Arquivo diário: quarta-feira, outubro 21, 2020

Tabela mostra municípios do RN que tiveram aumento de casos de Covid-19 — Foto: Reprodução

Os gráficos do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS-UFRN) mostram que o Rio Grande do Norte vinha em ritmo de queda nos casos de Covid-19. A partir da segunda semana de setembro, os números não caíram mais. Subiram e entraram em estabilidade.

Em setembro, Natal tinha uma média de 30 novos casos por dia. No dia 15 de outubro, o registro no número de casos foi de 217. Em Parnamirim, fazendo o mesmo comparativo, a quantidade de casos diários em setembro era de 10 a 12. Em outubro, saltou para 46. Em Ipueira, na região Seridó, foram registrados quatro casos de Covid-19 no dia 13 deste mês, depois de a cidade passar 30 dias sem nenhum novo infectado.

O aumento ficou ainda mais perceptível após o último fim de semana. O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública na segunda-feira (19) mostrou a confirmação de mais de 1 mil casos. Não foram todos confirmados de domingo para segunda; alguns podem ter sido apenas adicionados ao sistema durante o fim de semana, mas, ainda assim, são indicativos de que há alguns dias os casos vêm surgindo com maior intensidade.

Em números absolutos, Governador Dix-Sept Rosado ficou em terceiro lugar entre os que tiveram maior variação positiva de casos observando os três últimos meses. Ficou atrás apenas de Natal e Parnamirim. Coincidência ou não, Governador foi uma das cidades com registro de aglomeração em carreata política.

“Eu preciso entender, por exemplo, quando aconteceram as aglomerações políticas em cada uma dessas cidades e ver quando surgiu esse pico novo naquela cidade. Como isso é muito heterogêneo dentro do estado, essa análise fica um pouco mais complexa, mas eu posso de antemão inferir que estou tendo essas aglomerações e, de fato, estou tento o crescimento (dos casos)”, falou o pesquisador Rodrigo Silva, do LAIS-UFRN.

Outros municípios que cresceram foram Pau dos Ferros, Mossoró, Macaíba, Nísia Floresta, Nova Cruz, São Gonçalo do Amarante e Santa Cruz.

Caicó, município que proibiu as aglomerações política, foi o que apresentou maior queda nos números e continua registrando desaceleração na quantidade de novos infectados pela Covid-19. O número de casos registrados entre setembro e outubro é inferior ao registrado entre agosto e setembro. Era de 853 e caiu para 567.

Com informações do G1 RN

Me engana que eu gosto

Tem um candidato a vereador que tem utilizado seu santinho de campanha sem o número do candidato a prefeito do seu partido. Nos bastidores da política circula que o cidadão estaria fazendo jogo triplo. Será a primeira vez que teremos um candidato a vereador querendo enganar três candidatos a prefeito de uma única vez.

Avaliação 

O candidato a prefeito Janssen Motos durante entrevista ao blog afirmou que o cenário da disputa pela Prefeitura de Macaíba segue aberto. Para Janssen, as pesquisas não refletem a realidade, pois diversas pesquisas foram divulgadas com números totalmente divergentes.

Indignado 

O candidato a prefeito Bolinha da Federal está indignado com o arrastão que aconteceu na residência de sua companheira de chapa. Em um áudio publicado em grupos de whatsap, Bolinha deixou bem claro que o pleito deste ano tem acontecido coisas incomum, pois sua vice teve a casa invadida e o candidato a prefeito Janssen Motos também foi vítima da ação de criminosos.

Em todos os bairros 

O candidato a prefeito Delegado Normando vai fazer campanha em todos os bairros e comunidades. Havia comentários que em alguns bairros o delegado não entraria, pois, esse discurso caiu por terra. Neste último sábado (17), Normando percorreu as ruas da Morada da Fé e da Vila São José, onde o carro de som tocava “O delegado vai botar moral na casa”.

Desistência 

A professora Maria das Graças anunciou a desistência de sua candidatura a vereadora pelo PSDB e declarou apoio ao candidato a prefeito Emídio Júnior.

Reuniões 

A ex-prefeita Marília Dias segue fazendo diversas reuniões em busca de voltar ao Palácio Auta de Souza. Nas reuniões, Marília tem destacado que tem experiência administrativa e que não é hora de riscar naqueles que não tem experiência.

 

 

 

 

O presidente Jair Bolsonaro durante o lançamento do programa Voo Simples, no Palácio do Planalto.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (21) que o governo federal não comprará a vacina CoronaVac, que está sendo desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. De acordo com ele, antes de ser disponibilizada para a população, a vacina deverá ser “comprovada cientificamente” pelo Ministério da Saúde e certificada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“O povo brasileiro não será cobaia de ninguém. Não se justifica um bilionário aporte financeiro num medicamento que sequer ultrapassou sua fase de testagem”, escreveu Bolsonaro em publicação nas redes sociais.

Ontem (21), após reunião virtual com governadores, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, assinou um protocolo de intenções para adquirir 46 milhões de doses da CoronaVac, com o objetivo de ampliar a oferta de vacinação para os brasileiros. O ministério já tinha acordo com a AstraZeneca/Oxford, que previa 100 milhões de doses da vacina, e outro acordo com a iniciativa Covax, da Organização Mundial da Saúde, com mais 40 milhões de doses.

Segundo o ministério, o processo de aquisição ocorreria somente após o imunizante ser aprovado e obter o registro junto à Anvisa. Para auxiliar na produção da vacina, a pasta já havia anunciado o investimento de R$ 80 milhões para ampliação da estrutura do Butantan.

A CoronaVac já está na Fase 3 de testes em humanos e, segundo Instituto Butantan, ela é uma vacina segura, ou seja, não apresenta efeitos colaterais graves. Ao todo, os testes serão realizados em 13 mil voluntários e a expectativa é que sejam finalizados até dezembro.

Caso a última etapa de testes comprove a eficácia da vacina, ou seja, comprove que ela realmente protege contra o novo coronavírus, o acordo entre a Sinovac e o Butantan prevê a transferência de tecnologia para produção do imunizante no Brasil. A CoronaVac prevê a administração de duas doses por pessoa.

O Ministério da Saúde informou à Agência Brasil que ainda não tem um posicionamento sobre a decisão anunciada pelo presidente Bolsonaro.

Agência Brasil

Por volta das 21h da noite dessa terça-feira (20), a candidata a vice-prefeita Adála Diniz teve sua residência invadida por cinco criminosos fortemente armados. De acordo com Bolinha da Federal, candidato a prefeito, os criminosos chegaram a agredir dois familiares de sua vice e fizeram um verdadeiro arrastão, pois, roubaram um carro, televisão e outros objetos.

Ainda acordo com Bolinha, após diversas buscas o veículo foi encontrado em uma barreira próximo do bairro Morada da Fé.

Na noite dessa terça-feira (20) demos início a série de entrevistas que faremos com os candidatos a prefeito de Macaíba. O primeiro entrevistado foi o candidato Janssen Motos (Podemos), onde tratamos sobre diversas temas, como saúde, segurança pública, desenvolvimento econômico, esporte e educação.

Confira a entrevista!

https://www.facebook.com/watch/?v=350131082887499

O corpo foi encontrado ao lado de uma moto, na calçada da rua Açu, no bairro Villar. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Um homem identificado pelo 11º batalhão da Polícia Militar como Iranir Cassimiro de Oliveira, de 33 anos, foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira (21) na Rua Açu, no bairro Villar, no município de Macaíba. O corpo foi encontrado ao lado de uma moto.

De acordo com informações preliminares da polícia, o corpo do homem tinha marcas de tiros nas costas e na cabeça.

Um familiar afirmou à polícia ter visto a vítima passando em casa, no loteamento Esperança, pouco tempo antes do crime. Logo depois, ele foi encontrado morto. O familiar afirmou que Iranir estava alcoolizado.

A Polícia Civil acredita que ele tenha sido perseguido. Segundo os investigadores, o bairro tem a presença de uma facção criminosa, que pode ter ligação com o caso.

Ao lado do corpo, os policiais encontraram uma arma de fogo caseira e munições. Não havia testemunhas no local.

G1 RN