Descrição do autor

Administrador

Um estudo sobre assassinatos no mundo, divulgado nesta quinta-feira (10) pelo Escritório da Nações Unidas sobre Drogas e Crime, em Londres, aponta que o Brasil registra 11,4% do total de mortes do planeta.

Segundo o estudo da ONU , 437 mil pessoas foram mortas em 2012 no mundo; desses, 50.108 foram no Brasil. As maiores taxas de homicídios no planeta estão na América Latina e África.

O levantamento relata preocupação com o crescimento dos casos no Norte e Nordeste do país.

Segundo o texto, a taxa média de homicídios brasileira — 25,2 por cada 100 mil habitantes– é quatro vezes maior que a mundial, que ficou em 6,2 para 100 mil.

Honduras registrou a maior taxa, de 90,4. Na América do Sul, o ranking é liderado pela Venezuela (53,7 por 100 mil), seguido por Colômbia (30,8) e Brasil.

Os dados mundiais apontam que 80% das vítimas de homicídio são homens, que também são os assassinos em 95% dos caso.

“Mais da metade das vítimas de homicídios têm menos de 30 anos de idade, com crianças menores de 15 anos de idade representando pouco mais de 8% de todos os homicídios”, aponta o estudo.

Falsa estabilidade

O relatório cita o Brasil como “um bom exemplo de estabilidade na taxa de homicídios”, mas afirma que os números vem “disfarçando disparidades regionais.”

Os dados brasileiros usados como referência para o estudo são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que aponta Alagoas como o Estado mais violento do pais, com taxa de homicídio de 76,3 por cada 100 mil habitantes –se fosse um país, seria o segundo mais violento do mundo.

“Apesar de a taxa de homicídios pouco ter mudado ao longo dos últimos 30 anos, houve mudanças significativas nos seus diferentes estados. As taxas de homicídio caíram nos Estados e cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, mas eles têm subido em outras partes do país, especialmente no Norte e Nordeste”, destaca.

O exemplo de crescimento da violência nas duas regiões está na alta de taxa de homicídios, que subiu quase 150%, entre 2007 e 2011, nos Estados da Paraíba e Bahia.

A única exceção à tendência de crescimento nas duas regiões é Pernambuco, “que experimentou uma diminuição da sua taxa de homicídios durante esse período de tempo, embora ele ainda está em um nível elevado.”

UOL

.                            iu6i48iw4t34t3

O acordão, aliança política entre tradicionais adversários políticos para as eleições deste ano, resolve apenas os problemas eleitorais do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB), da vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria (PSB), e do deputado federal João Maia (PR). Os mandatos de Henrique e João Maia encerram no dia 31 de dezembro deste ano e, por conta disso, buscam novas eleições, sendo que Henrique para o governo do Estado e João para vice-governador. Já a vice-prefeita Wilma de Faria tem mandato até 31 de dezembro de 2016, mas pretende melhorar a posição no quadro político estadual ao tentar ocupar a cadeira que é do pai do ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB), Garibaldi Alves (PMDB), no Senado Federal, até o dia 31 de dezembro deste ano. A opinião é do presidente do Partido dos Trabalhadores no Rio Grande do Norte, Eraldo Paiva, pré-candidato petista a deputado estadual. Ele classifica a união entre Henrique, Wilma e João Maia como “aliança do medo e da desconfiança”.

“A aliança do medo com a desconfiança. É assim que classifico essa aliança entre PMDB, PSB, PR e outros partidos no Rio Grande do Norte. Na verdade estão tentando resolver os problemas deles, não estão preocupados em um projeto para o RN. É o acordão que se formaliza no Estado”, avalia Eraldo Paiva, em entrevista ao Jornal de Hoje no início da tarde desta quinta-feira. “Na verdade, eles têm um histórico e desconfiança e medo de disputaras as eleições um contra o outro. Por isso a chapa do medo e da desconfiança”, justificou Eraldo.

O vereador são-gonçalense defende a chapa que poderá ter o vice-governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, presidente estadual do PSD, como candidato a governador, e a deputada federal Fátima Bezerra, do PT, disputando o Senado. “Vamos apresentar um projeto. Tanto que estamos fazendo seminários regionais. Amanhã será em Ceará Mirim”, diz Eraldo. Com relação à chapa proporcional, que tem causado instabilidade na aliança em formação, Eraldo afirmou que o tema está sendo discutido, mas não se encontra definido. “O PT tem um pensamento que vem sendo discutido e apresentado já há um bom tempo com os partidos e com o partido internamente. Essa é uma questão que para nós do PT e do PSD não será problema. Estamos trabalhando para montar uma nominata para estadual puro sangue. Mas primeiro temos que discutir a aliança majoritária. A discussão proporcional é secundária”.

Na visão do vereador Eraldo Paiva, o principal, no momento, é consolidar a chapa majoritária, com Robinson e Fátima. “Vamos construir a candidatura da Fátima para o Senado e a de Robinson para o governo. No momento certo, vamos discutir vice-governador e Senado”, disse Eraldo, negando que a formação da chapa proporcional se constitua problema para a coligação a ser formada. “Não recebi ainda nenhuma informação por parte do presidente estadual do PSD no sentido de que não haverá aliança majoritária se não houver aliança proporcional. O PT vai construir ainda e, no momento certo, irá dialogar com os partidos que irão compor conosco, como PHS, PTB, Solidariedade, PSDC e PEN”, declarou. “O PT vai construir sua decisão. Temos vários nomes colocados para deputado estadual e federal”.

O jornal de hoje

Grande Ponto- Por ser prefeito e médico

O prefeito Fernando Cunha dedicou parte da sua quarta-feira (9) ao atendimento médico no ESF da Morada da Fé. Foi o suficiente para algumas poucas críticas surgirem, alegando que Dr. Fernando estaria aproveitando-se da falta de um profissional para projetar-se.

Ora, puro contra-senso. Qualquer um que tenha compreensão mediana viu que ele estava alí cumprindo sua obrigação como prefeito e médico, justamente resolvendo a demanda urgente do bairro, por uma questão ética.

O curisoso é que no exato momento em que um dos críticos bradava na calçada da unidade de saúde, um familiar seu era atendido pelo médico Fernando Cunha. Aliás, a sala de espera estava cheia de familiares do homem que provou estar mais incomodado com a atuação positiva do prefeito que com a falta de médico no ESF. A coincidência foi hilária.

Há vagas

Aliás, sobre a falta de médicos, o GrandePonto conversou com a secretária municipal de Saúde, Silvana Cosme. Ela informou que o município pretende contratar 06 profissionais nos próximos dias, suprindo totalmente a necessidade, mas a principal dificuldade é encontrar médicos dispostos a cumprir 40 horas semanais de trabalho, como manda a Lei a qualquer trabalhador. Existem outros municípios enfrentando este mesmo problema. Silvana também disse que o médico contratado por meio do “Mais Médicos” está impedido de trabalhar devido problemas cadastrais junto à coordenação nacional do Programa.

“A prefeitura está com vagas abertas para médicos. Estamos à procura faz tempo. Queremos cobrir toda a rede o mais rápido possível. O Município oferece um salário de R$ 9,5 mil, mas exigimos eficiência e 8 horas diárias, sem exceção”, afirmou a secretária.

Blog Macaíba no Ar

Vamos só lembrar a população que a gestão desde semana passada estava sabendo da falta de organização quando o prefeito faz atendimento nos postos de saúde, a matéria feita pelo blog não tem o intuito de criticar o prefeito, foi apenas algo que relatamos e colocamos no ar, pois semana passada o Editor do Macaíba no Ar esteve na prefeitura e relatou a gestão que a falta de organização estava deixando uma má impressão.

Em janeiro deste ano nos chegou a informação que o prefeito estinha feito atendimento no PSF Campinas, a pessoa que nos relatou o fato disse que foram entregues 80 fichas e que menos de 60 pessoas foram atendidas, sendo que o restante das pessoas que não tinham sido  atendidas seriam consultadas após dois dias quando o PSF  teria médico novamente, o fato não agradou às 20 pessoas o que deixou uma má impressão, o ocorrido deixou várias pessoas indignada por não terem sido atendidas, após saber o fato ocorrido no bairro campinas, fomos até a gestão e lá contamos o caso, questionamos o porque entregar tantas fichas, já que não teriam condições  de atender à todos, após essa conversa preferíamos não relatar no blog, pois em nosso entender o fato não iria ocorrer mais.

Divulgar o ocorrido não agradou parte dos simpatizantes do um novo tempo, já em relação ao grande ponto afirmar que “O curisoso é que no exato momento em que um dos críticos bradava na calçada da unidade de saúde, um familiar seu era atendido pelo médico Fernando Cunha. Aliás, a sala de espera estava cheia de familiares do homem que provou estar mais incomodado com a atuação positiva do prefeito que com a falta de médico no ESF”  afirmativa não relata a verdade.

O Blog Macaíba no Ar sempre está em contato com a gestão e nessas conversas sempre pedimos melhorias em alguns serviços prestados pela prefeitura, e também damos parabéns quando algo feito pela prefeitura dá certo, o blog é independente, não somos ligados a nenhum  partido, e também não fazemos parte de gestão alguma.

O reajuste varia para residências e indústrias, por exemplo

A conta de energia elétrica poderá chegar mais cara às casas dos potiguares a partir do dia 22 deste mês. O percentual do reajuste anual sobre a tarifa deverá ser definido no próximo dia 15, durante reunião da área de regulação econômica da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). De acordo com informações da Agência, a proposta de reajuste tarifário anual encaminhada pela Cosern considera um índice de 17,69%, mas esse valor poderá mudar.

O peso do reajuste varia de acordo com a classe de consumo. Há o grupo em que se incluem as residências e que representa cerca de 99% dos clientes da concessionária. São os consumidores de baixa tensão. Por outro lado, existem as indústrias e empresas comerciais, que são consumidores de alta tensão.

Conforme a agência, o processo de reajuste começa com o cálculo de um percentual médio por parte da Cosern, agregando as duas classes de consumo. A concessionária envia essa proposta a Aneel, que então analisa os cálculos remetidos, tomando por base informações como a variação de custos que a empresa teve no decorrer do período de referência. 
De acordo com a Aneel, a fórmula de cálculo inclui custos típicos da atividade de distribuição, sobre os quais incide o Índice Geral de preços do Mercado (IGP-M) e o Fator X (índice fixado pela Aneel na época da revisão tarifária), além de outros custos que não acompanham necessariamente o índice inflacionário, como energia comprada de geradoras, encargos de transmissão e encargos setoriais. Os índices aprovados são o máximo que as empresas podem praticar.
A Aneel informou ainda que a data prevista para a reunião da área de regulação econômica da Agência poderá ser alterada, mas até o dia 21 deste mês a nova tarifa terá que estar definida para começar a vigorar no dia 22.
A Cosern comunicou através de sua assessoria que a Aneel é quem estabelece o reajuste, e no caso da companhia, como distribuidora, cabe repassar o reajuste definido pela agência aos consumidores no dia 22 de abril.
Tribuna do Norte

                               Karen Bleier - 21.dez.2010/AFP

Na madrugada da próxima terça-feira o continente americano poderá observar um eclipse lunar, o primeiro de uma tétrade de “luas de sangue” que ocorrerá aproximadamente a cada seis meses e que se repetirá apenas sete vezes neste século, informou nesta quarta-feira a Nasa.

Os eclipses totais da Lua, quando o satélite cruza o cone de sombra da Terra, são pouco frequentes e o último ocorreu em 10 de dezembro de 2011.

A última vez que aconteceu uma série de quatro eclipses lunares totais ocorreu entre 2003 e 2004.

O fenômeno esteve rodeado ao longo da história de muitas superstições e referências a profecias sobre desastres naturais de grande magnitude.

A agência aeroespacial americana explicou que o eclipse começará no dia 15 de abril às 8h (horário GMT, 5h de Brasília) quando a beira da Lua ingressar no centro da sombra da Terra, que é de cor âmbar.

É durante esse período que a Lua é vista da Terra com uma cor avermelhada causada pela luz do Sol e matizada por sua passagem através da atmosfera terrestre, algo similar à coloração que adquire a luz solar nos crepúsculos.

A totalidade do eclipse vai acontecer durante um período de 78 minutos que começará aproximadamente uma hora mais tarde e, se as condições meteorológicas permitirem, o fenômeno poderá ser observado em quase todo o continente americano.

UOL

                            

A apresentadora do “SBT Brasil”, Rachel Sheherazade, negou rumores de que foi afastada de seu posto no telejornal e de que sofre retaliações no SBT. Em entrevista por e-mail à Folha, disse que a emissora “sempre apoiou a liberdade de pensamento e expressão”.

Sheherazade não aparece na bancada do telejornal do SBT desde 28 de março, quando anunciou suas férias até o dia 14 de abril no Twitter. Ela ficou conhecida por seus comentários de teor conservador e causou revolta quando disse compreender o comportamento de pessoas que amarraram um assaltante a um poste no Rio.

A apresentadora diz que sofre retaliação fora do SBT. “Há uma pressão política muito forte para que eu seja calada. PSOL e PCdoB entraram com representações contra meu direito de opinião e tentam cercear minha liberdade de expressão chantageando a emissora onde trabalho”, disse.

Ela diz que os partidos “ameaçam cortar verbas publicitárias estatais e até pedir a perda de concessão da emissora”.

“É clara a tentativa de censura por meio de intimidação. Não é possível que, em plena democracia, a mordaça prevaleça sobre a liberdade de expressão”, afirma a apresentadora.

Sheherazade se refere a representações movidas pelos partidos políticos na Procuradoria-Geral da República. Em fevereiro, a bancada do PSOL no Congresso protocolou uma representação para que SBT e Sheherazade respondam civil e criminalmente por apologia ao crime.

Em março, foi a vez do PCdoB. A bancada do partido na Câmara entrou com representação também contra a apresentadora e a emissora por crime de apologia e incitamento ao crime, à tortura e ao linchamento.

Liderada pela deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), a recomendação pediu ainda à Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República que reveja as verbas publicitárias repassadas pelo governo ao SBT.

“Nós não queremos calar a Sheherazade. O que a gente não admite é que o SBT dê guarida à incitação ao crime. Uma coisa é a liberdade de expressão e de opinião. Outra coisa é cometer apologia ao crime”, disse Feghali à Folha.

O Ministério Público Federal em São Paulo confirmou que avalia a parte da representação que diz respeito às verbas publicitárias da União.

Em entrevista ao site Congresso em Foco, falando em tese e ressaltando não conhecer bem o caso, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse ver com “muita preocupação” a denúncia contra a apresentadora.

Folha de São paulo

Mais uma vez o médico prefeito Fernando Cunha esteve fazendo atendimento em mais um PSF da cidade de Macaíba, o prefeito realizou consultas no PSF do bairro Morada da Fé o dia todo, para a população é uma ação paliativa de efeito rápido, não será consultas de última hora que irá resolver os problemas dos postos de saúde  do município. Em um dos relatos que conseguimos ao conversar com Dona Maria de 76 anos, que depois de duas semanas sem conseguir trocar sua receita de medicamento de pressão por falta de médico, ela conta que só foi atendida depois das 16 horas da tarde, e que faltou  organização, pois foram entregues fichas acima da capacidade de que um médico pode atender, segundo ela muitos idosos saíram reclamando pela demora, o blog já havia relatado o fato de  quando o prefeito realiza consultas são entregues fichas em excesso.

A Procuradoria Regional Eleitoral no Rio Grande do Norte (PRE/RN) ingressou nessa terça, 8, com uma representação por propaganda eleitoral antecipada contra o Partido da Solidariedade (SDD) e os pré-candidatos Kelps Lima e Rafael Motta. Para a PRE/RN, os dois não aguardaram o início do período em que a propaganda eleitoral é autorizada para fazer campanha política, durante o carnaval, na cidade de Apodi, onde montaram o Camarote 77 (número do partido) e distribuíram adesivos de campanha com o número da legenda, além de realizar reuniões políticas.

De acordo com a representação, a distribuição de adesivos e os atos dos representados contribuíram decisivamente para difundir o nome dos pré-candidatos, ampliando a popularidade e favorecendo a visibilidade perante a opinião pública. “Quando os demais candidatos, cumpridores da legislação eleitoral em vigor, entram na disputa no período próprio para a propaganda eleitoral, já se encontram em situação absolutamente desigual em relação aos que, pela visibilidade angariada, já se tornaram velhos conhecidos da população.”

Se for julgada procedente pelo Tribunal Regional Eleitoral, a multa aplicada pode variar de R$ 5 a R$ 25 mil. A propaganda eleitoral fora do prazo é irregularidade prevista pelo artigo 36 da lei eleitoral (Lei nº 9504/97). De acordo com a legislação, tal propaganda somente é permitida a partir de 6 de julho.

MPF-RN

                              

Um posto de combustível localizado nas margens da BR 226 em Mangabeira mais uma vez foi alvo de criminosos. As 19hs dois meliantes em uma moto foram ate o posto e anunciaram o assalto com um revolver em punho. Os criminosos queriam todo o dinheiro apurado que os frentistas tinham na mão, depois dos criminosos conseguiram o que queriam foram embora. A Policia Militar esteve no local, mais o que pode fazer foi apenas colher informações.

Connecttv

Dois jovens foram assassinados a tiros, na comunidade Rio da Prata, em Macaíba, na noite desta terça-feira (8). Jonathan Douglas Pereira Roberto, de 23 anos, e João Paulo de Oliveira Rocha, de 24 anos, foram mortos a tiros. No momento do duplo homicídio, sete pessoas estavam no local, entre elas uma criança.

Informações repassadas pela polícia dão conta que dois homens encapuzados entraram pelos fundos da granja e foram direto até onde estavam os jovens. João Paulo, ainda segundo a polícia, trabalhava no ramo de funerária e era o proprietário da granja onde aconteceram os assassinatos.

Já Jonathan era vizinho dele. O pai de João Paulo, o senhor Fernando Rodrigues, as vítimas não tinha envolvimento com drogas nem com ilícitos e, por isso, o crime é um mistério. A casa ficou com várias marcas de tiros. Ainda de acordo com testemunhas, os criminosos chegaram ao local e não falaram nada.

Logo após atirarem nos dois jovens, os bandidos fugiram e não chegaram a praticar nenhum tipo de violência física com as outras pessoas que estavam na granja.

Portal B.O

Em sessão tumultuada, a comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou CPI para investigar a Petrobras, o cartel do metrô e o porto de Pernambuco
            CCJ do Senado aprova CPI para apurar Petrobras, cartel do metrô e porto de PE

Em sessão tumultuada, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou nesta quarta-feira (9) o parecer do senador Romero Jucá (PMDB-RR) para instalar de uma CPI que investigue não só a Petrobras, mas também denúncias de casos que envolvem partidos de oposição, como os cartéis de trens paulistas e o porto de Suape, em Pernambuco. O relatório atende aos interesses do governo, que quer ampliar o escopo de investigação para tirar o foco da estatal.

Antes da deliberação sobre o escopo de investigação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), se ampla ou restrita à Petrobras, o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) pediu a suspensão da votação. Por 13 a 10, a solicitação do tucano foi indeferida. Após a derrota, oposição deixou a sessão em protesto.

Em seguida, o relatório de Jucá foi declarado aprovado pelo presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB). O relatório será enviado agora para o plenário do Senado. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que espera um trâmite rápido.

Durante a sessão, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) ameaçou também entrar com um mandado de segurança no STF (Supremo Tribunal Federal) para que a CPI proposta pela oposição seja indeferida.

“Também apresentaremos um mandato de segurança com base dos mesmos argumentos [de que não se aplica uma investigação de assuntos desconexos defendidos pela oposição] para que se conceda uma liminar para suspender o requerimento 302 [CPI da oposição] por não atendimento de requisito constitucional”, defendeu Gleisi.

“Só nos resta aguardar a decisão do Supremo”, disse o senador Aloysio Nunes após o fim da sessão.

Informações do UOL