Descrição do autor

Administrador

Agência Brasil – Uma menina de 8 anos de idade morreu baleada ontem à noite (20) com um tiro nas costas, quando estava dentro de uma kombi na comunidade da Fazendinha, Complexo do Alemão, zona norte do Rio, acompanhada da avó.

A menina Ágatha Félix foi levada às pressas para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, mas não resistiu ao ferimento. De acordo com relatos de moradores pelas redes sociais, o tiro teria sido disparado por militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), que atiraram contra ocupantes de uma motocicleta em fuga.

Os moradores da Fazendinha, no Complexo do Alemão, fazem uma manifestação na comunidade, em protesto contra as mortes ocorridas recentemente na região. Em maio, o professor de jiu-jitsu  Jean Rodrigues da Silva Aldrovande também foi vítima de uma bala perdida.

Uma das mães que estava na praça ontem à noite, mas que não quis se identificar, criticou a forma como a polícia age na comunidade. “Não é de qualquer jeito que se entra na comunidade. A rua estava lotada. Do nada se ouviu uma rajada. Todos que estavam nas ruas saíram correndo e se esconderam. A dor da mãe da Ágatha é a mãe de todos nós do Alemão”.

Outra mãe, que se identificou como Daiana, disse que tem um filho de 9 anos e reivindicou mais políticas públicas para a região. “Eu estou com a minha voz embargada. Aqui tem pessoas que tem sonhos e essa criança teve o sonho interrompido. Cadê o esporte? As ações sociais? O governo tem meios de fazer alguma coisa por nós. É uma voz pequena que pede socorro”.

Polícia

Em nota, a Polícia Militar informou que, por volta das 22h desta sexta-feira, (20), equipes policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Fazendinha, que estavam baseadas na esquina da Rua Antônio Austragésilo com a Rua Nossa Senhora, foram atacadas de várias localidades da comunidade de forma simultânea. Os policiais revidaram à agressão.

A nota diz que após o confronto, não foram encontrado feridos na varredura do local. “Na sequência, os policiais foram informados por populares que um morador teria sido ferido na localidade conhecida como Estofador”.

Uma equipe da UPP se deslocou até o Hospital Getúlio Vargas e confirmou a entrada de uma criança de 8 anos ferida por disparo de arma de fogo.

A Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) vai abrir uma apuração para verificar todas as circunstâncias da ação.

O Conselho Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do RN (CONECITI) se reuniu na manhã desta sexta-feira (20), no gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, à qual o órgão consultivo e deliberativo é vinculado. Na pauta, o Edital Centelha, apresentado por Bosco Freire (SEBRAE-RN); o V Congresso FAPERN e o Seminário de Inovação do RN, apresentados por Júlio Rezende (FAPERN); e o Parque Tecnológico Augusto Severo, apresentado pela Prof. Ângela Paiva Cruz (UFRN). A reunião foi liderada pelo coordenador de desenvolvimento energético e presidente suplente do Conselho Hugo Fonseca.

Representando o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte (SEBRAE-RN), João Bosco Freire falou sobre o Programa Centelha, que possui edital aberto até dia 14 de outubro para fomentar o empreendedorismo inovador, contemplando com recursos financeiros e capacitação de 20 mil empreendedores no país.

No Rio Grande do Norte, o SEBRAE será executor e principal responsável pelo aporte de recursos. Serão selecionados 15 projetos nas áreas de produtos e serviços com investimento total de R$ 800 mil. A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). Segundo Bosco Freire, o principal objetivo do Programa é estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no estado.

Outra ação que irá contribuir para o desenvolvimento de projetos inovadores no Rio Grande do Norte será o Congresso FAPERN, que anualmente reúne a comunidade acadêmica em torno de temas relevantes para a Ciência e Tecnologia no estado. Este ano, o Congresso será realizado em conjunto com o I Seminário de Inovação, promovido pelo Governo do Estado através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, voltado para o público corporativo e para o desenvolvimento de políticas públicas consonantes às demandas das cadeias produtivas. “O Seminário é uma iniciativa do Conselho, pautando, inclusive, temas das discussões que temos aqui dentro com o setor empresarial e representantes da sociedade civil organizada, e que queremos trazer anualmente para o evento”, esclareceu o coordenador de desenvolvimento energético Hugo Fonseca.

Dando continuidade à reunião do CONECITI, o projeto do Parque Tecnológico Augusto Severo – PAX foi apresentado pela Prof. Ângela Paiva Cruz, que coordena o empreendimento em parceria com o reitor da UFRN Daniel Diniz. O Parque será gerido através de uma Associação, formada por representantes do Governo do Estado (através da FAPERN), UERN, Prefeitura do Natal, Prefeitura de Macaíba, Prefeitura de Parnamirim, Prefeitura de São gonçalo do Amarante, IFRN, FIERN, SEBRAE, Instituto Santos Dumont (ISD), UFERSA e UFRN.

O Parque Tecnológico irá aproveitar a estrutura de um prédio de 15 mil metros quadrados localizado no Campus do Cérebro, em Macaíba, que foi concebido para ser uma escola de ensino fundamental mas que deixou de receber os recursos necessários por parte do Governo Federal. Na primeira etapa, serão ocupadas 36 salas, comportando administração, salas de reunião, empresas, aceleradoras, incubadoras, refeitório e banheiros.

O projeto prevê uma adaptação na infraestrutura, que atualmente é mantida pelo ISD. As adequações necessárias incluem um plano de combate a incêndios, rede de tratamento de esgoto, uma subestação de energia e planta de aterramento, alambrado para cercas, entre outras obras de infraestrutura e manutenção que somam investimentos da ordem de R$ 8 milhões.

Para tirar o projeto do papel, a equipe busca financiamento do Banco Mundial, através do programa Governo Cidadão, e outras fontes ainda serão captadas. “Esse Parque é o grande passo do RN para potencializar o que temos, em termos de energia e recursos naturais, e nos colocarmos diferentes no futuro. A gente quer criar esse ecossistema e que o público e o privado se complementem em busca do desenvolvimento econômico e social”, declarou Ângela Paiva. A Professora defendeu ainda uma revisão na legislação estadual voltada para a Ciência e Inovação, com o intuito de alavancar este e outros projetos que necessitam de recursos e que possuem grande potencial de retorno para o Estado a longo prazo.

Sargento Adailton Cristiano

A Polícia Militar informa que dois  suspeitos de participar do assassinato do sargento Adailton Cristiano já se encontram detidos e foram conduzidos à Delegacia de Plantão Zona Norte, a Polícia Militar continuará em diligência para capturar os demais envolvidos.

O sargento Cristiano ingressou na corporação no ano de 2000 e atualmente estava lotado no 11º Batalhão da Polícia Militar, em Macaíba.

A Polícia Militar lamenta a morte deste profissional de segurança pública, externando aos amigos, companheiros de trabalho e familiares, os nossos sentimentos de pesar.

Policial Militar foi morto em assalto na Grande Natal após ser reconhecido pelos bandidos — Foto: Redes Sociais

O sargento Adailton Cristiano, Policial Militar lotado no 11º Batalhão de Polícia de Macaíba, foi assassinado a tiros durante um assalto na noite dessa sexta-feira (20), na comunidade Córrego, zona rural de Macaíba. A vítima voltava para casa quando foi abordado pelos três criminosos. De acordo com o portal G1 RN, quando os criminosos perceberam que se tratava de um policial, mandaram o sargento ajoelhar e atiraram na cabeça dele. O carro dele não foi levado pelos bandidos.

Um suspeito foi preso e a polícia segue em diligência em busca dos outros dois criminosos.

 

De acordo com informações do Blog do BG, para aquecer o mercado de trabalho no Rio Grande do Norte. A Empresa de telecomunicações Brisanet abriu nessa segunda-feira (16) seleção para preencher 393 postos de trabalho em diversas áreas e faixas salariais na capital potiguar e região metropolitana.

Dentre as oportunidades estão profissionais instaladores de telecomunicações, vendas, atendimento, logística, finanças, recursos humanos, entre outras.

Para participar da seleção os interessados(a) devem se cadastrar no site da empresa clicando aqui até a meia-noite da próxima segunda-feira(23). Não é exigida graduação específica na área para a maioria das funções.

UTILIDADE PÚBLICA

Muitos leitores no Blog estão comentando em post anterior a sua disponibilidade para concorrência, mas precisam clicar no AQUI para cadastro de vagas e currículos. Somente através do link que se concorrerá as oportunidades.

Imagine aprender matemática brincando. Um sonho, não é verdade? Pois este é o projeto “Matemagia: a mágica dos números na matemática”, desenvolvido pelo Centro de Ensino Rural Alfredo Mesquita (CERU) de Traíras. A orientação do projeto é dos professores de Matemática e Ciências da escola e as atividades fazem parte do projeto “O universo circense na Educação: cultura, arte e literatura, aliadas por uma escola melhor”, promovido pela Secretaria Municipal de Educação (SME) em 2019.

No Matemagia, os estudantes do 6º ao 9º do ensino fundamental realizam uma serie de jogos lúdicos de adivinhação com base na álgebra simples e nas quatro operações básicas, adição, subtração, multiplicação e divisão. Tabela mágica, dominó mágico e até leitura de mente fazem parte da dinâmica que diverte alunos, professores, coordenadores e a comunidade.

A apresentação principal do projeto foi realizada nesta sexta-feira (20), na sede da escola com uma peça teatral. As atividades continuarão neste semestre, de acordo com o professor de matemática Itamar Carvalho. “Usamos os números para aprender a magia do circo, revelar segredos, coisas ocultas. Um incentivo para que eles olhem para a matemática de uma forma diferente e que tem melhorado o desempenho deles”, afirmou o professor.

É o que afirma a estudante Mariana dos Santos, de 12 anos de idade, do 6º ano. “Está sendo legal porque estou aprendendo matemática de forma divertida, praticando com os familiares. O professor também tem uma forma bem legal de trabalhar e está melhorando o desempenho na disciplina. Antes achava uma matéria difícil. É uma forma de termos um futuro melhor lá na frente”, disse a estudante.

Laissa de Moura, 32 anos, professora, é uma das moradoras que prestigiaram o Matemagia. Mãe do aluno Geldeson, do 6º ano, ela afirma estar orgulhosa da participação do filho e elogia a iniciativa. “Achei muito bom. É um atrativo a mais para ele na sala. Precisa de uns ajustes, mas está muito bom. Vi que ele está mais desinibido e fiquei muito feliz por vê-lo apresentando no teatro”, declarou.

Assecom

Policiais civis do 1º Distrito de Polícia (DP) de Parnamirim prenderam, na manhã desta sexta-feira (20), João Vitor Morais de Araújo, conhecido como “Vitinho”, 22 anos, e Valdeci Dantas de Medeiros Neto, conhecido como “Valdeci”, 18 anos. A prisão ocorreu no bairro Santos Reis, no município de Parnamirim, e se deu em cumprimento a mandados de prisão preventiva, referentes à prática de crime de roubo.

Ana Paula dos Santos, que é companheira de Valdeci Dantas, foi conduzida coercitivamente à delegacia, por determinação judicial, e, após ser ouvida, foi liberada. Os dois homens foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

PC/Assecom

Resultado de imagem para edi do posto da maré

O Informativo Atitude descreveu na tarde desta sexta-feira (20), como surgiu a pré-candidatura de Edielias, conhecido popularmente como Edi do Posto da Maré.

Confira na íntegra:

Dez meses atrás no Alto Comando 

Comando Geral: Risos. Você quer colocar um atendente como pré-candidato a prefeito de Macaíba?  (Mais risos compartilhados agora por outros membros do Alto Comando).

General Lima: Sim, estou justamente aqui para pedir autorização.

Comando Geral: Nossa autorização? Você acha que ele tem alguma chance contra o presidente da Câmara? Um vice-prefeito? Um delegado? Uma ex-prefeita e dois vereadores que também almejam a Prefeitura? Eu acredito na Câmara e na força dos dez vereadores. E você acredita em quem?

General Lima: Eu acredito no ser humano que ele é. Tudo que estou pedindo é apenas que me deixem agir. A história nos mostrou que a política vem se transformando a cada dia, basta olhar para as últimas campanhas.

Então, vendo que ninguém compartilhava da minha visão, decidi me levantar da reunião. Quando vou me aproximando da porta, o comandante geral fala: “Nós não daremos a você autorização que você pediu, mas também não vamos impedi-lo, afinal, dificilmente alguém não vai interpretar seus argumentos como uma piada.

Naquele momento, eu segurei a maçaneta da porta e sorri, pois, inconscientemente, ele disse tudo que eu queria ouvir para seguir adiante.

Peregrinação 

Depois da reunião com o Alto Comando, iniciei uma verdadeira peregrinação, falei com quase todos os vereadores, procurei primeiro o mais próximo que, assim como o Alto Comando, apenas riu, se recusando a abraçar o projeto. Eu respeitei sua opinião, afinal, eramos do mesmo time, apenas torcíamos por jogadores diferentes. Bem, com quase todos os vereadores foi assim, apenas uma que teve a coragem de abraçar o projeto que certamente no início, assim como eu, ela também foi chamada de louca por todos os vereadores da base. Pouco tempo depois, além de um vereador, já contávamos com um grupo de pessoas que abraçaram de forma natural o projeto. O projeto “Edi do Posto da Maré”, que hoje na net é “Edi do Povo“.

Hoje

Tudo mudou, Edi é visto hoje pela oposição como o candidato mais forte da situação, liderando com folga todas as mídias sociais, forçando Bob Filho a procurar até mesmo uma assessoria de mídias sociais para ajudar no seu projeto político. Já Netinho teme ser superado por ele nas pesquisas. Por outro lado, o Alto Comando ficou surpreso com o “Pequeno Grande Homem” e com a forma que a oposição se comporta com o seu nome.

Mérito 

Para mim, o único mérito dele estar onde está hoje é dele. Ele nunca foi político, não é um delegado, mas é um ser humano excepcional que não mede esforços para ajudar ao próximo. Então Edi, foram suas ações muitas vezes narradas nas mídias sociais por pessoas, que vêm em você o ser humano que você é, cara sem maldade e de princípios, que está sempre disposto a dar o seu melhor. Foram essas qualidades que te trouxeram até aqui. Bem, esse foi um pequeno resumo da nossa história. Ou seja, Edi do Posto da Maré não é criação de laboratório político, mas da própria população que o vê o como um cidadão que sabe e vivencia a realidade do povo no seu dia a dia. Alguém que tem origem humilde e popular e que pode fazer toda a diferença no futuro.

Através do Programa Viver sem Limites do Ministério da Saúde – Coordenação Geral de Saúde da Pessoa com Deficiência (CGSPD), a Secretaria de Saúde de Macaíba foi contemplada com dois modernos furgões adaptados para transportar e atender às necessidades desses pacientes no município e região. Um investimento de mais de 366 mil reais.

Os veículos serão cedidos para utilização do Instituto de Ensino e Pesquisa Alberto Santos Dumont, por meio de seu Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi.

Estiveram presentes no ensejo da oficialização da cessão, na manhã desta sexta-feira (20/09) no Palácio Auta de Souza, o vice-prefeito Auri Simplício; a secretária municipal de Tributação, Ulibna Kelry; o secretário municipal adjunto de Saúde, Werbert Moura; e os representantes do Instituto Santos Dumont: Lilian Lisboa, gerente do Centro Anita Garibaldi, e Edgard Morya, coordenador de pesquisa do Centro Anita Garibaldi.

“Com esses transportes, a gente vai possibilitar o acesso facilitado desses pacientes ao tratamento e vamos montar uma rota para que cheguem até o Centro de Educação e Pesquisa onde nossas atividades estão sendo desenvolvidas, onde temos instrumentos que auxiliam bastante na reabilitação.”, expressou Lilian Lisboa.

Com a participação de 16 estados, foi encerrada nesta sexta-feira, 20 de setembro, a operação Mata Atlântica em Pé, ação executada por diversas unidades do Ministério Público brasileiro dirigida a combater o desmatamento e garantir a proteção de regiões que integram o bioma da Mata Atlântica. No Rio Grande do Norte, as fiscalizações foram feitas com Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) e culminaram na vistoria de três áreas devastadas, em Mossoró, Nísia Floresta e Macaíba. Os locais foram desmatados para plantio de cana-de-açúcar.

Os proprietários foram identificados e vão ser notificados para se manifestar. No entanto, como os três não têm autorização para a supressão da vegetação emitida pelo Idema, deverão ser autuados para tomar as providências cabíveis.

A coordenação nacional dos trabalhos foi conduzida pelo promotor de Justiça Alexandre Gaio, do Ministério Público do Paraná, que atua junto ao Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Proteção ao Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo (CAOPMAHU). No RN, a atuação foi conduzida pela coordenadora do Caop Meio Ambiente, Mariana Barbalho, em conjunto com as Promotorias de Justiça de Mossoró, Macaíba e Nísia Floresta.

O trabalho de fiscalização foi feito com suporte de satélite e atlas desenvolvidos pela SOS Mata Atlântica e Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Entre as metodologias, foram avaliadas imagens comparativas do estado atual dos imóveis e a situação em períodos anteriores.

Participaram da operação os Ministérios Públicos de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

O projeto de pesquisa “Encontros literários: a formação do leitor e escritor jovem” é coordenado pelos Professores Julianne Pereira dos Santos e Rafael Borges, e tem como objetivo a formação do leitor e escritor jovem. A atividade foi idealizada no ano de 2017 e colocada em prática a partir de 2018. Os docentes, na tentativa de estimular a leitura e torná-la mais reflexiva e produtiva, pensaram nos encontros semanais.

Inicialmente, os encontros foram pensados sob a perspectiva dos estudantes lerem, discutirem e debaterem textos de autores consagrados, dos quais gostavam e se identificavam. Segundo Julianne, inicialmente os encontros aconteceram dessa forma, mas a proposta inicial apresentada foi sendo alterada ao longo dos encontros. “No começo foi assim, mas depois eles começaram a mandar textos através do e-mail do grupo de leitura, uns de forma anônima e também sob pseudônimos”, comenta.

Os estudantes também passaram a inserir os textos de própria autoria. A docente fala que a iniciativa dos alunos foi algo inesperado. “Para a gente foi maravilhoso porque era uma demanda que não estávamos esperando e foi muito crescente, então além do encontro de leitura, se tornou também um encontro de escrita”, afirma.

O ambiente é caracterizado como um lugar de acolhimento, onde os discentes se sentem à vontade para compartilhar as próprias escritas. Outra característica do encontro é que este não possui um método avaliativo ou crítico, ou seja, o objetivo é estar ali para debater acerca das leituras e fazer reflexões a partir delas. Exemplos do que é feito na atividade é o que a leitura desperta e o que os textos despertam sobre determinada temática.

O debate sobre sociedade, sobre temas existenciais, sobre a vida, o amor e adolescência são pautas abordadas no encontro a partir das leituras realizadas.

No ano passado foi feito um livro com os trabalhos de autoria dos próprios alunos e também textos dos idealizadores do projeto. Junto ao lançamento do livro, foi realizado um colóquio com alunos e professores, onde alguns desses docentes falaram acerca da importância da leitura e a formação do jovem leitor.

A evolução dos alunos quanto à leitura e escrita também é algo perceptível. Alguns deles participam desde o ano passado e é evidente um maior envolvimento com a leitura e uma maior afinidade com a escrita, o que os torna cada vez mais reflexivos e críticos quanto à determinados temas.

A coordenadora do projeto diz ainda que outra motivação para o surgimento dos encontros foi o fato de sempre estar ligada à literatura. “Acho que, enquanto professora, não tem como fugir da importância da leitura. Tanto eu quanto Rafael, nós tínhamos esse interesse do estímulo à leitura, e na sala de aula não tem como trabalhar tanto esse aspecto quanto gostaríamos, por isso idealizamos a atividade”.

Os coordenadores têm a perspectiva de seguir com o projeto e esperam que ele dure por muito tempo. Pretendem também realizar atividades semelhantes ao lançamento do livro do ano passado. Outro objetivo é de que o projeto cresça ainda mais, fazendo com que a comunidade acadêmica tenha interesse, participe e se envolva com as ações do grupo.

Os encontros literários acontecem às quintas feiras ao meio dia, no prédio do Ensino Médio da EAJ.

Resultado de imagem para deputado josé dias

O deputado José Dias (PSDB) após destinar uma emenda no valor de R$ 150 mil para Macaíba, informou ao prefeito Fernando Cunha que irá destinar mais R$ 100 mil. Mesmo sem ter recebido o apoio do prefeito no pleito de 2018, o deputado tem demonstrado uma atenção para Macaíba.

Enquanto isso…

Deputados estaduais, federais e senadores eleitos em 2018 com apoio de outras lideranças políticas da cidade ainda não destinaram nenhum centavo para o município. Não custa lembrar que esses parlamentares tiveram uma votação expressiva em Macaíba.

 

Os grupos que se organizam para disputar o Poder Legislativo em Macaíba estão focados em montar suas nominatas e não querem saber de tomar responsabilidade sobre possíveis nomes para disputar o Palácio Auta de Souza. Com o fim das coligações proporcionais, a eleição do próximo ano tende a ser uma das mais difíceis para quem depende das candidaturas “esteiras”.

Durante fiscalização na BR 101, em São José de Mipibu/RN, na tarde desta quinta-feira (19), policiais rodoviários federais abordaram um ônibus que fazia a linha de Natal/RN para São Luiz do Maranhão. Na revista aos passageiros, foi encontrado na bolsa de uma mulher de 40 anos, um tablete de cocaína pesando aproximadamente 1kg.

Em conversa com a PRF, a mulher informou que já tem passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas e que receberia a quantia de R$ 500,00 pelo transporte do entorpecente.

Ressalta-se que apenas neste ano, a Polícia Rodoviária Federal já apreendeu mais de meia tonelada de droga nas rodovias federais do estado do Rio Grande do Norte.

Após o flagrante a passageira e a droga foram levadas para a Central de Flagrantes em Natal.

O suicídio é um problema de saúde pública. Muitas pessoas sofrem diariamente sem ter ajuda e, por muitas vezes, nem sabem como procurar apoio. Sabendo disso, a Prefeitura de Macaíba está desenvolvendo em sua rede de saúde uma série de ações relativas à campanha denominada de Setembro Amarelo, movimento mundial de conscientização sobre a prevenção ao suicídio.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em mais de 90% dos casos existe prevenção. Através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), essas ações têm como palco principal as próprias unidades de saúde.

Um bom exemplo é o posto de saúde localizado na Rua Elói de Souza, que nesta quarta-feira (18/09) promoveu uma roda de conversa sobre a temática com profissionais de variadas áreas de atuação e moradores e usuários dos serviços de saúde da região.

Prevenção do suicídio

Na próxima segunda-feira (23/09), haverá um grande evento no Centro de Convivência Pax Club, ocasião em que os profissionais atuantes no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II) irão promover o “Momento de conscientização à valorização da vida e prevenção do suicídio”, entre 9h e 11h, tendo como público-alvo principal os alunos da rede municipal matriculados do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

Na quarta-feira (25/09), também no Pax Club, será realizado o II Fórum Municipal de Prevenção ao Suicídio e Valorização da Vida, com a presença de funcionários da área de saúde, principalmente do setor de saúde mental, e usuários dos Centros de Atenção Psicossocial CAPS-AD e CAPS II, com início previsto para as 8h30. No período da tarde, haverá no mesmo local uma nova ação relativa ao Setembro Amarelo, com diversas dinâmicas e discussões relacionadas.

Disque 188

Caso precise de ajuda ou conhece alguém que precise, ligue gratuitamente para o Centro de Valorização da Vida (CVV), discando 188. Trata-se de uma entidade filantrópica que oferece serviço voluntário de apoio emocional e prevenção do suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo e anonimato.