na agência dos Correios do Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, por exemplo, as encomendas podem ser postadas até as 19h. Já na da Pituba, os clientes podem postar até as 18h.
No Brasil, o primeiro horário de verão foi realizado entre 1931 e 1932, com duração de cinco meses. A prática vem sendo adotada sem interrupções desde 1985, com algumas diferenças nos estados e períodos de duração. O principal objetivo dessa medida é proporcionar o melhor aproveitamento da luz natural, reduzindo o consumo de energia entre as 18h e as 20h.
Informações do Operador Nacional do Sistema Elétrico atestam que em 2012/2013 o horário de verão gerou uma economia de 4,5% no período de pico nos estados em que a alteração foi implementada.
Alterações nos horários de serviços:
Bancos – A partir do dia 21, as agências vão funcionar das 9h às 15h, antecipando em uma hora o início e o encerramento dos serviços
Correios – Os horários de postagem de correspondência ou objetos que devem ser enviados no mesmo dia podem ser feitos com uma hora de antecedência antes do limite, que varia em cada agência. Na agência dos Correios do aeroporto, as encomendas podem ser postadas até as 19h. Já na Pituba, os clientes podem postar até as 18h. No Terminal de Carga Aérea de Salvador (Teca), o horário-limite de postagem será alterado de 21h para 20h.
Viagens – Os horários de voos também seguem a hora-padrão de Brasília, portanto, se comprou passagem antecipada, esteja atento a possíveis modificações no embarque e desembarque
Televisão – Como a maioria dos programas de televisão das principais emissoras são gravados no eixo Rio-São Paulo, a programação da televisão também será alterada. As novelas, jornais e demais conteúdos nacionais vão começar uma hora mais cedo. Por isso, a programação local também deve se adequar ao horário e alterar os horários de exibição

De Mário Gobbi, dois minutos atrás:

“Tite vai cumprir o contrato até o fim do ano”.

E é mesmo a melhor solução.

Tite chegou ao Parque São Jorge no ano do centenário em que nada deu certo.

Chegou ao fundo do poço no começo do ano seguinte ao enfrentar o Tolima, começou a subir, no mesmo ano, ao ser campeão brasileiro no dia mais tristemente alegre da história corintiana, pentacampeão brasileiro no domingo da morte de Sócrates em dezembro e, contaminado por essa força estranha chamada Corinthians chegou ao céu em julho de 2012, ao erguer a taça Libertadores, no Pacaembu.

Chegar ao Paraíso no Japão, sob o impulso do “Vai Corinthians”, aconteceu com tal naturalidade que os corintianos acostumados com a velha ideia do sofrimento até estranharam.

Nada impede nova reação sob o comando de Tite.

Só há uma maneira adequada para Tite sair do Corinthians: pela porta da frente, nos braços da Fiel.

Juca Kfouri

O deputado estadual Fábio Dantas (PCdoB) confirmou ao blog nesta quinta-feira (17), que poderá ser candidato a vice-governador, nas eleições do ano que vem.

Fábio só admite a possibilidade se for como companheiro de chapa do deputado estadual Fernando Mineiro (PT).

“Só serei vice se for de Mineiro”, afirmou o novo comunista.

Heitor Gregório

Jovem que estava desaparecida a mais de uma semana foi encontrada ontem, quarta-feira (16), através do GPS do seu celular, segundo moradores do local onde a jovem mora [Cajazeiras], a mesma teria sido sequestrada em Natal, seu carro foi deixado em João Câmara encontrado pela polícia. A jovem Renata foi encontrada em Natal e já está em casa junto da sua família e familiares e amigos agradecem os compartilhamentos nas redes sociais e aos blogs e sites da cidade.

Segundo informações de um membro do grupo onde Renata Miguel e coordenadora [JASC], informou que Renata foi trabalhar normalmente na segunda, quando a mesma estava saindo do trabalho, sequestraram a moça e levaram para uma casa, dando apenas sanduíche pra ela comer.  Ontem quarta-feira (16) os sequestradores perceberam que a policia estava atrás deles, rastreados pelo GPS do celular, então soltaram ela em uma praça tarde da noite, ela pediu ajuda em uma casa e o pessoal ligou pra polícia, colocaram ela em casa bem.

cidadão Macaibense

Clóvis Nunes e Marília Dias 

A ex-Prefeita  Marília Dias não vai ficar em casa esperando o pleito de 2016 para aparecer, ela desde do inicio do ano vem fazendo visitas aos  lugares públicos da cidade, tudo isso para que o nome dela não seja esquecido pela população e nesse embalo aproveita o descontentamento da população com o prefeito Fernando cunha que não vem realizando um bom trabalho frente a prefeitura de Macaíba.

Neste ano pré-eleitoral, a presidente Dilma Rousseff ampliou o ritmo de viagens nacionais, com agendas repetidas e entrega de moradias sem água e energia elétrica.

De janeiro a esta terça (15), quando visitou duas cidades baianas, a pré-candidata à reeleição passou 51 dias em deslocamentos pelo país, marca 19% acima do mesmo período de 2011 e 42% ante 2012.

Sem obras de impacto para entregar, já que vitrines como ferrovias e transposição do rio São Francisco seguem longe das metas iniciais, ela tem focado as cerimônias de viagens em ações de alcance local. Participou este ano de 11 eventos para entregar retroescavadeiras e outras máquinas a prefeitos.

Desde julho, também nas visitas aos Estados, intensificou as agendas relacionadas à formatura de alunos do Pronatec, programa de ensino profissionalizante do governo que é vendido como “porta de saída” do Bolsa Família, por oferecer cursos aos beneficiários do programa.

Já foram seis eventos desse tipo em 2013, como em Ceará-Mirim (RN), neste mês. As inaugurações de unidades habitacionais de programas federais também ocupam posição privilegiada e já contaram com a presença de Dilma sete vezes neste ano.

Foi assim na terça, em Vitória da Conquista (BA), quando participou de evento para entrega de 1.740 unidades do Minha Casa Minha Vida. Parte delas, porém, mesmo já com os novos moradores, segue sem luz e água encanada.

O Servidor comissionado

O cargo em comissão é aquele cujo provimento dá-se independentemente de aprovação em concurso público, destinado somente às atribuições de direção, chefia e assessoramento, caracterizando-se pela transitoriedade da investidura. Pode ser preenchido por pessoa que não seja servidor de carreira, observado o percentual mínimo reservado ao servidor efetivo por lei municipal.

O Servidor efetivo

O cargo de provimento efetivo exige prévia aprovação em concurso público de provas ou de provas e títulos. A investidura é duradoura, assegurando-se estabilidade ao servidor, após três anos de exercício, só podendo ser destituído por sentença judicial transitada em julgado, processo administrativo disciplinar ou avaliação periódica de desempenho desfavorável, garantida em qualquer caso a ampla defesa, e para atender aos limites da despesa com pessoal, estipulados pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Em Macaíba

É notório observar nesta atual gestão, uma quantidade vitaminada de chefias, assistências, supervisões, e inspetorias, que, no máximo, caracterizam meras funções de confiança a serem desempenhadas exclusivamente por servidores titulares de cargos de provimento efetivo. Na teoria era pra se esperar que cargos de auxiliares, chefes, supervisores, assessores diversos, assistentes técnicos e coordenadores são funções técnicas, burocráticas ou profissionais que não implicam em relação de confiança; e que deveriam ser preenchidas por pessoas concursadas, num processo de seleção por merecimento.

Os cargos comissionados podem ser preenchidos independentemente de aprovação em concursos públicos e geralmente são ocupados por pessoas indicadas pelos prefeitos ou por gente ligada a ele. Apesar de o limite para o número de comissionados ser estipulado por lei municipal, muitos problemas são gerados pelo excesso de cargos com essas naturezas. Isso é mais sério quando se trata da área de educação e saúde, uma vez que essassão atividades que exigem dedicação, entrosamento e continuidade.Comissionados executando políticas públicas permanentes deixam a administração sem memória. Quando eles saem, levam consigo o know-how de como os programas funcionam. Um outro ponto é que os comissionados são selecionados por regras muito mais flexíveis que o concurso público. Cargos comissionados, em geral, são de livre nomeação e geralmente promessas de campanhas políticas, corroborando que o adequado é fazer concurso público.

Em algumas cidades brasileiras, por iniciativa dos gestores locais, criaram o Portal do Servidores, que é um espaço geralmente dentro do Portal do Cidadão lançado nos sites das prefeituras. Esse espaço divulga o quantitativo de servidores, cargos e a lotação de cada um deles para estimular o controle social na cidade pela população.O cidadão pode conhecer o perfil do funcionalismo público e saber quem são, por exemplo, os professores e médicos lotados nas escolas e postos de saúde. Essa base de dados, além de servir a população como instrumento de fiscalização, também pode ser acessada para a realização de estudos científicos sobre o funcionalismo público.

Contudo, é esperar que Macaíba aplique ferramentas de fiscalização para a população, como o Portal dos Servidores e divulgue a quantidade certa de cargos comissionados e efetivos que possuem em seu quadro de funcionários. No entanto, é notório observar que a Cidade do Coité precisa urgentemente de um concurso público, para provimento de muitos cargos ocupados por comissionados. Mas fica a pergunta para os gestores: será que vale a pena para o “sistema”, trocar os comissionados pelos concursados (efetivos)?

Senadinho Macaíba