Arquivo diário: quarta-feira, fevereiro 5, 2020

Chega a informação que houve uma intensa troca de tiros no centro de Macaíba. O fato teria ocorrido na região do Pernambuquinho.

Mais informações a qualquer momento!

Resultado de imagem para vereador netinho frança

O vereador Netinho França publicou na noite desta quarta-feira (05) um vídeo no Facebook para confirmar sua pré-candidatura a prefeito de Macaíba. Nas últimas semanas o edil tem realizado diversas reuniões em sua casa com objetivo de formar a nominata do seu grupo.

 

 

 O governador do estado de São Paulo, João Dória, fala durante abertura do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura, no Palácio de Convenções do Anhembi.

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Agência Brasil – A maioria dos estados não tem espaço fiscal para reduzir a cobrança de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis, disse hoje (5) o governador de São Paulo, João Doria. Ele pediu que o presidente Jair Bolsonaro convide os governadores para discutir o tema e que o Executivo federal tome iniciativas para reduzir a carga tributária sobre os derivados de petróleo.

“Dificilmente tem [espaço fiscal] nos estados. Pergunte aos governadores cuja situação fiscal impede que paguem salários, que paguem despesas de saúde e educação, de fornecedores. É visível que vários governos estaduais não têm condição e não têm espaço para isso. É preciso ter compreensão também da própria realidade, o que não impede a conveniência do diálogo de todos os governadores”, declarou Doria, ao chegar ao Ministério da Economia para uma reunião com o secretário do Tesouro Nacional.

Segundo o governador paulista, qualquer medida de redução da carga tributária sobre os combustíveis tem de partir do governo federal, que concentra 67% da cobrança de tributos no país. Ele disse que os estados estão abertos ao diálogo institucional, desde que não haja imposições.

“A conduta e a iniciativa têm de ser de ordem federal. Não pode ser deliberar isso para a responsabilidade dos estados e dos municípios. Se a maior concentração de impostos é de arrecadação do governo federal e é assim também no petróleo, nos combustíveis e nos seus derivados, cabe ao governo federal tomar uma iniciativa que seja correta, adequada e viável. Os governadores estarão abertos ao diálogo, só não vão aceitar imposições”, declarou.

Doria lembrou que 24 das 27 unidades da Federação se manifestaram contra a redução de ICMS, tributo de responsabilidade dos governadores, sobre os combustíveis e pediu que o presidente Jair Bolsonaro convide os governadores para um encontro. “Se faz gestão com diálogo, entendimento, convide os governadores para discutirem e debaterem o assunto. Se ele convidar, os governadores avaliarão a possibilidade de sentar com o presidente da República e discutir com seriedade esse tema”, acrescentou.

Desde o início da semana, Bolsonaro tem conclamado os estados a reduzir o ICMS sobre os combustíveis para baixar o preço na bomba. Hoje, o presidente prometeu zerar os tributos federais sobre os combustíveis caso os governadores zerem o ICMS. Ele reclamou que o governo federal baixou os preços nas refinarias três vezes nos últimos dias, mas que os preços não caíram nas bombas.

Mais cedo, Doria tinha ido ao Congresso Nacional. O governador disse que pretende privatizar a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) assim que o Congresso aprovar o novo marco regulatório para o setor. Aprovado pela Câmara dos Deputados no ano passado, o projeto, que abre caminho para privatizações e parcerias público-privadas no saneamento, tramita no Senado.

Resultado de imagem para dilma visita fatima na governadoria"

Dilma, Antenor (vice-governador) e Fátima (governadora)

A ex-presidente Dilma Rousseff tirou alguns dias de férias no Rio Grande do Norte e não poderia deixar de ir visitar a companheira de partido, a governadora Fátima Bezerra. Dilma foi até a Governadoria, onde foi recebida pela chefe do Poder Executivo e por alguns deputados estaduais.

O encontro aconteceu nesta terça-feira (04). Através do Twitter, a governadora comentou a passagem de Dilma pelo RN, “De passagem rápida por Natal, ontem ela nos fez uma visita. Presidenta @dilmabr, alegria imensa de tê-la mais uma vez ao nosso lado, com a leveza de quem está do lado certo da história. O Rio Grande do Norte estará sempre de braços abertos para recebê-la”.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé, céu e atividades ao ar livre

Assecom PMM

A Vila Olímpica de Macaíba recebeu a visita da equipe pedagógica e docente do IFRN de São Gonçalo do Amarante, nesta quarta-feira (5).

O prefeito Fernando Cunha esteve presente na ocasião ao lado do secretário municipal de Esportes e Lazer, Flaubert Benício, guiando os visitantes pelo maior complexo poliesportivo do Rio Grande do Norte. A Prefeitura de Macaíba está discutindo parcerias com a instituição para utilização do espaço.

Reprodução/Redes sociais

Um homem foi morto a tiros após tentar assaltar uma pessoa na RN-160, próximo a Escola Agrícola Jundiaí em Macaíba, região metropolitana de Natal, na manhã desta quarta-feira (5). Segundo informações preliminares da Polícia Civil, a vítima do assalto estava armada e após ser abordada, reagiu e matou o suspeito.

Segundo Cidórgeton Pinheiro, delegado da Polícia Civil em Macaíba, o homem morto teria tentado assaltar uma pessoa que passava pela rua. De acordo com o delegado, a vítima reagiu e matou o criminoso. Outro suspeito de participar do crime, que ficou ferido durante o crime, conseguiu fugir, segundo a polícia.

A Polícia Civil investiga o caso. Ainda de acordo com informações da polícia, após a perícia o corpo do homem será levado ao Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN) em Natal.

G1 RN

Foto: TV Ponta Negra/Reprodução

Policiais militares do 11 BPM localizaram um desmanche de motos roubadas no distrito de Mangabeira, em Macaíba, na madrugada desta terça-feira (4). De acordo com informações do Jornal Patrulha da Cidade, a polícia chegou até o local através do rastreador de uma motocicleta que foi roubada na noite de ontem (3).

Ainda segundo  o jornal, várias peças de motos foram encontradas em uma residência que funcionava o desmanche. Um suspeito que estava no local foi preso.

Senadinho


O SINPOL-RN promoveu, nesta terça-feira, 4, um ato em protesto contra a reforma da Previdência. Policiais civis e servidores da Segurança se concentraram na sede do sindicato e no final da manhã saíram em caminhada pela avenida Rio Branco em direção à Assembleia Legislativa.

Lá, os policiais civis e servidores da Sesed se uniram aos servidores de outras categorias que já estavam em protesto desde a segunda-feira, 3.

Nilton Arruda, presidente do SINPOL-RN, explica que a paralisação desta terça-feira foi deliberada em Assemnbleia Geral da categoria, seguindo uma orientação da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis.

“Hoje, policiais civis de vários estados fizeram um dia de paralisação com objetivo de sensibilizar parlamentares para aprovação de emendas na PEC Paralela que amenizam os danos causados pela reforma federal”, afirma.

Além disso, de acordo com Nilton Arruda, o movimento aqui no Rio Grande do Norte também foi contra a reforma da Previdência proposta pelo Governo do Estado.

“A proposta apresentada aqui chega a ser pior do que a aprovada no cenário nacional. Portanto, estamos mobilizados para dizer não à retirada de direitos e a retrocessos ainda piores em nossa aposentadoria. O Governo estadual precisa levar em conta as peculiaridades da atividade policial”, completa.

VEJA UM COMPARATIVO DA REFORMA FEDERAL E DA PROPOSTA NO RN:

ALÍQUOTA
Federal – 14% linear (mas o projeto federal deu possibilidade de os estados definirem alíquotas progressivas).
Obs: Em nenhum estado do Nordeste foi usado alíquota progressiva e a Bahia usou duas alíquotas.

Estadual: Governo do RN quer estabelecer alíquota progressiva, chegando até 18,5%.

INTEGRALIDADE
Federal: Tem direito os policiais civis que entraram até a promulgação da Emenda 103, em novembro de 2019.

Estadual: Proposta do Governo diz que reconhece integralidade só para quem entrou até 2003.

PARIDADE
Não houve reconhecimento nem na reforma federal nem na proposta do RN

PENSÃO POR MORTE
Tanto a federal e quanto a estadual estabelece pensão integral só por morte em razão de serviço.

PENSÃO SEM SER EM RAZÃO DE SERVIÇO
Federal: 50% + 10% por dependente, limitando a 100% (válido somente para quem entrar depois da emenda).

Estadual: Aplica a mesma regra só que abrangendo quem entrou a partir de 2003.

IDADE
Federal:
Idade de 55 anos (mulher e homem)
Tempo de serviço:
30 de serviço sendo 25 de polícia (homem e mulher)

Estadual:
Idade mínima: 55 anos (homem e mulher)
Tempo de serviço:
Homem – 30 anos de serviço, sendo 20 de polícia
Mulher – 25 anos de serviço, sendo 15 de polícia

REGRA DE TRANSIÇÃO
Federal: Não teve

Estadual:
Mulher – 50 anos de idade
Homem – 53 anos de idade
Obs: Para regra de transição, conta-se o tempo de contribuição que falta mais a metade desse tempo, seja homem ou mulher.

ABONO PERMANÊNCIA
Estadual: Proposta do Governo do RN pretende acabar para os policiais civis

DESCONSTITUCIONALIZAÇÃO
O Governo do Estado também está propondo a desconstitucionalização de regras da aposentadoria dos policiais civis e isto é nocivo à categoria.

Sinpol RN

 

O aumento das chuvas ocorreu devido a atuação do sistema meteorológico Vórtice Ciclônico de Ar Superior (VCANS), e em alguns momentos, juntamente com a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT)

As mesorregiões Leste e Agreste do Rio Grande do Norte registraram a maior média de chuvas observadas em janeiro, sendo 125,6% e 87,6%, respectivamente, superiores em comparação a janeiro de 2019. No estado como um todo o incremento foi de 66,6% do volume para o mesmo período, correspondendo a média observada de chuva de 100,7 milímetros (mm), enquanto que a esperada era de 60,4 mm.

Os postos pluviométricos, monitorados pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), dos municípios de Portalegre (212,9mm), Barcelona (216,9mm), Cel. João Pessoa (2018mm), São Fernando (196,8mm) registraram a ocorrência de chuvas com volumes mais expressivos em janeiro.

De acordo com o Chefe da Unidade Instrumental de Meteorologia da EMPARN, Gilmar Bristot, foram observadas chuvas com boa distribuição. As precipitações ocorreram em todas as regiões do RN neste período, com registros de volumes acima de 200mm no Alto Oeste e no Trairi. “As chuvas ocorridas em janeiro de 2020 no Estado ocorreram devido a atuação do sistema meteorológico Vórtice Ciclônico de Ar Superior (VCANS), e em alguns momentos, juntamente com a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT)”, disse.

Os primeiros dias de fevereiro já registraram a ocorrência de boas chuvas, especialmente na mesorregião Oeste Potiguar com os três maiores volumes no último fim de semana: Rafael Godeiro (133,4mm), Olho D´água dos Borges (129,7mm) e em Martins (119,4mm). “A perspectiva é de que em 2020 tenhamos um período chuvoso normal a acima do normal, dentro, ou acima, da média histórica na região semiárida potiguar”, avalia Bristot.

A governadora Fátima Bezerra anunciou nesta terça-feira (04) a convocação de 600 professores que irão compor o quadro efetivo da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC). O número de convocados atende às necessidades das Direcs (Diretorias Regionais de Educação e Cultura) e vem se somar aos 14.098 professores ativos, segundo dados da Secretaria de Estado da Administração. A convocação será publicada nesta quarta-feira (05) no Diário Oficial e os professores já deverão iniciar suas atividades no 1º bimestre do ano letivo estadual, que se inicia em 17 de fevereiro.

“Educação é uma das nossas prioridades de governo, é um compromisso com a sociedade, não é apenas um slogan. Não havíamos feito essa convocação antes porque tínhamos de ter a certeza das condições financeiras do Estado”, explicou Fátima. “Quanto mais a gente disponibiliza recursos para a Educação, seja pela via salarial, ou através dos investimentos em infraestrutura e em materiais, temos o entendimento de que não é gasto, e sim um investimento para darmos prosseguimento ao que compreendemos ser o caminho para o desenvolvimento econômico e social do nosso Rio Grande do Norte”, completou.

 

Esta é a realidade do hospital Walfredo Gurgel.

Lamentável! É possível ver no olhar das pessoas, a falta de dignidade do estado.

Isso é só uma parte dos problemas da saúde no Rio Grande do Norte. Como não anda o Tarcísio Maia em Mossoró e demais hospitais regionais do estado, cada um com seu problema específico.

Por Gustavo Negreiros