Arquivo diário: quinta-feira, janeiro 30, 2020

Resultado de imagem para zeca cunha"

Em seu perfil no Facebook, o vereador Zeca Cunha (PRTB) afirmou “Gente o novo não significa uma mudança, mudança é: experiência, conhecimento, maturidade, coragem, fé, e vontade de ajudar o próximo”. Estaria o edil se referindo aos pré-candidatos ao Palácio Auta de Souza?

Os servidores que integram o Fórum Estadual se retiraram da audiência na qual o Governo do RN se preparava para apresentar o texto da reforma da Previdência que a governadora Fátima Bezerra pretende implantar no estado. Os sindicatos não dialogam e nem negociam qualquer retirada de direito dos trabalhadores.

Ainda assim, os secretários do executivo presentes na reunião apresentaram em slides pontos da reforma e encaminharam o texto aos servidores.

Um dos pontos faz referência à idade proposta para aposentadoria, que penalisa as mulheres do serviço público. Na proposta de Fátima, as mulheres, que hoje podem se aposentar com 55 anos, passarão a se aposentar aos 60. Já as professoras, que atualmente podem se aposentar aos 50, passarão a se aposentar aos 55. No caso dos homens, a idade passaria de 60 para 65. E os professores, de 55 para 60.

Além disso, o governo ainda não apresentou a proposta de alíquota, nem da taxação dos inativos, embora tenha mantido a palavra de taxar os inativos.

“Foi apresentada uma maquiagem mal feita e incompleta da proposta de Bolsonaro. O governo continua com a ideia de taxar os servidores inativos e com a questão da alíquota. Somos sindicatos, não negociamos retirar direitos de servidores. Comunicamos que somos contra e nos retiramos”, disse Janeayre Souto, presidente do SINSP/RN.

O governo vai encaminhar nesta sexta-feira, dia 31, por meio da Secretária de Administração, Virgínia Ferreira, a proposta de aumento da alíquota pensada para a reforma estadual. No dia 05 de fevereiro, haverá uma nova audiência entre Fórum e equipe estadual.

“Não se negocia o inegociável. Não se negocia retirada de direitos. Haverá uma greve dos servidores públicos de todos os poderes”, declarou Janeayre.

Nos dias 03 e 04, está programada a greve geral dos servidores, em frente à Assembleia Legislativa do Estado, a partir das 09h.

“Nós, trabalhadores e trabalhadoras do serviço público, temos que nos unir. Não importa à categoria: saúde, educação, judiciário.. todos seremos prejudicados com a Reforma da Previdência do Governo do Estado”, convocou Janeayre.

Sindicato dos Servidores da Administração Direta

Raíssa Nascimento foi aprovada no curso de medicina na UFRN — Foto: Cleíldo Azevedo/Inter TV Cabugi

Foto: Cleíldo Azevedo/Inter TV Cabugi

 

Desde o resultado do Sistema Unificado de Seleção (Sisu), divulgado na terça-feira (28), a família de Raíssa Nascimento, de 21 anos, vive momentos de um sonho de infância da jovem. Moradora do bairro Guarapes, localidade pobre da Zona Oeste de Natal, e filha de diarista e pai de desempregado, ela foi aprovada no curso de medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o mais concorrido da instituição. As informações são do G1 RN.

“Eu tive muita ajuda da família, das minhas primas, dos meus professores, muito apoio. Principalmente quando se trata de uma pessoa negra, pobre e da periferia, se você não tiver ajuda de terceiros, você não vai pra frente. Foi difícil, foi. Mas a gente vai tentando e no final consegue”, disse Raíssa, que sempre estudou em escola pública.

O Sisu é a plataforma do governo que seleciona estudantes para vagas em universidades públicas com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A mãe da jovem conta que a dificuldade aparecia também quando a filha precisava ir ao cursinho pré-vestibular.

Agência Brasil – O Ministério da Saúde informou nesta quinta-feira (30) que existem nove casos considerados suspeitos de coronavírus no Brasil. Apesar de o número de casos ter se mantido igual em relação ao divulgado ontem, há quatro novos casos considerados suspeitos e outros quatro foram descartados.

Os quatro novos casos suspeitos foram registrados no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Paraná. O caso do Rio Grande do Sul já havia sido notificado e chegou a ser excluído. No entanto, voltou a ser considerado suspeito após o paciente apresentar outros sintomas. Os dados foram fechados pela pasta às 12h de hoje.

Até o momento, 43 casos foram notificados pelo Brasil. Destes, 28 já foram excluídos. Até o fechamento do balanço, os casos estavam distribuídos em: (1) Minas Gerais, (1) Rio de Janeiro, (3) São Paulo, (2) Rio Grande do Sul, (1) Paraná, (1) Ceará.

Um caso é tratado como suspeito se a pessoa esteve na China nos últimos 14 dias e apresentou tosse e febre ao retornar. Neste caso, o paciente é colocado em isolamento e são realizados testes para checar, primeiro, se o que essa pessoa tem é influenza ou outra gripe. Caso os exames não acusem essa possibilidade, é feito o teste para coronavírus.

OMS

Segundo o diretor do Departamento de Imunização de Doenças Transmissíveis, Julio Croda, a declaração de emergência de saúde internacional pela Organização Mundial da Saúde (OMS), feita na tarde de hoje, já era esperada pelas autoridades brasileiras. No entanto, esse comunicado ainda não terá impacto no Brasil. Atualmente, o país mantém o nível 2 de segurança: alerta de perigo iminente.

Julio Croda reafirmou que não há previsão de qualquer restrição à entrada de chineses no Brasil. Mesmo com a crescente epidemia de coronavírus – que se alastrou pela China – o governo brasileiro não fechará as portas para os chineses. A título de precaução, o Ministério da Saúde tem recomendado que as pessoas evitem viajar para aquele país e que empresários evitem receber pessoas vindas da China para reuniões presenciais.

“[Até o momento], não temos nenhum motivo nem decisão de fazer o bloqueio [de pessoas vindas da China]. Estamos discutindo com outros ministérios, como Itamaraty e Defesa. Será uma decisão interministerial”, afirmou.

Caso haja confirmação de casos da doença, o nível de alerta deve ser aumentado para “Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional”. A decisão pode ser tomada com base em quatro aspectos: o impacto do evento sobre a saúde pública; se o evento é incomum ou inesperado; se há risco significativo de propagação internacional; e se há risco significativo de restrições ao comércio ou viagens internacionais. Essas questões apoiam e norteiam a tomada de decisão em relação aos eventos de saúde pública.

Declaração de emergência internacional

Uma emergência de saúde pública de interesse internacional (PHEIC, na sigla em inglês) é uma declaração formal da Organização Mundial da Saúde (OMS) de “um evento extraordinário que pode constituir um risco de saúde pública a outros países por meio da disseminação, e que requer uma resposta internacional coordenada”.

Segundo o Regulamento Sanitário Internacional (RSI), do qual o Brasil é signatário, os países que fazem parte do grupo devem atender prontamente às recomendações e práticas publicadas pelo documento de emergência, e os governos e autoridades responsáveis devem organizar e colocar em prática planos de ação para conter a ameaça sanitária. De acordo com o RSI, as declarações são temporárias e devem ser revistas a cada três meses.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, declarou hoje (30) que o coronavírus 2019-nCoV atende aos critérios da declaração de emergência.

Essa é a sexta vez em que o recurso é usado. A declaração de emergência havia sido emitida no surto de síndrome respiratória aguda grave (Sars), em 2002/2003, na pandemia de 2009 de H1N1 (também chamada de febre suína), na declaração de emergência de poliomielite (2014), na epidemia de ebola na África Ocidental (também em 2014), no surto de microcefalia relacionada ao vírus Zika, cujo principal foco de infestação foi o Brasil (em 2015 e 2016), e na epidemia de ebola em Kivu, no Congo (2019).

Das vezes em que foi instituída, apenas a declaração de emergência sobre a epidemia de ebola, em Kivu, continua ativa.

Histórico

Os coronavírus são conhecidos desde meados dos anos 1960 e já estiveram associados a outros episódios de alerta internacional nos últimos anos. Em 2002, uma variante gerou um surto de síndrome respiratória aguda grave (Sars) que também teve início na China e atingiu mais de 8 mil pessoas. Em 2012, um novo coronavírus causou uma síndrome respiratória no Oriente Médio que foi chamada de Mers.

A atual transmissão foi identificada em 7 de janeiro. O escritório da Organização Mundial de Saúde (OMS) na China buscava respostas para casos de uma pneumonia de etiologia até então desconhecida que afetava moradores na cidade de Wuhan. No dia 11 de janeiro foi apontado um mercado de frutos do mar como o local de origem da transmissão. O espaço foi fechado pelo governo chinês.

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre

Uma ala antipetista em Macaíba não tem aliviado nas críticas ao governo  Fátima Bezerra (PT). A governadora entregou na semana passada 56 viaturas zero Km para diversas cidades do estado, só que Macaíba não foi contemplada, mesmo sendo uma das cidades da Região Metropolitana com alto índice de criminalidade.

Goste ou não, essa ala antipetista não fez nenhuma crítica em vão, a insegurança persiste e nada tem sido anunciado pelo Governo do Estado para reduzir a violência na cidade. A notícia da entrega das viaturas circulou por diversos grupos de whatsap da cidade acompanhada por críticas.

Foto: UFRN

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp/UFRN) recebe inscrições para a seleção de professores substitutos/temporários. São oferecidas 23 vagas imediatas no total, distribuídas entre diferentes áreas nos campi de Natal, Currais Novos, Caicó e Santa Cruz. Os processos seletivos serão compostos por provas escritas, didáticas e de títulos, que irão ocorrer entre os dias 2 e 13 de março.

As vagas estão previstas nos editais nº 03 e 04 da Progesp, com inscrições abertas até os dias 4 e 10 de fevereiro, respectivamente. Os interessados devem se inscrever por meio do Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (Sigrh), no menu Concursos, onde estão disponíveis os editais e formulários de inscrição.

Outras informações podem ser obtidas nas secretarias das respectivas unidades de lotação e nos sites da Progesp e do Sigrh.

Vai se aproximando o pleito deste ano e nos grupos de whatsap da cidade vão surgindo os ditos “paraquedistas”, mas não estamos falando dos profissionais que saltam das aeronaves, estamos falando daqueles que pretendem disputar a eleição.

Sabem de tudo e opinam sobre tudo, até outubro vão surgir muitos “paraquedistas de plantão”.

 

Uma redescoberta do Brasil por meio da Educação a Distância. Na última terça-feira (28), representantes da Universidade Aberta (UAb) de Portugal assistiram às apresentações orais do professor Henrique Rocha de Medeiros, da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), e da Coordenadora Pedagógica de EaD da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Lilian Giotto Zaros de Medeiros.

O evento, realizado na sede da UAb/PT, em Lisboa, marcou o encerramento de um período de 3 meses de capacitação, dos dois docentes, na universidade portuguesa. Lilian Medeiros falou sobre a expertise da UFRN e a contribuição histórica da Secretaria de Educação a Distância para o fortalecimento da EaD no Rio Grande do Norte e no território brasileiro.

Já o professor Henrique Medeiros abordou as possibilidades de parcerias na área de pós-graduação. De acordo com ele, essa experiência serviu para identificar oportunidades de qualificação profissional, conhecer novas equipes e construir um caminho para o pós- doutorado.

Além disso, o professor da EAJ destacou que durante a capacitação pôde discutir com professores portugueses a articulação de projetos relacionados às áreas de bioestatística, sustentabilidade e desenvolvimento de aplicativos para o setor do agronegócio. A Universidade Aberta de Portugal será uma importante parceira para a execução dessas iniciativas.

Fundada em 1988, a Universidade Aberta (UAb) é a única instituição de ensino superior público a distância que atua em Portugal. Vários professores do Departamento de Ciências e Tecnologia da UAb/PT prestigiaram esse momento de fechamento de um ciclo de consolidação das relações entre educadores brasileiros e portugueses.

Entre os presentes, estavam Teresa Oliveira, Coordenadora do Departamento, Amílcar Oliveira e o professor Vitor Rocio, responsável por recepcionar durante esses meses os professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Dois bandidos roubaram um carro, trocaram tiros com a Polícia Militar e derrubaram o muro de uma casa, na noite desta quarta-feira (29), no bairro de Mãe Luíza, na zona Leste de Natal.

Os criminosos estavam fugindo com o veículo roubado, quando se depararam com uma viatura da Companhia Independente de Policiamento Turístico do Rio Grande do Norte (Ciptur).

Os bandidos, ao verem os policiais, iniciaram os disparos, foi quando começou a troca de tiros. A viatura foi alvejada diversas vezes, mas nenhum militar foi atingido.

Durante a fuga, os assaltantes bateram o carro no muro de uma residência, mas abandonaram o veículo e conseguiram fugir. A polícia agora procura os suspeitos.

Agora RN

Carro que estava estacionado em frente a uma casa, no centro de Macaíba, ficou com várias marcas de tiro nas portas. Retrovisor e vidros foram quebrados — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

É destaque no portal G1 RN: Um carro que estava estacionado em frente a uma casa na Vila São José, no Centro de Macaíba, Grande Natal, foi metralhado por criminosos na noite desta quarta-feira (29). Várias marcas de tiros ficaram espalhadas pelo carro, vidros do foram quebrados e o teto do veículo ficou amassado.

Segundo Policiais do 11º Batalhão da PM, várias capsulas deflagradas de pistolas calibres .40 e 380 foram encontradas no local. De acordo com a PM, as munições de diferentes tipos de armas pode indicar a participação de mais de uma pessoa no crime.

Ainda conforme informações da Polícia Militar, ninguém ficou ferido. O caso será investigado pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte.