Arquivo Mensal:: julho 2020

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal recuperou na tarde deste domingo (26), nas proximidades do Km 299 da BR 304, em Macaíba/RN, três veículos com ocorrência de roubo.

Por volta das 15 horas, uma equipe PRF, realizava ronda pela BR 304, nas proximidades do km 299 e nas estradas carroçáveis paralelas a rodovia, comumente utilizadas para desviar das fiscalizações, no município de Macaiba/RN, quando visualizou em local descampado escondido pelo mato, três veículos totalmente depenados e com vestígios de que haviam sido incendiados, levando a crer que ali seria um local de desmanche de veículos.

Após uma identificação veicular minuciosa nos elementos identificadores remanescentes, foram identificados um Palio Fire de cor preta, roubado em 13/04/2020 em Natal/RN, um HB20 de cor branca roubado em 24/06/2016 em Parnamirim/RN e Cobalt de cor azul roubado em 08/03/2020 em Natal/RN.

Ocorrência encaminhada para a Central de Flagrantes da Polícia Civil em Natal.

Prefeito de Macaíba é um “garapeiro” - Blog do Robson Pires

Passe livre

O Governo deu o famoso passe livre para todos os vereadores e pré-candidatos a vereadores ligados ao sistema do atual prefeito. É por essa razão que vereadores e pré-candidatos começam a traçar suas alianças, mesmo fazendo parte do atual governo, eles ficaram livres para apoiar quem quiser, isso também inclui os cargos comissionados que já começaram a traçar seus apoios.

Fora da campanha

Pela primeira em 20 anos, veremos o atual prefeito Dr. Fernando fora do processo eleitoral. Fernando tem deixado claro que está fora do processo eleitoral deste ano e vem dando sinais claro disso. Fernando liberou sua base de vereadores e lideranças, que migraram para Emídio Júnior, Netinho França e Marília Dias.

Fora da campanha II

Quem também deve se manter fora da disputa eleitoral deste ano é o irmão do prefeito, Sérgio Cunha. Em conversa com o mesmo, ele disse que vai sair da política para cuidar da saúde. O mesmo já deixou isso claro para todos os vereadores e amigos próximos.

Fora da campanha III

Outra prova incontestável que o atual prefeito está fora das eleições deste ano, foi vista na eleição para Presidente da Câmara, onde não houve nenhuma interferência do Alto Comando, que apenas acompanhou todo o desfecho da eleição que culminou na eleição de Dadaia para presidente.

Do Informativo Atitude

Pedro Amorim

Na tarde deste domingo (26), a governadora Fátima Bezerra e o secretário de Segurança Pública do RN, Coronel Francisco Araújo, acompanharam as ações de fiscalização das forças de Segurança Pública do Estado (Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros) na orla urbana da capital potiguar. As praias de Ponta Negra, Miami, dos Artistas, do Meio e Redinha foram algumas onde Fátima esteve presente apoiando a atuação da polícia que orientava a população sobre a importância de se evitar aglomerações, adotando o distanciamento social e assim evitar o crescimento do número de infectados pelo novo coronavírus no RN. Na área de Natal e Grande Natal, 35 equipes atuaram neste final de semana.

A ação faz parte do Pacto pela Vida, iniciativa do Governo do RN que reúne equipes das forças de Segurança Pública do Estado (Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros) e do Procon RN, pactuada com diversos municípios para fazer cumprir os decretos estaduais, fundamentados nas orientações do Comitê Científico do RN, para combater a pandemia no estado.

“Fiz questão de vir acompanhar de perto esse trabalho tão importante de fiscalização que a nossa polícia está fazendo. É essencial que a população não faça aglomerações, mantenha o distanciamento social e use máscaras. Somente assim vamos seguir reduzindo os números dessa pandemia. É a forma de a sociedade colaborar com as ações que o Governo vem fazendo para combater o vírus”, disse a chefe do Executivo estadual.

No final da tarde, Fátima visitou o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) e acompanhou o funcionamento do videomonitoramento realizado no local. A cobertura do sistema está sendo ampliada com investimentos de R$ 6,9 milhões oriundos do Projeto Governo Cidadão, fruto de acordo de empréstimo firmado entre o Estado e o Banco Mundial.

“Estamos empenhados em apoiar as fiscalizações em todo estado. Além do trabalho conjunto com os municípios, contamos com o auxílio do videomonitoramento do Ciosp. Em Natal, por exemplo, já cobre toda a orla marítima da capital”, reforçou o Cel. Araújo.

O sistema conta atualmente com 64 câmeras em funcionamento e ao final da ampliação estarão instalados 184 equipamentos no trajeto entre a praia de Ponta Negra, passando pela Via Costeira e Praia dos Artistas, até a Praia da Redinha. Serão 140 câmeras do tipo PTZ (movimentam-se em 360 graus) e 44 câmeras em 22 portais para detecção e fiscalização de placas de veículos.

A comunidade de Lagoa do Lima, em Macaíba, vem sofrendo constantemente com ações de criminosos. Somente neste mês de julho uma única residência foi arrombada três vezes nos informou um morador da comunidade. Moradores pedem uma reação por parte das autoridades da segurança pública para frear essas ações criminosas que tem colocado pânico na população.


O professor Ionillo Ribeiro será entrevistado na live “Bate-papo sobre política” com Mário Victor, nesta segunda-feira (27). A entrevista irá tratar sobre cultura e eleições 2020. A live começa às 20h, no Instagram do Macaíba no Ar.

Não perca!

Os criminosos continuam agindo e mais uma granja voltou a sofrer arrastão na zona rural de Macaíba. Na tarde deste sábado (25), uma granja localizada na região do distrito de Canabrava foi alvo de uma quadrilha. Participaram da ação pelo menos quatro criminosos, entre homens e mulheres, onde renderam o morador e levaram diversos bens da família.

São constantes esse tipo de crime na zona rural de Macaíba. Até o momento nenhum suspeito deste caso foi preso.

As pesquisas de opinião pública relativas às Eleições 2020 ou aos seus pretensos candidatos devem ser previamente registradas na Justiça Eleitoral até cinco dias antes de sua divulgação, por meio do Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle). A regra, que começou a valer no dia 1º de janeiro, é disciplinada pela Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 23.600/2019, que regulamenta os procedimentos relativos ao registro e à divulgação de pesquisas.

Pesquisa eleitoral é a indagação feita ao eleitor, em um determinado momento, sobre a sua opção a respeito dos candidatos que concorrem em uma eleição. De acordo com a resolução, o concorrente cujo registro de candidatura tenha sido indeferido, cancelado ou não conhecido somente poderá ser excluído da pesquisa quando cessada a condição sub judice, ou seja, quando houver um julgamento definitivo sobre o seu pedido de registro.

A resolução prevê a aplicação de sanção às empresas responsáveis pela divulgação de pesquisas sem o prévio registro das informações constantes de seu artigo 2º, entre elas: o nome do contratante; o valor e a origem dos recursos despendidos; a metodologia e o período de realização do levantamento; e o questionário completo aplicado ou a ser aplicado. A multa prevista é de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00.

Confira a íntegra da Resolução nº 23.600/2019.

 

Na madrugada deste domingo (26), em mais uma ação da “Operação Pacto Pela Vida”, a Polícia Militar conduziu 63 pessoas à Delegacia na cidade de Santa Cruz/RN

Em desobediência aos Decretos Estaduais e Municipais no combate à Covid-19, diversos jovens estavam aglomerados em uma festa. As Forças de Segurança Pública foram acionadas e, durante a fiscalização no local, foram apreendidas porções de cocaína, maconha, loló, um revólver calibre 38 municiado, um “paredão de som”, além de 11 motocicletas, 03 automóveis e 39 aparelhos celulares.

 

Apenas seis Estados estão no bloco daqueles que tem conseguido controlar os óbitos causados pelo Covid-19. Destes, o Rio Grande do Norte é praticamente o único a se manter permanentemente, nas últimas semanas. Neste sábado (25) o percentual de redução de óbitos do RN era de 41%, maior do país, seguido do Ceará (29%), Acre (26%), Amazonas, Pernambuco e Alagoas, com 18%.

A imagem pode conter: texto que diz "RN REPRESENTA MAIOR QUEDA EM NÚMEROS DE ÓBITOS POR COVID-19 Óbitos confirmados ao longo do tempo -41% I..l.. Fonte: Boletim Epidemiológico publicado MAS NÃOÉ MOMENTO DE ABAIXAR A GUARDA. EVITE AGLOMERAÇÕES. PACTO VIDA JUNTOS.CONTRAACOVID RIO GRANDE DO NORTE"

O Governo do Estado publicou na edição deste sábado (25) do Diário Oficial do Rio Grande do Norte, o decreto nº 29.861 que dispõe sobre a retomada gradual das atividades religiosa no Estado, em igrejas, espaços religiosos, lojas maçônicas e estabelecimentos similares, como cultos, missas e congêneres.  O decreto autoriza a realização de cerimônias religiosas em espaços com utilização de ventilação natural e divide a retomada desta atividade em duas fases. A fase 1 inicia na próxima quarta-feira (29), permitindo a frequência máxima simultânea de até 100 (cem) pessoas. A segunda fase, que se inicia no dia 12 de agosto, para frequência acima de 100 (cem pessoas).

Além do uso obrigatório de máscaras de proteção, disponibilização de álcool em gel nos acessos e frequente higienização dos espaços, os estabelecimentos precisam cumprir protocolos sanitários específicos que incluem, além de outras medidas, a limitação de 1 (uma) pessoa para cada 5 m² (cinco metros quadrados) de área do estabelecimento, sendo observado o limite máximo estabelecido no cronograma de fases, o distanciamento mínimo de 1,5 m (um metro e meio) entre os frequentadores, evitando aglomeração e contatos próximo; espaço entre os assentos ou interdição de assentos alternados, a fim de garantir o distanciamento de 1,5 (um metro e meio);  organização das filas, dentro e fora do estabelecimento, observando a distância de 1,5 (um metro e meio); e proibição de compartilhamento de aparelhos e equipamentos individuais, como microfones, bem como a vedação de distribuição de qualquer material impresso.

A medida é condicionada aos bons indicadores de saúde, correlacionados à taxa de transmissibilidade da COVID-19 e à taxa de ocupação dos leitos clínicos e de UTI para COVID-19- atualmente abaixo dos 80%-  e poderá sofrer alterações, a qualquer momento, caso ocorram modificações nas taxas que representem maiores riscos para a população.

Agência Brasil – Os entregadores de aplicativos promovem hoje (25) a 2ª paralisação nacional da categoria. A primeira foi realizada no dia 1º de julho. Eles reivindicam melhores condições de trabalho, fim de bloqueios indevidos, maior remuneração e apoio para prevenção contra a contaminação durante a pandemia do novo coronavírus.

Os trabalhadores requerem das empresas elevação da taxa mínima e da taxa por quilômetro. Atualmente, eles recebem um valor fixo por corrida e um variável por distância percorrida. Eles argumentam que os dois valores são insuficientes para custear as despesas básicas.

Outro pleito é o fim dos bloqueios indevidos. Entregadores afirmam que são impedidos de continuar prestando o serviço sem explicações. Outra crítica é o fato de que os envolvidos nas paralisações são punidos com esta medida. “Defendemos o fim dos bloqueios. Os caras bloqueia mesmo, aí não quero correr o risco”, relatou um entregador.

O chamado “breque” traz entre suas pautas a adoção de medidas efetivas pelas empresas de proteção no cenário de pandemia. Enquanto algumas empresas forneceram equipamentos e insumos como álcool em gel, outras ainda não tomaram medidas. Eles pedem também um seguro saúde em caso de contaminação ou de acidentes.

Publicações nas redes sociais de grupos de entregadores registravam paralisações marcadas em pelo menos seis unidades da Federação: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Espírito Santo e Paraná.

Manifestação das empresas

Em nota, o iFood disse que “respeita, de forma incondicional, os direitos democráticos à manifestação e à livre expressão“. “A empresa informa que já atende à maioria das reivindicações feitas pelo movimento dos entregadores — opera com valor mínimo de entrega de 5 reais, independentemente da distância percorrida, distribui equipamentos de proteção individual e para quem não retirou os kits de proteção repassou o valor de R$ 30,00 para compra de materiais, e oferece seguros de vida e contra acidentes. O iFood reconhece que há muito a ser feito e continua, como sempre esteve, aberto ao diálogo.”

A Associação Brasileira de Mobilidade e Tecnologia (Amobitec), que reúne, entre outros, o Uber Eats, disse, por meio de nota, que  o contexto da pandemia da covid19 teve efeitos severos sobre a economia, afetando a renda de milhões de brasileiros. “Mesmo diante de um cenário crítico, as empresas associadas à Associação Brasileira de Mobilidade e Tecnologia (“Amobitec”) que atuam no setor de delivery implementaram, desde o início da pandemia, diversas ações de apoio aos entregadores parceiro, tais como a distribuição gratuita ou reembolso pela compra de materiais de higiene e limpeza, como máscara, álcool em gel e desinfetante, e a criação de fundos para o pagamento de auxílio financeiro para parceiros diagnosticados com covid-19 ou em grupos de risco. Além disso, os entregadores parceiros cadastrados nas plataformas estão cobertos por seguro contra acidentes pessoais durante as entregas”.

No comunicado, a Amobitec disse ainda que “as plataformas de delivery operam sistemas dinâmicos e flexíveis, que buscam equilibrar as necessidades de entregadores, de restaurantes e de usuários. As ações de combate à crise foram desenvolvidas mesmo em um cenário de acirramento da competição entre empresas e aumento expressivo no número de entregadores. Diante de um cenário econômico como o da pandemia da covid-19, a flexibilidade dos aplicativos foi essencial para que centenas de milhares de pessoas, entre entregadores, restaurantes, comerciantes e micro empresas, tivessem uma alternativa para gerar renda e apoiar o sustento de suas famílias”.

É importante esclarecer que as empresas associadas à Amobitec não trabalham com esquema de pontuação para a distribuição de pedidos e deixam claro que respeitam a liberdade de expressão, portanto a participação em atos e manifestações não resulta em punições ou bloqueios de qualquer natureza.

“A Amobitec e suas empresas associadas que atuam no setor de delivery reafirmam a abertura ao diálogo, sempre atentas à realidade dos diversos perfis de entregadores parceiros para aprimorar a experiência de todos nas plataformas”, afirmou.

O Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte, entidade de representação sindical dos médicos do Estado tem acompanhado a grave crise de saúde pública que atinge o Brasil e o mundo. Estão sendo feitos esforços científicos para se chegar ao tratamento definitivo e a uma vacina, entretanto estes estudos randomizados não são de resultado imediato e demandam tempo imprevisível, certamente o vírus não vai aguardar estes resultados, ele avança e mata.

Os resultados da pesquisa científica devem ser seguidos por todos, porém na situação em que estamos deve prevalecer o bom senso, a praticidade, a experiência clínica e a observação. Agregado a isto temos presenciado intensa interferência política partidária e ideológica por setores radicais. Apesar disto o trabalho médico tem se dado com muita competência e qualidade. Os medicamentos off label, prescritos pelos médicos (as), reconhecidos há décadas a sua utilidade, tem sido usado em vários protocolos para profilaxia e tratamento precoce. Alertamos a população que a qualquer sintoma que sentir deve procurar o médico (a).

O médico (a) deve seguir rigorosamente o que dispõe o Princípio VIII do Código de Ética Médica: “O médico não pode, em nenhuma circunstância ou sob nenhum pretexto, renunciar a sua liberdade profissional, nem permitir quaisquer restrições ou imposições que possam prejudicar a eficiência e a correção de seu trabalho”.

É direito do médico (a) frente ao paciente que lhe procura, ter total autonomia para prescrever a medicação adequada para o diagnóstico que fará, dando conhecimento ao paciente ou seu representante legal e com o seu consentimento. Entendemos que toda a medicação que o médico (a) prescrever deverá estar à disposição tanto no setor público (SUS), quanto no privado. O Sinmed RN, em concordância com as posições expressadas pela Associação Médica e Conselho Regional de Medicina do RN, incita a todos os envolvidos que deixem os médicos (as) e demais profissionais da saúde trabalharem para salvar vidas, cumprindo suas missões.

Na manhã deste sábado, 25 de julho, Policiais Militares da 1a Cia./11BPM, em patrulhamento no distrito de Mangabeira, Macaíba, após abordarem um suspeito conduzindo uma moto, foi constatado que o motor estaria possivelmente adulterado.

O condutor e a moto foram conduzidos à Central de Flagrantes para adoção dos procedimentos cabíveis.

Homem preso por suspeita de participação na morte do PM da reserva Plínio Sales foi levado para a Delegacia de Macaíba — Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu um homem suspeito de envolvimento no latrocínio que resultou na morte do tratorista Leonardo Alves Gomes, na última quinta-feira (23), em Macaíba, município da Grande Natal. De acordo com Cidorgeton Pinheiro, delegado de Macaíba, o homem de 20 anos, preso nesta sexta-feira (24), seria o mandante do crime e mais três bandidos estão sendo procurados.

Leonardo Alves Gomes, 42 anos, estava com dois amigos em uma casa no distrito Riacho de Sangue, próximo à zona rural de Macaíba, quando dois criminosos, a pé, anunciaram o assalto. Eles pediram as chaves dos veículos das vítimas. Os amigos correram, mas o tratorista reagiu e entrou em luta corporal com os bandidos. Segundo a Polícia Militar, eles atiraram cinco vezes contra Leonardo, que morreu na hora.

Os criminosos levaram a moto de Leonardo Alves e um carro, tipo Uno, de um dos amigos que estava com ele na casa. A Polícia Civil divulgou imagens da fuga dos criminosos e estes vídeos estão sendo utilizados na investigação. O carro já foi localizado, e a moto continua sendo procurada.

O delegado Cidorgeton Pinheiro conta que a intenção do grupo era roubar um carro para poder praticar novos crimes, mas houve a reação por parte da vítima. O homem seria o mandante do crime e outros dois homens fizeram os disparos. Falou que também havia um quarto envolvido na ação. Um dos procurados é adolescente e tem 15 anos.

Com informações do G1 RN

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), passou a ampliar, a partir desta sexta-feira, 24, a testagem do tipo RT-PCR para pessoas que apresentem sintomas compatíveis com a Covid-19.

A medida é um incentivo do Governo do Estado e do Governo Federal, através do programa Diagnosticar para Cuidar, visando a ter uma resposta mais qualificada para a Covid-19, por meio do diagnóstico precoce da doença. O teste será oferecido a pacientes que apresentem sintomas gripais e que estejam entre o primeiro e sétimo dia do início dos sintomas.

“Deixamos de ter grupos prioritários para testagem, e a partir de agora todo paciente sintomático que procure atendimento e se enquadre nas definições para coleta do exame RT-PCR, conhecido como isolamento viral, poderá realizar o exame”, explica a subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Luchesi.

A testagem do tipo RT-PCR estava reservada a profissionais da saúde, segurança, idosos e pessoas com comorbidade e a ampliação irá contribuir para o enfrentamento da pandemia do coronavírus no Rio Grande do Norte.

Uma nota técnica, elaborada pela Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Sesap (Suvige), foi enviada às secretarias municipais de saúde com as definições operacionais dos casos considerados suspeitos para a Covid-19. O documento está disponível no site da Sesap, na área destinada a informações sobre o coronavírus.

A realização do diagnóstico através de testes-rápidos sorológicos permanece sendo indicada para os casos que passarem do período de oportunidade de coleta para RT-PCR, ou seja, a realização dos testes-rápidos é indicada aos pacientes sintomáticos a partir do 8º dia de início de sintomas, e que esteja há pelo menos três dias assintomático.