Arquivo diário: terça-feira, maio 5, 2020

IFRN oferta 4.200 vagas gratuitas em cursos a distância

Como uma forma de auxiliar as pessoas que estão vivendo o período de distanciamento social provocado pela pandemia de Covid-19, sabendo que está sendo um período difícil para todos, o IFRN, através da ferramenta de Ensino a Distância (EaD), está lançando cursos de capacitação de forma totalmente gratuita.

Ao todo, são 4.200 vagas em 10 cursos de educação profissional e tecnológica. Entre eles, estão disponíveis os curso de: Agente de alimentação escolar; Agente de inclusão digital em centros públicos de acesso à internet; Assistente administrativo; Assistente de secretaria escolar; Instalador e reparador de redes de computadores; Operador de computador; Programador de sistemas; Programador de web e vendedor.

Todos os cursos fazem parte do programa Novos Caminhos, do Governo Federal. Ao concluir seus estudos, portanto, o aluno que participar do programa receberá certificado com o selo da Rede Federal de Ensino.

Inscrições

As inscrições se iniciam nesta terça-feira (5) no Portal do Candidato e se encerram no dia 14 do mesmo mês. A classificação e o preenchimento das vagas será por ordem de inscrição e a lista dos aprovados será divulgada no dia 15 de maio, tendo o início das aulas está previsto ainda para o final do mês, no dia 29 (sexta-feira).

Acesse

Portal EaD IFRN

Portal do Candidato

Reprodução

O apresentador Carlos Roberto Massa, mais conhecido como Ratinho, usou as redes sociais para criticar a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra. No comentário de uma publicação no Instagram, Ratinho disse que a governante potiguar é “incompetente”.

A crítica do apresentador do SBT foi feita em um post do deputado federal Fábio Faria (PSD-RN) – que é genro de Silvio Santos, dono da emissora em que Ratinho trabalha. Na publicação, o parlamentar cobrou da governadora que reconhecesse publicamente que o Governo do Rio Grande do Norte tem recebido ajuda do governo federal no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Nas últimas semanas, Fátima tem reclamado da falta de apoio federal.

“Está na hora da senhora parar de apontar o dedo para os outros e trabalhar, mantendo sempre a coerência”, escreveu Fábio Faria, após listar ações do governo federal no Rio Grande do Norte, entre as quais o pagamento do auxílio emergencial para desempregados e trabalhadores informais e a liberação de emendas parlamentares para investimentos na área da saúde.

Agora RN

 

No depoimento de sábado, Sergio Moro afirmou que tem mensagens no celular que mostram que ele comunicava Jair Bolsonaro sobre “operações sensíveis” da Polícia Federal, “após deflagração”.

Uma das principais queixas de Bolsonaro em relação ao ex-ministro era falta de informações por parte da PF. O presidente disse que queria obter relatórios de inteligência para tomar decisões.

Moro disse que Bolsonaro deveria esclarecer que tipo de informação pretende obter no contato direto com o diretor-geral, “já que tinha acesso à produção de inteligência da PF via SISBIN e ABIN”.

O Antagonista

No Rio Grande do Norte, a Secretaria Estadual de Tributação (SET) projeta queda no ICMS entre 27% e 30%, algo em torno de R$ 130 milhões por mês. Até o dia 21 de abril, a diminuição registrada na arrecadação deste tributo era de R$ 75 milhões, segundo dados da Secretaria Estadual de Planejamento (Seplan), que previa, até o fim de abril, entre R$ 130 milhões e R$ 150 milhões, além de estimar recuo de 44% no consumo do mercado varejista e de 80% no setor de serviços. A indústria também sofre os impactos da crise. Sondagem elaborada pela FIERN aponta que 40% das indústrias do RN não resistem mais um mês nessas condições, 39% já passou por demissões e 65% por renegociação de contrato de trabalho.

Projeções apontam que a curva começa a crescer intensamente entre os dias 15 de abril e 02 de maio, no Brasil, com o pico dos casos previsto para o período entre 3 e 16 de maio, segundo o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN) e do SUTD Data-Driven Innovation Lab. Para o RN, segundo dados da Sesap, o cenário também converge para o período de 2 a 15 de maio. O documento ressalta que o objetivo do isolamento é achatar a curva de contaminados no pico, com a principal finalidade de não sobrecarregar os leitos hospitalares.

Diante da pandemia, o presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo, enfatiza a necessidade de planejar a recuperação da economia do Rio Grande do Norte de forma responsável para quando o retorno for possível, minimizando os efeitos da crise instalada. “A FIERN, preocupada com a situação dos empresários e da economia do Rio Grande do Norte, formou um grupo de trabalho para discutir soluções e a sugestão resultante que será feita ao Governo do RN é de indicar caminhos, de ver uma luz no fim do túnel e como caminhar até ela”, afirma o presidente.

Ele destaca a cooperação das entidades envolvidas no grupo de trabalho interdisciplinar. “O grupo tem forte representatividade dos mais diversos setores da economia, do setor produtivo, governo, prefeituras, do meio científico e médico, com mais de 20 pessoas envolvidas, debatendo possibilidades em vários campos e direções para darmos esta contribuição à sociedade e podermos, desde já, planejar a retomada”, observa Amaro Sales.

A Agenda Urgente elenca pontos de atenção e necessidade de respostas mais imediatas, como o planejamento nos bancos para acesso ao crédito-auxílio, criação de barreiras sanitárias nas divisas, um Plano de Segurança Pública para Situação do COVID-19, distribuição de máscaras para a população, monitoramento completo dos leitos hospitalares, além de propor que o Governo do Estado deve agir junto ao Governo Federal para flexibilizar burocracias que impedem, neste momento, as empresas terem acesso aos programas de financiamento, bem como a melhoria do acesso a linha de crédito especial do Banco do Nordeste com recursos do Fundo Constitucional – FNE.

A agenda pressupõe identificar a população de maior risco, expandir a capacidade de testes, ter o acompanhamento eficiente, em tempo real, de leitos disponíveis de UTI dotados de respiradores, o Governo dar condições para que as Secretarias e órgãos estaduais [Segurança Pública, Agricultura, Desenvolvimento Econômico, Pesquisa, Ciência e Tecnologia e Idema] atuem de forma intensiva, condicionadas às orientações da Secretaria Estadual da Saúde Pública (Sesap).

Propostas e protocolos de ações para retomada das atividades

Entre as propostas apresentadas no Plano de Retomada Gradual da Economia Potiguar estão a criação de um cronograma para abertura gradual de atividades econômicas e de horários alternados para diversas atividades econômicas de forma que se evite horários de pico. O Plano ainda alerta para atividades econômicas que, hoje, merecem atenção e sugere ações de educação para planejamento financeiro às famílias e de suporte aos pequenos empresários.

Além de ações transversais de continuidade de quarentena domiciliar para grupos de risco e infectados; uso generalizado de máscaras de proteção; adequação da oferta da frota de ônibus urbanos; continuidade de suspensão de eventos com grande número de pessoas e a manutenção do teletrabalho para as atividades em que for possível essa modalidade.

E apresenta um conjunto de protocolos de retorno como Protocolo de distanciamento social no trabalho, Protocolo se algum funcionário testar positivo para COVID-19; Protocolo para creches e escolas; Fábricas, Escritórios, Setor lojista; Setor de alimentação; Salões de beleza, estética e correlatos; Shoppings e praças de comércio; Personal trainer e estúdios de pequeno porte; Transporte público.

Há ainda a proposta de projeto piloto de liberação para pequenos municípios, em que, aqueles que até o momento não apresentaram óbitos, casos confirmados e nem possuem casos suspeitos possam ser gradualmente liberados, observando os pressupostos, protocolos e ações transversais apresentados.

José Bezerra Marinho, coordenador do Mais RN, explica que o plano de retorno gradual considera o ser humano em sua integridade, no aspecto de saúde e também na necessidade de sustento e sobrevivência econômica. “O plano procura atender e pensar o ser humano em sua integridade, buscando oportunidades, com o escalonamento, para que quando se tornar possível, obedecendo a todos os protocolos, o retorno as atividades econômicas possam ser feitas pensando nos trabalhadores e nos empresários de todos os portes, desde o grande ao micro”, disse Marinho.

O documento também antecipa estratégia e pilares da comunicação, com campanha para orientação e conscientização da responsabilidade de todos os cidadãos acerca do cumprimento das medidas preventivas, com ênfase nas ações transversais estabelecidas no plano (horários, circulação, higienização das mãos, uso de máscaras).

E estabelece ainda o papel estratégico do “Sistema S” nesse contexto, com treinamento e consultoria para os empresários e equipes se adequarem aos protocolos de propostos no Plano. Os treinamentos serão todos online de forma a seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), de modo a mensurar a quantidade e a identidade dos capacitados.

“O objetivo é elaborar um plano responsável, seguro, atento aos ditames da saúde, mas que dê previsibilidade e um calendário de retorno gradual das atividades econômicas no Rio Grande do Norte”, afirma assessor técnico de Economia e Pesquisa da FIERN, Pedro Albuquerque.

Acesse aqui a íntegra Plano de Retomada Gradual da Economia Potiguar-MAIS_RN

Assista o vídeo de apresentação https://youtu.be/10gOBP4kDvM

Fiern

Lançamento do aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Agência Brasil – Os cidadãos que fizeram a solicitação do auxílio emergencial do governo federal podem consultar a situação dos seus requerimentos e, caso não tenha sido selecionado, saber o motivo da negação. Além do portal e do aplicativo da Caixa, os brasileiros poderão acompanhar, a partir de hoje (5), os seus pedidos por meio dos sites do Ministério da Cidadania e da Dataprev.

O objetivo é dar transparência aos procedimentos de análise, processamento, homologação e pagamento do benefício. Os requerentes poderão acompanhar todo o detalhamento dos pedidos, como resultados, datas de recebimento e envio dos dados pela Caixa à Dataprev e vice-versa, além da motivação da negativa do benefício. A análise da segunda solicitação também poderá ser conferida.

Na noite dessa segunda-feira (4), a Dataprev ativou a página de consultas para testes e mais de 500 mil acessos já foram registrados.

Pelo menos 12,4 milhões de brasileiros que pediram o auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras) devem refazer o cadastro no aplicativo do programa ou no site auxilio.caixa.gov.br. Este é o total de inscritos que tiveram o cadastro classificado como inconclusivo, que podem estar relacionados a dados divergentes, como número do Cadastro de Pessoa Física (CPF), endereço e informações sobre dependentes.

Apenas os cidadãos com pedidos considerados inconclusivos podem refazer o cadastro. Quem teve o benefício rejeitado e recebeu a classificação de inelegível não pode retificar os dados. Dos 97,7 milhões de pedidos de auxílio emergencial, 50,5 milhões foram aprovados, 32,8 milhões considerados inelegíveis e 13,7 milhões receberam a classificação de inconclusivos e necessitam de complemento cadastral.

SAQUES EM ESPÉCIE

Para os trabalhadores que já tiveram o benefício autorizado e quiserem sacar o dinheiro em espécie, a Caixa esclarece que todos que chegarem às agências durante o horário de funcionamento, de 8h às 14h, serão atendidos. “Não é preciso madrugar nas filas, evitando, assim, períodos excessivos de espera e aglomerações. Todos os que chegam até as 14h, horário de fechamento das agências, são informados de que o atendimento será realizado na mesma data”, informou.

Além disso, o banco intensificou o atendimento às pessoas que estão nas filas, de forma a dar celeridade com prestação de informações e geração de códigos para a realização dos saques, conforme o calendário de pagamento e da necessidade de se manter o distanciamento.

Desde ontem, todas as agências da Caixa estão funcionando com horário estendido. No próximo sábado (9), mais de 2 mil agências em todo país vão abrir para atendimento do Auxílio Emergencial.

Foto: ilustrativa

O Informativo Atitude destaca que Edi do Posto da Maré se mantém firme no seu projeto político. Do dia para noite, o Pequeno Grande Homem virou o sonho de muitos pré-candidatos a prefeito, que desejam tê-lo como companheiro de chapa. No dia do trabalhador, Edi foi visto em Riacho do Sangue, Canabrava, Traíras, Lagoa do Sitio e Capoeiras.

Imagem: Cedida

Na tarde deste domingo (3), no Recanto Verde, um cachorro foi atacado por um jacaré na lagoa que fica próxima a entrada da comunidade. Esse foi o segundo ataque, o primeiro também foi contra um cachorro.

O Cidadão Macaibense conversou com uma moradora que relatou: “Esse cachorro tinha o costume de ir próximo da lagoa e até tomar banho!”

O dono do animal contou a moradora que quando o cachorro chegou em casa ele pensou que tinha sido maldade de alguém, então resolveu olhar as câmeras de segurança e viu o ataque que ocorreu por volta das 15h30. Como podemos ver na foto a mordida foi no pescoço e infelizmente o animal não sobreviveu.

Os moradores estão se organizando para colocar faixas/placas alertando o perigo, os mesmos já entraram em contato com a secretaria municipal do meio ambiente e foram informados de que essa situação era de responsabilidade do Ibama. Nenhum telefone do Ibama atende e os moradores não tem condições de cercar o local.

Já foram vistos 4 jacarés no local, a área em torno da lagoa é aberta podendo ocorrer outros ataques contra adultos ou crianças que se aproximarem.

Cidadão Macaibense 

PM/ASSECOM

Na manhã desta terça-feira (05), policiais militares da Força Tática do 1º Batalhão (FT1) detiveram um homem, de 23 anos, por porte ilegal de arma de fogo, no bairro Cidade Alta, zona Leste de Natal.

Por volta das 09h30, em patrulhamento na Praça Senador Guerra, os militares visualizaram o suspeito com um volume na cintura e decidiram abordá-lo. Na busca pessoal foi encontrado e apreendido um revólver calibre 38 com cinco munições.

O infrator confessou já ter respondido pelo art. 157, ele recebeu voz de prisão e, em seguida, foi conduzido à Central de Flagrantes.

O boletim epidemiológico nº 52, divulgado nesta terça-feira, 5, atualiza os dados da covid 19 no Rio Grande do Norte. De acordo com o documento, o estado possui 1.536 confirmados, 5.138 suspeitos, 4.702 descartados, 68 óbitos e 478 recuperados. É importante lembrar que o dado de pessoas recuperadas está sujeito a alteração a partir da evolução dos casos e à medida que os municípios enviarem seus dados.

O boletim epidemiológico com o detalhamento de todas as informações está disponível em saude.rn.gov.br

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO Nº 52 (até as 23h – 04 de maio de 2020)

Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Dando continuidade às ações de controle e enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19), o Governo do Rio Grande do Norte publica, nesta terça-feira (05), o Decreto Nº 29.668 que prorroga até 20 de maio as medidas de saúde para o combate à pandemia, determina a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção, a partir do dia 7 de maio, para acessar serviços e atividades essenciais e para circulação de pessoas em áreas comuns públicas e privadas. Leia abaixo as medidas do novo decreto:

AULAS PRESENCIAIS PERMANECEM SUSPENSAS ATÉ DIA 31

A suspensão das atividades escolares continua até o dia 31 de maio e as atividades coletivas de qualquer natureza, públicas ou privadas, incluindo eventos que acarretem aglomeração como shows, atividades desportivas, feiras, exposições, carreatas, passeatas e congêneres, continuam suspensas.

ESTABELECIMENTOS DEVEM FORNECER MÁSCARAS A FUNCIONÁRIOS E MOTOBOYS

A lista de atividades e serviços essenciais continua inalterada, e o novo documento determina que os estabelecimentos disponibilizem máscaras de proteção aos funcionários, sendo obrigatória sua utilização durante o serviço, incluindo as atividades de entrega em domicílio (delivery).

USO OBRIGATÓRIO DE MÁSCARAS A PARTIR DO DIA 7

O Decreto trata sobre a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção (industrial ou caseira) para o acesso aos serviços e atividades cujo funcionamento não esteja suspenso. Além disso, fica determinado que o uso de máscara de proteção se estende à circulação de pessoas, para fins de trânsito ou prática de atividades físicas, em vias e áreas de uso coletivo, públicas ou particulares, incluindo ruas, calçadas, estacionamentos, portarias, recepções, elevadores e demais áreas comuns em condomínios.

As pessoas jurídicas autorizadas a funcionar devem exigir aos clientes, funcionários e colaboradores o uso da máscara sob pena de multa. A penalidade é a mesma prevista no Decreto nº 29.583 e varia de R$ 5 mil a R$ 50 mil. O valor arrecado através da aplicação de multa passa a ser direcionado ao Fundo Estadual de Saúde (FES/RN), ou poderão, por convênio, serem delegadas ao município, sendo recolhidas ao Fundo Municipal de Saúde. O descumprimento também faz referência às punições estabelecidas no Art. 268 Código Penal Brasileiro.

Outra medida editada no novo Decreto diz respeito aos edifícios de uso público e coletivo que fazem uso de ar interior climatizado artificialmente. A partir de agora, há a obrigatoriedade para que eles disponham de um Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC) com o objetivo de minimizar os riscos potenciais à saúde.

MULTA A DESCUMPRIMENTO DE NORMAS E DIVULGAÇÃO DE FAKE NEWS

O novo decreto também dispõe sobre a aplicação de multa para o descumprimento das normas e também para quem divulgar notícias falsas (fake news) sobre a pandemia, sendo considerado descumprimento de medidas de saúde. Para regulamentação das multas será editada uma portaria entre a Sesap e Sesed para estabelecer os valores. Além disso, os disseminadores de falsas notícias não estão isentos da responsabilização penal e civil.

ATESTADOS DE VISTORIA E LICENÇAS PRORROGADAS ATÉ 24 DE MAIO

O novo ato governamental altera o Decreto Estadual nº 29.556, de 24 de março de 2020, determinando que os Atestados de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) que vencerem no período de 24 de março a 20 de maio de 2020 sejam prorrogados automaticamente até 24 de maio de 2020, como medida de diminuição do fluxo de atendimento do órgão. Também prorroga as licenças e autorizações expedidas pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA) até 24 de maio de 2020.

Confira o decreto completo: http://diariooficial.rn.gov.br/dei/dorn3/docview.aspx?id_jor=00000001&data=20200505&id_doc=681949