A pedido de Flávio Bolsonaro, ministro do STF concede liminar para suspender investigação contra seu ex-assessor Queiroz

Imagem relacionada

O senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL), pediu ao Supremo Tribunal Federal a suspensão da investigação criminal do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro contra o seu ex-assessor Fabrício Queiroz. O pedido foi analisado pelo ministro Luz Fux e foi atendido.

No STF, Flávio Bolsonaro alegou ter foro privilegiado e solicitou a anulação das provas recolhidas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). De acordo com o pedido, as informações colhidas pelo órgão estariam protegidas pelo sigilo bancário e só poderiam ser obtidas pelo MP com base  em decisão judicial.

 

Administrador

1 Commente

  1. Benigno

    É!!! Parece que nada mudou no cenário brasileiro em relação ao combate à corrupção. Tudo igual. Só espero que não piore.