Arquivo diário: sexta-feira, março 20, 2020

 

O portal Agora RN destaca: A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte (Sesap) atualizou na tarde desta sexta-feira (20) a situação de casos suspeitos de coronavírus no estado. O número saiu de 75 para 131. Ao todo, 41 casos foram descartados e há 2 prováveis.

Na lista estão 23 municípios potiguares. Natal, Parnamirim e Mossoró lideram o ranking da Sesap.

O Brasil registrou, até o momento, 11 mortes por coronavírus.

“A proliferação do coronavírus é muito rápida, fique em casa”

O transporte intermunicipal do Rio Grande do Norte vai suspender a circulação no fim de semana e reduzir a frota em 50% de segunda a sexta-feira. A mudança foi anunciada nesta sexta (20) pela governadora Fátima Bezerra (PT) dentro da série de medidas que serão adotadas para minimizar os riscos de contágio do novo coronavírus.

O decreto que contém as determinações da chefe do Poder Executivo potiguar, inclusive fechamento de bares, restaurantes, templo religiosos e bancos, deve ser publicado neste sábado (21).

De acordo com o presidente da Federação das Empresas de Passageiros do Rio Grande do Norte (Fetranor), Eudo Laranjeira, a circulação de ônibus intermunicipais durante os dias úteis pode ser ainda menor, caso não haja demanda.

“Os shoppings estão fechando e outros estabelecimentos também. Serão reuniões diárias para ir adequando isso. Mas, inicialmente, vamos rodar com 50% entre segunda e sexta. O importante é proteger a nossa população, menos gente circulando na rua”, afirmou.

G1 RN

Pesquisa realizada nesta quinta-feira (19) em Macaíba pelo Instituto Consult foi registrada. De acordo com o portal do TSE, foram entrevistadas 500 pessoas, tanto da zona urbana quanto da zona rural da cidade. A pesquisa será divulgada no dia 26 de março.

A pesquisa foi registrada sob o número RN- 07653/2020.

O Instituto foi contratado pela empresa FM Nordeste (98 FM Natal).

Nesta sexta-feira, 20, Joca do ABC e Paulo Brega assinaram a ficha de filiação ao PSB.

Joca anuncia sua pré-candidatura a vereador pelo partido presidido no município pelo pré-candidato a prefeito Netinho França.

Assessoria

 

Fogo queima vegetação de uma granja localizada na avenida Enock Garcia, em Macaíba,  e assusta moradores do bairro Campinas. O fogo está bastante alto e os moradores estão com medo que se aproxime das residências que ficam no fundo da granja.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ainda não chegou ao local.

O Natal Shopping informa que, devido aos acontecimentos recentes do avanço do Covid-19 e em respeito às recomendações dos órgãos de saúde e autoridades locais, suspende suas atividades entre os dias 21 de março e 15 de abril.

O shopping esclarece ainda que ficam mantidos os acessos à população apenas às farmácias e clínicas de atendimento à saúde e reitera que as operações de delivery funcionarão normalmente.

“Reforçamos que estamos atentos aos desdobramentos do avanço da doença no país e empenhados em fazer todo o possível para garantir a segurança e bem-estar de todos que frequentam nossos shoppings”, encerra a nota.

O futuro presidente do TSE, o ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que não existe cogitação para adiar a realização das eleições municipais deste ano. “Por enquanto, não cogitamos essa possibilidade. Cada dia com sua agonia. Tenho fé que até outubro tudo terá sido controlado”, afirmou o ministro.

 

Resultado de imagem para eleições 2020

Ao responder questionamento enviado à Presidência do TSE via ofício pelo deputado federal Glaustin Fokus (PSC-GO), o Plenário da Corte afirmou que não é possível modificar a data-limite para filiação a um partido político com vistas às Eleições Municipais de 2020, por se tratar de prazo previsto em legislação federal, necessitando, portanto, de alteração da norma legal.

De acordo com a presidente, ministra Rosa Weber, no documento recebido dia 13 de março de 2020, o parlamentar solicitou que o TSE analisasse a possibilidade de prorrogação do prazo de filiação partidária, que se dará este ano em 4 de abril, tendo em vista o quadro de pandemia relacionado ao Covid-19, e também considerando as restrições de atendimento adotadas por diversos órgãos em virtude da situação excepcional em que o país se encontra.

A ministra lembrou que o prazo de seis meses antes das eleições é previsto na Lei das Eleições (Lei n° 9.504/1997 – artigo 9, caput), segundo a qual, para concorrer no pleito, o candidato deverá possuir domicílio eleitoral na respectiva circunscrição pelo prazo de seis meses e estar com a filiação deferida pelo partido pelo mesmo prazo.

Tal prazo, segundo afirmou, “é insuscetível de ser afastado pelo Colegiado”, uma vez que necessitaria de alteração da norma legal. A ministra indicou que os próprios partidos podem adotar meios alternativos que assegurem a filiação partidária dentro do prazo, como o recebimento de documentos on-line, por exemplo.

A decisão foi unânime.

O número de casos suspeitos de coronavírus no Rio Grande do Norte caiu de 108 para 75, conforme apontado pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Outros 32 foram descartados após serem realizados os exames e certificar que não se tratava do vírus.

A subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi, afirmou, em entrevista concedida à TV Tropical na manhã desta sexta-feira, 20, que tem mantido avaliações frequentes das medidas de contenção do coronavírus no Rio Grande do Norte.

“A Sesap trabalha com ambos os cenários, pensando nos dados que temos e em todas as circunstâncias que podem agravar o quadro, as reuniões são frequentes e as medidas preventivas são reavaliadas diariamente”.

Até o momento os dados correspondem aos 75 casos suspeitos que aguardam resultados dos exames laboratoriais, 32 casos que já foram descartados e apenas um caso confirmado.

Uma instabilidade a nível nacional do sistema do Ministério da Saúde demandou alteração dos processos de trabalho. “Os problemas foram corrigidos no final do dia de ontem e ainda hoje serão divulgados os dados atualizados do MS, em parceria com o Estado do RN”, informou.

Sobre a atualização dos dados do estado, ela explica que a forma de acessar as bases de dados pode provocar uma variação. “Alguns estados estavam liberando essa informação com maior frequência, por utilizarem um sistema de informação único, que só depois alimentava a base do Ministério. Mas o Rio Grande do Norte segue usando a base de dados direto do Ministério da Saúde”.

De acordo com os dados atuais, não há circulação viral comprovada no Rio Grande do Norte. “É um processo mutável, com dados atualizados com uma frequência muito grande e que vai depender dos resultados dos exames”.

O boletim epidemiológico com os dados atualizados no coronavírus no RN deverá ser divulgado ainda hoje (20).

 Agora RN

O shopping Midway Mal suspenderá suas atividades a partir deste sábado (21), como medida contra a proliferação do coronavírus. Continuará em funcionamento o hipermercado Extra, as farmácias e clínicas.

A imagem pode conter: texto

Servidores da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Macaíba fazem apelo para que a população fique em casa. Essa medida visa combater a proliferação do coronavírus.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre

Agência PRF

Durante uma fiscalização de combate à criminalidade, a Polícia Rodoviária Federal recuperou, na madrugada desta quinta-feira (19), nas proximidades da BR 101, em São José de Mipibu/RN, um Colbat, após acompanhamento por uma rodovia estadual.

A equipe foi acionada, pela Central de Comando da PRF, sobre um veículo Cobalt, cor prata, que estaria parado na entrada da rodovia de acesso à cidade de Monte Alegre/RN, em atitude suspeita.

De imediato os policiais deslocaram até o local e visualizaram o veículo, porém no momento da abordagem, o condutor empreendeu fuga pela rodovia estadual e, depois de aproximadamente 5 km, pegaram uma estrada vicinal e abandonaram o carro dentro do canavial.

Durante o acompanhamento tático, os ocupantes ainda fizeram disparos de arma de fogo, momento em que a equipe reagiu à injusta agressão. Quando os policiais se aproximaram do veículo, os suspeitos fugiram a pé pelo matagal. Foram feitas buscas nas imediações mas ninguém foi localizado.

Após consulta aos sistemas informatizados, verificou-se que havia registro de roubo/furto para o veículo, no dia 11 de março deste ano, na cidade de Parnamirim.

A ocorrência foi enviada à Central de Flagrantes em Natal.

Hospital Giselda Trigueiro, na Zona Oeste de Natal, é referência em infectologia — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

As secretarias de Saúde do Estado e da cidade de Parnamirim, na Grande Natal, vão investigar se a uma mulher que morreu nesta quinta-feira (19) na UPA Nova Esperança foi vítima do novo coronavírus. Maria Robervânia de Carvalho Gomes tinha 47 anos de idade e trabalhava como faxineira em uma loja de venda de carros seminovos. Ela não havia sido sequer identificada como paciente suspeita do Covid-19.

De acordo com o filho de mulher, João Paulo Gomes, os sintomas começaram a aparecer no fim de semana passado. “Todos nós gripamos aqui em casa e ficamos bem depois. Ela não melhorou”, relata. Maria Robervânia morava com o marido, o filho, a nora e uma neta de quatro anos de idade em Nova Parnamirim, na Região Metropolitana da capital.

Segundo João Paulo, na segunda-feira (16), a mãe dele se sentiu melhor e viajou a Mossoró, na região Oeste, para resolver questões pessoais da família. Voltou pior da viagem. Ainda segundo o filho, ela não trabalhou nesta semana. Na terça (17), procurou atendimento em uma clínica privada na Zona Sul de Natal.

João Paulo Gomes conta que o médico que a atendeu identificou que ela estava com sintomas do novo coronavírus: falta de ar, tosse e febre. Foi aí que orientou que Maria Robervânia procurasse a rede pública de saúde, para realizar os testes e confirmar ou não a suspeita.

Ainda segundo João Paulo Gomes, a mãe dele seguiu direto para a Unidade de Ponto Atendimento (UPA) Nova Esperança, em Parnamirim. Ao chegar lá, descobriu que não seria submetida ao teste, por causa do protocolo do Ministério da Saúde. Apesar de apresentar os sintomas, ao ser questionada se havia tido contato com algum estrangeiro e responder que não, Maria Robervânia não se enquadrou como caso suspeito do Covid-19.

João Paulo Gomes diz que ela foi medicada e liberada. A faxineira voltou para casa, mas o quadro de saúde não apresentou evolução. Já na manhã desta quinta-feira (19), com muita falta de ar, foi levada novamente à UPA, desta vez pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

“Lá eles não fizeram o teste de novo, pelo mesmo motivo”, afirma João Paulo. Ele conta que a mãe foi entubada, com dificuldades respiratórias e, às 11h desta quinta, morreu. “Uma negligência em não fazer o exame logo no primeiro dia, um descaso”, desabafou o filho.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Parnamirim alegou que “todos os procedimentos de classificação de risco e de atendimento foram devidamente cumpridos neste caso”.

O corpo de Maria Robervânia de Carvalho Gomes foi levado para o Hospital Giselda Trigueiro, referência local em infectologia, para que sejam realizados os exames que vão precisar se ela morreu com Covid-19.

G1 RN

Foto: Arquivo

Agência Brasil – O Ministério da Educação e as secretarias estaduais e municipais da área podem flexibilizar o calendário letivo da educação básica, que prevê o mínimo de 200 dias letivos por ano conforme a Lei de Diretrizes e Bases (LDB). A medida foi discutida em reunião do comitê de emergência da pasta, realizada hoje (19), e está sendo avaliada.

Além disso, as autoridades do setor também estudam o quanto da carga horária poderia ser ofertada pela modalidade a distância.

Nas universidades, o órgão vai recomendar a suspensão por dois meses das defesas presenciais de tese de doutorado e de dissertações de mestrado, que deverão ser realizadas por meios virtuais.

No encontro, representantes de universidades se comprometeram a avaliar a possibilidade de utilizar as estruturas de suas unidades, como hospitais universitários, para a produção de álcool gel.

O Fundo Nacional de Desenvolvimento (FNDE) analisa a possibilidade de custear a alimentação escolar de alunos de menor renda.