Descrição do autor

Administrador

No início da tarde desta sexta-feira (18),  um corpo foi encontrado em uma estrada carroçável na divisa entre Macaíba e Parnamirim. De acordo com informações, a vítima trata-se de um homem que foi assassinado a tiros.

Viaturas da policiais militar e civil encontram-se no local. O ITEP é aguardado para remoção do corpo.

Pesquisa Consult encomendada pela Rádio 106 FM  mostra intenção de voto para prefeito de Caicó. O instituto entrevistou 500 pessoas no dia 10 de setembro. A margem de erro é de 4,3% para mais ou para menos e a confiabilidade é de 95%, registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo RN-03259/2020. Informações Blog Marcos Dantas.

Estimulada

Dr. Tadeu 28,6%

Batata 22,2%

Arthur Maynard 13%

Diego Vale 2%

Cição Bandido 1,8%

Cabo Alexandre 1,8%

Chico da Caern 0,8%

Nenhum 17,8%

Não sabem 12%

Espontânea

Dr. Tadeu 16%

Batata 13%

Arthur Maynard 6,6%

Diego Vale 1%

Cição Bandido 0,4%

Bibi 0,4%

Cabo Alexandre 0,2%

Nenhum 15,6%

Não sabem 46,8%

 

 

A secretaria estadual de Saúde divulgou nesta quinta-feira, 17, o boletim epidemiológico com os últimos dados do covid-19 em Macaíba. A cidade registra 347 casos suspeitos,  1319 descartados, 789 confirmados, 11 óbitos em investigação e  71 óbitos confirmados.

Os dados referente ao número de pacientes recuperados ainda não foram atualizados, a última divulgação informava 405 recuperados.

Policiais civis da Delegacia Municipal de Currais Novos recuperaram, nesta quinta-feira (17), um aparelho celular da marca “Iphone”, avaliado em mais de quatro mil reais (R$ 4.000,00), que havia sido roubado na última sexta-feira (11), no município de Macaíba.

Com base no rastreamento, o aparelho foi encontrado em um imóvel no bairro Dr. Silvio Bezerra de Melo, no município de Currais Novos, na residência de duas mulheres, as quais alegaram ter adquirido o aparelho via plataforma de comercialização on-line. As duas foram conduzidas até a unidade policial, onde foram autuadas em flagrante por receptação dolosa. Ao final, pagaram fiança e irão responder o processo em liberdade. O aparelho celular já foi devidamente restituído à vítima.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

PC/Assecom

Três policiais militares foram presos nesta quinta-feira (17) suspeitos de envolvimento na morte do jovem Gabriel de Souza, de 18 anos. Gabriel foi visto pela última vez no dia 5 de junho quando saiu para visitar a namorada. O corpo dele foi encontrado 9 dias depois, em avançado estado de decomposição, em São José de Mipibu.

Dois dos policiais estavam de serviço e foram presos após se apresentarem ao Comando Geral e o terceiro suspeito foi preso em sua residência.

Um outro policial militar já havia sido preso no dia 19 de agosto também por suspeita de envolvimento no crime. De acordo com a Polícia Civil, os quatro PMs suspeitos são lotados no município de Goianinha.

Investigações

 

De acordo com a Polícia Civil, após o roubo de um carro em Parnamirim, a PM foi acionada para tentar recuperar o veículo. O dono do carro é irmão de um dos policiais militares suspeitos. Esse PM acionou os colegas para darem apoio ao seu irmão na recuperação do veículo, que possuía rastreador. Diversos policiais foram contatados para atender a ocorrência e se deslocaram até a região onde apontava o GPS. Ao longo das buscas, uma guarnição da Polícia Militar chegou ao local onde o veículo estava, presenciando o momento no qual os criminosos estavam retirando os pertences do veículo.

Os suspeitos do roubo, ao visualizarem a viatura, fugiram pela região de mata. Os policiais deram continuidade às buscas, ingressando na mata. No local, alguns policiais militares abordaram o jovem Gabriel e se certificaram de sua história. Após alguns momentos de detenção, eles liberaram o jovem. Ao sair da região de mata, Gabriel foi visto por populares que avisaram a uma outra viatura que também realizava as buscas no local.

Nessa viatura, estavam os três cabos presos nesta quinta-feira (17), que haviam sido acionados pelo sargento. De acordo com a Polícia Civil, os militares então abordaram o jovem Gabriel, que chegou a informar aos policiais que já havia sido liberado pela outra viatura; mas, mesmo assim, o jovem foi colocado na mala do veículo, sendo este o último momento em que foi visto com vida.

As investigações apontam que os três policiais executaram a vítima e se deslocaram até o município de São José do Mipibu, onde deixaram o corpo, que foi encontrado no dia 14 de junho, em uma região de mata na comunidade Pau Brasil, a 30 km de Natal e a 20 km de Parnamirim.

De acordo com as investigações, os três cabos que estavam na viatura, desde o momento que abordaram o jovem Gabriel, mantiveram um estreito processo de comunicação com o sargento, irmão da vítima do crime de roubo em Parnamirim. Tal comunicação indica o conhecimento dos fatos e participação ativa na prática do crime de homicídio, pois, ainda de acordo com as investigações, o sargento chegou a agradecer aos três cabos presos, em grupo de WhatsApp, todo o apoio prestado.

Sobre o caso

 

Gabriel deixou a casa onde vivia com a mãe, a irmã e o padrasto, no bairro Guarapes, na manhã do dia 5 de junho para ir de bicicleta à casa da namorada em Parnamirim, na Grande Natal. Ele fazia o trajeto em cerca de uma hora, mas sumiu antes de chegar ao destino. A namorada de Gabriel ligou preocupada para a mãe dele. Desde então o jovem não foi mais visto.

Familiares e amigos iniciaram a busca por Gabriel e chegaram a encontrar suas sandálias e a bicicleta em uma área de vegetação em Parnamirim. O corpo foi encontrado no dia 14 de junho com perfurações no crânio, provavelmente provocadas por arma de fogo, e com braceletes de plástico presos nos pulsos, de acordo com a perícia inicial do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

Um dia depois, amigos e familiares saíram em caminhada segurando cartazes e faixas com as mensagens “Quem matou Gabriel?”, “Queremos justiça”, “Vidas negras importam” e “Todos por Gabriel”.

Gabriel era estudante e sonhava em ser militar. Ele também fazia um curso de informática na Cidade Alta em Natal e trabalhava fazendo bicos de manutenção, pintura, limpeza e encanação com o padrasto em Parnamirim, na Grande Natal.

G1 RN

O Governo do Estado autoriza o retorno do funcionamento pleno das instituições financeiras e bancárias no Rio Grande do Norte a partir do próximo dia 28. A portaria conjunta será publicada nesta sexta-feira (18) no Diário Oficial do Estado, regulamentando as medidas necessárias para a retomada dos serviços.

O prazo dado pelo Governo é voltado para que as instituições apliquem os protocolos e façam as adaptações necessárias ao retorno do funcionamento e atendimento ao público.

Esta nova etapa de reabertura dos serviços segue a condição de manutenção da queda dos indicadores da pandemia no RN, como a taxa de transmissão do vírus e ocupação de leitos.

Para garantir a saúde de quem frequenta os locais, as instituições terão que seguir uma série de regras. A portaria conjunta nº 24/2020, que teve em sua construção a participação de representantes dos trabalhadores bancários, lista uma série de 20 medidas de biossegurança necessárias para garantir a saúde dos clientes e dos servidores das instituições bancárias e financeiras.

O documento orienta que as instituições devem dar prioridade ao atendimento por meio de agendamento, reservando as duas horas finais de funcionamento somente para quem agendar e, preferencialmente, que seja do grupo de risco. A lotação máxima dos locais deve ser de uma pessoa a cada 5 m², com marcações no piso para distanciamento de 1,5 m entre os clientes, assim como um distanciamento de cadeiras e estações de trabalho.

Será permitida a entrada apenas para quem estiver usando máscara e após medição de temperatura. Os trabalhadores deverão ter sempre à disposição todos os EPIs, assim como a garantia de que os lavatórios estarão equipados com material de limpeza e com oferta de álcool em gel para todos que estiverem no local, seja a trabalho ou em busca de atendimento.

Os locais que não seguirem as normas da portaria, assim como as demais determinações do Plano de Retomada Gradual da Atividade Econômica no RN, estão sujeitos à interdição até a adequação, bem como eventual responsabilização penal, civil, administrativa e trabalhista em casos de descumprimento das regras.

Os horários de funcionamento deverão seguir as orientações do Banco Central, instituição responsável por regulamentar as instituições bancárias e financeiras do país.

A portaria conjunta é assinada pelo secretário-chefe do Gabinete Civil do Estado, Raimundo Alves, os secretários de Estado da Saúde Pública (Sesap), Cipriano Maia, e do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Jaime Calado.

A Coordenação de Acesso Discente – CADIS, ligada à Pró-Reitoria de Ensino, divulgou nesta terça (15.09) o resultado final do Edital nº 18/2020 – PROEN/IFRN, referente ao processo de seleção para preenchimento de vagas remanescentes para os cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) – na modalidade Educação a Distância – integrantes do Programa Novos Caminhos.

Matrícula

A matrícula deverá ser realizada de forma online, entre 17 e 21 de setembro, anexando toda documentação exigida pelo Edital nº18/2020, através do endereço eletrônico https://sso.acesso.gov.br/login. Após o cadastro do candidato, deve ser realizado o preenchimento dos dados solicitados e o envio da seguinte documentação (digitalizada e legível):

  • Foto 3×4 (foto utilizada para a emissão de documentos, na posição vertical e preferencialmente com um fundo branco ou claro);
  • Carteira de identidade;
  • Cadastro de Pessoa Física – CPF;
  • Certificado de Alistamento Militar, de Dispensa de Incorporação ou de Reservista, no caso dos maiores de 18 anos e menores de 45 anos, do sexo masculino;
  • Certidão de Nascimento ou Casamento;
  • Título de Eleitor e comprovante de quitação eleitoral referente à última eleição ou certidão de quitação eleitoral;
  • Declaração/certidão/certificado/diploma ou histórico de conclusão da Ensino Fundamental II (6º a 9º ano) ou declaração de capacidade de aproveitamento, conforme modelo disponibilizado pelo Campus Natal Zona Leste;

De acordo com o edital, o candidato que não anexar todos os documentos necessários para a realização da matrícula, não terá sua matrícula efetivada, e caso não envie a documentação no prazo solicitado, será desclassificado, e o candidato subsequente será convocado.

Para obter mais informações e/ou esclarecimentos sobre como efetuar a matrícula, é possível entrar em contato com a Equipe Novos Caminhos, através do e-mail novoscaminhos@ifrn.edu.br ou pelo WhatsApp (84 3092-8923).

Acesse:

Edital nº18/2020 – PROEN/IFRN – Programa Novos Caminhos – Vagas remanescentes

Resultado final – Edital nº18/2020

Cadastro e matrícula

Saiba como se matricular – orientações

As regras para a concessão do auxílio emergencial residual de R$ 300 foram publicadas em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) dessa quarta-feira (16).

O Decreto nº 10.488 regulamenta a Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020, que concede o auxílio emergencial residual de R$ 300 ou R$ 600 para mães solteiras.

Instituído em abril, para conter os efeitos da pandemia sobre a população mais pobre e os trabalhadores informais, o auxílio emergencial começou com parcelas de R$ 600 ou R$ 1.200 (no caso das mães chefes de família), por mês, a cada beneficiário. Inicialmente projetado para durar três meses, o auxílio foi estendido para o total de cinco parcelas. E a partir de hoje, será pago o auxílio emergencial residual no valor de R$ 300 em até quatro parcelas mensais.

Os primeiros a receber serão os beneficiários do Bolsa Família. Segundo a Caixa, 12,6 milhões de famílias cadastradas no Programa Bolsa Família receberão o novo do benefício a partir de hoje. De acordo com o decreto, o calendário de pagamentos do auxílio emergencial residual será idêntico ao de pagamentos vigente para as famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família.

No total, as parcelas de R$ 300 serão pagas para mais de 16,3 milhões de pessoas, no montante de R$ 4,3 bilhões. Portaria também publicada na edição extra do DOU define que a Caixa fica responsável por divulgar o calendário de pagamentos do auxílio emergencial residual definido pelo Ministério da Cidadania para os beneficiários que não são cadastrados no Bolsa Família. A Caixa ainda não divulgou o novo calendário.

Parcelas

O auxílio emergencial residual será devido até 31 de dezembro de 2020, independentemente do número de parcelas recebidas pelo beneficiário. O número de parcelas dependerá da data de concessão do auxílio emergencial residual, limitado a quatro parcelas.

Segundo o Ministério da Cidadania, quem começou a receber o auxílio emergencial em abril terá direito às quatro parcelas. Quem passou a receber a partir de julho, por exemplo, terá direito às cinco parcelas de R$ 600 e a mais uma parcela do novo benefício (de R$ 300), que será paga no mês de dezembro.

Critérios

O decreto define que o auxílio residual não será devido ao trabalhador que:

I – tenha vínculo de emprego formal ativo adquirido após o recebimento do auxílio emergencial;

II – receba benefício previdenciário ou assistencial ou benefício do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, adquirido após o recebimento do auxílio emergencial, ressalvados os benefícios do Programa Bolsa Família;

III – aufira renda familiar mensal per capita (por pessoa) acima de meio salário mínimo e renda familiar mensal total acima de três salários mínimos;

IV – seja residente no exterior;

V – tenha recebido, no ano de 2019, rendimentos tributáveis (Imposto de Renda) acima de R$ 28.559,70;

VI – tinha, em 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, incluída a terra nua, de valor total superior a R$ 300.000;

VII – tenha recebido, no ano de 2019, rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40.000;

VIII – tenha sido incluído, no ano de 2019, como dependente de declarante do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física como cônjuge, companheiro com o qual o contribuinte tenha filho ou com o qual conviva há mais de cinco anos ou filho ou enteado com menos de 21 anos de idade ou com menos de 24 anos de idade que esteja matriculado em estabelecimento de ensino superior ou de ensino técnico de nível médio;

IX – esteja preso em regime fechado;

X – tenha menos de 18 anos de idade, exceto no caso de mães adolescentes; ou

XI – possua indicativo de óbito nas bases de dados do Governo federal.

O decreto diz ainda que não estão impedidos de receber o auxílio emergencial residual estagiários, residentes médicos e multiprofissionais, beneficiários de bolsa de estudos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Fundo de Financiamento Estudantil.

O decreto também define que é obrigatória a inscrição do trabalhador no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) para o pagamento do auxílio emergencial residual e a sua situação deverá estar regularizada junto à Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil do Ministério da Economia. A exceção é para o caso de trabalhadores integrantes de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, que poderão receber por meio do número de inscrição no CPF ou do Número de Identificação Social (NIS).

O recebimento do auxílio emergencial residual está limitado a duas cotas por família. A mãe solteira receberá duas cotas do auxílio emergencial residual.

As parcelas de R$ 300 serão pagas apenas para quem já têm o auxílio emergencial. Ou seja, os trabalhadores que não são beneficiários do auxílio emergencial não poderão solicitar o auxílio emergencial residual.

O pagamento das parcelas residuais serão pagas automaticamente, independentemente de requerimento.

O decreto define que caso não seja possível verificar a elegibilidade ao auxílio emergencial residual em razão da ausência de informações fornecidas pelo Poder Público, serão devidas, de forma retroativa, as parcelas a que o trabalhador tiver direito.

Agência Brasil

Consultas por município e cargo, acesso à informações detalhadas sobre a situação dos candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador, que pediram registro para concorrer às Eleições Municipais de 2020 já estão disponíveis na plataforma DivulgaCandContas, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A ferramenta traz ainda todos os dados declarados à Justiça Eleitoral, inclusive informações relativas às prestações de contas dos concorrentes

Acesso

O sistema é aberto a todos os cidadãos, sem necessidade de cadastro prévio ou autenticação de usuário. Na consulta, basta selecionar a unidade da federação no mapa ou a sigla do estado que quiser informações.

Na página principal do sistema, o interessado encontrará o quantitativo total de candidaturas por cargo (prefeito, vice-prefeito e vereador). No mapa do Brasil, é possível filtrar a pesquisa clicando na unidade da Federação e depois no cargo desejado. Em seguida, aparecerá uma lista com todos os políticos que concorrem ao cargo no estado.

Selecionado o nome do candidato, é possível obter informações sobre o seu número, partido, composição da coligação que o apoia (se for o caso), nome que usará na urna, grau de instrução, ocupação, site do candidato, limite de gasto de campanha, proposta de governo, descrição e valores dos bens que possui, além de eventuais registros criminais. Também é possível acompanhar a situação do pedido de registro e eleições anteriores das quais o candidato tenha participado.

Prazo

A ferramenta é atualizada toda hora à medida em que chegam solicitações de registros à Justiça Eleitoral. No dia 26 de setembro, às 19h, termina o prazo para os partidos políticos e coligações apresentarem o requerimento de registro de candidatos e chapas à Justiça Eleitoral.

Caso os partidos políticos ou coligações não tenham requerido o registro de algum candidato escolhido em convenção, a data-limite para a formalização individual do registro perante o TSE ou algum Tribunal Regional Eleitoral (TRE) é o dia 1º de outubro, também até as 19h.

Situação da candidatura

A situação do registro do candidato aparece ao lado da foto, além do tipo de eleição à qual ele está concorrendo e um guia sobre os termos, inclusive os jurídicos, utilizados para definir a situação dele perante a Justiça Eleitoral.

Quando o processo é registrado na Justiça Eleitoral, é informada a palavra “cadastrado” e, em seguida, “aguardando julgamento”. Isso significa que o candidato enviou o pedido de registro de candidatura, mas o pedido ainda não foi julgado, ou seja, o processo está tramitando e aguarda análise.

Após o processo ser apreciado, o registro pode ser considerado “apto” ou “inapto”. Caso o candidato não tenha nenhuma contestação e o pedido tenha sido acatado, a situação que aparecerá no sistema será “apto” e “deferido”. Candidatos que aparecem como aptos, mas houve impugnações e a decisão é no sentido de negar o registro. Nesse caso, a situação será “apto”, e o complemento será “indeferido com recurso”.

Ler mais…

Carro ficou destruído após ser roubado e capotado por criminosos na Grande Natal — Foto: Divulgação

Bandidos capotaram uma caminhonete roubada em Parnamirim, na região metropolitana de Natal, durante uma perseguição feita pelo Polícia Militar. Um dos criminosos acabou preso, mas o outro conseguiu fugir. Segundo a PM, ainda houve troca de tiros no matagal onde os assaltantes acabaram virando o carro.

O assalto aconteceu no fim da tarde na rua Praia de Tibau, no bairro Nova Parnamirim. Um casal de comerciantes estava parado na caminhonete modelo Hilux, em frente a uma barbearia. A mulher apresentada alguns produtos à dona da casa, quando os criminosos entraram na rua, em outro carro que também tinha sido roubado havia pouco tempo.

Os criminosos deixaram o outro veículo, apontaram armas para as vítimas, entraram no carro e foram embora. A PM foi acionada e fez buscas pelo carro.

Os criminosos saíram de Nova Parnamirim e seguiram pela BR-226 no sentido a Macaíba. Em um certo momento, uma viatura passou pela caminhonete e fez um retorno, começando uma perseguição aos suspeitos.

Os bandidos entraram em uma estrada carroçável, mas em um ponto mais à frente perderam o controle e capotaram o veículo em um matagal. A viatura parou e os policiais começaram um cerco. De acordo com as equipes, houve troca de tiros.

Um homem de 19 anos foi preso e reconhecido pelas vítimas na delegacia. Com ele, uma arma calibre 32 foi apreendida. O outro suspeito conseguiu fugir pelo matagal, também armado, segundo a polícia.

Depois de capotar, o veículo ficou com vidros quebrados, retrovisor arrancado e a frente danificada. Marcas de tiros também ficaram no capô e no parabrisa do veículo. O caso foi registrado na Central de Flagrantes da Polícia Civil.

G1 RN

Convenção de Angicos

O Blog do Heitor Gregório destaca que o ex-deputado Henrique Eduardo Alves esteve em Angicos participando da convenção municipal do MDB, que homologou a candidatura de Pinheiro Neto a prefeito da cidade. A convenção oficializou a coligação do MDB, PSB e PP, onde Henrique Alves foi convidado juntamente com seu primo Carlos Eduardo Alves, ex-prefeito de Natal.

Angicos é a cidade de origem da família Alves, por isso dois de seus principais nomes fizeram questão de estar presente.

Acidente aconteceu na madrugada no viaduto de Ponta Negra, em Natal — Foto: Divulgação

Uma mulher de 34 anos foi detida e levada à delegacia após dirigir sob efeito de álcool pela contra-mão e provocar um acidente no viaduto de Ponta Negra, na Zona Sul da capital. A caminhonete dela atingiu outro veículo de frente e o motorista do carro, de 28 anos, ficou levemente ferido.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira (17). A mulher conduzia uma caminhonete Mercedes-Benz pela contramão do viaduto de Ponta Negra, na madrugada. Um carro que vinha no sentido correto não conseguiu desviar e os veículos bateram de frente.

O homem que dirigia o outro veículo ficou levemente ferido, mas não precisou de socorro. Acionada ao local, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez dois testes do bafômetro e, nos dois exames, realizados às 3h54 e às 4h16, os resultados apontaram que condutora estava embriagada.

A mulher foi conduzida à Central de Flagrantes da Polícia Civil e poderá responder pelos crimes de conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada e lesão corporal culposa. A caminhonete dela foi levada para o pátio da PRF.

G1 RN

Em entrevista coletiva para apresentação dos dados epidemiológicos da Covid-19 nesta quarta-feira (16), o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, destacou que apesar da situação de estabilidade da doença no estado ainda é preciso seguir o distanciamento físico e, principalmente, o uso correto da máscara. “Mais uma vez repetimos que a pandemia não acabou. Há uma ameaça de um novo surto com o crescimento da transmissibilidade na Europa e nós não podemos relaxar”.

Os dados apresentados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), apontam um total de 65.933 casos confirmados, 30.807 suspeitos e 128.251 descartados. Foram registrados 2.330 óbitos, sendo dois nas últimas 24 horas e ainda 282 óbitos em investigação.

O número de novos casos nas últimas 24 horas foi de 286. Cipriano lembrou que no auge da pandemia o número de casos chegou a um pico de 1.000 novos registros em um dia. “A tendência é de declínio, mas a nossa meta é que não registremos nenhum óbito. A população, as autoridades e as instituições devem seguir a retomada com responsabilidade, respeito e cumprimento das normas de segurança”, frisou.

No RN, a taxa de ocupação de leitos está em 42,2%. Por região, a ocupação de leitos é a seguinte: Seridó – 67%, Oeste – 42%, Metropolitana de Natal – 34%, Alto Oeste – 80%, Potengi-Trairi – 18%, Mato Grande e Agreste 33% – todos os leitos Covid disponíveis. Até o final da manhã desta quarta (16) há 243 pessoas internadas em leitos críticos e clínicos nas unidades de saúde públicas e privadas.

O índice R(t) – que determina o potencial de propagação do vírus – segundo os dados do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde – LAIS da UFRN, está em 0,87 para o RN como um todo. Porém, essa taxa de transmissibilidade continua acima de 1 nas regiões do Oeste (1,11), Alto Oeste (1,09) e Seridó (1,03). A taxa de isolamento da população está em 36,1%, de acordo com o secretário o número é compatível com o processo de retomada das atividades.

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal recuperou, na manhã desta quarta-feira (16), no Km 294 da BR 304, em Macaíba/RN, dois geradores que haviam sido furtados no dia anterior (15), de uma empresa de telefonia, em Assú/RN.

Após denúncias, os policiais realizaram a abordagem a um caminhão. Na fiscalização, ficou constaram os equipamentos furtados.

Três homens pernambucanos que estavam no interior do veículo informaram que receberiam a quantia de R$ 700,00 para o frete, mas que teriam decidido vender os equipamentos em outro local.

Ocorrência encaminhada para a Central de Flagrantes em Natal/RN.

Coordenado pelo professor Tarcísio Gonçalves, o projeto de extensão “Interação EAJ e agricultura familiar: geração e ou incremento de renda com base sustentável” tem como objetivo promover uma maior interação da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ-UFRN) com as comunidades de agricultores familiares, possibilitando melhorar o processo de formação dos discentes a partir da troca de experiências. O projeto conta com a colaboração de Karina Ribeiro, Eduardo de Magalhães, Márcio Dias, Julie Cavignac, Cibele Soares, Aline Daniely, Gabriela da Silva, Ingrid Conceição, José Reinaldo Alves e Ana Paula Cavalheiro.

O projeto incentivará ações de comercialização direta entre produtores e consumidores, através de circuitos mais curtos e mais justos, buscando contribuir para gerar e incrementar a renda dos agricultores. Ao mesmo tempo, apoiar ações voltadas para a recuperação e revitalização de áreas alteradas, incentivando a discussão sobre formas mais saudáveis de produção e consumo de alimentos e quais os impactos sociais, ambientais e econômicos que este processo pode causar. Além disso, o projeto também vai abordar questões relacionadas ao processamento de alimentos e o quanto isso pode agregar valor na produção de alimentos.

Serão inseridos estudantes de diferentes áreas e cursos, desde o Técnico até a Pós-graduação, possibilitando a interação entre os discentes e os produtores. E segundo o coordenador do projeto, as ações colaborativas são importantes pois promovem conhecimento e contribuem no processo de formação. “Acredito que a implementação de ações colaborativas que propiciem a interação da academia com as comunidades locais, em parceria com movimentos sociais e a iniciativa privada, podem contribuir para a construção do conhecimento e a melhoria no processo de formação e aperfeiçoamento de recursos humanos, além de benefícios potenciais para a cadeia produtiva de alimentos e para a sociedade”, explica.

A pandemia causou diversos impactos nos âmbitos sociais, econômicos e ambientais, e várias comunidades foram afetadas, principalmente comunidades rurais e periferias urbanas, aumentando a situação de vulnerabilidade social dessas populações. Analisando esse contexto e pensando na perspectiva da EAJ-UFRN em contribuir socialmente para minimizar os impactos da COVID-19 nas comunidades em vulnerabilidade social e nas proximidades, o projeto de extensão foi idealizado.

O projeto será desenvolvido de forma participativa e colaborativa entre a EAJ-UFRN, o Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA) da UFRN, a empresa Júnior 59MIL da UFRN, o Departamento de Gastronomia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), a Central de Comercialização de Alimentos da Agricultura Familiar (CECAFES), o movimento social Banquetaço, a empresa privada Veritas Grupo e o Assentamento Quilombo dos Palmares. Outras parcerias estão sendo construídas com a Universidade Federal de Goiás (UFG) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG).

Os parceiros do projeto trabalharam em conjunto para o planejamento e execução da “Feira Solidária”, projeto de arrecadação de alimentos para comunidades carentes. Com a experiência adquirida, querem contribuir para o aprofundamento dos conteúdos abordados com a intenção de propiciar benefícios que podem contribuir para melhorar o cenário de desigualdade social, gerando possibilidades de trabalho e renda com bases sustentáveis.

Dentre os resultados esperados, está a elaboração de estudo socioambiental do Assentamento Quilombo dos Palmares, que servirá para orientar ações para estimular a produção de base agroecológica e recuperação de possíveis áreas degradadas. Além disso, é esperado que durante as atividades online, como lives no Instagram e no Youtube, sejam debatidas ações de comercialização que aproximem o produtor e consumidor e os benefícios que pode trazer para ambos, além de discutir temas que possam despertar o interesse dos produtores para o processamento de alimentos e o quanto isso pode agregar valor à produção. Espera-se ainda, promover a interação e cooperação da EAJ-UFRN com o Assentamento Quilombo dos Palmares, atendendo em torno de 47 famílias e contribuindo para o ensino-aprendizagem dos estudantes de Curso Técnicos, Graduação e pós Graduação e para a adoção de práticas de produção sustentável.