Arquivo diário: quinta-feira, abril 2, 2020

ASSECOM/PMRN

O Governo do Estado está agindo para garantir o cumprimento das medidas sanitárias estipuladas para o enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19) no Rio Grande do Norte, com foco nas ações listadas nos decretos editados desde o mês de março.

As polícias Militar e Civil, sob a coordenação da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), estão atuando em todo o estado para coibir quem está descumprindo as determinações condensadas no Decreto nº 29.583, publicado nesta quinta-feira (2).

O Decreto amplia o poder da PM para fazer abordagens e fiscalizações, como as que já foram realizadas em barreiras sanitárias no interior do estado esta semana. Em termos de abordagem, os militares estão orientando as pessoas que não possuem conhecimento das medidas e os trabalhadores que seguem nas ruas. As que descumprem com conhecimento o isolamento social estão sendo conduzidas à delegacia, como no caso das 23 pessoas detidas na noite do dia 28 de março em uma festa.

Já a Polícia Civil vem conduzindo investigações sobre casos como o do empresário que, durante o período de quarentena por ter contraído o Covid-19, promoveu uma festa em Carnaubais com mais de 20 pessoas e um personal trainer que usou as redes sociais para disseminar informações contra as determinações sanitárias para o isolamento social. Neste caso, a 1ª Delegacia de Polícia de Natal já encaminhou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) para o Juizado Especial Criminal da capital por apologia ao crime, prevista no artigo 287 do Código Penal, que prevê uma pena de três a seis meses de detenção.

As pessoas e empresas que forem flagradas descumprindo as determinações do Governo também poderão sofrer uma multa diária de até R$ 50 mil para cada dia, podendo ainda sofrer apreensão, interdição e o emprego de força policial, assim como as responsabilizações civil e penal, pela caracterização de crime contra a saúde pública, tipificado no art. 268 do Código Penal.

As multas mínimas previstas no Decreto nº 29.583 são de R$ 5 mil para pessoas físicas e R$ 25 mil para pessoas jurídicas. Para a aplicação da multa as autoridades policiais registram a infração e enviam os autos para a Procuradoria Geral do Estado, que faz a inscrição na dívida ativa do Estado em caso de não pagamento.

As denúncias devem ser feitas pelo 190.

O Blog do BG pontua questões pertinentes sobre as ações do governo estadual e municipal.

Nos meios médico e de enfermagem, em grupos de whatsApp e nos corredores e salas de hospitais públicos e privados da capital e do interior não se fala noutra coisa.

Enquanto o Governo do Estado convoca um chamamento público emergencial para contratar a implantação de um hospital de campanha no estádio Arena das Dunas, uma arena multiuso, no valor de R$ 37 milhões, estruturas da rede estadual de saúde estão subutilizadas por falta de equipamentos e investimentos. Falta o básico.

O Blog do BG recebeu, de mais de uma fonte do setor médico, informações que relata a seguir e expõe, na opinião destes profissionais e especialistas, um erro estratégico grave tanto para o combate à prevenção à pandemia da Covid-19 quanto para o setor da saúde pós-crise provocada pelo novo coronavírus que está assolando o mundo.

O Governo do Estado dispõe de leitos ociosos na rede pública estadual de saúde. O Hospital da Polícia Militar conta com dez leitos de UTI adulta e outros leitos de UTI infantil. E numa situação de emergência poderia contar com mais 30 leitos no Centro Cirúrgico e no CRO do mesmo hospital.

Os investimentos seriam mínimos e os benefícios permanentes para a população depois de superada a pandemia do novo Coronavírus.

Em vez disso, o governo estadual prefere investir R$ 37 milhões de reais em um hospital de campanha numa arena multiuso, que será erguida do zero.

E será desmontado pós-pandemia.

Até agora nenhuma sinalização quanto ao uso do Hospital da Polícia Militar.

Para muitos médicos, a opção do governo do estadual está sendo comparada a uma piada de mau gosto ou a uma ação de caráter midiático, para chamar a atenção da população via veículos de comunicação e redes sociais.

Do mesmo jeito que o HPM, o Hospital Municipal de Natal e o Hospital Gizelda Trigueiro enfrentam problemas por falta de investimentos.

O Gizelda Triigueiro, especializado no tratamento de doenças infectocontagiosas falta máscaras e demais Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para proteger os seus bravos profissionais. Não tem igualmente condições de fazer um simples eletrocardiograma na UTI e não tem ar condicionado na ala montada às pressas para atender a pacientes com a Covid-19.

Médicos e pessoal de enfermagem trabalhando com o suor pingando da testa.

Há algo também muito grave acontecendo no Hospital Walfredo Gurgel. Segundo relatos médicos, o Centro de Tratamento de Queimados, resultado de anos de luta de muitos profissionais de saúde, está sendo montado. Os pacientes serão transferidos para a área geral do HWG.

Um médico relatou ao Blog do BG que um paciente queimado precisa de espaço e ambiente limpos, climatizados e em boas condições para receber pessoas com queimaduras de 1º, 2º e 3º graus. Ele observa que, mesmo assim, é alto o índice de infecções entre pacientes queimados.

O Centro de Tratamento de Queimados no Hospital Walfredo Gurgel é o único do Rio Grande do Norte e referência na região Nordeste.

Mesmo assim, o Governo do Estado está desmontando o CTQ. Na expressão de outro médico, a desativação será uma “sentença de morte”.

Os médicos alertam que com todos os problemas que poderiam ser resolvidos com investimentos na rede pública de saúde, pelo menos uma coisa a pandemia da Covid-19 trouxe pelo menos uma mudança de cenário: as mortes, antes restritas aos corredores de hospitais como o Walfredo Gurgel, não permanecerão invisíveis, sem chamar a atenção dos veículos de comunicação.

E fica a pergunta que não quer calar: por que milhões de reais serão investidos para instalar hospitais de campanha em um estádio de futebol e em hotel desativado pela prefeitura em vez de serem gastos para equipar a rede estadual de saúde?

O Blog do BG lembra que, em sã consciência, ninguém pode ser contra a instalação de um hospital de campanha em virtude da gravidade da situação. Mas, perguntamos: não seria mais fácil e menos oneroso investir e ampliar de imediato a estrutura existente dos hospitais públicos, deixando um legado permanente para a população para depois da pandemia?

Em contato com diretores de hospitais privados, esses também confirmaram que ainda tem UTI disponível se o Governo do Estado ou Prefeitura precisassem reserva-las para combater o Covid-19.

Em Natal, por exemplo, o prefeito Álvaro Dias está todo dia na mídia falando do hospital de campanha em um hotel desativado na Via Costeira.

Enquanto isso, na rede básica de saúde da capital falta o básico.

Com a palavra, o Governo do Estado e a Prefeitura do Natal.

Do Blog do BG

 

O Blog do Xerife destaca: O Makro Atacadista esclarece que o fechamento da unidade localizada em Natal (RN) integra o movimento de reestruturação da empresa, já anunciado no mês de janeiro de 2020. Com a otimização da rede de lojas, a companhia confirma a continuidade de sua operação no Brasil, exclusivamente no Estado de São Paulo. O Makro estruturou e está comprometido em entregar um amplo plano de reconhecimento e recompensa a todos os funcionários impactados.

A Prefeitura de Macaíba segue com a campanha de vacinação contra a gripe Influenza até o dia 22 de maio de 2020, em todas as Estratégias de Saúde da Família (ESF). O dia 9 de maio, um sábado, será o dia “D” de mobilização nacional da campanha que, nesta primeira fase, conta com mais de 90% dos idosos e todos os profissionais de saúde do município vacinados.

A expectativa é que todos os idosos do município sejam vacinados até o próximo dia 16 de abril, uma quinta-feira. A próxima fase começará nesta data e tem como foco os professores das escolas públicas e privadas; profissionais das forças de segurança e salvamento; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

No dia 9 de maio terá início a terceira fase da campanha, que visa vacinar crianças de seis meses a menores de seis anos de idade; gestantes; puérperas; povos indígenas; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; adultos de 55 a 59 anos de idade.

O Ministério da Saúde tomou a decisão de realizar a campanha com um mês de antecedência, que historicamente acontecia em abril, pelo momento que o mundo passa no combate ao novo coronavírus (COVID-19). Com isso, pretende-se proteger a população contra a gripe além de minimizar o impacto sobre os serviços de saúde. Destaca-se que os sintomas desta doença são semelhantes aos do coronavírus e essa antecipação visa reduzir a carga da circulação de Influenza na população.

Sobre o COVID-19, a Prefeitura de Macaíba ressalta que todas as medidas de saúde estão sendo tomadas no âmbito municipal para a prevenção à doença. Neste sentido, conta com a colaboração de todos os cidadãos e cidadãs do município para evitar aglomerações, entre outras medidas preventivas divulgadas amplamente nos meios de comunicação oficiais da administração.

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal deteve, no final da tarde desta quarta-feira (1º) no km 115 da BR 101, em São José de Mipibu/RN, um homem de 35 anos, passageiro de um ônibus que fazia a linha entre Natal e a cidade de Pedro Velho/RN.
De acordo com a vítima, uma mulher 33 anos, que estava sentada em uma poltrona logo a frente a do acusado, percebeu que o homem estava praticando o ato obsceno de masturbação.

De imediato, ela comunicou o fato ao cobrador do veículo. Este se dirigiu ao suspeito e constatou a denúncia. O homem ainda tentou descer do ônibus, mas foi impedido. Em seguida, o motorista percebeu a presença de viaturas da PRF às margens da rodovia, onde parou e relatou o ocorrido.

Diante das evidências, o passageiro foi detido e encaminhado com a vítima e o cobrador, para a Delegacia de Plantão Zona Sul em Natal/RN onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência.
O crime de praticar ato obsceno em lugar público ou aberto, está previsto no artigo 233 do Código Penal e prevê pena de três meses a um ano de detenção, ou multa.

Assecom/RN

O Governo do Estado vai contratar 888 profissionais para reforçar o sistema de saúde pública do Rio Grande do Norte durante o período de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A medida envolve a contratação de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e trabalhadores do setor administrativo, pelo período de seis meses, ampliando a assistência hospitalar e o processo de abertura de leitos de UCI e UTI planejados para atender pacientes com a Covid-19.

A contratação temporária é amparada no Decreto n º 29.581, publicado na edição de 1º de abril do Diário Oficial do Estado, e no estado de calamidade pública instaurada por conta da pandemia. A medida também é prevista na lei estadual nº10.229/2017. O Governo do Estado separou, por meio do Decreto nº 29.577, um valor de R$ 19 milhões para garantir as contratações e o reforço na saúde do estado. O sistema de recrutamento a ser utilizado foi desenvolvido especificamente para este edital pelo IMD/UFRN – Instituto Metrópole Digital, parceria muito importante para o Governo do Estado.

O decreto prevê que a seleção dos profissionais seja feita por meio de processo seletivo simplificado, em etapa única, de caráter classificatório e eliminatório, por meio da avaliação curricular. Será dada prioridade para os candidatos aprovados e que se encontram em quadro de reserva do concurso público deflagrado pelo Edital nº 001/2018-SEARH-SESAP. Caso as vagas não sejam preenchidas por quem estiver no cadastro de reserva do concurso, serão selecionados de acordo com o tempo de experiência do candidato na função para a qual se inscreveu. Neste 1º de abril o Governo convocou mais 119 profissionais de saúde, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas, daquele concurso público para atuar nos hospitais regionais Tarcísio Maia, em Mossoró, e Dr. Mariano Coelho, em Currais Novos.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia, o Plano de Contingência tem sido atualizado em função das expectativas de crescimento da epidemia e das tratativas de ampliação da oferta de leitos. “Na região de Mossoró, por exemplo, incorporamos a oferta de leitos por unidades filantrópicas e contratação de leitos privados. E já com previsão de ativação de leitos no Tarcísio Maia e no Hospital Rafael Fernandes. Em Natal, além do Hospital de Campanha no Arena das Dunas, teremos a ativação de leitos no Hospital da Polícia Militar e no João Machado que deverá disponibilizar 48 leitos de enfermaria e 20 UTI’s”, explicou.

Maia lembrou ainda que dos aprovados no último concurso da Sesap, convocados recentemente, cerca de 476 trabalhadores já se apresentaram e estão sendo lotados para suas atividades.

Os candidatos podem tirar dúvidas pelo e-mail recrutamentosesapcovid@gmail.com.

O decreto pode ser visualizado pelo Diário Oficial Aqui 

 

O caminho é o PL, PSB e MDB

Onze vereadores da Câmara Municipal de Macaíba ainda não anunciaram por qual partido irão disputar o pleito deste ano, porém, já circula nas rodas de conversa que a maioria deverá caminhar para o PL do pré-candidato Emídio Júnior e o PSB do pré-candidato Netinho França.

Outro partido que deverá receber pelo menos um vereador é o MDB da ex-prefeita Marília Dias.

Além de estarem de olho na nominata do MDB, um edil teria ficado animado com os votos de legenda que a sigla teve no pleito passado.

RIACHUELO EM AÇÃO: DELEGADO NORMANDO FEITOSA (PSC) CONFIRMA PRÉ ...

Arauto Brasil/Reprodução

Sem mandatários

O grupo do delegado Normando Feitosa entrou na reta final na organização da nominata. O grupo recebeu nos últimos dias nomes de peso que farão a diferença na disputa ao Legislativo.

A nominata do PSC é composta apenas por pessoas que não tem mandato. Mesmo tendo sido procurados por vereadores, o grupo decidiu que a nominata não teria mandatários.

Decisão

A suplente de vereadora Ceyça Lima deverá divulgar até este sábado (04) por qual sigla irá disputar a eleição deste ano. Em contato com o blog, Ceyça Lima disse que vai se reunir com o seu grupo para em breve fazer o anúncio.

24 | julho | 2019 | Macaíba no Ar

Outro suplente que ainda não decidiu por qual partido disputar a eleição foi Jefferson Stanley. O suplente recebeu convite de diversos grupos, mas está analisando três nominatas para decidir qual rumo tomar.

DIÁRIO DE MACAÍBA: Decisão judicial que deu a vitória a Beto ...

Convite

O partido Cidadania  ainda não fechou sua nominata. De acordo com informações de bastidores, a sigla vem forte para a eleição deste ano, pois convidou um construtor para disputar o Legislativo. A sigla é liderada pelo vereador Denilson Gadelha.

A imagem pode conter: 1 pessoa, flor

Comissão provisória 

O grupo Macaíba é Nossa já está devidamente com a comissão provisória do Partido Verde em Macaíba. O anúncio foi feito pelo professor Hailton Mangabeira, um dos lideres do grupo.

 

Reprodução/Redes sociais

Ex-dirigentes da direção do PSL em Macaíba se filiaram ao Partido Social Cristão. Através do Suboficial fuzileiro naval Romildo Mendes, o grupo declarou apoio ao pré-candidato a prefeito Normando Feitosa. Romildo desenvolve um projeto social de natação em Macaíba para crianças e adolescentes.