Arquivo diário: sexta-feira, outubro 9, 2020

Criminosos assaltaram um padre, roubaram o carro dele e abandonaram o religioso em uma estrada de terra, na noite desta quinta-feira (8), no interior do Rio Grande do Norte. Padre Clodoaldo Leitão atua na Paróquia de Santana do Matos e voltava ao município pela BR-304, quando foi abordado pelos criminosos.

De acordo com o líder religioso, ele havia viajado a Natal para levar o carro a uma oficina e visitar sua mãe, que mora na cidade. Ele saiu da capital por volta das 19h na caminhonete Hilux, junto com seu cachorro de estimação, para voltar a Santana do Matos.

O padre seguia pela BR-304, nas imediações do município de Cachoeira do Sapo, por volta das 20h30, quando um carro branco cruzou na frente do veículo. Quatro homens apontaram armas para ele e mandaram o religioso encostar o veículo na pista.

Dois dos criminosos, armados e encapuzados, renderam o padre, entraram no carro dele e o colocaram no banco traseiro. Ainda de acordo com a vítima, os bandidos deram meia volta na rodovia e seguiram no sentido contrário, entrando em seguida na RN-120, em direção ao município de João Câmara.

“Quando entraram no carro eles estavam muito nervosos, pediram pra eu passar para o banco de trás, perguntaram se tinha dinheiro. Eu disse que só o que estava na carteira. Tinha menos de R$ 300. Eles pegaram o dinheiro e depois perguntaram de onde eu era. Aí eu me identifiquei como padre e percebi que eles ficaram mais tranquilos. Inclusive o que estava atrás comigo parou de apontar a arma”, contou o padre.

Antes de deixarem o padre, os assaltantes revistaram a bagagem para ver se havia algo de valor. Como não encontraram nada que os interessasse, deixaram a mala com o pároco e tomaram apenas dinheiro e o celular da vítima. Em seguida, abandonaram o religioso junto com o cachorro e a bagagem dele em uma estrada de terra na zona rural de João Câmara.

Padre Clodoaldo Leitão ainda afirmou que caminhou cerca de dois quilômetros pela estrada, até achar uma casa e pedir ajuda. No imóvel, ele explicou o que tinha acontecido e pediu um celular para ligar para o pároco de João Câmara, que foi até o local resgatá-lo.

Na manhã desta sexta-feira (9), o padre registrou um boletim de ocorrência. Apesar do susto, ele afirmou que está bem. “Vão-se os anéis e ficam os dedos, não é?”, comentou.

G1 RN

A Petrobras aprovou hoje (9) um reajuste médio de 4% no preço da gasolina em suas refinarias, o que equivale a R$ 0,07 por litro. O aumento vale a partir de amanhã (10).  

Também será reajustado o diesel vendido pela Petrobras. O combustível ficará 5% mais caro, o que equivale a 0,08 centavos.

Com o reajuste, o litro da gasolina passará a custar R$ 1,82 nas refinarias, enquanto o diesel, R$ 1,76. Após ser vendido pela Petrobras aos distribuidores, o combustível aumenta de preço até chegar ao consumidor final devido a imposto estaduais e federais, custos de distribuição e revenda e adição de biocombustível.

O preço praticado pela Petrobras em suas refinarias correspondeu, entre julho e agosto, a 30% do preço final da gasolina e a 49% do preço final do diesel vendidos nos postos de combustíveis.

Ao divulgar os reajustes, a Petrobras informou que, ao longo do ano, os preços dos dois combustíveis acumulam queda. No caso da gasolina, o preço está 5,3% mais baixo que o de janeiro. Já o diesel vendido nas refinarias está 24,3% mais barato que no início do ano.

Agência Brasil

São quatro anos sem que o potiguar receba o adiantamento da primeira parcela do décimo terceiro salário. E neste sábado (10), o Governo do RN paga 40% desse valor com a garantia de quitação dos 60% restantes até dezembro. Receberá, no mesmo dia, todo o funcionalismo estadual, entre ativos, inativos e pensionistas.

“São mais de R$ 178 milhões injetados na economia potiguar em um período de necessidade de recuperação financeira após os efeitos provocados pela pandemia, além do compromisso do Governo em pagar os salários de sua gestão em dia”, comentou o titular da secretaria de Planejamento e Finanças, Aldemir Freire.

Além da garantia dos 60% até o fim do ano, o secretário também assegurou o pagamento em dia dos salários dos meses restantes desse ano e ainda a apresentação de um planejamento à governadora Fátima Bezerra, no início de 2021, para quitar as duas folhas (dezembro e décimo de 2018) deixadas pela última gestão.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) retomará o atendimento presencial na Sede da Superintendência e de suas Delegacias de Macaíba, São Gonçalo do Amarante, Mossoró e Caicó, a partir da próxima terça-feira, 13 de outubro.

Destacamos, no entanto, que os canais de atendimento virtual, criados em razão da suspensão do atendimento presencial no início da pandemia, e que desde então funcionaram bem, e sem interrupções, permanecerão em funcionamento e deverão ser priorizados pelo cidadão, que só deverá recorrer ao atendimento presencial se for estritamente necessário.

Ressaltamos ainda que todas as unidades desta Superintendência já adotam os protocolos estabelecidos pelos órgãos de saúde pública para garantir a segurança necessária contra a contaminação pelo Novo Coronavirus, dentre as quais destacamos:

▪ exigência do uso de máscara

▪ desinfecção constante dos ambientes, mobiliário e equipamentos

▪ disponibilização de álcool em gel ou líquido a 70%

▪ garantir o distanciamento social dentro do espaço de atendimento limitando o ingresso de pessoas

Canais Vituais de Atendimento ao Cidadão

▪ Whatsapp para atendimento administrativo – (84) 3215-1500

▪ E-mail para envio de documentos – atendimento.rn@prf.gov.br

▪ Trídigito para comunicações de emergência – 191

Imagem de capa para as matérias sobre Eleições Municipais de 2020. Eleições 2020.

Dos 5.568 municípios que escolherão prefeitos nas eleições deste ano, em 3.383 (61% do total) os atuais gestores concorrerão à reeleição. Outros 1.015 prefeitos poderiam concorrer por estar no primeiro mandato, mas desistiram de tentar um novo mandato. Os dados fazem parte de levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). 

O primeiro turno nas eleições será realizado no dia 25 de outubro e o segundo turno, no dia 29 de novembro. As datas originais eram 4 de outubro e 25 de outubro, mas foram adiadas pelo Congresso Nacional por causa da pandemia de covid-19.

Ao todo, 19.164 candidatos concorrerão ao cargo de prefeito. Dos atuais prefeitos, 4.398 (79%) estão em seu primeiro mandato e poderiam concorrer a um novo período, mas 1.015 desistiram.

O levantamento mostra que o percentual de candidatos à reeleição caiu após um período de estabilidade. Em 2016, dos 2.407 candidatos à reeleição, 1.191 se reelegeram (49,48%). Em 2012, dos 2.418 que tentaram a reeleição, 1.512 se reelegeram (62,53%). Na eleição anterior, em 2008, 3.361 prefeitos buscaram a reeleição e desses, 2.101 voltaram ao cargo (62,51%).

Nesses 3.383 municípios onde haverá disputa por reeleição, os candidatos estarão concorrendo aos votos de 88,3 milhões de eleitores. A soma da população dessas cidades é de 123,3 milhões de pessoas.

“Isso demonstra que, em uma parcela bastante significativa do Brasil, os atuais gestores colocam de novo o seu nome na disputa por entender que fizeram uma boa gestão. Temos que aguardar os resultados para saber se essas candidaturas terão êxito”, diz a confederação.

Capitais

Os prefeitos de 13 capitais brasileiras tentarão a reeleição. Doze estão no segundo mandato e não podem disputar um novo pleito. O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), anunciou em agosto que não disputará a reeleição e deixará a vida política após 62 anos de vida pública.

Candidatos à reeleição

Edvaldo Nogueira (PDT) Aracaju (SE)

Alexandre Kalil (PSD) Belo Horizonte (MG)

Marquinhos Trad (PSD) Campo Grande (MS)

Emanuel Pinheiro (MDB) Cuiabá (MT)

Rafael Greca  (DEM) Curitiba (PR)

Gean Loureiro (DEM) Florianópolis (SC)

Álvaro Costa Dias (PSDB) Natal (RN)

Cinthia Ribeiro (PSDB) Palmas (TO)

Nelson Marchezan (PSDB) Porto Alegre (RS)

Hildon Chaves (PSDB) Porto Velho (RO)

Socorro Neri (PSB) Rio Branco (AC)

Marcelo Crivella (Republicanos) Rio de Janeiro (RJ)

Bruno Covas (PSDB) São Paulo (SP)

Em 2016, os prefeitos de 15 capitais foram reeleitos: Rio Branco (AC), Salvador (BA), Teresina (PI), Boa Vista (RR), Natal (RN), João Pessoa (PB), Palmas (TO), Vitória (ES), Belém (PA), Fortaleza (CE), Recife (PE), Manaus (AM), Macapá (AP), São Luís (MA) e Maceió (AL).

Agência Brasil