Arquivo diário: quinta-feira, dezembro 19, 2019

O prefeito Fernando Cunha esteve no bairro Campinas para vistoriar a obra de drenagem que está sendo feita nas imediações da Praça Pública da comunidade. A visita foi realizada nesta quarta-feira (18) e contou com a presença do secretário municipal de Infraestrutura, Nilton Fontes. A obra visa acabar com o problema de escoamento de águas pluviais na região.

Em períodos de chuva, era comum que, pela dificuldade de dispersão das águas, as casas ficassem alagadas. Com as obras, os moradores comemoram a resolução deste antigo problema. O comerciante Antônio de Pontes é um deles. “Agradeço muito pela obra que estão fazendo porque sofria demais com a água entrando em minha casa. Quando concluírem vai ficar bacana pra gente aqui”, afirmou.

Mais uma vez, o município de Macaíba se destaca com representação entre os Atletas-Ouro nos JERNS (Jogos Escolares do Rio Grande do Norte). Na edição de 2019, foram premiados nesta quinta-feira (18/12) nas modalidades de Xadrez Masculino e Feminino, respectivamente: José Carlos e Radyja Fernandes.

Além disso, como Técnico-Ouro, foi premiado Diogo Roger, do Núcleo Enxadrístico de Macaíba (NEM), coordenador do projeto Xadrez na Escola, que mediante a Prefeitura tem desenvolvido um valoroso trabalho nas escolas municipais.

Outros destaques importantes foram Pedro Garcia (campeão de Ginástica Artística Infantil – Masculino) e a Escola Municipal José Mesquita, localizada em Riacho do Sangue (bicampeã geral de Luta Olímpica Infantil – Masculino).

A premiação foi concedida pela Secretaria Estadual de Esporte e Lazer e pela Coordenadoria de Desportos no Ginásio do DED, na capital potiguar, com a presença do secretário municipal de Esportes e Lazer de Macaíba, Flaubert Benício.

Xadrez na Escola

O Projeto Xadrez na Escola foi criado na segunda gestão do prefeito Fernando Cunha. Este é mais um dos importantes projetos da Prefeitura de Macaíba direcionados para a juventude da cidade.

Através de suas ações, milhares de estudantes da rede municipal são atendidos, melhorando sua capacidade de concentração, comportamento em sala de aula e, consequentemente, obtendo melhor desempenho em suas notas. A faixa etária abrangida é de 4 a 17 anos. Estima-se que mais de 3 mil alunos participam do referido projeto.

Imagem relacionada

É destaque no portal G1

Relatório do Ministério Público estadual afirma que o senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) depositou R$ 638.400 em dinheiro vivo na conta de um corretor e assim ocultou o ganho ilícito com as chamadas “rachadinhas”.

De acordo com as investigações, os depósitos aconteceram em 27 de novembro de 2012 e tratam da compra de dois apartamentos em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

Os imóveis pertenciam a investidores americanos. Um deles localizado na Avenida Prado Junior. Outro na rua Barata Ribeiro.

Enquanto a valorização imobiliária na região não ultrapassou 11%, Flavio Bolsonaro declarou um lucro de 292% na venda dos apartamentos em fevereiro de 2014.

O relatório do MP faz parte do pedido de busca e apreensão realizada, na quarta-feira (18), contra 24 alvos. Entre os alvos estavam Queiroz, parentes dele e de Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro.

Lavagem de dinheiro

As atenções do MP começaram a se voltar para os apartamentos a partir da declaração feita pelo senador de venda dos dois imóveis em pouco mais de um ano.

A suspeita do MP é que o senador e sua mulher, Fernanda, declararam um preço menor do que o imóvel valia no momento do registro de sua compra.

Dessa forma, o procurador, o americano Glenn Dillard, receberia um dinheiro “por fora” para os pagamentos de valores não declarados nas escrituras.

Para o MP, ao usar o valor em espécie o senador ocultaria parte do dinheiro sacado por seus assessores. Ao mesmo tempo, o procurador receberia os recursos sem fazer os repasses aos proprietários dos imóveis vendidos.

Oficialmente, no dia da compra, o senador depositou, em cheque, o valor correspondente a R$ 310 mil pela compra dos dois apartamentos.

No mesmo dia em que foram assinadas as escrituras de compra e venda dos dois apartamentos e depositados os cheques de pagamento, a conta de Glenn Dillard recebeu depósitos em dinheiro das contas do parlamentar e de sua mulher.

PM pagou prestação de outro apartamento

Um policial militar do Rio de Janeiro pagou uma prestação de compra de um apartamento feita pelo senador Flávio Bolsonaro e por sua mulher, Fernanda Antunes Nantes Bolsonaro, de acordo com investigações do Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (GAECC) do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ).

Segundo o documento, Diego Sodré de Castro Ambrósio quitou um boleto no valor de R$ 16.564,81, emitido no nome de Fernanda, em outubro de 2016. O pagamento serviria para ajudar a pagar um apartamento comprado em Laranjeiras, bairro da Zona Sul do Rio de Janeiro.

O endereço do policial foi um dos locais que o MP-RJ pediu busca e apreensão por causa de movimentações financeiras suspeitas. Uma operação aconteceu na última quarta-feira (18).

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com Ação Civil por Ato de Improbidade Administrativa (AIA), na Justiça Federal no RN, contra o ex-senador José Agripino Maia, Rosalba Ciarlini – ex-governadora e atual prefeita de Mossoró – e seu marido Carlos Augusto Rosado. Eles responderão por solicitação e recebimento de mais de R$ 1 milhão em propina para manter contrato de inspeção veicular ambiental com o Detran/RN, obtido irregularmente através de licitação fraudada, em 2010. O dinheiro foi utilizado como “caixa dois” na campanha de reeleição do parlamentar e de eleição da ex-governadora.

Na investigação, o MPF constatou que os valores foram pedidos a George Anderson Olímpio da Silveira, que tinha interesse em pagar para assegurar o contrato celebrado com o Consórcio Inspar, administrado por ele. Em colaboração premiada, o empresário afirmou que também houve acordo para o pagamento mensal de vantagens indevidas. A propina foi negociada diretamente pelo ex-senador e Carlos Augusto Rosado.

O valor de R$ 1.150.000, pedido como “doação eleitoral” extraoficial, foi repassado de forma fracionada. Os primeiros R$ 300 mil vieram de recursos próprios do empresário e os demais R$ 850 mil através de empréstimos junto a agiotas (aos quais pagou juros até o início de 2011) e a uma empresa do próprio Agripino Maia (R$ 150 mil). O suplente do senador, José Bezerra de Araújo Júnior – conhecido como “Ximbica”–, e o assessor parlamentar Antônio Marcos de Souza Lima, também alvos da AIA, participaram da estratégia de ocultação e dissimulação dos valores.

O MPF requereu a indisponibilidade de bens dos réus. Caso condenados, eles poderão ser sentenciados ao ressarcimento integral do dano, à perda da função pública, à suspensão dos direitos políticos, ao pagamento de multa e à proibição de contratar com o Poder Público. A AIA tramita na 5ª Vara da Justiça Federal no RN sob o número 0813396-88.2019.4.05.8400.

Denúncia – Em 2018, o MPF denunciou, na esfera penal, os “não detentores de foro” envolvidos no esquema. Já Agripino Maia e Rosalba Ciarlini foram denunciados pela Procuradoria-Geral da República no Inquérito n. 4011/DF do Supremo Tribunal Federal. A investigação foi desmembrada e remetida à Justiça Estadual. O Ministério Público do Estado do RN pediu declínio para a Justiça Federal, diante da incompetência da Justiça Estadual para o caso, e a decisão é aguardada.

Sinal Fechado – A operação foi deflagrada pelo Ministério Público Estadual do Rio Grande do Norte com o objetivo de apurar esquema de fraude a licitações, corrupção e lavagem de dinheiro relacionado ao Detran/RN, entre os anos de 2008 e 2011.

Do MPF

Delegacia de Macaíba é responsável pelas investigações do caso (arquivo) — Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

É destaque no portal G1 RN: Uma mulher de 46 anos foi presa em Natal, na manhã desta quinta-feira (19), suspeita de mandar matar o seu companheiro em 2009 no município de Macaíba, região metropolitana da capital potiguar. Segundo a Polícia Civil, ela estava foragida há 10 anos e foi detida ao chegar ao seu local de trabalho, no bairro Candelária, Zona Sul da cidade.

Contra a mulher, havia um mandado de prisão preventiva pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver, praticados contra seu companheiro, Gilson Belo Pereira. As investigações e a prisão foram comandadas pela Delegacia de Macaíba.

De acordo com a polícia, a mulher tentou matar o companheiro usando veneno para rato. Como a vítima sobreviveu, ela teria contratado Júlio César Santos de Paiva, conhecido como Julinho, para matá-lo. Com a ajuda de sua sobrinha, Katiene Pereira da Silva, a suspeita teria desovado o corpo em um poço, na pedreira localizada próximo à residência do casal, no Loteamento Esperança. Mas o corpo emergiu e foi descoberto.

O executor do crime e a sobrinha já foram julgados e condenados pela Justiça. Agora, a suspeita de ser mandante foi conduzida à delegacia e encaminhada ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

O trecho Buenos Aires – Natal, via conexão em Guarulhos, operado pela Latam Airlines transportou 87.893 passageiros de setembro de 2018 a setembro de 2019. O dado faz do trecho a principal rota de conexão da companhia aérea a nível global. É o que revela a pesquisa realizada pelo Analisador de Tráfego OAG do Airline Network News and Analysis (ANNA), site dedicado ao planejamento de inteligência da rede aérea internacional.

A pesquisa coloca Buenos Aires – Natal como maior mercado indireto do Grupo, ou seja, mercado com voos de apenas uma conexão. No total, transitam nessa rota 131 mil passageiros e a companhia possui dois terços de participação.

“Como principal emissor de turistas internacionais para o Rio Grande do Norte, o mercado argentino é trabalhado constantemente nas ações de divulgação do estado. Acreditamos que a promoção em consonância com a melhoria da malha aérea para o RN corroboraram para esses dados positivos”, afirma a secretária de turismo, Aninha Costa.

A nova política de incentivo ao turismo com a mudança no regime fiscal do querosene de aviação, que condiciona a redução de impostos à garantia de ampliação da malha aérea, e a diminuição nos índices de criminalidade em todo o estado influenciaram diretamente neste resultado.

Resultado de imagem para pc rn

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, nesta última terça-feira (17), Matheus Benício da Silva Lima, 20 anos, pela suspeita da prática do crime de lesão corporal contra uma mulher, no município de Macaíba.

A vítima compareceu à delegacia com um sangramento na mão esquerda. De acordo com a mesma, ela e Matheus Benício tiveram uma discussão, na qual ela rasgou as roupas dele com uma tesoura. Em seguida, ele teria avançado contra ela, tomando a tesoura e causando o ferimento na mão.

Matheus Benício negou que tivesse sido o autor do ferimento. Testemunhas afirmaram que, apesar de não terem presenciado a discussão, é comum que eles briguem com frequência.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

PC/Assecom

Na manhã desta quarta-feira (18/12), a Prefeitura entregou kits esportivos para todas as equipes de futebol adultas e de base de Macaíba, zonas urbana e rural, que fazem parte dos campeonatos municipais que integram o calendário da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

Os kits (uniformes) contêm camisas, calções e meias e foram adquiridos com orçamento próprio, correspondendo a um investimento de mais de 38 mil reais. Os representantes das agremiações receberam o material no Palácio Auta de Souza, em solenidade que teve a presença do prefeito Fernando Cunha, do vice-prefeito Auri Simplício e do secretário municipal de Esportes e Lazer, Flaubert Benício.

“A entrega dos kits para as equipes representa mais uma forma de fomento para o esporte local. Então, através de ações como esta, a gente estimula a prática esportiva. Essa ação foi específica para times de futebol, mas o intuito que a gente tem é de fazer com que o esporte em geral cresça no município.”, relatou Flaubert Benício.