Arquivo diário: domingo, junho 14, 2020

Segundo informações que chegam o nosso site, o vereador Gerson Lima estava infectado com o coronavírus. O vereador tinha feito um exame de sangue que deu negativo, pois no exame de sangue o corpo precisa ter produzido anticorpos para o vírus ser detectado.

Mesmo assim, Gerson estava com todos os sintomas da doença, é tanto que o vereador estava cumprindo um certo isolamento. Um dia antes de sua morte, Gerson estava sem o paladar e com uma tosse muito forte. Amigos e correligionários pediram para o mesmo ir ao médico, mas Gerson se recusou. Em conversa com Edi do Posto da Maré um dia antes de sua morte, Edi me contou que ligaram para ele, pedindo para que Gerson fosse atendido no carro, mas mais uma vez Gerson teria se recusado a ir.

O presidente da Câmara tinha todos os pré-requisitos do grupo de risco do vírus: obeso, hipertenso e diabético. No dia de sua morte foi feito o teste SWAB. Neste sábado dia 13, vereadores foram informados que o teste deu positivo. Gerson é mais um que entra para essa triste estatística das vítimas do covid-19.

Informativo Atitude

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, no final da tarde deste domingo (14), no Km 294 da BR 304, em Macaíba/RN, dois homens, sendo filho e pai, com idades de 46 e 78 anos, respectivamente, por possuírem mandados de prisão em aberto, pelo crime de estelionato.

Durante fiscalização, por volta das 16h25, os policiais abordaram um veículo do tipo Captur, de cor prata, conduzida pelo homem de 46 anos. Ao realizar consultas aos sistemas, a equipe constatou a existência de um mandado de prisão em aberto contra o condutor, expedido pela Vara Única de Lucena/PB, em 10 de abril de 2018, pelo crime de estelionato.

O homem foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes Zona Sul, em Natal/RN. Ao chegar no local, o seu pai o aguardava e, ao realizar consultas dos documentos do senhor de 78 anos, também foi constatada a existência de um mandado de prisão em aberto, pelo mesmo crime e sendo da mesma Vara e com a mesma data de expedição.

Os dois foram, então, presos e encaminhados à Polícia Judiciária.

O corpo de um homem em avançado estado de decomposição foi encontrado na manhã deste domingo (14) em uma zona de mata da comunidade Pau Brasil, no município de São José de Mipibu, a 30 km de Natal. A suspeita é que trata-se do jovem Giovanne Gabriel de Sousa Gomes, de 18 anos, desaparecido desde o último dia 5. Um familiar reconheceu pelas roupas, mas não houve a confirmação por parte do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

Equipes das Polícias Civil e Militar estiveram no local onde o corpo foi encontrado, até a chegada do Itep, que fará a perícia ainda neste domingo. O perito criminal Diego Sabino revelou que há marca de tiros na cabeça. “Ele foi encontrado com provável lesão causada por perfuração de arma de fogo na região do crânio”, falou.

Gabriel foi visto pela última vez na manhã do dia 5, quando saiu de casa no bairro Guarapes, em Natal, para ir de bicicleta à casa da namorada em Parnamirim. Familiares e amigos iniciaram a busca por Gabriel e, na última semana, chegaram a encontrar suas sandálias e a bicicleta em uma área de vegetação em Parnamirim.

Com a informação de que um familiar havia reconhecido o corpo, Patrícia Souza, mãe de Gabriel, esteve na sede do Itep, em Natal, no início da tarde.

“Agora eu peço justiça e que as investigações continuem, para saber o motivo, porque eu não me conformo. Eu tenho o direito de saber o motivo que mataram meu filho”, desabafou.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, toda a investigação está sob sigilo.

G1 RN

Robinson Faria e Fátima Bezerra; Executivo e Legislativo ...

O ex-governador Robinson Faria fez duras críticas, neste domingo (14), à atual governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra. De acordo com ele, a gestão estadual tem sido “omissa” no combate ao novo coronavírus e tem colocado a política partidária acima do enfrentamento à pandemia.

Em seu programa semanal na Rádio Agreste FM, de Nova Cruz, Robinson afirmou também que a governadora está “escondida”. Ele cobrou de Fátima Bezerra ações mais efetivas na área da saúde e o reconhecimento de que o Governo Federal tem ajudado o Estado.

“O governo (estadual) não está fazendo nada no combate à pandemia. Não tem resposta. O governo está totalmente omisso. A governadora está escondida, não está enfrentando. Ela não dá entrevista porque não tem o que dizer, a não ser quando é entrevista combinada”, afirmou o ex-governador.

Segundo Robinson, o Rio Grande do Norte tem a pior gestão do Brasil no enfrentamento à Covid-19. Para o ex-governador, a atual gestão tem se aproveitado do “legado” deixado pela gestão dele na área da saúde e da ação do Governo Federal.

“A governadora gosta muito de falar do governo federal e do governo estadual passado, que foi o meu. Mas nós implantamos 120 leitos de UTI no Rio Grande do Norte. Ela quer botar a culpa da sua incompetência no governo federal, que só fez ajudar, e no governo estadual passado, que deixou um legado na saúde, que está salvando milhares de vidas. Ela não agradece, só faz criticar”, afirmou.

Na semana passada, o Governo do RN divulgou que já abriu 309 leitos específicos para o tratamento de Covid-19 até agora, sendo 182 leitos de tratamento intensivo e 127 leitos clínicos e de estabilização. Além destes, outros 36 leitos críticos abertos no município de Natal que contaram com auxílio do Governo do RN.

Sobre a ajuda federal, o ex-governador do Rio Grande do Norte cobrou que Fátima Bezerra explique como serão aplicados os mais de R$ 237 milhões que a administração estadual recebeu na semana passada do governo do presidente Jair Bolsonaro. Robinson também disse que, se não fosse o auxílio emergencial pago a trabalhadores informais e desempregados, milhares de potiguares estariam passando fome atualmente por falta de ação do Estado.

“Os R$ 237 milhões que foram enviados ao Rio Grande do Norte… Conte ao povo o que está sendo feito com esse dinheiro. O povo não está passando mais fome porque está recebendo os R$ 600 do Governo Federal. E ainda quer botar a culpa na União, no presidente. Recebendo dinheiro e falando mal. Uma chuva de milhões e uma chuva de mentiras”, afirmou Robinson.

O ex-governador defendeu, ainda, uma reabertura gradual das atividades econômicas: “A economia tem que rodar. O pai de família não tem opção a não ser trabalhar e sustentar sua família. Vai morrer de fome? O RN é o estado que tem a pior gestão no combate ao coronavírus. O governo é nota zero”.

Apesar da cobrança de Robinson, o dinheiro recebido pelo Governo do Estado não é uma receita extra. A verba servirá para o Estado compensar a perda de arrecadação registrada no período de isolamento social forçado pelo coronavírus. Reportagem publicada pelo Agora RN na semana passada mostrou que, em abril e maio deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, o governo Fátima Bezerra teve uma queda de R$ 284,1 milhões em sua receita corrente.

Polêmica sobre hidroxicloroquina
O ex-governador Robinson Faria se posicionou, ainda, sobre a polêmica em torno do uso da hidroxicloroquina, um remédio conhecido por sua ação contra a malária, no combate ao coronavírus. Ele disse que a governadora do Rio Grande do Norte é contra a ampliação do uso do medicamento apenas porque o presidente Jair Bolsonaro é favorável.

“Ela bota política partidária acima da pandemia. A pandemia não tem partido político. Deveria ter uma união suprapartidária, e não disputa de egos, vaidades, mentiras. A esquerda é contra. O povo que morra. O que vale é ser contra, até contra um remédio que salva vidas”, disse Robinson.

No mês passado, o Ministério da Saúde incluiu a hidroxicloroquina no protocolo de tratamento da Covid-19. Na prática, o documento recomenda o uso do remédio até para pacientes com sintomas leves da doença. A inclusão da droga no protocolo foi uma ordem do presidente Jair Bolsonaro ao ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, após os dois antecessores no cargo (Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich) se recusarem a fazê-lo.

No Rio Grande do Norte, a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) não adotou o mesmo protocolo porque não há estudos científicos que comprovem a eficácia do medicamento. Algumas pesquisas, aliás, mostraram que o fármaco é perigoso para pacientes cardiopatas.

Agora RN

A secretaria estadual de Saúde divulgou neste sábado, 13, o boletim epidemiológico com atualização dos dados do covid-19 em Macaíba. A cidade registra 891 casos suspeitos, 226 descartados, 247 confirmados, 2 óbitos em investigação e 12 óbitos confirmados.

Neste sábado (13), a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiro Militar realizaram mais ações na Operação Pacto Pela Vida, desencadeada com o objetivo de cumprir os decretos governamentais.

As forças de segurança do Estado realizaram orientação à população de Macaíba sobre a conduta durante a pandemia.

O objetivo da Polícia Militar é salvar vidas humanas.