Arquivo diário: quarta-feira, abril 1, 2020

Agência Brasil – O presidente Jair Bolsonaro sancionou, na tarde desta quarta-feira (1º), a Medida Provisória (MP) que cria uma renda básica emergencial de R$ 600 aos trabalhadores informais, autônomos e sem renda fixa, durante a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

A informação foi confirmada pelo ministro da Secretaria Geral da Presidência, Jorge Oliveira, em uma postagem no Twitter. A medida teve a votação concluída no Senado na segunda-feira (30) e agora será regulamentada por meio de um decreto.

O líder do governo no Senado Federal, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), informou que o texto sancionado por Bolsonaro contém três vetos, que ainda não foram publicizados pela Presidência da República.

A liberação dos recursos também depende da abertura de um crédito extraordinário no Orçamento federal. O pagamento será efetuado ao longo de três meses, com operacionalização pelas redes dos bancos públicos federais: Caixa Econômica Federal, casas lotéricas, Banco do Brasil (BB), Banco da Amazônia (Basa) e Banco do Nordeste (BNB), após o cruzamento de dados para definir quem tem direito ao benefício.

Pelas regras contidas no projeto de auxílio emergencial aprovado pelo Congresso, os trabalhadores deverão cumprir alguns critérios, em conjunto, para ter direito benefício, como não ter emprego formal; não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família; ter renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); e não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro anunciou novas medidas para enfrentar a crise gerada pela pandemia da covid-19, inlcuindo uma MP para ajudar as empresas na manutenção dos empregos. Serão liberados R$ 51 bilhões para complementação salarial, em caso de redução de salário e de jornada de trabalho de funcionários, e R$ 40 bilhões (R$ 34 bilhões do Tesouro e R$ 6 bilhões dos bancos privados) de crédito para financiamento da folha de pagamento. Os detalhes da medida serão informados pelo Ministério da Economia.

Muitos edis (vereadores) estão filiados em seus novos partidos, porém, não houve a divulgação dessas filiações. O motivo? estratégia, para não “afastar” as lideranças de menor potencial eleitoral.

Agência Brasil – O número de mortes e de novos infectados pelo novo coronavírus deu um salto expressivo nesta quarta-feira (1º) no estado do Rio de Janeiro, segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES). Foram mais cinco óbitos e 124 casos, comparado ao dia anterior.

No total, em todo o estado, 832 pessoas tiveram exame positivo para covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, e 28 morreram em decorrência do vírus.

As vítimas mais recentes são três mulheres de São Gonçalo, Rio de Janeiro e Arraial do Cabo, e dois homens, de Rio das Ostras e Rio de Janeiro.  A secretaria ainda investiga outros 49 óbitos que podem ter sido causados pelo novo coronavírus.

Do total de óbitos, 20 foram na capital. Os outros oito foram registrados em Miguel Pereira, Niterói, Petrópolis, Rio Bonito, Volta Redonda, Rio das Ostras, Arraial do Cabo e São Gonçalo, com uma morte em cada.

Os casos confirmados estão distribuídos da seguinte maneira, com o Rio de Janeiro registrando 697 casos, seguido por Niterói, 62; Volta Redonda, 12; São Gonçalo, 11; Nova Iguaçu, 7; Duque de Caxias, 6; Petrópolis, 5, Itaboraí, 4; Belford Roxo, 3; Rio das Ostras, 3; Barra Mansa, 2; Maricá, 2; Resende, 2; Rio Bonito, 2, e São João de Meriti, 2.

Os municípios de Angra dos Reis, Arraial do Cabo, Campos dos Goytacazes, Guapimirim, Macaé, Mangaratiba, Miguel Pereira, Queimados, São Pedro da Aldeia, Seropédica, Teresópolis e Valença registraram um caso cada.

Além de acessar gráficos com a situação da pandemia no estado, na página www.painel.saude.rj.gov.br, a população também pode tirar dúvidas sobre covid-19 pela central telefônica 160, que funciona gratuitamente 24h por dia, além do site www.coronavirus.rj.gov.br.

No país, o número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus subiu para 6.836 nesta quarta-feira, de acordo com os dados mais recentes do Ministério da Saúde. O número de mortes por covid-19 chegou a 241.  em todo o Brasil.

Uma das dificuldades que estão sendo enfrentadas pelos grupos políticos em Macaíba é a composição de mulheres nas nominatas. A grande maioria dos pré-candidatos são homens e a legislação obriga que 30% seja do gênero feminino. Alguns grupos dizem ter os 26 nomes, mas não tem a cota miníma de mulheres, a conta não fecha.

O prazo de filiação partidária para quem pretende disputar a eleição deste ano termina neste sábado (04).

 

Na manhã desta quarta-feira (1), um assaltante foi morto após uma ação criminosa em um mercadinho no Loteamento Veneza, em Macaíba.

De acordo com informações do jornal Patrulha da Cidade, três criminosos anunciaram o assalto no estabelecimento comercial, onde renderam o proprietário e pessoas que estavam no local. Ainda segundo o jornal, um desconhecido presenciou a ação e efetuo um disparo de arma de fogo, atingindo um dos criminosos que veio a óbito no local. Os comparsas reagiram e balearam o dono do mercadinho no abdômen (ele passou por cirurgia e seu estado de saúde é estável).

Em seguida os dois criminosos conseguiram fugir.

Senadinho Macaíba

ISD

Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), do Instituto Santos Dumont (ISD), começou a entregar neste fim de semana o primeiro lote de ‘máscaras-escudo’ que pesquisadores e alunos estão produzindo para doar a hospitais que atendem casos de coronavírus e outros considerados graves no Rio Grande do Norte.

Com a pandemia do chamado Covid-19, a alta demanda por esse tipo de material – considerado essencial para o trabalho dos profissionais da saúde – provocou escassez no mercado.

A linha de produção montada no IIN-ELS envolve pesquisadores e alunos do mestrado em neuroengenharia e vai significar uma produção inicial de 600 máscaras, que deverá ser ampliada.  Pelo menos outras mil são previstas.

Um total de 210 unidades, deste primeiro lote, vai suprir a demanda de quatro hospitais e de uma unidade de pronto-atendimento em Natal, Parnamirim e Macaíba.

As 390 restantes o Instituto afirmou que irá distribuir de acordo com pedidos encaminhados para o e-mail covid19@isd.org.br e avaliação de comissão interna.

A força-tarefa de pesquisadores e alunos IIN-ELS/ISD foi registrada em reportagens da Tribuna do Norte e do portal G1 RN, dois dos principais veículos de comunicação do estado.

Do total de máscaras produzidas até agora, 40 foram divididas entre a UPA Aluízio Alves, principal serviço de urgência e emergência de Macaíba, e o Hospital Regional Alfredo Mesquita Filho, onde inexistia a oferta desses materiais para o trabalho dos profissionais de saúde.

Mais 60 máscaras serão direcionadas a um dos principais serviços de referência para Covid-19 em Natal, o Hospital Giselda Trigueiro.
Outras 60 serão entregues para atendimento de casos de urgência não relacionados ao coronavírus na Maternidade Escola Januário Cicco, principal referência para gravidez de alto risco no estado, e 50 chegaram neste domingo ao Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim – considerado referência para casos de trauma e ortopedia, inclusive em cirurgias de urgência, cujos procedimentos têm alto risco de contaminação para as equipes de saúde.

Pesquisadores vão desenvolver também válvulas e respiradores

A produção inicial foi exclusivamente de máscaras de proteção facial, mas as impressoras já vão começar a trabalhar para criar também válvulas de ventiladores pulmonares usados em pacientes com casos mais graves de falta de ar e dificuldades respiratórias.

Em outra frente, o grupo trabalha em um modelo de respirador mecânico de baixo custo e open source, ou seja, que pode ser replicado por qualquer interessado.

“Esse é o momento de mostrar a força da ciência brasileira, a sua inventividade e capacidade de responder às demandas da sociedade que a financia”, diz o diretor-geral do ISD, Reginaldo Freitas Júnior.

O Instituto Santos Dumont é uma Organização Social financiada pelo Ministério da Educação e engloba, além do IIN-ELS, o Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi.

O Centro está funcionando desde a semana passada como pronto-atendimento para grávidas e crianças com suspeita de Covid-19 em Macaíba.

A estratégia foi proposta à Secretaria de Saúde para ajudar a desafogar a UPA do município, onde o movimento aumentou quase 60% em uma semana puxado principalmente por casos considerados não urgentes, de pessoas que não precisavam ter saído de casa.

No caso do Coronavírus, o principal sinal de alerta para procurar atendimento médico é sentir dificuldade respiratória, ou seja, falta de ar.

SERVIÇO
O ISD está levantando doações para ampliar a produção de máscaras e outros equipamentos para o enfrentamento ao Coronavírus. Para a realização do trabalho, são necessários  filamentos de impressora 3D, acetato ou dinheiro, por depósito identificado:

Banco do Brasil

Ag: 4328-1

CC: 224.696-1

Todas os valores recebidos e investimentos realizados serão publicados no site do Instituto.

Após reunião realizada na sede do Palácio Auta de Souza entre feirantes, comerciantes do Mercado Público e de bancas em calçadas foi deliberado pelo Comitê Gestor Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao COVID-19 (Coronavírus), da Prefeitura de Macaíba, o retorno da feira livre, no próximo sábado (04/04).

A feira livre será exclusiva para feirantes residentes em Macaíba, mas para participar é necessário preencher o formulário, que está disponível no site da Prefeitura de Macaíba (https://formulario.macaiba.rn.gov.br) ou através dos telefones listados abaixo.

A realização de atualização cadastral de todos os feirantes, ocupantes de boxes e calçadas, através de telefone, WhatsApp e formulário eletrônico, durante o período de 01 a 02 de Abril de 2020. O comerciante que não atender as determinações não poderá exercer suas atividades.

Entre as recomendações, está o afastamento das bancas, de no mínimo 1,5m, uso de álcool em gel, além de equipamentos de proteção pelos feirantes, entre eles, máscaras e luvas. Será proibida a venda de produtos no chão. Além disso, Não será permitida a comercialização por feirantes classificados como de grupo de risco de acordo com as definições do Ministério da Saúde. Após a deliberação dessas medidas, uma ata foi lida, aprovada e assinada por todos os presentes na reunião desta quarta-feira (01/04).

A Prefeitura de Macaíba alerta que a responsabilidade é de todos e que os moradores de Macaíba devem evitar aglomerações, assim como a presença de idosos está totalmente proibida. A continuidade da feira livre vai depender do comportamento de todos, feirantes e clientes.

Os telefones para contato para os (as) interessados (as) são: 3271-4662 ou 6629 (Infraestrutura), 98116-3411 (Assistência Social), 3271-3393 ou 91802-8891 (CRAS Tavares de Lyra), 3271-6502 ou 6522 ( CRAS Fabrício Pedroza) e 3271-3180 (SEMURB).

Assecom-PMM

A ex-senadora Marina Silva acaba de publicar em sua página no Facebook sua análise do pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na noite desta terça-feira (31) em cadeia nacional de rádio e TV.

Leia na íntegra

“A suposta mudança no tom do pronunciamento do presidente com certeza não foi por convicção, mas por imposição da realidade. A postura do Ministro da Saúde foi fundamental nesse sentido, parafraseando aquele velho ditado: ao não seguir o argumento insano da autoridade, prevaleceu a autoridade do argumento.

Se ontem a tentativa foi mostrar moderação, o prazo expirou em 12 horas. Hoje o presidente retomou sua inaceitável militância de querer convencer as pessoas de que a economia tem quer ser a nossa maior preocupação. Postou logo cedo um vídeo sobre um falso desabastecimento do Ceasa de Belo Horizonte. Até poderia ser uma brincadeira de mau gosto de 1 de abril, mas brincar com algo tão sério, diante do quadro que estamos enfrentando no país, partindo do presidente, é uma atitude irresponsável e inaceitável.

Ontem no seu discurso o presidente recuou na defesa de teses completamente equivocadas que haviam sido proferidas em seu pronunciamento anterior, mas desonestamente distorceu a fala do diretor-geral da OMS, selecionando apenas trechos de sua conveniência.

Não citou uma linha sequer sobre a importância do distanciamento social. Pior: voltou a defender o uso da cloroquina, mesmo que ainda não exista nenhuma comprovação científica sobre a sua eficácia e que seu uso indevido possa ter efeitos colaterais nocivos à saúde das pessoas.

Enfatizou a importância de garantir assistência aos mais pobres, mas não explicou por que até agora não sancionou o projeto aprovado no Congresso por uma Renda Básica emergencial.

Tentou tomar para si o mérito das iniciativas realizadas pelos governadores e pelo Congresso no combate à crise, que preocupados com a preservação da vida e a manutenção dos empregos, implantaram medidas que seguiram as orientações da OMS.

O presidente parece tentar evitar a repetição do seu usual show de horrores, mas fracassa reiteradamente. Tenta parecer o que não é, e só consegue explicitar o que realmente é: inepto e coadjuvante na cadeira da Presidência da República”.

 

A maior empresa de transportes intermunicipal da região metropolitana de Natal, a Trampolim da Vitória, demitiu hoje 120 funcionários. Responsável pelas linhas de Macaíba, São Gonçalo do Amarante e Parnamirim, a empresa está com cerca de cem ônibus parados em sua garagem no bairro Monte Castelo em Parnamirim.

Nós havíamos anunciado ontem, que as empresas iriam começar as demissões hoje e algumas pessoas do sistema chegaram a negar.

O número de demitidos no sistema de transporte público no RN chega a 850, sendo 600 em Natal e 250 no transporte intermunicipal.

É uma tristeza, mas como sustentar os funcionários sem faturamento?

Blog do Gustavo Negreiros 

Fotógrafa potiguar Isadora Aragão foi uma das primeiras infectadas com o novo coronavírus no RN — Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

A fotógrafa potiguar Isadora Aragão, de 28 anos, foi uma das primeiras pacientes diagnosticadas com o novo coronavírus no Rio Grande do Norte, ainda em meados de março. Hoje, sem sintomas, abriu seu perfil no Instagram (@isadoraaragao) para prestar apoio emocional às pessoas que estão sentindo os efeitos da doença, para tentar acalmá-las.

“Como já sofro de ansiedade, chegou uma hora que eu não sabia o que era sintoma do vírus e o que era da ansiedade. Então é importante que todos fiquem tranquilos. Abri meu perfil e tenho recebido muita mensagens, tanto com dúvidas sobre os sintomas, quanto em busca desse apoio emocional”, conta.

Isadora começou a sentir os sintomas da Covid-19 em 15 de março, 10 dias após ter contato com uma pessoa que também testou positivo para o novo coronavírus. No primeiro dia, teve dores abdominais. No segundo, veio a tosse seca e no terceiro dor de cabeça. Febre, diarréia, perda do olfato e paladar, além do cansaço, chegaram no 4º dia.

Segundo Isadora, o cansaço era tanto que só de sair de um cômodo para outro, tomar banho ou até mesmo levantar para ligar a TV já se sentia ofegante. “Mas é importante dizer também que esses foram os meus sintomas. Não necessariamente vai ser assim com todo mundo”.

Isadora Aragão relata que foi aí que procurou o Hospital Giselda Trigueiro, referência em infectologia no RN, onde ficou internada e dormiu por uma noite. Foi no Giselda também que fez o exame para confirmar a doença. Contudo só recebeu o resultado seis dias depois.

De manhã foi para casa, porém os sintomas persistiram. A fotógrafa diz que percebeu que eles se intensificaram por causa da ansiedade. “Por isso é importante ficar tranquilo. Procurar ajuda médica e se acalmar”, reforça.

Ela voltou ao médico mais duas vezes, na rede particular, onde fez exames que constataram que não tinha agravamento da doença. Isadora também procurou ajuda psicológica. A fotógrafa afirma que ficou em isolamento desde os primeiros sinais da Covid-19. “É importante isso: as pessoas, às vezes, continuam saindo de casa mesmo apresentando os sintomas iniciais. O isolamento social é muito importante”, disse.

Não houve ministração de medicamentos. Ainda de acordo com Isadora, ela se manteve em repouso, em casa, até que ficou curada, pois seu quadro não se agravou. A Secretaria de Estado da Saúde Púbica (Sesap) explica que a orientação do tratamento para os casos menos graves é para que os pacientes permaneçam em suas residências, isolados. Passados 14 dias, se não apresentarem mais os sintomas, são considerados curados clinicamente. Não existe um exame que ateste isso, mas a própria Sesap faz esse acompanhamento, por telefone.

Mesmo agora, livre da doença, Isadora Aragão segue em quarentena, para estimular que outras pessoas também permaneçam em isolamento.

“O isolamento social precisa ser feito para evitar o grande número de contaminação e a superlotação dos leitos, que é o que está sendo preocupante em outros países. A gente sabe que o sistema de saúde não tem vaga para um número grande de doentes. Então é importante seguir as recomendações do Ministério da Saúde e da OMS e permanecer em casa”, alerta.

Atualmente, a cidade de Natal tem 42 casos de novo coronavírus confirmados, dos quais 14 pacientes já receberam alta, outros quatro estão internados e os demais seguem cumprindo a quarentena. O Rio Grande do Norte registrou duas mortes por Covid-19, uma em Mossoró e outra em Natal, na noite de terça-feira (31). Ao todo, são 82 casos de Covid-19 no estado potiguar.

Ajude aí

Além de disponibilizar o seu perfil no Instagram para trocar ideias sobre o novo coronavírus, a fotógrafa Isadora Aragão também se vinculou a um projeto social que surgiu em Natal por causa da doença. É o Ajude Aí, que tem o perfil @ajudeai também no Instagram.

O projeto arrecada dinheiro para a compra de cestas básicas e kits de higiene para moradores de bairros periféricos da capital que estão em isolamento e precisam de ajuda. Em sua maioria, conta Isadora, os beneficiados são vendedores ambulantes, que precisaram largar o trabalho para ficar em casa.

A fotógrafa diz que em uma primeira ação mais de 80 cestas foram doadas no bairro de Mãe Luíza, na Zona Leste. A intenção é continuar trabalhando durante o período de pandemia e estender as doações também à Redinha, na Zona Norte, e ao Planalto, Zona Oeste.

As doações são feitas em uma conta bancária e o contato com o projeto é realizado pelo Instagram.

G1 RN

Uma palavra de conforto e amizade do Pe. Francisco de Assis – Pároco de Macaíba à todos os paroquianos

Posted by Macaíba no Ar on Tuesday, 31 March 2020

Matheus Aciole é a segunda morte por coronavírus no RN — Foto: Arquivo da família

Foto: Arquivo da família

A Secretaria de Estado da Saúde Pública e a Secretaria Municipal de Saúde de Natal lamentam a morte de um jovem de 23 anos por Covid-19 na noite desta terça-feira (31). Esse é o segundo óbito confirmado pelo novo coronavírus no Rio Grande do Norte.

O paciente, com quadro de obesidade, deu entrada em hospital privado, no dia 24 de março, onde foi examinado e retornou para a residência para continuidade de medicações prescritas. Manteve-se isolado por dois dias, não apresentando melhora procurou o serviço público de saúde no dia 27 de março onde foi atendido e realizou o teste para a doença, sendo regulado para o serviço privado em seguida. O resultado do exame foi liberado na noite desta terça-feira (31), positivo para Covid-19. O Governo do RN e a Prefeitura de Natal se solidarizam à família e amigos neste difícil momento.

Novamente, ressaltamos: é extremamente importante que a população potiguar siga todas as orientações recomendadas diariamente e que fique em casa se não precisar realizar alguma atividade essencial.

Agência Brasil – Os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro que aderiram ao saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) podem ter acesso ao dinheiro a partir de hoje (1º). Essa modalidade permite a retirada de parte do saldo de qualquer conta ativa ou inativa do fundo a cada ano, no mês de aniversário, em troca de não receber parte do que tem direito em caso de demissão sem justa causa.

O dinheiro poderá ser retirado até 30 de junho. O valor a ser liberado varia conforme o saldo de cada conta em nome do trabalhador. Além de um percentual, ele receberá um adicional fixo, conforme o total na conta. O valor a ser sacado varia de 50% do saldo sem parcela adicional, para contas de até R$ 500, a 5% do saldo e adicional de R$ 2,9 mil para contas com mais de R$ 20 mil.

Ao retirar uma parcela do FGTS a cada ano, o trabalhador deixará de receber o valor depositado pela empresa caso seja demitido sem justa causa. O pagamento da multa de 40% nessas situações está mantido. As demais possibilidades de saque do FGTS – como compra de imóveis, aposentadoria e doenças graves – não são afetadas pelo saque-aniversário.

O prazo de adesão ao saque-aniversário começou em janeiro. Ao optar pela modalidade, o trabalhador teve de escolher a data em que o valor esteja disponível: 1º ou 10º dia do mês de aniversário. Quem escolheu o 10º dia retirará o dinheiro com juros e atualização monetária sobre o mês do saque.

Como sacar

Por causa da pandemia de coronavírus, a Caixa orienta o resgate por meio do aplicativo FGTS, disponível para tablets e smartphones dos sistemas Android e iOS. Nesse caso, o trabalhador pode programar a transferência do dinheiro para qualquer conta em seu nome, independentemente do banco. A operação não tem custo.

As retiradas podem ser feitas nas casas lotéricas, caso esses estabelecimentos estejam abertos, e terminais de autoatendimento para quem tem senha do Cartão Cidadão. Quem tem Cartão Cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, caso esses estabelecimentos estejam autorizados a abrir. Basta apresentar documento de identificação.

Atendimento

Desde o último dia (24), as agências da Caixa estão funcionando em horário reduzido, das 10h às 14h. O atendimento está restrito a quem não puder resolver o problema por canais eletrônicos. As dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser consultadas no aplicativo do FGTS, pelo site da Caixa ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800-724-2019, disponível 24 horas.

O saque-aniversário não está relacionado ao saque imediato, que previa a retirada de até R$ 998 do FGTS de todas as contas ativas e inativas. As retiradas nessa modalidade começaram em setembro do ano passado e acabaram ontem (31). O dinheiro de quem não fez o saque retornou para a conta do FGTS.

 

O jovem Venício Filho, sobrinho do ex-prefeito de Macaíba Luizinho, pode ser um dos fortes nome do partido Avante, de acordo com informações repassadas a este repórter.

Ainda segundo informações, o sobrinho de Luizinho já consta na lista dos pré-candidatos do partido e, caso se confirme a pré-candidatura, o Avante começará a dar sinais que pode estreitar os laços com o pré-candidato a prefeito Netinho França (primo do Venício Filho). Assim circula as informações nos bastidores da política local, como este repórter apurou.

Do Senadinho Macaíba