Apreendido menor suspeito de matar criança de 10 anos em Macaíba

Adolescente foi apreendido na manhã desta sexta em Macaíba  (Foto: Anderson Barbosa/G1)

Foi apreendido nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (7), em Macaíba, cidade da Grande Natal, um adolescente de 17 anos suspeito de participação na morte de uma criança de 10 anos, usada como escudo humano durante um tiroteio ocorrido no dia 12 de dezembro do ano passado. Cleyton Osório dos Santos Mendes havia saído de casa para comprar pão, no bairro Campo Santa Cruz, quando foi atingido nas costas pelos disparos.

A criança, segundo a polícia, foi a 100ª vítima de homicídio registrado em 2013 em Macaíba. Um jovem de 18 anos, que usou o menino para se defender, também foi baleado na ocasião. Ele foi socorrido ao hospital e preso logo em seguida. No último dia 19, o jovem que usou a criança como escudo foi encontrado morto dentro da cadeia. A polícia acredita que José Carlos Lopes Jerônimo, que estava no Centro de Detenção Provisória da zona Norte de Natal, tenha cometido suicídio ao se enforcar com um lençol.
A ação policial desta manhã aconteceu na rua Eloi de Sousa, no centro de Macaíba. De acordo com o delegado Normando Feitosa, titular da delegacia do município, os trabalhos agora se voltam para a tentativa de encontrar um outro menor de idade que também é suspeito de participar do tiroteio que vitimou a criança. “Sabemos que são dois os envolvidos. Um nós pegamos agora. O outro, já estamos trabalhando para encontrar. Ainda não é possível afirmar quem efetuou o disparo que matou o menino nem quem é o comparsa que ajudou na fuga, mas posso dizer que os dois estavam armados quando houve a troca de tiros”, ressaltou.
O caso
De acordo com informações da família, Cleyton Osório dos Santos Mendes havia saída de casa para comprar pão em uma mercearia próxima. Ao ser baleado, o menino estava com um saco de pão e açúcar nas mãos. “Ele estava muito feliz porque passou por média. Todo mundo gostava dele”, diz a avó do menino. Segundo Cleonice Osório, o garoto cursaria o 5º ano do ensino fundamental agora em 2014.
O corpo da criança foi enterrada no dia seguinte ao crime, lá mesmo em Macaíba. Durante o velório, familiares protestaram contra a violência na cidade, que com a morte do garoto contabilizou o 100º homicídio em 2013. Ao longo do ano passado, de acordo com Normando Feitosa, 104 pessoas foram assasinadas no município. Este ano, foram registrados 8 homicídios. Destes, duas pessoas foram mortas em confronto com a polícia.
G1 RN

Administrador