Descrição do autor

Administrador

Menos de uma semana após emitir e publicar um decreto com medidas mais rígidas para prevenção da pandemia de COVID-19, a Prefeitura de Macaíba adota o toque de recolher para conter o avanço e a disseminação do vírus no município, que se vê numa situação de alerta máxima com sua UPA praticamente lotada no setor de pacientes críticos, mesmo após a duplicação de leitos de UTI feita na semana passada, além de ocupação máxima na UTI do Hospital Regional Alfredo Mesquita.

Com o sistema de saúde público e privado da Grande Natal  colapsado, o toque de recolher será uma das medidas válidas a partir desta segunda-feira, dia 1º de março, entre às 22h e às 5h, estando em consonância com o decreto 30.383/21, do Governo do Estado, que obedece as recomendações do Comitê de Especialistas da Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte para o enfrentamento da pandemia pela COVID-19, na qual sugerem a adoção de medidas que intensifiquem as medidas de restrição de circulação de pessoas, aglomerações e eventos, bem como as ações de vigilância.

As novas restrições estabelecidas em Macaíba constam no Decreto nº 2000, datado de 26 de fevereiro de 2021 e vigoram até o dia 10 de março. Destacam-se: a suspensão do funcionamento total de parques públicos, centros de artesanato, circos, parques de diversões, museus, bibliotecas e demais equipamentos culturais, eventos e shows em geral, inclusive em locais privados, atividades recreativas em clubes sociais e esportivos, cultos, missas e demais eventos religiosos que causem aglomerações.

Não estão incluídos nas restrições: serviços públicos essenciais; farmácias; indústrias; postos de combustíveis; hospitais e demais unidades de saúde e de serviços odontológicos e veterinários de emergência; laboratórios de análises clínicas; segurança privada; imprensa, meios de comunicação e telecomunicação em geral; funerárias; exercício da advocacia na defesa da liberdade individual; serviços de alimentação, (poderão funcionar mediante delivery); e serviços de transporte coletivo urbano.

O descumprimento dos protocolos sanitários e das medidas estabelecidas no Decreto em questão poderá acarretar medidas punitivas como multas ou interdição. A equipe de vigilância sanitária irá visitar locais estratégicos com apoio das forças de Segurança Pública. O documento pode ser acessado na íntegra aqui: https://www.macaiba.rn.gov.br/_ups/boletins/2021/02/27/6e0a9fa2c279c7a35b7ba04126fc5a9e.pdf

Assecom-PMM

Duas pessoas foram detidas por desobediência a decreto que determina toque de recolher, no Rio Grande do Norte. — Foto: Sesed/Divulgação

Foto: Sesed/Divulgação

O primeiro fim de semana de vigência do toque de recolher no Rio Grande do Norte teve duas pessoas detidas por desobediência, segundo a Secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte. Apesar disso, as autoridades consideraram a situação tranquila. A circulação de pessoas está proibida entre 22h e 5h, exceto para alguns trabalhadores e atividades.

Na noite do sábado (27), em Natal, um homem foi detido no bairro Potengi, na Zona Norte, ao se recusar a deixar o bar em que bebia. De acordo com o Sesed, o homem se recusava a deixar o local mesmo com pedido do dono do estabelecimento. Passava das 22h45 quando a Polícia Militar chegou ao local e levou o homem para a Delegacia de Plantão.

Já neste domingo (28), uma ocorrência semelhante aconteceu em São José do Campestre, onde um homem também resistiu ao cumprimento do decreto. Segundo a Sesed, ele foi detido e levado para a Delegacia Regional de Nova Cruz.

Nos dois casos, segundo a Polícia Civil, foi assinado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e os detidos liberados para irem imediatamente para seus lares.

O toque de recolher no Rio Grande do Norte teve início na noite do sábado (27), após a publicação de um decreto com novas medidas que visam reduzir aglomerações e a pressão por leitos críticos de UTI para Covid-19.

Serviços que podem funcionar

 

  • serviços públicos essenciais (como segurança, saúde, entre outros)
  • farmácias;
  • indústrias;
  • postos de combustíveis;
  • hospitais, demais unidades de saúde e de serviços odontológicos e veterinários de emergência;
  • laboratórios de análises clínicas;
  • segurança privada;
  • imprensa, meios de comunicação e telecomunicação em geral;
  • funerárias;
  • exercício da advocacia na defesa da liberdade individual;
  • serviços de alimentação, exclusivamente para delivery;
  • serviços de transporte coletivo urbano.
  • Trabalhadores que estão indo de casa para o trabalho ou do trabalho para casa também podem circular.

G1 RN

 

Foto: Assecom

O vice-prefeito Netinho França participou de uma reunião juntamente com o prefeito Emídio Júnior sobre o Plano de Mobilidade Urbana de Macaíba, na última sexta-feira (26). Também estiveram presente o secretário de Trânsito e Transporte, Carlos Soares e o comandante do CIOSP-RN, coronel Macedo.

De acordo com o secretário Carlos Soares, o plano contemplará a reorganização do trânsito da cidade, sinalização eletrônica, horizontal, possibilidade de criação de binários entre outros pontos, para termos um trânsito melhor, que beneficie a população. A estrutura e todas as metas foram apresentadas pelas engenheiras civis Laura Souza, especialista em Engenharia de Tráfego e Monalisa Paiva, especialista em Geoprocessamento e Georreferenciamento.

Ainda na sede da Prefeitura, o vice-prefeito participou de uma reunião sobre a implantação do sistema de videomonitoramento. O encontro contou com a participação do prefeito Emídio e dos secretários municipais Raimundo Luís (Chefe de Gabinete), Sócrates Vieira (Administração e Finanças); Rondinelli Malheiros (Procuradoria Geral) e Odilon Benício (Tributação).

Assessoria

Na sexta-feira (26/02), o prefeito Emídio Jr.  esteve reunido com o tenente-coronel Macêdo, experiente coordenador do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP/RN), para conversar sobre tópicos importantes para Macaíba, como a implantação da nova central de videomonitoramento e sua respectiva integração com o CIOSP, agilizando assim o atendimento das ocorrências policiais na cidade, interligando os serviços de rádio e de imagens de ambas as centrais.

Para se ter uma ideia, após uma ocorrência ser captada por uma câmera da futura central de videomonitoramento de Macaíba, o CIOSP poderá ter o controle em tempo real e saber a identificação exata do dispositivo e o seu local de abrangência, mobilizando prontamente uma equipe das Forças de Segurança que estiver mais próxima do fato ocorrido. Além disso, destaca-se que as câmeras terão visão de longo alcance e serão instaladas em locais estratégicos das zonas urbana e rural, após estudos e levantamentos prévios.

Além da implantação e consolidação desse novo recurso, o novo gestor municipal já está trabalhando para a criação da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal de Segurança Pública, além da implementação da futura sede do Batalhão de Cavalaria do RN.

Nesta gestão, Emídio Jr. inclusive já conseguiu junto ao Governo do RN o acréscimo de mais 16 valorosos colaboradores no quadro da Polícia Militar do 11º Batalhão, que tem como sede o município de Macaíba e novas viaturas.

Também estiveram presentes na ocasião, o vice-prefeito Netinho França; os secretários municipais Raimundo Luís (Chefe de Gabinete), Sócrates Vieira (Administração e Finanças); Rondinelli Malheiros (Procuradoria Geral) e Odilon Benício (Tributação). Todos estes secretários com vasta experiência na área de Segurança Pública e Institucional.

Assecom-PMM

A Petrobras anunciou hoje (1º) um novo aumento nos preços da gasolina, do óleo diesel e do gás de botijão vendidos nas refinarias. A partir de amanhã (2), a gasolina ficará 4,8% mais cara, ou seja, R$ 0,12 por litro. Com isso, o combustível será vendido às distribuidoras por R$ 2,60 por litro.

O óleo diesel terá um aumento de 5%: R$ 0,13 por litro. Com o reajuste, o preço para as distribuidoras passará a ser de R$ 2,71 por litro a partir de amanhã.

Já o gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de botijão ou gás de cozinha, ficará 5,2% mais caro também a partir de amanhã. O preço para as distribuidoras será de R$ 3,05 por quilo (R$ 0,15 mais caro), ou seja R$ 36,69 por 13 kg (ou R$ 1,90 mais caro).

Segundo a Petrobras, seus preços são baseados no valor do produto no mercado internacional e na taxa de câmbio.

“Importante ressaltar também que os valores praticados nas refinarias pela Petrobras são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo. Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis pelas distribuidoras, no caso da gasolina e do diesel, além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores de combustíveis”, destaca nota divulgada pela empresa.

Agência Brasil

Mossoró não acompanhará o toque de recolher decretado pelo Governo do Estado, que determina o isolamento social entre 22h a 5h. A decisão do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) foi tomada no final da tarde deste sábado (27), por recomendação do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19.

Em matéria postada no site oficial da Prefeitura, está noticiado que “o município de Mossoró intensificará as medidas de biossegurança contra a Covid-19, estabelecidas no decreto municipal nº 5.959/2021, publicado no Jornal Oficial de Mossoró (JOM), quarta-feira (24).”

Dessa forma, as medidas restritivas decretadas pela governadora Fátima Bezerra, não valem para Mossoró no entendimento do prefeito Allyson.

“Com relação ao decreto emitido pelo Governo do Rio Grande do Norte neste sábado (27), que determina, entre outras medidas, a adoção do ensino híbrido na rede pública de ensino, o decreto municipal já atende a essa determinação, segundo a secretária municipal de Educação, Hubeônia Alencar”, afirma a notícia oficial da Prefeitura.

E segue: “Referente às atividades religiosas (cultos, missas e afins), o decreto do município disciplina proteção aos participantes, ao estabelecer protocolos de biossegurança, como uso de máscara de proteção, distanciamento social e outras medidas. O decreto do Governo do Estado, por outro lado, suspende reuniões em igrejas e templos.”

Portal Grande Ponto

Ex-presidente do diretório municipal do PT em Macaíba, o professor João Marques deixou a sigla que por mais de trinta anos militou. João era a maior liderança política do partido na cidade, ao Macaibei o professor afirmou “Não pretendo participar de nenhuma agremiação partidária. Tenho um respeito pelo PT e por seus dirigentes, pelos quais nutro uma grande amizade. Mas não pretendo participar de grupos partidários, Continuo na luta sindical, hoje faço parte da direção do Sinte Macaíba e coordeno a Comissão de Direitos Humanos em Macaíba. Continuo com meus princípios socialistas, mas preferi exerce-los hoje, fora das amarras burguesas partidárias” finalizou.

Neste sábado, 27, a infectologista Roberta Lacerda defendeu o uso da ivermectina como medicamento de tratamento precoce contra a Covid-19, em uma entrevista à rádio 96 FM de Natal. Segundo a especialista, países como Índia, México e Peru tiveram sucesso ao controlar o avanço do vírus após especialistas adotarem o uso do composto como forma de profilaxia, reduzindo a mortalidade dos infectados.

Durante a conversa, a especialista disse que desde novembro de 2020 a curva dos gráficos que indicam casos no Rio Grande do Norte estão subindo, mas que em julho do ano passado, houve uma queda que não poderia ser explicada apenas pelo distanciamento. “Havia 40% de distanciamento, tenho isso gravado na minha mente. Era no nosso dizer do Alecrim ‘calcinha jovem, Covid na canela’. Não havia ninguém parado em Natal. Houve queda e ninguém explicou isso. E todo mundo ficou colocando: ‘não tem nada a ver com tratamento precoce, não tem nada a ver com ivermectina, isso é falácia’”, relembrou.

Agora RN

No início da manhã deste domingo (28), Policiais Militares de Macaíba, em patrulhamento na RN-160, próximo ao Parque de Vaquejada São José, ao visualizarem uma moto parada, com dois homens em atitude suspeita, resolveram realizar uma abordagem.

Após a equipe se aproximar dos suspeitos. Um homem conseguir se evadir do local, mas um adolescente foi detido, juntamente com uma moto roubada e diversos pertences de origem duvidosa.

O adolescente e todos os objetos apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Plantão para os procedimentos cabíveis.

11º BPM (Via Instagram)

Neste sábado (28), o governo do Estado decretou suspensão de algumas atividades, mas outras poderão funcionar sem restrição, confira o que pode.

I – serviços públicos essenciais;
II – farmácias;
III – indústrias;
IV – postos de combustíveis;
V – hospitais e demais unidades de saúde e de serviços odontológicos e veterinários de emergência;
VI – laboratórios de análises clínicas;
VII – segurança privada;
VIII – imprensa, meios de comunicação e telecomunicação em geral;
IX – funerárias;
X – exercício da advocacia na defesa da liberdade individual;
XI – serviços de alimentação, exclusivamente para delivery; e
XII – serviços de transporte coletivo urbano.
§ 3º Em qualquer horário de suspensão da atividade prevista no inciso II do § 2º deste artigo poderão os estabelecimentos funcionar, desde que, exclusivamente, por serviço de entrega, inclusive por aplicativo.
§ 4º É permitido o deslocamento de trabalhadores entre seu local de trabalho e sua residência ou domicílio.

Foto: Jeferson Fernandes/PASCOM

Neste sábado (27), o governo do Estado decretou a suspensão de algumas atividades como medida de combate ao avanço do covid-19, entre elas a suspensão de missas e cultos presenciais. Em Macaíba, o município seguirá o decreto estadual, veja como será o funcionamento das igrejas e templos religiosos a partir desta segunda-feira (01).

Estão suspensas, a partir de 1º de março de 2021, as atividades coletivas de qualquer natureza como cultos, missas e congêneres em igrejas, espaços religiosos, lojas maçônicas e estabelecimentos similares.

Fica permitida a abertura dos estabelecimentos de que trata o caput exclusivamente para orações e atendimentos individuais, respeitadas as recomendações da autoridade sanitária, especialmente o distanciamento mínimo de 1,5 m (um metro e meio) entre as pessoas, a limitação de 1 (uma) pessoa para cada 5 m² (cinco metros quadrados) de área do estabelecimento e frequência não superior a 20 (vinte) pessoas.

Fica o dirigente do templo responsável por assegurar o controle e a higienização do local, bem como por orientar os frequentadores acerca dos riscos de contaminação, sendo vedado o acesso de pessoas do grupo de risco para o novo coronavírus (COVID-19).

Na noite deste sábado (27), policiais militares da 1ª Cia/11º Batalhão, em patrulhamento pela região de Mangabeira, receberam informações de que criminosos estariam furtando cabos de telefonia.

As diligências foram iniciadas. E rapidamente a equipe se deparou com os acusados de posse dos materiais usados para a prática criminosa e dos fios furtados.

Diante disso, os criminosos receberam voz de prisão e a ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Plantão Zona Sul para os procedimentos cabíveis.

11° BPM (Via Instagram)

A prefeitura de Macaíba, através da secretaria municipal de Saúde, realizou na manhã deste sábado (27) uma ação voltada à conscientização da população quanto os cuidados com a Covid-19 durante a feira livre do município, no centro da cidade.

Duas equipes da Saúde distribuíram máscaras de tecido e álcool em gel para prevenir o contágio pela Covid-19. Os profissionais de saúde também deram orientações sobre como se proteger e sobre o correto da máscara. A ação aconteceu das 7h às 10h.

Os profissionais de saúde foram muito bem recebidos pelos comerciantes locais, que elogiaram o trabalho da prefeitura. Tanto feirantes quanto o populares demonstraram preocupação e cuidado para não se contaminar com a Covid.

Com informações da Assecom

 

Encontro com Ciro Gomes em 31 de maio - Clube de Engenharia

Em entrevista à Folha de São Paulo, o ex-ministro Ciro Gomes voltou a defender “uma amplíssima união de centro-esquerda” para derrotar o presidente Jair Bolsonaro em 2022.

“Nesse quadro de hiperfragmentação, quem for contra o Bolsonaro no segundo turno tem tendência de ganhar a eleição. O menos capaz disso é o PT. Por isso, a minha tarefa é necessariamente derrotar o PT no primeiro turno”, afirmou.

O pedetista disse também que o ex-presidente Lula escolheu Fernando Haddad como pré-candidato “porque não fará sombra a ele nem hoje nem jamais”. “Ou seja, quer replicar a escolha da Dilma [Rousseff]”, disse.

Fonte: O Antagonista

 

Amazonia 1, satélite de Observação da Terra .

INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

Será lançado no início da madrugada deste domingo (28) o foguete que levará, consigo, o Amazonia 1 – o primeiro satélite de observação da Terra totalmente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil. O lançamento, previsto para ocorrer à 1h54 (horário de Brasília), será transmitido ao vivo pela Agência Brasil e pela TV Brasil.

O Amazonia 1 será colocado em órbita pela missão PSLV-C51, da agência espacial indiana Indian Space Research Organisation (ISRO). Com seis quilômetros de fios e 14 mil conexões elétricas, o satélite integra a Missão Amazonia 1, que tem, por objetivo, fornecer dados de sensoriamento remoto para observar e monitorar o desmatamento, especialmente na região amazônica, além de monitorar a agricultura no país.

“O satélite Amazonia 1, que é de sensoriamento remoto óptico, vai dar autonomia ao Brasil para melhor monitorar seus diversos biomas, seus mares e todos os alvos de interesses que temos, porque é um satélite que estará sob domínio completo do Brasil”, explica o presidente da Agência Espacial Brasileira, Carlos Moura, que acompanha comitiva na Índia. “O momento de um lançamento como esse é o coroamento de esforços que duram muitos anos, às vezes dezenas de anos. Para alguns profissionais, é o desafio da carreira. O Amazonia 1 coroa esse esforço do Brasil que vem lá de 1979, 1980, com a Missão Espacial Brasileira, de o país ser capaz de desenvolver o satélite próprio de sensoriamento remoto óptico”, disse Carlos Moura.

O Amazonia 1 vai gerar imagens do planeta a cada 5 dias. Sob demanda, poderá fornecer dados de um ponto específico em 2 dias – o que, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), ajudará na fiscalização de áreas que estejam sendo desmatadas, bem como na captura de imagens onde haja maior ocorrência de nuvens. De acordo com o instituto, o novo satélite possibilitará também o monitoramento da região costeira, de reservatórios de água e de florestas (naturais e cultivadas). Há, ainda, a possibilidade de uso para observações de possíveis desastres ambientais.

Olhar para dentro

Segundo o presidente da Agência Espacial Brasileira, tanto as missões que miram o ambiente terrestre como as que miram outros corpos celestes são de grande importância. “Os sistemas espaciais – os satélites que observam a Terra a partir de um ponto de vista privilegiado – nos permitem conhecer melhor os nossos oceanos, os nossos biomas, a nossa atmosfera, compreender melhor esse conjunto de fatores que fazem com que este planeta, até onde se saiba, seja o que contém as melhores condições de vida na forma como nós a conhecemos”, disse. “[Também é importante] se projetar para outros corpos celestes, tentando entender melhor como eles evoluíram e o que acontece com eles. Existem missões que procuram entender como ocorreu a evolução de outros corpos, se houve vida ou não, se eles têm componentes materiais que podem ser úteis para humanidade ou não”, acrescentou.

Missão Amazonia e Plataforma Multimissão

A Missão Amazonia pretende lançar, em data a ser definida, mais dois satélites de sensoriamento remoto: o Amazonia 1B e o Amazonia 2. “Os satélites da série Amazonia serão formados por dois módulos independentes: um módulo de serviço – que é a Plataforma Multimissão (PMM) – e um módulo de carga útil, que abriga câmeras e equipamentos de gravação e transmissão de dados de imagens”, detalha o Inpe.

Além de ajudar no monitoramento do meio ambiente, a missão ajudará na validação da Plataforma Multimissão como base modular para diversos tipos de satélites. Essa plataforma representa, segundo o Inpe, “um conceito moderno de arquitetura de satélites, que tem o propósito de reunir em uma única plataforma todos os equipamentos que desempenham funções necessárias à sobrevivência de um satélite, independentemente do tipo de órbita.”

Entre as funções executadas pela plataforma estão as de geração de energia, controle térmico, gerenciamento de dados e telecomunicação de serviço – o que possibilitará a adaptação a diferentes cargas úteis, além de reduzir custos e prazos no desenvolvimento de novas missões.

“Essa competência global em engenharia de sistemas e em gerenciamento de projetos coloca o país em um novo patamar científico e tecnológico para missões espaciais. A partir do lançamento do satélite Amazonia 1 e da validação em voo da PMM, o Brasil terá dominado o ciclo de vida de fabricação de sistemas espaciais para satélites estabilizados em três eixos”, informa o Inpe.

Entre os ganhos tecnológicos que a missão deverá render ao país, o Inpe destaca, além da validação da PMM, a consolidação do conhecimento do país no ciclo completo de desenvolvimento de satélites; o desenvolvimento da indústria nacional dos mecanismos de abertura de painéis solares, o desenvolvimento da propulsão do subsistema de controle de atitude e órbita na indústria nacional e a consolidação de conhecimentos na campanha de lançamento de satélites de maior complexidade.

Agência Brasil