Arquivo diário: sexta-feira, outubro 2, 2020

O governo federal lançou hoje (2) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação, com foco na atualização das cadernetas de crianças e adolescentes e na vacinação de crianças contra a poliomielite. A mobilização começa na próxima segunda-feira (5) e vai até 30 de outubro. O objetivo é imunizar mais de 11,2 milhões de pessoas e conscientizar a população sobre a importância da vacina para a proteção contra diversas doenças.

O público-alvo da campanha contra poliomielite são crianças de 1 ano a menores de 5 anos, que devem receber a Vacina Oral de Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses da Vacina Inativada de Poliomielite (VIP), do esquema básico de vacinação. Crianças menores de 1 ano (de 29 dias até 11 meses) deverão ser vacinadas seletivamente com a VIP, conforme as indicações do calendário nacional de vacinação.

O secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, destacou que, com essa mobilização, o Brasil reafirma seu compromisso internacional em manter o Brasil livre da poliomielite. Desde 1990, o país não detecta casos da doença e, em 1994, recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) a certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem. No cenário internacional, hoje existem dois países endêmicos para a doença: Paquistão e Afeganistão.

Crianças e adolescentes menores de 15 anos não vacinados ou com esquemas incompletos também devem comparecer aos postos de vacinação. A meta do Ministério da Saúde é alcançar, pelo menos, 95% do público-alvo.

Agência Brasil

Policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia (DP) de Parnamirim apreenderam, nesta quinta-feira (01), mais de 500 medicamentos e cadernos de contabilidade, em uma residência no bairro de Santa Tereza, localizado no município de  Parnamirim. As diligências foram iniciadas após o recebimento de denúncias anônimas, informando que pessoas estavam trabalhando com venda irregular de diversos medicamentos, como anabolizantes e estimulantes sexuais.

De acordo com as investigações, jovens do interior do Estado de Pernambuco estavam sendo recrutados para trabalhar com a venda irregular dos medicamentos. Foi constatado também que, ao chegarem no local de trabalho, eles eram submetidos a condições análogas a trabalho escravo.

No decorrer da ação, quatro supostas vítimas foram encontradas no imóvel, sendo uma delas menor de idade. Na ocasião, os policiais da 1ª de Parnamirim apuraram que os trabalhadores não tinham carteira assinada. Além disso, eles tinham que pagar altíssimas comissões pela estadia, inclusive pela alimentação.

A responsável pelo imóvel não foi encontrada durante diligências. Ela será investigada pela suspeita da prática dos crimes de vender produto destinado a fins terapêuticos e medicinais sem o registro e de redução de pessoa à condição análoga a de escravo.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, que possam auxiliar nas buscas do dono do imóvel através do Disque Denúncia 181.

Foto: Divulgação

Primeiro dia de campanha 

O candidato Janssen Motos iniciou sua campanha pelo centro da cidade. A rua da Usina foi escolhida para o ponta pé inicial da campanha. O grupo liderado por Janssen caminhou pelas ruas do Alfredo Mesquita, onde foram bem recepcionados.

Foto: Divulgação

Inauguração

A partir das 15h desta sexta-feira (02), a chapa Marília Dias e Edi do Posto inauguram o comitê dos bacurau. A sede da coligação fica localizada na avenida Jundiaí. A festa deverá reunir todos os aliados da ex-prefeita Marília.

Foto: Divulgação

Casa a casa

Nesta quinta-feira (01), o candidato Emídio Júnior percorreu as ruas do conjunto Tavares de Lira. Ao lado dos vereadores, Emídio fez o porta a porta, casa a casa.

Foto: Divulgação

Portas abertas 

Nesta quinta-feira (01), o candidato Delegado Normando Feitosa caminhou pelo conjunto de Coló, onde diversas famílias esperavam Normando na porta das casas. Não faltaram abraços ao candidato que estava acompanhado pelo vice Wesly Magnum e os candidatos a vereadores.