Arquivo diário: terça-feira, janeiro 19, 2021

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) divulgou hoje (19) o resultado da seleção de estudantes para os cursos técnicos subsequentesintegrados ProEJA e de especialização. Os processos seletivos foram regidos pelos editais 1, 2 e 3/2021 e os estudantes selecionados vão ingressar nas turmas ofertadas ainda no semestre letivo 2020.2.

MATRÍCULAS

Os candidatos selecionados poderão se matricular de forma presencial ou on-line. Para a matrícula presencial, é necessário agendar o horário de atendimento através do e-mail disponível no anexo dos editais, nos dias 20 e 21 de janeiro. Já as matrículas on-line poderão ser realizadas a partir do dia 21 até as 13h do dia 22 de janeiro de 2021, através do link https://www.gov.br/pt-br/servicos/matricular-se-em-curso-de-educacaoprofissional-tecnica-educacao-de-jovens-e-adultos-integrado-e-subsequente-ifrn. Todos os documentos estão descritos a partir do Item 16 dos editais.

ACESSE:

Edital 1/2021 – Cursos Técnicos subsequentes

Resultado final | Página do processo seletivo

Edital 2/2021 – Cursos Técnicos Integrados ProEJA

Resultado final | Página do processo seletivo

 Edital 3/2021 – especializações

Resultado final | Página do processo seletivo

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), voltou atrás e disse na noite desta terça-feira (19) que não será mais o primeiro vacinado contra a covid-19 na campanha de imunização realizada pela Prefeitura da capital. O anúncio do recuo foi feito em entrevista à 96 FM.

Álvaro havia afirmado mais cedo que seria o primeiro a tomar a vacina para “dar o exemplo” à população. “Eu aceitei o convite de ser o primeiro paciente a receber a vacinação. Como médico e pessoa com comorbidades, vou dar o exemplo para comprovar a eficácia da vacina para quem mora na capital”. Porém, ele afirmou no início da noite que desistiu de ser o primeiro após críticas de que estaria “furando fila”.

Para o prefeito, sua decisão de tomar a vacina foi “distorcida”. “Sou médico, do grupo de risco. Estou em contato permanente com o hospital de campanha. Também me incluo dentro do grupo dos profissionais de saúde que estão em permanente contato e, portanto, sujeito a riscos de contaminação. Mas, tendo em vista que alguns grupos procuraram distorcer a disponibilidade que nós tivemos de ser o primeiro para dar o exemplo, resolvemos repensar. Eu estou protegido porque tomo a ivermectina. Então posso deixar para tomar a vacina numa etapa posterior”, disse.

Dias destacou que, no lugar receber a vacina, deverá aplicá-la em um profissional de saúde. “Tendo em vista a distorção que estão fazendo, resolvemos repensar e desistir de ser o primeiro para dar o exemplo. Ao invés de tomar, eu posso, como médico, aplicar a vacina que alguém que esteja amanhã no Nélio Dias às 8h da manhã”, afirmou.

Fonte: Agora RN

 

 

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) admitiu que poderá haver atraso na produção da vacina contra a covid-19 causado pela falta do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). Em nota divulgada nesta terça-feira (19), a Fiocruz explicou que ainda aguarda a confirmação do insumo-base para a fabricação das vacinas.

“Embora ainda dentro do prazo contratual em janeiro, a não confirmação até a presente data de envio do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) poderá ter impacto sobre o cronograma de produção inicialmente previsto de liberação dos primeiros lotes entre 8 e 12 de fevereiro”, informou a Fiocruz.

Segundo a fundação, o cronograma de produção será detalhado assim que a data de chegada do insumo estiver confirmada. “Ainda que sejam necessários ajustes no início do cronograma de produção inicialmente pactuado, a Fiocruz segue com o compromisso de entregar 50 milhões de doses até abril deste ano, 100,4 milhões até julho e mais 110 milhões ao longo do segundo semestre, totalizando 210,4 milhões de vacinas em 2021”, diz a nota.

A Fiocruz produz a vacina em conjunto com a AstraZeneca.

Agência Brasil

O prefeito Emídio Jr concederá entrevista coletiva para a imprensa macaibense sobre o Plano Municipal de Vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19), na tarde desta terça-feira (19), às 17h, na Sala de Reuniões do Palácio Auta de Souza. Na oportunidade também estarão a secretária municipal de Saúde Roberta Guilhermina e Sâmara Bridget Monteiro, chefe da Atenção Básica em Saúde da Prefeitura.

Emídio e as representantes da Secretaria de Saúde irão destacar todas as atividades do Plano. Nesta terça-feira (19), a primeira macaibense foi vacinada contra a Covid-19, Antônia Pinheiro da Silva Araujo, 54, enfermeira da Estratégia de Saúde da comunidade indígena Tapará e moradora do local. 

Nenhuma descrição de foto disponível.

A Prefeitura informa que o primeiro lote de vacinas contra a COVID-19 do tipo Coronavac chegaram até a Secretaria Municipal de Saúde de Macaíba no início da tarde desta terça-feira (19/01). Em Macaíba, a priori, os grupos a serem vacinados neste primeiro momento são: trabalhadores da saúde e idosos que vivem em instituições de longa permanência públicas ou privadas.

ASSECOM/RN – ELISA ELSIE

O primeiro lote de vacina contra a Covid-19 – a CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan junto à Sinovac – chegou ao Rio Grande do Norte na madrugada desta terça-feira (19). O esperado voo com as doses do imunizante desembarcou no Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante por volta de 1h. Do aeroporto, as 82.440 doses foram transportadas para a Central de armazenamento e distribuição instalada na Unicat (Unidade Central de Agentes Terapêuticos), em Natal.

Este primeiro lote vai atender 39.258 potiguares com duas doses da vacina, aplicadas entre um intervalo de 28 dias, priorizando os grupos prioritários: trabalhadores de saúde e pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência (institucionalizadas).

A secretária adjunta de Estado da Saúde Pública (Sesap), Maura Sobreira, explicou que, a partir de orientações do Governo Federal, foram estabelecidos critérios de priorização para a aplicação das doses. “Nesse primeiro momento, receberão a vacina os idosos que estão institucionalizados, ou seja, aqueles que moram em abrigos. Com relação aos profissionais de saúde, também houve uma necessidade de escalonamento. Como prioridade, primeiramente, serão os próprios vacinadores, além dos profissionais que estão atuando na linha de frente, seja em urgências e emergências, seja em UPA’s, Samu’s, unidades hospitalares, hospitais de campanha, Centros Covid e profissionais da atenção primária”, disse.

Cerca de 3,4 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro começam a receber, nesta terça-feira (19), R$ 2,75 bilhões referentes ao abono salarial do calendário 2020/2021 – ano-base 2019. A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial, para quem não é cliente do banco.

As poupanças digitais podem ser movimentadas pelo aplicativo Caixa Tem. Disponível para telefones celulares, o aplicativo permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), boletos bancários, compras com cartão de débito virtual pela internet e compras com código QR (versão avançada do código de barras) em estabelecimentos parceiros.

Para os funcionários públicos ou trabalhadores de empresas estatais, vale o dígito final do número de inscrição do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). A partir de amanhã, fica disponível o crédito para inscritos com final 5. O Pasep é pago pelo Banco do Brasil.

Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro receberam o abono salarial do PIS em 2020. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2021.

Os servidores públicos com final de inscrição do Pasep entre 0 e 4 também receberam em 2020. Já as inscrições com final entre 5 e 9 ficaram para 2021. O fechamento do calendário de pagamento do exercício 2020/2021 ocorre em 30 de junho.

Ler mais…

COM A PALAVRA VEREADOR FELIPE ALVES 28/06/2019 - YouTube

O vereador Felipe Alves (PDT) disse que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) poderia ter tido uma postura mais altiva e eficaz no tocante à solução de vacina contra a Covid-19. Em sua avaliação, o presidente “deixou muito a desejar” e “frustrou a expectativa dos brasileiros”.

“Primeiro vejo que foi uma excelente notícia, a mais aguardada dos últimos tempos, a aplicação da vacina no Brasil. Na minha opinião, independente de qual vacina fosse aprovada, aquela que a Anvisa chancelasse, acredito que isso significa a eficácia cientifica dela. Não tenho nenhum elemento para desconfiar da competência dos técnicos da Anvisa”, declarou.

Em relação a Bolsonaro, Felipe afirmou que “a postura dele frente à covid e à vacina deixou muito a desejar em relação à expectativa dos brasileiros”. Para o vereador, o presidente da República “não priorizou, nas suas ações, a busca pela vacina em si”. Segundo Felipe, “não à toa que estados como São Paulo tomaram o protagonismo dessa questão”, disse Felipe, enfatizando que, “antes tarde do que nunca, o Ministério da Saúde levou a efeito o Plano de Vacina, mas a postura de Bolsonaro poderia ter sido mais eficaz”, reclama.

Agora RN

Governo do RN fará ato simbólico de vacinação nesta segunda-feira - Gláucia  Lima

A secretária adjunta de Saúde do Estado, Maura Sobreira, vem sendo a protagonista quando o assunto é saúde no Rio Grande do Norte. Maura tem acompanhado a governadora Fátima Bezerra nas reuniões em Brasília, também é ela que concede entrevista a imprensa.

Diferente do secretário Cipriano Maia, Maura tem sido destaque em tudo que envolve a pasta.

No meio político Maura é tida como a protagonista da saúde, o que acaba ofuscando Cipriano.

Elisa Elsie

A secretaria estadual de Saúde deu início a distribuição das doses da vacina coronavac. Macaíba receberá apenas 572 doses do primeiro lote, onde vacinará 281 pessoas. O quantitativo de doses encaminhado as cidades foi calculado com base na estimativa populacional por município repassada pelo Ministério da Saúde para cada grupo contemplado na primeira etapa, considerando uma distribuição proporcional.