Descrição do autor

Administrador

Campos e Marina participam do lançamento das diretrizes do PSB-Rede em Brasília

O PSB de Eduardo Campos e a Rede Sustentabilidade de Marina Silva lançaram na manhã desta terça-feira (4) em Brasília as diretrizes para o programa de governo da coligação, ocasião em que Marina afirmou de forma categórica que o candidato à Presidência é o governador de Pernambuco.

“Vice é o candidato quem define, e o candidato é ele [Campos], vocês têm ainda alguma dúvida disso?”, disse a ex-senadora, que em outubro aderiu ao projeto do PSB após ver fracassar a tentativa de criação de sua própria legenda, a Rede.

A declaração de Marina, que figura na frente de Campos nas pesquisas eleitorais, foi em resposta à pergunta sobre se já aceitou ser vice na chapa presidencial do atual governador de Pernambuco.

Antes do lançamento das diretrizes, que está sendo realizado em um auditório da Câmara dos Deputados, Marina e Campos foram à sede do PPS oficializar o convite para que o partido integre a coligação.

Ao chegar à Câmara, Campos brincou sobre a questão da vice. “Tenho que ver com a Marina o que ela disse para saber o que ela quer que eu diga.” Ao seu lado, Marina emendou: “Tudo o que [os repórteres] quiserem colocar na minha boca, eu nego.”

O documento com as diretrizes da aliança listam cinco prioridades de governo da dupla, caso sejam eleitos: 1) “Estado e democracia de alta intensidade”; 2) “Economia para o desenvolvimento sustentável”; 3), “Educação, cultura e inovação”; 4) “Políticas sociais e qualidade de vida” e 5) “Novo urbanismo e pacto pela vida”.

O documento faz considerações genéricas sobre esses temas e servirá de base para discussões regionais que formatarão o projeto final de governo.

Na introdução do documento, Campos e Marina, que foram aliados da gestão federal do PT –Marina até 2008; Campos até setembro de 2013– afirmam que “o modelo esgotou-se a olhos vistos, mas as forças políticas que o operam esforçam-se para mantê-lo”.

UOL

                            

Um grupo formado por seis ex-alunos da Escola de Música de Macaíba foi selecionado para participar do maior evento de educação musical do planeta, ou seja, uma verdadeira Copa do Mundo do gênero. Trata-se da 31ª Conferência Mundial da International Society for Music Education (ISME).

Os seis alunos de Macaíba venceram uma seletiva que envolvia concorrentes de diversos países, onde os grupos interessados em apresentar-se durante a referida conferência tiveram que enviar um vídeo e uma descrição do grupo e sua história. Lílian Cristina Araújo da Silva, Jean Camelo do Nascimento, Kadja Marluan da Silva, Júlio César da Silva, Irliane Karoline Soares Pessoa e Jacton Silva formam um grupo de cordas que toca de clássicos regionais como Lamento Nordestino a sinfonias de Mozart e Strauss.

De acordo com informações do professor de piano da UFRN, Durval Cesetti, a ISME é a mais importante organização de educação musical no mundo, criada em 1953 e presente hoje em dia em mais de 80 países. Esta é a primeira vez que o evento é realizado no Brasil. Cesetti destacou que a conquista desses macaibenses honra o trabalho que tem sido realizado na Escola de Música de Macaíba.

Os músicos macaibenses são oriundos da primeira turma da Escola de Música de Macaíba, a qual foi fundada na segunda gestão do prefeito Fernando Cunha, no ano de 2006. Atualmente, a sede atende 450 alunos das escolas da rede municipal. Nas sedes das escolas municipais, os alunos têm aulas de violão e flauta doce, sendo oferecidas 72 vagas para cada unidade de ensino.

Nan Qi, doutoranda pela Western University of London Ontario, elogiou o trabalho da Escola de Música de Macaíba: “He is a very dedicated person”, disse a canadense descendente de chineses, ao referir-se ao prefeito Fernando Cunha. Nan Qi ressaltou o poder da música para melhorar a autoestima dos jovens, tirá-los das ruas, estimular a imaginação e ajudar no seu comportamento. A ISME será realizada em Porto Alegre no período de 20 a 25 de julho deste ano.

ASSECOM

                                

Hoje (03), por volta das 17 horas da tarde  dois elementos suspeitos entraram no ônibus da linha M, um deles ficou perto do motorista e o outro foi para o fundo do ônibus, tudo indica que o ônibus seria alvo dos assaltantes, mais  para a infelicidade dos criminosos, o transporte coletivo vinha cheio, uma senhora desconfiada das atitudes dos dois suspeito e perguntou a um deles se ele queria que ela levasse sua bolsa, o suspeito na mesma hora deu a bolsa para a senhora, ao pegar na bolsa ela perguntou porque a bolsa estava leve, e o suspeito respondeu que levava apenas roupa na bolsa. ( Após a saída dos suspeitos do ônibus a senhora nos confirmou que a bolsa tinha algo pesado em seu fundo,  ela desconfiou que fosse um revolver)

Ao ver que não tinha como efetuar o assalto, os dois suspeitos desceram do ônibus ainda próximo ao Distrito Industrial, local onde não existe residência, mais uma atitude que deixou a senhora desconfiada.
Vale lembrar que a linha M é um grande alvo dos assaltantes, desde setembro de 2013 a linha sofreu mais de 5 assaltos, tendo os usuários seus pertences levados.
Informativo Atitude

A rodoviária de Macaíba passou por uma reforma há mais 3 anos e sua estrutura já mostra a falta de reparos, os pilares de sustentação da rodoviária apresenta rachaduras, com ferragem exposta, podendo a qualquer momento vir a baixo, já que as rachaduras não esta localizada em apenas em um pilar.
As paredes externas do prédio mostra que a umidade está causando mofo, e  diante disso as paredes estão com o reboco caindo, se não bastasse os problemas causados pela falta de reparos, os vândalos deixaram sua marca por lá, as pichações estão por toda área externa do prédio.

Outra reclamação da população referente a rodoviária é a falta de um agente de limpeza no local, os banheiros não contam com nenhum tipo de limpeza.

Macaíba no Ar/Informativo Atitude

Assessoria

 
Esteve hoje (01), mais uma vez na feira pública de Macaíba a ex-prefeita Marília Dias, ela conduzirá o PMDB  de Macaíba até supostamente a sua campanha em 2016, sua missão esse ano é apoiar e fazer a campanha do deputado Henrique e do deputado Walter Alves em Macaíba.

                                           
                                               Presidente do diretório municipal do PT

Neste sábado próximo. 01/02/2014, a partir das 19 horas. Na praça do Campo das Mangueiras. Reunião com os moradores do Campo das Mangueiras, Conjunto Alberto Maranhão e Francelino Soares, Lagoa das Pedras e ruas adjacentes, no momento discutiremos a luta pelo ônibus circular para atender quem precisa de Transporte coletivo da trampolim Natal / Macaíba! Contamos com todos!

Por João Marques

A cidade de Macaíba registra quase todos os dias um assalto, mais ontem (31), esse número subiu, foram 5 assaltos registrados na parte da noite, dois aconteceram próximo a entrada do bairro Campinas, onde duas jovens tiveram seus pertencem levados, já os outros três aconteceram no conjunto Caranguejo, a vítima foi uma adolescente de 16 anos, que também teve seus pertences levados, segundo ela foram dois ladrões em uma moto, já o outro assalto foi também a uma adolescente, de 15 anos, que teve seu celular levado pelos ladrões, e a terceira vítima foi um senhor vendedor de churros que seu dinheiro levado.

O conjunto Caranguejo e  a entrada do bairro Campinas ficam muito próxima, possivelmente seja a mesma dupla que esteja agindo nessa região,  modo de agir é o mesmo e sempre estão de moto.

Informativo Atitude  com informações da connectTV

O Governo do Rio Grande do Norte  elevou os gastos com a folha de pessoal em 35,43%, em 2013. A informação é do relatório resumido da execução orçamentária, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), ontem. O levantamento é resultado da compilação de dados oriundos do terceiro e último quadrimestre de 2013.  Com uma receita de R$ 9,28 bilhões, consolidada ano passado segundo o relatório, o Estado aumentou o orçamento em 8,9%, no comparativo com o ano anterior.

Anselmo Carvalho afirma que receitas crescem em um ritmo menor do que as despesas

Apesar de superar o montante de 2012, a receita consolidada no ano seguinte, principalmente quanto ao executivo estadual, não foi suficiente para uma melhoria, mesmo sensível, do quadro. O controlador-geral do Estado, Anselmo Carvalho, destacou que as despesas se avolumam em um ritmo muito superior ao  que recebem os cofres públicos.

“A receita do estado sempre cresce de um ano para o outro. O que ocorreu e vem ocorrendo desde 2012 é que eles não estão se realizando na medida em que foram projetados. Aí onde é há a frustração. Por outro lado, as despesas, principalmente de pessoal e dos Poderes estão num ritmo bem acima desse crescimento, seja ele o projetado ou o realizado”, frisou Anselmo.

Custeio
A administração da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) tem obtido êxito nas ações voltadas para conter o custeio da máquina. É aí onde estão os desembolsos para o pagamento de mão de obra terceirizada, de passagens, de diárias e com uso de materiais. Em 2012, foram gastos com custeio R$ 3,41 bilhões enquanto que em 2013 esta cifra baixou para R$ 2,44 bilhões. A economia foi de 28,38%. De acordo com Anselmo Carvalho, a redução foi possível, entre outras coisas, devido ao decreto de julho, que determinou uma serie de medidas de contenção (e pôs em polvorosa os Poderes). “Nós tínhamos esse quadro inequívoco de frustração ICMS e FPE e sabíamos também que o orçamento previso não seria suficiente para cobrir pessoal. Então adotamos as medidas”, explicou.

Segundo ele, foram diminuídos os gastos com terceirizados, foram devolvidos veículos locados, etc. O Governo poderia comemorar não fossem outras preocupações.

Crescimento
A folha de pessoal cresceu a um ritmo galopante – passou de R$ 4,3 bilhões em 2012 para R$ 5,8 bilhões em 2013. Isso significa um crescimento expressivo em um período de um ano – e quando o Estado teria que dar um outro exemplo: pressionado pela Lei de Responsabilidade Fiscal por ultrapassar os limites de gastos aconselháveis com os salários de servidores, vê essa despesa crescer. Por outro lado, investe pouco. De 2012 para 2013 a gestão que comanda o Rio Grande do Norte investiu a menos 16,06%. O saldo dessa marca ano passado não ultrapassou os R$ 348 milhões.

Anselmo Carvalho justifica: “O investimento com recurso do tesouro historicamente é muito baixo. Nos últimos dez anos, infelizmente, vem observando isso. O Estado consegue boa parte quando consegue captar recursos e operação de crédito. Nos três ou quatro exercícios uma houve uma diminuição porque faltou repasses por parte do Governo Federal”.

Quanto ao problema que envolve pessoal, ele observou que isso se deve a decisões judiciais; a implantação de planos de cargos; o crescimento vegetativo da folha, que gira em torno de 7%; e sobretudo a concessão do piso nacional dos professores. “Na verdade, a gente conseguiu fazer com que parasse de crescer mais”, completou. Ele disse que a adoção do teto remuneratório no Estado ajudou a conter a sangria. “Conseguimos dar essa estancada”, concluiu o controlador-geral.

Da Tribuna do Norte

                          Macaíba comemora o gol de empate do Alecrim diante do Globo (Foto: Gabriel Peres)

Desta vez foi o jovem Arquirian Alves, jogador do Alecrim de Natal, que foi o destaque da partida entre Alecrim e o Globo, o jovem é conhecido dentro do clube como “Macaíba”, o jogo aconteceu ontem (30), no estádio Ninho do Piriquito. Arquirian ( Macaíba) marcou o gol e fez com que o Alecrim empatasse o jogo, mesmo com empate o Alecrim conseguiu garantir sua vaga na segunda fase do campeonato potiguar.

 – Fico feliz pelas oportunidades que o professor Wassil está me dando, ter feito o gol e ajudado aos meus colegas dentro de campo. Muita gente vinha criticando a gente mas mostramos nossa qualidade e conquistamos a classificação para a segunda fase. Agora é trabalhar para entrar forte e conquistar os próximos objetivos – disse Macaíba.

Macaíba é celeiro de jogadores profissionais que atuam pela elite do futebol brasileiro, entre eles estão o jogador Wallyson (Botafogo) e Val (Flamengo), fora outros que também jogam por grandes clubes.

Informativo Atitude

                    

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) ingressou nessa quinta-feira (30) com uma ação de improbidade contra o deputado estadual Gilson de Moura. De acordo com a ação, ele é diretamente responsável pela inserção fraudulenta de nomes de “funcionários fantasmas” no quadro de servidores e folhas de pagamento do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem/RN), em supostas irregularidades que foram investigadas na Operação Pecado Capital. O MPF pede o afastamento imediato do deputado da Assembleia Legislativa.

O deputado estadual é acusado pelo desvio e subtração de valores repassados ao Ipem pelo Inmetro. Para o MPF, os atos de Gilson Moura implicaram enriquecimento ilícito dos envolvidos, causando dano ao erário e ofensa a princípios da Administração Pública.

A ação é resultado das investigações que deflagraram, em 2011, a chamada Operação Pecado Capital, e que já geraram o ajuizamento de cerca de 20 ações (improbidade e penais) por parte dos Ministérios Público Federal e Estadual. No decorrer do processo que apura a inclusão de um grupo de funcionários “fantasmas” de Currais Novos na folha de pagamento do Ipem, os acusados celebraram acordo de colaboração premiada com o MPF, revelando como principal beneficiário do esquema o deputado estadual Gilson Moura.

Os depoimentos dão conta de que, na campanha para prefeito de Parnamirim em 2008, na qual o parlamentar figurou como candidato, Gilson Moura contratou o aluguel de veículos, especialmente carros de som ou trios elétricos, junto a Sebastião Garcia Sobrinho, conhecido como “Bola”. O pagamento ocorreria exatamente por meio da inclusão dos funcionários “fantasmas” na folha salarial do Ipem. A empresa Bola Veículos Ltda., de propriedade de Sebastião Garcia Sobrinho, figura inclusive como doadora de campanha de Gilson Moura nas eleições daquele ano.
De acordo com a ação do MPF/RN, o deputado estadual foi o responsável pela indicação de Rychardson de Macedo Bernardo para a direção do Ipem/RN. Ele era um dos principais favorecidos pela estrutura de desvio de recursos públicos implantada na entidade estadual. 
Os cargos de chefia do instituto eram ocupados por pessoas a ele ligadas, como Rychardson de Macedo Bernardo (diretor), Aécio Aluízio Fernandes de Faria (coordenador financeiro de fato), Daniel Vale Bezerra (coordenador jurídico), Adriano Flávio Cardoso Nogueira (coordenador administrativo), os quais figuram como doadores de campanha nas eleições de 2006, 2008 e 2010.
A celebração do acordo de colaboração premiada revela ainda que, pouco depois da deflagração da Operação Pecado Capital, os funcionários fantasmas foram intimados a prestar depoimento ao Ministério Público Estadual. Em razão disso, foram pressionados por Gilson Moura a mentir em seus depoimentos, sustentando versões não correspondentes à realidade. Essas pressões, consideradas por eles como verdadeiras “ameaças”, ocorreram por meio de advogados que se deslocaram até Currais Novos e instruíram os depoentes, a mando do parlamentar.
Afastamento
Para evitar que o deputado estadual interfira novamente sobre os depoimentos que devem ser prestados pelos envolvidos, o Ministério Público Federal pediu liminarmente o afastamento dele do exercício da função. Como forma de garantir um eventual ressarcimento de danos ao erário, há ainda o pedido de indisponibilidade de bens, com fundamento no artigo 7º da Lei de Improbidade Administrativa.
“Diante da própria forma ardilosa como foram entabuladas as contratações de funcionários fantasmas no caso, artifício usado para esconder o financiamento ilícito da campanha eleitoral de Gilson Moura, afigura-se plenamente crível que ele lance mão de manobras escusas para furtar-se à obrigação de reparar os prejuízos causados, de forma que a necessidade de decretação, in limine litis, da indisponibilidade de bens dos demandados é patente”, ressalta trecho da ação de improbidade.
Para o MPF/RN, as atitudes de Gilson Moura revelam o tráfico, a negociação da função pública levada a efeito no exercício de suas atividades parlamentares, auferindo ele, com o seu ilegal proceder, vantagens patrimoniais ilícitas.
A ação irá tramitar perante a 4ª Vara da Justiça Federal. Caso ocorra o afastamento, Miguel Weber, ex-marido da ex-prefeita Micarla de Sousa, poderá ser beneficiado. Ele é o segundo suplente, mas o primeiro, que é o vereador Luiz Almir, não deverá assumir o cargo em caso de afastamento de Gilson Moura.
Da Tribuna do Norte
                                           

 Os donos dos cães mortos dentro de uma residência no bairro Regomoleiro, em São Gonçalo do Amarante, irão procurar a polícia para prestar queixa do caso. Os animais foram envenenados nas madrugadas dos dias 22 e 29 de janeiro. Ao todo, sete cadelas das raças Labrador, Dachshund e Vira-lata morreram. Os cuidadores dos cães acreditam que ação foi criminosa.

De acordo com Lucia Maria, dona de cinco das cadelas mortas, o fato causou revolta e muita tristeza, principalmente entre as crianças da casa, visto que os animais eram domesticados e dóceis. “É realmente lamentável tudo isso, não dá para acreditar que alguém foi capaz de tanta crueldade ao ponto de matar todas as cadelas sem nenhuma razão”, disse.
Paulo Sérgio, cuidador de dois dos animais, relatou para a reportagem do Portal BO que o autor do envenenamento deve ter jogado o produto pelo muro sabendo que os cães ficavam soltos a noite no pátio da casa.
“Isso enriquece a hipótese de que quem fez isso sabia detalhes do dia a dia das pessoas que moram aqui e dos animais. Diante disso, iremos procurar as entidades responsáveis inclusive a polícia para que este caso não fique impune, ele pode matar mais”, declarou.
Segundo moradores da localidade, que preferiram não ser identificados, outros cães foram mortos nos últimos quinze dias no bairro, todos apresentaram o mesmo sintoma. A cuidadora Lucia Maria disse ainda que vestígios de uma substância foram encontrados na área da casa, mas não recolheu o material para análise.
PORTAL BO
Rua Mauricío Freire

A rua Maurício Freire ( Pernambuquinho) em breve será de mão única, a via é um dos locais que tem grande tráfego de caminhões com destino a cidade de São do Gonçalo do Amarante, há muito tempo os moradores da rua vem pedindo uma solução para o caso, com a nova sinalização a ser implantada espera-  se que o trânsito no local possa fluir e não causar engarrafamento neste local.
Semana passada foram feitas mudanças na rua Dr. Francisco da Cruz ( Rua da cruz), a mudança de sentido e a proibição de estacionar carros à esquerda fez com que não  acumula-se  tantos carros na via principal do centro da cidade, sentido barro vermelho centro. O maior problema que existe na rua da cruz é os condutores que não vem obedecendo a sinalização e proibição de tráfega  na contra mão, semana passada flagramos um condutor vindo na rua da cruz sentido contrário, podendo causar um acidente.
    
 Macaíba no Ar/ informativo Atitude

Datada do dia 21 de janeiro de 2014 e publicada no dia 28 de janeiro do presente ano, foi oficializada a nomeação do revolucionário JACOB MARTO ALCANTARA DA SILVA, através da PORTARIA Nº 035/2014, para assessorar o vice-prefeito da cidade de Macaiba, Dr. Olímpio Maciel.

O vice-prefeito que para alguns estava ficando sem prestígio, agora começa a ter equipe técnica para fazer funcionar o seu gabinete. Segundo alguns comentários que rolavam nos corredores da prefeitura, com esta nomeação, do Jovem Jacob Marto, o Prefeito Fernando Cunha passa a dar mais vez ao vice-prefeito, tendo em vista que antes o quadro era menor e agora, o vice-prefeito conta com um técnico de ponta, universitário do curso de Engenharia Civil na Universidade Federal do Rio Grande do Norte e uma das lideranças do movimento Revolta do Busão, que atuou no ano passado. Jacob com é mais conhecido deverá se apresentar ao seu superior Dr. Olímpio Maciel, ainda esta semana, tendo em vista que a portaria já foi publicada.

É isso aí gente boa de Macaíba, agora o movimento Revolta do Busão através do articulista Jacob, passa a ter vez no gabinete do vice-prefeito de Macaíba, Dr. Olímpio Maciel.

Do Senadinho Macaíba

O clima no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN) de Pau dos Ferros foi tenso durante toda a manhã de hoje (30). Alunos cobram a demissão de um professor que, através de redes sociais, chamou o município de “cabaré” e criticou as condições da água e o clima na cidade. De acordo com informações da instituição, o professor não foi ao local nesta quinta-feira (30).

Postagem ofensiva deu início à polêmica envolvendo o professor do IFRN
Ontem, o professor Dhiego Fernandes usou o Facebook e lamentou o fato de ter que voltar à cidade. “Infelizmente sou obrigado a vim nesse cabare chamado pau dos ferros. Deixo para os nativos da regiao ficarem tomando banho de lama e levar sol quente na cabeca…(sic)”, postou.
Postagem ofensiva deu início à polêmica que se espalhou pelas redes sociais e chegou à direção do IFRN
Uma usuária chegou a cobrar respeito por parte do professor, afirmando que era da cidade que ele tirava os vencimentos, mas ele não levou em consideração as críticas e voltou a criticar o município e a população.
Cartazes foram espalhados pelo IFRN com mensagens ofensivas a professor
“Foda se… aqui eu posto o q eu quero. Aqui tem mil e motivos para achar essa cidade uma merda. Ja estou de passagem e vou embora dessa cidade no maximo em abril. Vcs merecem viver em uma cidade podre e tomar banho de lama por votarem nesse pessoal do democratas. Eee ooooo vida de gadooooo (sic)”, postou, antes de chamar os usuários que discutiam com ele de “cambada de ignorantes”. 
Alunos do IFRN cobram a demissão de professor que fez postagens polêmicas no Facebook
Poucas horas após o assunto se espalhar pelas redes sociais, Dhiego Fernandes publicou um pedido de desculpas e tivesse agido com grosseiria e afirmando que não queria xingar a população, somente a situação da cidade. Porém, os estudantes e a população e Pau dos Ferros não recebeu bem a crítica do professor.
Da Tribuna do Norte