Arquivo diário: quarta-feira, setembro 16, 2020

Em entrevista coletiva para apresentação dos dados epidemiológicos da Covid-19 nesta quarta-feira (16), o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, destacou que apesar da situação de estabilidade da doença no estado ainda é preciso seguir o distanciamento físico e, principalmente, o uso correto da máscara. “Mais uma vez repetimos que a pandemia não acabou. Há uma ameaça de um novo surto com o crescimento da transmissibilidade na Europa e nós não podemos relaxar”.

Os dados apresentados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), apontam um total de 65.933 casos confirmados, 30.807 suspeitos e 128.251 descartados. Foram registrados 2.330 óbitos, sendo dois nas últimas 24 horas e ainda 282 óbitos em investigação.

O número de novos casos nas últimas 24 horas foi de 286. Cipriano lembrou que no auge da pandemia o número de casos chegou a um pico de 1.000 novos registros em um dia. “A tendência é de declínio, mas a nossa meta é que não registremos nenhum óbito. A população, as autoridades e as instituições devem seguir a retomada com responsabilidade, respeito e cumprimento das normas de segurança”, frisou.

No RN, a taxa de ocupação de leitos está em 42,2%. Por região, a ocupação de leitos é a seguinte: Seridó – 67%, Oeste – 42%, Metropolitana de Natal – 34%, Alto Oeste – 80%, Potengi-Trairi – 18%, Mato Grande e Agreste 33% – todos os leitos Covid disponíveis. Até o final da manhã desta quarta (16) há 243 pessoas internadas em leitos críticos e clínicos nas unidades de saúde públicas e privadas.

O índice R(t) – que determina o potencial de propagação do vírus – segundo os dados do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde – LAIS da UFRN, está em 0,87 para o RN como um todo. Porém, essa taxa de transmissibilidade continua acima de 1 nas regiões do Oeste (1,11), Alto Oeste (1,09) e Seridó (1,03). A taxa de isolamento da população está em 36,1%, de acordo com o secretário o número é compatível com o processo de retomada das atividades.

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal recuperou, na manhã desta quarta-feira (16), no Km 294 da BR 304, em Macaíba/RN, dois geradores que haviam sido furtados no dia anterior (15), de uma empresa de telefonia, em Assú/RN.

Após denúncias, os policiais realizaram a abordagem a um caminhão. Na fiscalização, ficou constaram os equipamentos furtados.

Três homens pernambucanos que estavam no interior do veículo informaram que receberiam a quantia de R$ 700,00 para o frete, mas que teriam decidido vender os equipamentos em outro local.

Ocorrência encaminhada para a Central de Flagrantes em Natal/RN.

Coordenado pelo professor Tarcísio Gonçalves, o projeto de extensão “Interação EAJ e agricultura familiar: geração e ou incremento de renda com base sustentável” tem como objetivo promover uma maior interação da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ-UFRN) com as comunidades de agricultores familiares, possibilitando melhorar o processo de formação dos discentes a partir da troca de experiências. O projeto conta com a colaboração de Karina Ribeiro, Eduardo de Magalhães, Márcio Dias, Julie Cavignac, Cibele Soares, Aline Daniely, Gabriela da Silva, Ingrid Conceição, José Reinaldo Alves e Ana Paula Cavalheiro.

O projeto incentivará ações de comercialização direta entre produtores e consumidores, através de circuitos mais curtos e mais justos, buscando contribuir para gerar e incrementar a renda dos agricultores. Ao mesmo tempo, apoiar ações voltadas para a recuperação e revitalização de áreas alteradas, incentivando a discussão sobre formas mais saudáveis de produção e consumo de alimentos e quais os impactos sociais, ambientais e econômicos que este processo pode causar. Além disso, o projeto também vai abordar questões relacionadas ao processamento de alimentos e o quanto isso pode agregar valor na produção de alimentos.

Serão inseridos estudantes de diferentes áreas e cursos, desde o Técnico até a Pós-graduação, possibilitando a interação entre os discentes e os produtores. E segundo o coordenador do projeto, as ações colaborativas são importantes pois promovem conhecimento e contribuem no processo de formação. “Acredito que a implementação de ações colaborativas que propiciem a interação da academia com as comunidades locais, em parceria com movimentos sociais e a iniciativa privada, podem contribuir para a construção do conhecimento e a melhoria no processo de formação e aperfeiçoamento de recursos humanos, além de benefícios potenciais para a cadeia produtiva de alimentos e para a sociedade”, explica.

A pandemia causou diversos impactos nos âmbitos sociais, econômicos e ambientais, e várias comunidades foram afetadas, principalmente comunidades rurais e periferias urbanas, aumentando a situação de vulnerabilidade social dessas populações. Analisando esse contexto e pensando na perspectiva da EAJ-UFRN em contribuir socialmente para minimizar os impactos da COVID-19 nas comunidades em vulnerabilidade social e nas proximidades, o projeto de extensão foi idealizado.

O projeto será desenvolvido de forma participativa e colaborativa entre a EAJ-UFRN, o Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA) da UFRN, a empresa Júnior 59MIL da UFRN, o Departamento de Gastronomia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), a Central de Comercialização de Alimentos da Agricultura Familiar (CECAFES), o movimento social Banquetaço, a empresa privada Veritas Grupo e o Assentamento Quilombo dos Palmares. Outras parcerias estão sendo construídas com a Universidade Federal de Goiás (UFG) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG).

Os parceiros do projeto trabalharam em conjunto para o planejamento e execução da “Feira Solidária”, projeto de arrecadação de alimentos para comunidades carentes. Com a experiência adquirida, querem contribuir para o aprofundamento dos conteúdos abordados com a intenção de propiciar benefícios que podem contribuir para melhorar o cenário de desigualdade social, gerando possibilidades de trabalho e renda com bases sustentáveis.

Dentre os resultados esperados, está a elaboração de estudo socioambiental do Assentamento Quilombo dos Palmares, que servirá para orientar ações para estimular a produção de base agroecológica e recuperação de possíveis áreas degradadas. Além disso, é esperado que durante as atividades online, como lives no Instagram e no Youtube, sejam debatidas ações de comercialização que aproximem o produtor e consumidor e os benefícios que pode trazer para ambos, além de discutir temas que possam despertar o interesse dos produtores para o processamento de alimentos e o quanto isso pode agregar valor à produção. Espera-se ainda, promover a interação e cooperação da EAJ-UFRN com o Assentamento Quilombo dos Palmares, atendendo em torno de 47 famílias e contribuindo para o ensino-aprendizagem dos estudantes de Curso Técnicos, Graduação e pós Graduação e para a adoção de práticas de produção sustentável.

A pedido do Ministério Público Eleitoral (MPE), por meio de Promotoria de Justiça Eleitoral da 30ª Zona Eleitoral de Macau, a Justiça Eleitoral concedeu antecipação de tutela e determinou que José Edésio da Silva (do Partido Democracia Cristão) e Maria Vilma Alexandre da Silva Bento (do Democratas) removam, no prazo de 24 horas, as publicações realizadas por eles, nas redes sociais, que incidem em propaganda eleitoral antecipada de caráter negativo. A decisão foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral do RN e estabelece multa diária no valor R$ 1 mil para cada, em caso de desobediência.

De acordo com o MPE, José Edésio da Silva postou nos grupos de Whatsapp banner contendo a informação destacando que a população não vote em determinados vereadores e pré-candidatos, incluindo fotos. Além disso, num grupo de Facebook aberto, contendo 485 membros, teria inserido na foto de capa novo banner, contendo frases no mesmo teor, constando ainda o nome do partido, o número com sinal de proibido e as expressões de efeito negativo; além de fotos do prefeito atual de Macau e de 7 vereadores, com o número do partido ao fundo de cada foto. Ao mesmo tempo, Maria Vilma Alexandre da Silva Bento postou em um grupo de Whatsapp banner contendo informações similares.

Para o Juízo da Zona Eleitoral, as publicações configuram propagandas eleitorais de caráter antecipado, na medida em que não só fazem referência a partido e trazem imagens e nomes de pré-candidatos a cargos de Prefeito e Vereador, mas também apresentam pedido de voto às avessas. “Isso porque, ao pedir que não se vote no atual Prefeito e em Vereadores a ele aliados e claramente nominados, resta evidente haver um pedido de votos para os opositores dos mesmos. Ademais, na segunda das publicações referidas ainda se faz referência ao Prefeito e Vereadores indicados como – Traidores de Macau”, completou.

Na decisão judicial, a titular da 30ª Zona Eleitoral destacou que as publicações questionadas na representação em análise extrapolam a realização de crítica e têm o nítido cunho de beneficiar eleitoralmente candidatos da oposição, configurando um pedido de votos em seu favor.

MPRN

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba deram cumprimento, nesta quarta-feira (16), a um mandado de prisão em desfavor de um homem de 29 anos. Ele foi preso em decorrência de sentença penal condenatória, pela prática do crime de tentativa de homicídio.

O homem foi preso, por volta das 5h, na comunidade Lagoa do Lima, na Zona Rural de Macaíba. Ele, que estava foragido da Justiça desde 2018, quando foi condenado a uma pena de 8 anos de prisão, praticou o crime de tentativa de homicídio simples contra a vítima, Wagner Vieira Lima, mediante o emprego de golpes de foice na cabeça. O crime aconteceu no dia 29 de janeiro de 2012, por volta das 16h, no Sítio Lagoa do Lima, também na Zona Rural de Macaíba.

Durante investigações sobre crimes ocorridos na Zona Rural do município, a equipe da DM Macaíba recebeu denúncias sobre a presença do condenado, mesmo com mandado de prisão em aberto, valia-se do fato de já ter praticado um crime grave para intimidar os moradores da região; geralmente, fazendo algazarras e ameaças.

Nas primeiras horas desta quarta-feira (16), a equipe fez cessar esse constrangimento à população da região, capturando o foragido condenado. Ele foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou pelo número da Delegacia Municipal de Macaíba: 98114-4042.

O ABC confirmou na noite dessa terça-feira(15), através das redes sociais, a renovação de contrato com o craque e ídolo, Wallyson.

“Depois de várias reuniões e muita negociação, diretoria e o atacante Wallyson chegaram a um acordo e o craque acertou a renovação contratual até o final da Série D”, informou o clube.