Arquivo diário: quarta-feira, julho 15, 2020

Após cobrança do vereador Emídio Jr., secretária de Saúde anuncia ...

Pesquisa espontânea 

O instituto Agora Sei/Senadinho Macaíba divulgaram nesta quarta-feira (15) pesquisa com intenção de voto para prefeito de Macaíba. A pesquisa foi realizada entre 04 e 05 deste mês, onde 500 pessoas foram entrevistadas. A margem de erro estimada foi de  4,3 pontos, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número RN-03075/2020.

Emídio Júnior 18%

Marília 10,4%

Netinho 8,4%

Normando 6%

Janssen 1,8%

José Aldenir 1,2%

Fernando Cunha 1%

Luizinho 0,4%

Vinicius da Câmara 0,2%

Edi da Saúde 0,2%

Não sabem 8,4%

Nenhum 44%

VEREADORA DADAIA RIBEIRO PARTICIPA DA AUDIÊNCIA PÚBLICA DO PRÓ ...

O momento 

Nesta terça-feira (14) aconteceu a posse da vereadora Dadaia Ribeiro como presidente da Câmara Municipal de Macaíba. Dadaia mostrou ser uma liderança, pois em meio a uma grande disputa pela presidência, conseguiu unidade dentro do seu grupo político e venceu o jogo.

Uma figura política bastante conhecida no meio político, em conversa conosco, disse que esse seria o momento de Dadaia disputar a Prefeitura de Macaíba.

Dificilmente isso acontecerá nessa eleição, devido a liderança do partido não está em suas mãos, mas quem sabe no futuro.

Nas lives 

O vereador Netinho França segue mantendo suas redes sociais ativas como forma de chegar na população, visto que a pandemia tem feito a pré-campanha tomar um ritmo mais lento. Nas lives, Netinho tem buscado trazer profissionais de diversas áreas para falar de temas que envolvam a covid-19.

Adesões

O pré-candidato a prefeito Normando Feitosa teve uma agenda bastante movimentada nesta quarta-feira (15). É o que circula em grupos da região do loteamento Esperança, onde o mesmo recebeu diversas adesões de famílias que lá residem e ouviu os moradores que falaram sobre a insegurança que assola a região.

Assim como em outras regiões de Macaíba, o loteamento Esperança sofre com uma constante criminalidade e o delegado Normando foi ouvir o clamor da população.

Macaíba: Bastidores da Política em…Emocionado, Suspeita e ...

Pé na estrada 

A ex-prefeita Marília Dias voltou a entrar em campo. Devido a pandemia, Marília Dias havia dado uma reduzida na agenda. Segundo informações que recebemos, a ex-prefeita foi vista nos últimos dias na rua Olímpio Maciel visitando amigos e correligionários.

Em campo 

O presidente do PSDB de Macaíba, Edi do Posto da Maré, segue trabalhando seu nome e ouvindo as lideranças do partido. Edi do Posto também foi citado na pesquisa do Agora Sei tanto para o executivo quanto para o legislativo.

Nesta quarta-feira (15/07), o Governo do Estado, através da Fundação José Augusto (FJA), lança o Cadastro Estadual de Cultura do RN para mapear agentes, entidades e espaços culturais que integram a cadeia produtiva no Rio Grande do Norte.

O acesso ao cadastro, disponibilizado a partir de agora de forma permanente, deverá ser feito pelo hotsite.

O Cadastro Estadual de Cultura do RN identificará o perfil socioeconômico e profissional dos integrantes do setor, pessoas físicas e entidades artístico-culturais atuantes em todo estado do Rio Grande do Norte.

Poderão se cadastrar pessoas físicas ou jurídicas, com atuação no setor cultural como: artistas, técnicos, produtores, brincantes de folguedos populares, professores, pesquisadores e outras categorias ligadas à produção e à difusão da arte e de outras atividades culturais praticadas no território potiguar.

Lei Aldir Blanc

A ferramenta será também uma forma de agilizar o repasse dos recursos federais oriundos da Lei 14017/2020, conhecida como “Lei Aldir Blanc”, destinada ao setor cultural durante o estado de calamidade pública provocado pela pandemia do coronavirus que paralisou a atividade do setor no território brasileiro.

Mais informações e dúvidas devem ser enviadas para o e-mail cadastro@cultura.rn.gov.br.

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, nesta quarta-feira (15), Adriano da Silva, 34 anos. A prisão aconteceu no bairro Pirangi, na Capital Potiguar, em cumprimento a um mandado de prisão decorrente de sentença condenatória, pela prática do crime de roubo majorado.

Ele foi condenado pela Justiça a uma pena de sete anos. De acordo com investigações, no ano de 2008, Adriano da Silva, na companhia de duas pessoas não identificadas, assaltaram um mercadinho localizado na comunidade de Mangabeira, quando ameaçaram as vítimas, fazendo uso de arma de fogo.

Na ocasião, eles roubaram uma balança eletrônica, dois litros de rum, cigarros, um aparelho celular e uma quantia em dinheiro de R$1.000,00 (um mil reais). Adriano da Silva foi conduzido à delegacia e encaminhado ao sistema prisional.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando denúncias anônimas sobre crimes e foragidos da justiça pelos números 181 ou pelo 98114-4042 (Delegacia Municipal de Macaíba).

PC/Assecom

Agência Brasil – O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, decidiu excluir a necessidade de identificação biométrica, por meio de impressão digital, nas eleições municipais deste ano, tendo em vista o risco de contágio por covid-19.

A decisão foi tomada após uma primeira reunião de técnicos do tribunal com os médicos David Uip, do Hospital Sírio Libanês, Marília Santini, da Fundação Fiocruz, e Luís Fernando Aranha Camargo, do Hospital Albert Einstein.

As três instituições firmaram parceria com o TSE para a elaboração de um protocolo de segurança que reduza o risco de contágio durante a votação. Segundo o tribunal, a consultoria sanitária é prestada sem custos.

Dois fatores pesaram para excluir a biometria. Primeiro, o leitor de impressões digitais não pode ser higienizado com frequência, como a cada utilização. Também pesou o fato de que a identificação biométrica tende a causar filas maiores, favorecendo aglomerações, já que o processo é mais demorado do que a simples coleta de assinatura.

Recesso judiciário

A exclusão da biometria será incluída em resoluções para as eleições deste ano que devem ser apreciadas pelo plenário do TSE a partir de agosto, após a volta do recesso judiciário.

A Justiça Eleitoral iniciou o cadastramento biométrico em 2008, e já colheu as impressões digitais de 119.717.190 eleitores, que estariam aptos a votar pelo novo sistema. O TSE planeja cadastrar todos o eleitorado de mais de 150,5 milhões de pessoas até 2022.

O cadastramento biométrico é obrigatório. O eleitor que não comparecer ao cartório eleitoral para a revisão cadastral pode ter o título cancelado e ficará inapto a votar, caso perca o prazo estipulado pela Justiça Eleitoral para cada município.

Neste ano, porém, devido à pandemia, o TSE suspendeu o cancelamento de 2,5 milhões de documentos.

Ainda em virtude da pandemia, o Congresso Nacional promulgou há duas semanas uma emenda à Constituição que adiou o primeiro turno das eleições municipais de 4 de outubro para 15 de novembro. O segundo turno foi alterado de 25 de outubro para 29 de novembro.