Arquivo diário: sexta-feira, janeiro 10, 2020

Motoristas que trafegam entre o loteamento Macaíba Parque e a estrada que vai para Pajuçara devem ter atenção redobrada nessa região, pois nas últimas semanas vários veículos foram tomados de assalto.

De acordo com o que apuramos, os assaltantes ficam circulando de motocicleta dentro do loteamento, quando observam que algum veículo irá para a estrada de acesso a Pajuçara, abordam o condutor e roubam o veículo.

Fica o registro!

Foto: Divulgação/Polícia Militar do RN

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte confirmou por meio de sua assessoria de imprensa, nesta sexta-feira (9) que deixou de divulgar nomes e fotos de suspeitos e presos. Até a manhã, a Polícia Civil ainda publicava a identidade de suspeitos e divulgava fotos nos casos de pessoas presas ou procuradas com mandado da Justiça. Mas uma possível mudança deve ser analisada em reunião que será realizada ao longo do dia.

As mudanças ocorrem após entrar em vigor a lei de abuso de autoridade, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro no final de 2019. Em outros estados do país, desde o dia 3 de janeiro algumas polícias já deixaram de divulgar a identidade de suspeitos.

Segundo a Polícia Militar, a medida já vinha sendo adotada, mas nenhum documento oficializou a mudança na divulgação das informações até esta sexta. “Teremos uma reunião e possivelmente enviaremos uma nota à imprensa informando a respeito”, afirmou o porta-voz da corporação, tenente-coronel Eduardo Franco.

Já de acordo com a delegada Dulcinea Costa, responsável pela comunicação da Polícia Civil, possíveis mudanças serão definidas, mas ainda não houve mudança trabalho da corporação. Ela afirmou que em todos os casos, os presos são identificados como suspeitos e as imagens não são usadas em todas as publicações, apenas naqueles em que há decisão condenatória ou mandado, por exemplo.

A lei, criticada por juristas e magistrados quando foi sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), em 2019, define cerca de 30 situações que configuram abuso e é alvo de questionamentos de organizações que defendem agentes públicos no Supremo Tribunal Federal (STF).

Agora, passam a ser crimes ações que até então eram consideradas infrações administrativas ou atos ilícitos punidos no âmbito cível. Um exemplo são os atos de constranger o detento a exibir seu corpo “à curiosidade pública” ou de divulgar a imagem ou nome de alguém, apontando-o como culpado”. Agora isso pode levar uma autoridade a ser punida com penas de 1 a 4 anos de detenção e de 6 meses a 2 anos, mais multa, respectivamente.

Não é necessário que a vítima acuse o agente público pelo fato. Os crimes são de ação pública incondicionada, quando é dever do estado investigar e punir.

A exceção para divulgação de nome e fotos ocorre com suspeitos foragidos com mandado de prisão em aberto.

Ler mais…

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e barba

Lula e o atual presidente do diretório do PT de Macaíba, Cícero Militão

O setor evangélico mais progressista, que durante algum tempo foi ligada ao PT nacional ajudando a eleger e reeleger Lula e Dilma por razões naturais do contexto político nacional se afastou do bloco progressista.

Embora esse histórico, surge no PT a grande tarefa de promovermos essa reaproximação e a construção de agendas em prol do fortalecimento da sociedade.

O setor evangélico é muito importante e por essa razão nós iremos buscá-los para um diálogo sobre os rumos que a sociedade tem tomado nos últimos anos e de que forma este setor pode contribuir para uma sociedade melhor, mais justa e igualitária para todos.

Cícero Militão
Presidente do PT de Macaíba

A imagem pode conter: 13 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas

Fotos: Sérgio Nascimento

Os novos membros do Conselho Tutelar de Macaíba tomaram posse na manhã desta sexta-feira (10). A cerimônia ocorreu na sede do SCFV (prédio do antigo PETI), no Conjunto IPE. Os empossados foram eleitos no dia 6 de outubro de 2019, sendo cinco titulares e cinco suplentes.

O ensejo da posse foi prestigiado pelo vice-prefeito Auri Simplício e pelo secretário municipal de Meio Ambiente e Urbanismo e chefe de gabinete interino, Telmo Guerra.

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Respectivamente, pela ordem de votação, os novos conselheiros, a partir de agora, serão: Bruno Ferreira Soares, Ana Lídia dos Santos Bezerra, Samara Verônica Batista Garcia, Cleice Rosiany de Oliveira Moreira e Stephanne Dayse Barbosa da Silva, como titulares.

Também por ordem de votação, os suplentes serão: Ranier do Nascimento Silva, Maria Aldenira Medeiros Rosemiro, Luciana Carla Guedes da Costa, Adriana Dantas da Silva e Eric Anderson Meira Cavalcanti, como suplentes.

O Governo do Estado mal começou a tapar os buracos da RN-160 em Macaíba e já paralisou os serviços. No dia 23 de dezembro de 2019, publicamos que uma empresa estava no trecho da rodovia que passa pela comunidade do Araçá e o distrito de Jundiaí tapando os buracos, mas pelas informações que chegaram ao blog os serviços foram paralisados e a motivação ainda não foi divulgada.

 

cerveja

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Agência Brasil – A contaminação de lotes de cerveja por uma substância tóxica usualmente empregada na produção de bebidas industriais pode ter causado a morte de uma pessoa e a internação de outras sete, em Minas Gerais, nos últimos dias.

Exames laboratoriais realizados pela Polícia Civil de Minas Gerais identificaram a presença da substância dietilenoglicol em amostras de ao menos dois lotes da cerveja Belorizontina, da Backer. As amostras dos lotes L1 1348 e L2 1348 foram recolhidas nas residências dos pacientes internados com insuficiência renal aguda e alterações neurológicas.

Segundo o superintendente de Polícia Técnico-Científica da Polícia Civil, Thales Bittencourt, o resultado das investigações é preliminar, não sendo possível, até o momento, afirmar como a substância contaminou as bebidas periciadas. “Só é possível afirmar que ela foi identificada em duas amostras”, disse Bittencourt, na tarde desta quinta-feira (9), em entrevista à imprensa.

Logo após a Polícia Civil ter revelado o resultado da perícia, a cervejaria Backer informou que vai recolher todos os vasilhames de Belorizontina dos lotes L1 1348 e L2 1348. A medida, segundo a empresa, é preventiva, pois o dietilenoglicol não faz parte do processo de produção de suas cervejas. A cervejaria não aponta nenhuma hipótese para explicar como, então, a substância teria contaminado os produtos periciados.

“A Cervejaria Backer continua à disposição das autoridades para auxiliar no que for necessário até a conclusão das investigações”, afirma a empresa, em nota.

Segundo a secretaria estadual de Saúde, o primeiro dos oito casos de síndrome nefroneural foi registrado pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde em 30 de dezembro, em Belo Horizonte. A segunda vítima foi internada em um hospital de Juiz de Fora. Nos dias seguintes, outras seis pessoas deram entrada em hospitais da região metropolitana da capital mineira, com insuficiência renal aguda e alterações neurológicas centrais e periféricas. Na terça-feira (7), um paciente internado em Juiz de Fora morreu em função de complicações no quadro.

Ainda de acordo com a secretaria de saúde, os pacientes apresentaram uma rápida deterioração do estado de saúde: em média, em dois dias e meio após o surgimento dos primeiros sintomas, as pessoas tiveram que ser internadas. Um nono caso foi descartado pelo fato de não apresentar os mesmos sintomas dos demais e por ter doença renal prévia.

Uma força-tarefa com técnicos das secretarias de Saúde de Belo Horizonte e de Minas Gerais e do Ministério da Saúde foi criada para acompanhar as investigações e as medidas necessárias à proteção da população.

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba deflagraram, nesta quarta-feira (8) e deram continuidade nesta quinta-feira (9), a 8ª fase da Operação “Espectros”. Durante a ação, foram cumpridos mandados de prisão e um mandado de busca e apreensão por ato infracional. O nome da operação, “Espectros”, faz alusão ao modo de vida adotado pelos suspeitos, que possuíam mandados de prisão em aberto e agiam como “fantasmas” na sociedade. O objetivo era não chamar a atenção da polícia, diante da existência das ordens de prisão em desfavor deles.

Felipe de Souza Morais, 20 anos, foi apreendido pela suspeita da prática de conduta análoga ao crime de Homicídio Qualificado. Em desfavor dele foi cumprido, na quarta-feira (8), em Pium, no município de Parnamirim, um mandado de busca e apreensão para execução de medida sócio-educativa. O homicídio, cometido por Felipe de Souza, foi praticado em 2016, no município de Macaíba. Ainda quando adolescente, o apreendido foi apontado como suspeito pela autoria do homicídio, com a ajuda de outro adolescente e de um homem. O homem suspeito de ter participado do crime está preso e o outro adolescente ainda é procurado.

Em desfavor de Maria das Graças Bernardo da Silva Lima, 48 anos, foram cumpridos dois mandados de prisão, decorrentes de sentenças condenatórias, pela prática do crime de tráfico de drogas. Ela foi presa nesta quinta-feira (9), no bairro Alta da Raiz, no município de Macaíba. O crime aconteceu em 2006, quando Maria das Graças foi flagrada tentando entrar com drogas no Presídio de Parnamirim, sendo processada e condenada a uma pena de seis anos e cinco meses de reclusão. Em seguida, no ano de 2012, ela foi mais uma vez presa, processa e condenada, a uma pena de quatro anos e dois meses, por ter sido flagrada traficando no município de Macaíba.

Em desfavor de Maria Aparecida Dias Pereira, 43 anos, foi cumprido um mandado de prisão, decorrente de sentença condenatória, pela prática do crime de tráfico de drogas. Ela foi presa, também nesta quinta-feira (9), na comunidade Paço da Pátria, na Zona Leste de Natal. O crime foi cometido no ano de 2012, quando Maria Aparecida foi flagrada transportando, em um veículo, 30kg de maconha, sendo presa, processada e condenada a uma pena de seis anos e três meses de prisão. Ela estava foragida da Justiça desde o ano de 2018.

Edilson de Lima da Silva, 54 anos, foi preso em cumprimento a dois mandados de prisão, um decorrente de sentença condenatória, pela prática do crime de roubo e outro, decorrente de sentença preventiva, pela suspeita da prática do crime de furto qualificado. Ele foi preso, nesta quinta-feira (9), na Zona Rural da cidade de Poço Branco. O crime aconteceu ano de 2008, quando ele foi flagrado, na companhia do seu irmão, com animais subtraídos de uma fazenda, sendo autuados em flagrante pelo crime de furto qualificado. O outro mandado, por roubo, expedido pela comarca de Caicó, determina uma sentença penal condenatória definitiva, com pena de seis anos.

A operação continua e a Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

*Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS*

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal recuperou, no Km 294 da BR 304, em Macaíba/RN, às 15h10 desta quinta-feira (9), uma carreta 25.370, que havia sido furtada em Bom Jesus/PI.

O condutor, um homem de 42 anos, foi levado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Natal/RN, para os esclarecimentos dos fatos.

O veículo havia sido furtado no dia 12 de novembro de 2019, no município de Bom Jesus, estado do Piauí.