Descrição do autor

Administrador

Entusiasta da ex-senadora Marina Silva (PSB-AC), o ator Marcos Palmeira, de 50 anos, filiou-se recentemente ao PSB e passou a ser cotado para disputar o governo do Rio em 2014. Caso lance a candidatura, pode ter como um dos adversários outro novato na política: o treinador de vôlei Bernardinho, que se filiou ao PSDB em agosto. Mas Palmeira nega a intenção de se candidatar.

“A filiação ao partido foi um ato simbólico de apoio à Rede! Não estive com Eduardo Campos (governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB) nem fui convidado a ser candidato a nada, apenas participo das discussões com Marina Silva na Rede por um Brasil novo!”, afirmou Palmeira em nota, famoso por personagens como o Gumercindo, da novela Porto dos Milagres (2001), e Cazuza, de Saramandaia (2013).

“Fui sondado, mas não veio nada através da Marina, e meus passos são dados muito em cima do que eu acordo com a Marina. Teve uma reunião do Campos com alguns artistas, e me ligaram e disseram: se prepara que você vai ser candidato. Achei tudo muito louco, já queriam formar o meu grupo de trabalho, mas não tem a menor condição. Ainda temos de achar esse nome para o Rio”, afirmou o ator ao jornal O Globo, ontem. Palmeira sugeriu o nome do deputado Miro Teixeira (Pros-RJ) para o governo do Rio: “Dos políticos tradicionais, eu acho que ele poderia trazer alguma credibilidade”, afirmou o ator.

Maria da Guia Dantas – repórter

O procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis, reagiu às declarações dadas pelo secretário estadual do Planejamento e das Finanças (Seplan), Obery Rodrigues em entrevista à TRIBUNA DO NORTE, na edição do domingo (27). Para Rinaldo Reis, a responsabilidade pela crise financeira do Estado é do Executivo, que “não cumpre o seu papel” e não consegue otimizar a relação entre receitas e despesas do Estado. O chefe do Ministério Público Estadual disse que o governo Rosalba Ciarlini não age com “publicidade e transparência”, daí a necessidade de um inquérito civil que pudesse apurar a crise que atingiu mais recentemente o pagamento do funcionalismo e a redução dos orçamentos dos Poderes.

Rinaldo Reis nega que gastos do Ministério Público tenham crescido mais do que na Saúde
“Identificamos uma anormalidade e precisamos averiguá-la, já que o Governo não esclarece voluntariamente”, frisou o procurador-geral de Justiça. 
Ele observou há uma contradição entre o recorde de receita,  sobretudo no que diz respeito à arrecadação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), e a crise financeira que culminou com o atraso no pagamento da folha, uma vez que parte dos servidores só receberam os salários de setembro no dia 10 de outubro, quando deveriam estar com as remunerações disponíveis até, no máximo, o quinto dia útil do mês seguinte ao trabalhado. 
Para o procurador-geral, esta incoerência ainda não foi explicada. Rinaldo Reis salienta também que o crescimento da arrecadação é pujante e por isso não é aceitável a manutenção do corte mensal de 10,74% nos orçamentos dos Poderes, Ministério Público e Tribunal de Contas.
Apurações
“Esse percentual já deveria ter sido reduzido”, opinou o procurador-geral de Justiça. O inquérito que apura as finanças sob gerencia do Executivo está em fase inicial. Rinaldo Reis destacou que as informações, alvo de análise, foram entregues pessoalmente pela governadora Rosalba Ciarlini, na noite de quinta-feira (24). O estudo terá início hoje. “Como é praxe, o Ministério Público, tão logo tenha suas conclusões, virá a público apresentá-las. O Ministério Público age com publicidade e transparência”, disse, antes de acrescentar: “Atestaremos se os índices (do Governo) estão corretos ou não”.
A investigação do MPE inclui as finanças do Estado como um todo, mas o objetivo principal é averiguar se o índice de 10,74% fixados em decreto governamental está correto. 
O procurador Rinaldo Reis registrou também que o secretário  Obery Rodrigues “não falou a verdade” quando disse que os orçamentos dos Poderes estão acima dos patamares destinados à áreas vitais, como a Saúde. “Só para se ter uma ideia, o orçamento do MPE de 2012 para 2013 cresceu 4%, quando o próprio Governo estimou perto de 20%”, contestou.
O titular da Seplan apontou despesas de quase 20% com os Poderes durante o ano de 2013, enquanto que os gastos com a pasta da Saúde não chegam a 18%. Ele disse também que de 2010 para 2012 os orçamentos do Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa, MPE e TCE/RN cresceu em média 45%.
Tribuan do Norte

A governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, no início da tarde de hoje (29), em entrevista coletiva na Escola de Governo, em Lagoa Nova, como será o pagamento dos salários dos servidores públicos referente ao mês de outubro. De acordo com a governadora, irão receber nos dias 30 e 31 os funcionários que estão lotados nas secretarias de saúde, educação e segurança, além dos que trabalham nos órgãos com arrecadação própria como Detran e Idema.

Os servidores que trabalham nas demais secretarias e órgãos da administração estadual, e que recebem até R$3.000, também vão receber nos dias 30 e 31. Já os funcionários que recebem acima desse valor vão esperar até dia 8 de novembro para que tenham os salários do mês de outubro depositados.
O formato adotado em outubro é o mesmo de setembro. Ainda não há informações sobre os próximos calendários com os meses de novembro e dezembro, além do 13º. Porém, a governadora assegurou que o 13º será pago ainda em 2013. Na solenidade que ocorreu nesta terça-feira (29), a governadora também lançou o programa RN Sustentável.

Tribuna do Norte

Maratona beneficente que o SBT realiza há 16 anos, o Teleton 2013 será lembrado não apenas pelo valor recorde arrecadado, mas também pela inédita parceria entre Silvio Santos e Ivete Sangalo. Juntos por quase duas horas no palco, o apresentador e a cantora deram um show de humor, improviso e diversão.
O Teleton é uma ação em prol da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente), que mobiliza o elenco do SBT, além de convidados, por dois dias em busca de doações. A meta deste ano era de R$ 26 milhões e foi alcançada por volta da 1h da madrugada de domingo.
Na reta final da maratona, Silvio ocupou o palco com a filha Patrícia Abravanel e o neto Tiago. O entretenimento começou mesmo quando Ivete chegou. Reproduzo a seguir alguns momentos memoráveis da noite.
A primeira piada foi de Silvio que, ao convocar a cantora para o palco, a chamou de “Ivete São Galo”. Ela logo retribuiu, ao tentar abraçar o apresentador, que ficou duro como um poste: “Me abraça, Silvio!”, exigiu, ensinando-o como fazer.
Muito à vontade, Ivete prometeu: “Se a gente bater a meta vou dar um selinho em Silvio”. Ao que Patrícia observou: “Dá no Tiago”. E Ivete: “Que Tiago, minha filha. Eu quero é Silvio. Já falei pro meu marido. É em nome de uma boa causa. Se bater na meta, vou tascar um beijo em Silvio.”
Ivete tirou Silvio para dançar, mas acabou pisada e um sapato saiu do pé. Na sequência, a cantora resolveu tirar os dois pés e os ofereceu ao leilão para arrecadar recursos para a AACD. Silvio sugeriu que ela autografasse o calçado, o que ela fez.
“Deixa eu ver como ficou o autógrafo. (olhando o rabisco que ela fez) Isso aqui é ‘Ivete’? É assim que você assina?” E ela, desbocada: “Sou cantora. E pra isso não preciso de faculdade. Não vem exigir caligrafia perfeita”.
A cantora também calou o apresentador quando foi questionada se iria usar playback numa apresentação: “Senta lá e assiste, Silvio”, disse ela. Num momento em que Silvio elogiou Ivete, a cantora foi rápida no gatilho: “Ah, muito obrigada! E se você quiser me dar um programa, estamos aí.” O apresentador mudou de assunto.

A certa altura, Ivete elogiou Patrícia: “Que linda, ela. Magrinha, toda organizada…” Silvio concordou: “Verdade. Fabricação caseira.” Na sequência, a cantora falou: “Ainda bem que Silvio criou uma televisão. Se não tivesse televisão, ele ia fazer mais filhos.”. E ele: “Provavelmente.” Em outro momento, ela disse: “Eu não sou sua neta, mas poderia ser.”
Ivete estava tão à vontade que ajudou a segurar as cartolinas que o apresentador lê, as chamadas dálias, com informações sobre o andamento do programa. Também ajudou Silvio com o nome dos patrocinadores. “Quem é Nívea? Onde ela mora?”, ele perguntou, fazendo o estilo marciano. “Nívea é a marca”, disse a cantora.
Silvio, que a certa altura chamou o neto de “o gordinho ali”, também foi alvo de piada de Tiago. Olhando para o avô, ele cantou: “A pipa do vovô não sobe mais!” Ivete homenageou Silvio reproduzindo momentos do programa do apresentador que ela viu na infância. “Não lembro disso”, ele disse, surpreso.
Todo mundo que viu o show de Silvio e Ivete no Teleton ficou imaginando como seria um programa de televisão apresentado pela dupla. Só faltou mesmo o “selinho” que a cantora prometeu.

Blog Mauricio Stycer

impd-x-iurd

A igreja de Valdemiro Santiago está passando por uma crise financeira e devido a isso deixará as frequências da Rede 21, da qual faz parte do grupo da Bandeirantes.
Os cultos da Igreja Universal do Reino de Deus, principal concorrente da Igreja Mundial, passarão a ser exibidos por todas as emissoras e retransmissoras da Rede 21. Além disso a igreja de Edir Macedo também serão transmitidos pela madrugada na Band, horário este que era ocupado pela Igreja Mundial.
A saída da Igreja Mundial da Rede 21 já está sacramentada. Foi apurado que já foi assinado um contrato entre a IURD e o Grupo Bandeirantes. Técnicos de televisão da IURD estiveram na Bandeirantes na última sexta-feira fazendo ajustes para a troca de sintonia. Falta apenas “virar a chave” para o 21 trocar uma igreja pela outra, o que pode acontecer a qualquer momento ou no máximo em três semanas.
Valdemiro Santiago perderá seu espaço na emissora por falta de pagamento, o valor estimado de débito da Igreja Mundial para Band é entre R$ 13 milhões e R$ 21 milhões. Valdemiro só  ainda não foi despejado pelo 21 porque tem um prazo contratual para isso e porque o Grupo Bandeirantes estaria tentando reduzir o prejuízo de eventual calote.
Santiago anunciou que seus fiéis passarão a vê-lo pelo canal 25, uma retransmissora “educativa” de Suzano, na Grande São Paulo, cujo sinal é muito fraco em regiões importantes de São Paulo, como a zona sul. O próprio Santiago reconhece a fraqueza do canal. “Quem aqui já conseguiu pegar no 25?”, indagou aos fiéis.
Com informações do Notícias da TV.

Leia mais: http://tvfoco.pop.com.br/audiencia#ixzz2j3N8iXkv
Follow us: @tvfoco on Twitter | sitetvfoco on Facebook

O principal centro de pesquisas e desenvolvimento biomédico do Brasil anunciou nesta segunda-feira (28) planos de produzir uma vacina dupla viral para sarampo e rubéola destinada a países em desenvolvimento, sobretudo na África.

A primeira vacina brasileira desenvolvida especificamente para exportação será produzida pela Bio-Manguinhos, uma unidade da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com a Fundação Bill & Melinda Gates.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, fez o anúncio dos planos sobre a vacina em uma conferência de medicina organizada pela Fundação Gates no Rio de Janeiro.

Países como China, Índia e Brasil têm intensificado os investimentos em tecnologia biomédica para fornecer vacinas e remédios a países em desenvolvimento com preços reduzidos em relação aos praticados pela indústria farmacêutica de países desenvolvidos.

O sarampo mata 158 mil pessoas por ano no mundo, a maior parte formada por crianças até cinco anos. A rubéola, virose contagiosa que tem pequenas manchas entre os sintomas, pode causar sérias sequelas em mulheres grávidas e seus bebês.

A Bio-Manguinhos, que possui um largo histórico na produção de vacinas combinadas para sarampo, caxumba e rubéola, vai fabricar 30 milhões de doses por ano da nova vacina dupla viral para suprir países em desenvolvimento na África, Ásia e América Latina.

A produção vai incrementar a disponibilidade da vacina que hoje é feita por apenas um fabricante, o Instituto Serum, da Índia.

A Fundação Gates afirmou que vai destinar 1,1 milhão de dólares para apoiar os testes clínicos e pode contribuir para fundos adicionais em fases subsequentes do projeto.

Bio-Manguinhos tem produzido a vacina multiviral para sarampo, caxumba e rubéola desde 2003 sob um acordo de transferência de tecnologia com a GlaxoSmithKline. Essa vacina tripla é usada no programa de imunização brasileiro, mas ainda não foi adotada em outros países em desenvolvimento devido ao custo e à limitada presença epidemiológica de caxumba em muitos desses países.

A nova vacina bivalente será destinada a esse grupo de nações e deve chegar ao mercado até 2017.

(Reportagem de Anthony Boadle)

Ontem (27 de outubro)  Macaíba completou 136 anos de emancipação politica, mais a prefeitura da cidade não deu importância, pois a mesma para não fazer festa na cidade alega falta de dinheiro ou dividas deixadas pela gestão anterior, o que percebemos é que a população não aguenta mais ouvir a mesma história, quando se falta dinheiro no orçamento de uma casa, a primeiro ação a ser feita é verificar as contas e fazer cortes, e os cortes não vimos e não se tem uma transparência nos recursos da cidade, pois falta clareza no portal da prefeitura mostrando detalhamento das despesas e receita.

População de Macaíba sente a falta disso, São João da Gente, Aniversário da cidade, Réveillon, Carnaval com estrutura e que tenha investimento publico, isso  não vai abala as contas do município, o que quebra os municípios são desvios de verba.

  

Alunos do Curso de Agronomia da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) apresentam na CIENTEC o projeto Jardim Sensorial, que permite às pessoas portadoras de deficiência visual a identificação de plantas por outros órgãos do sentido, como o olfato, o paladar ou o tato.

O projeto, coordenado pelo professor Márcio Dias, pode ser visitado no estande 9 do pavilhão 1. O estande traz mostras de plantas e aponta a diferença entre elas para que sejam identificadas por quem tem deficiência visual. Para quem vê, mas quer sentir a experiência, o grupo faz um teste em que os visitantes têm seus olhos vendados e tentam adivinhar quais são as plantas do jardim, seja pela textura, pelo cheiro ou pelo gosto.

O Projeto Jardim Sensorial é mostrado em visitas às escolas do Rio Grande do Norte. Nesses encontros, os alunos de Agronomia realizam a experiência com crianças, com o objetivo despertar nelas o aprimoramento dos sentidos e dos cuidados com o meio ambiente.

No mesmo estande é exibida uma mostra de fotos do concurso de fotografia sobre o semiárido potiguar e, como novidade, a Horta Suspensa, onde as verduras são plantadas em garrafas plásticas cortadas e penduradas por arames em uma estrutura de tábuas de madeira. A horta se mostra como possibilidade para que cada um cultive verduras de modo mais saudável, sem adição de agrotóxicos e outros produtos que podem ser prejudiciais à saúde.

Fonte: Pagina da EAJ no facebook

Rua Manoel no período que não ocorre chuvas em nossa cidade (Campinas)

A lagoa  surgiu depois das fortes chuvas  que ocorreram no inicio do ano, pois a água surgi de um terreno bastante úmido e está causando transtorno para quem mora perto do local e para quem passa por lá, o surgimento desta água dar se pelo entupimento do cano que passa por baixo da praça, a rua Manoel Fernandes da Silva está tomada por lama, o pessoal da TCL já esteve no local para retirar a areia acumulada, mais o transtorno continua, pois tem que fazer o desentupimento do cano e fazer uma valeta de esgoto para que a água não escorra pelo meio da rua, a água acumulada no terreno pode trazer a dengue, já que ela não está tendo escoamento.

O terreno que falamos é este ao lado direito,  no fundo da imagem está a lagoa que depois das chuvas deixou estrago de bastante lama.

Para os pedestres está cada vez mais difícil transitar nas calçadas. O problema é grave porque em muitos pontos da cidade são os carros que ocupam os lugares destinados as pessoas. Estacionar em local proibido é uma das infrações mais cometidas pelos motoristas em Macaíba. A falta de fiscalização faz com que isso ocorra diariamente.

Art. 181. Estacionar o veículo:

VIII – no passeio ou sobre faixa destinada a pedestre, sobre ciclovia ou ciclofaixa, bem como nas ilhas, refúgios, ao lado ou sobre canteiros centrais, divisores de pista de rolamento, marcas de canalização, gramados ou jardim público:

Infração – grave.

A cidade de Macaíba hoje (27) está completando 136 anos de sua emancipação. Acho eu, que desde que essa cidade foi fundada, só não haverá nenhuma comemoração este ano. Nos últimos quatro anos, se comemorou a emancipação do município. Nos dias 10 a 15 de outubro a prefeitura já estava divulgando para a população o calendário da programação da semana da comemorações de aniversário do município. Como participação das forças armadas, missas, barracas, shows pirotécnicos, festas, bandas…Uma semana só de festejos.

Agora, o aniversário do prefeito o Sr. Fernando Cunha,que aconteceu a uns 15 dias atrás, foi divulgado uma semana antes. Onde ele mandou fecha todas as secretarias. Começando com uma missa,mesmo que tenha sido só com as presenças dos cargos comissionados da prefeitura. Depois um café da manha, que tinha lá uns 500 carrões estacionados entre o salão de recepção ( Arco íris), que se estenderam até a balaustrada. Esse café foi realizado numa sexta feira. Imagina vocês, a comemoração, churrascada que ele deu aos seus amigos no sábado e domingo, fora de Macaíba.

Por Manoel Mauricio Freire de Macedo

Mais uma vez foi debatido na Câmara Municipal de Macaíba a publicidade dos atos do legislativo. Os vereadores Luizinho e Edivaldo Emídio se pronunciaram na sessão realizada ontem (17) a favor da imprensa, onde disseram que os jornalista deveriam ser credenciados para realizarem as coberturas das sessões e informarem a população os trabalhos que estão sendo feitos em prol da cidade.

O Senadinho noticiou no dia 10 de outubro que o presidente vetou o trabalho da imprensa, e que apenas três edis ficaram a favor da imprensa, que foram: Kátia Sena, Edivaldo Emídio e Luizinho.

Os parlamentares assinaram o requerimento que solicita a volta da transmissão ao vivo das sessões por meio da 87.9 FM. Já os outros dez se recusaram a assinar. Que feio senhores vereadores!

Este repórter foi informado que o requerimento voltará para a “Casa Povo” e desta vez vamos ver quem realmente ficará a favor da imprensa, e consequentemente do povo.

Carlos Santos / Senadinho

O governo brasileiro pode deixar de arrecadar até R$ 331,3 bilhões em 35 anos com o leilão do pré-sal, afirma Ildo Sauer, ex-diretor de Gás e Energia da Petrobras no governo Lula e atual professor do Instituto de Energia e Ambiente da USP. Segundo Sauer, isso “fere o interesse nacional”.

Sauer e o advogado Fábio Konder Comparato protocolaram na Justiça Federal, em São Paulo, ação popular pedindo a suspensão do primeiro leilão do pré-sal brasileiro, do campo de Libra, previsto para segunda-feira (21), informa a Folha. Os detalhes da ação foram divulgados à imprensa na tarde desta sexta-feira (18).

O valor da perda foi calculado pela aluna de doutorado Larissa Araújo Rodrigues, segundo Sauer. O cálculo considera o modelo de partilha, previsto para o leilão; royalties de 15%; imposto de renda de 34% sobre o lucro; bônus de assinatura de R$ 15 bilhões, conforme determinado em edital; preço do barril de petróleo a US$ 160; e dólar a R$ 2,20. O cálculo não leva em conta taxa de juros e inflação.

Outras ações foram movidas também na Justiça do Rio, do Paraná e do Amapá, segundo Sauer. Ele afirma que se a liminar for concedida na primeira instância e não for revogada numa segunda instância,  pode invalidar o resultado do leilão.

Em outros cenários, com o preço do petróleo mais alto ou mais baixo que o estipulado, as perdas do governo variam. Com o barril a US$ 60, o governo deixaria de arrecadar R$ 176,8 bilhões; se o barril valer US$ 105, as perdas do governo são de R$ 222,3 bilhões.

Petrobras deveria assumir pré-sal sozinha, defende
Sauer defende que a Petrobras deveria assumir a exploração do pré-sal sozinha, e não em consórcio com empresas estrangeiras. Segundo ele, a estatal brasileira é a empresa mais capacitada do mundo para fazer exploração de petróleo em águas ultraprofundas, e poderia obter empréstimos junto a bancos, como devem fazer as empresas estrangeiras.

O leilão do bloco de Libra acontece sob o regime de partilha, aprovado pelo Congresso em 2010.

Isso significa que a Petrobras deve participar do consórcio vencedor, com no mínimo 30%, sendo responsável por desenvolver tecnologia, contratar funcionários e adquirir bens e serviços no mercado nacional.

Porém, outras empresas fazem a exploração por sua conta e risco e, caso encontrem petróleo, ficam com uma parte para cobrir os custos e dividem os lucros com a União. Os ganhadores da licitação podem explorar petróleo por quatro anos, prazo que pode ser estendido; além disso, as reservas não extraídas permanecem propriedade do Estado. UOL

As operadoras de telefonia seguem sem poder estabelecer prazos de validade dos créditos dos cartões pré-pagos em todo o território nacional. O Tribunal Regional da Federal (TRF) da 1ª região negou, por unanimidade, provimento aos embargos de declaração apresentados pela TIM, Telefônica, Oi e Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) pedindo a reversão de decisão anterior, segundo informações da assessoria de imprensa do órgão. “Da decisão, que tem efeito imediato, cabe recurso às instâncias superiores, porém, sem efeito suspensivo”, afirmou o TRF.

As empresas telefônicas alegaram que a decisão não deixou claro como deverá ser feita a reativação dos créditos pré-pagos, cujo prazo de validade tenha expirado e qual o procedimento a ser adotado, inclusive, em relação às linhas já canceladas e aos consumidores que não são mais seus usuários. As operadoras questionaram ainda se a decisão anterior alterou as regras para comercialização do serviço móvel na modalidade pré-paga ou se determinou que a Anatel proceda à edição de nova regulamentação. “A depender da solução apontada em face dos questionamentos acima citados, haveria violação aos dispositivos legais e constitucionais”, ponderam.

Segundo o TRF, ao analisar os embargos declaratórios, o relator, desembargador federal Souza Prudente, afirmou em seu voto que “não se vislumbra, no Acórdão embargado, qualquer contradição, omissão e/ou obscuridade, a autorizar a veiculação dos presentes embargos de declaração, tendo em vista que o referido julgado expressamente se pronunciou acerca de todas as questões veiculadas pelas recorrentes, em suas respectivas razões recursais”.

Em nota, o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil), que representa as teles, afirmou que as empresas “aguardarão a notificação da decisão para tomar as medidas judiciais cabíveis”.

TRIBUNA DO NORTE