Arquivo diário: segunda-feira, novembro 4, 2019

Policiais civis do Rio Grande do Norte decidiram que, a partir desta terça-feira, 5, vão deflagrar a Operação Zero e se concentrar na Central de Flagrantes. A categoria cobra uma nova proposta do Governo do Estado referente ao projeto de reestruturação de carreira, bem como as promoções atrasadas que não foram implantadas, previsão de pagamento dos salários atrasados e melhores condições de trabalho.

A diretoria do SINPOL-RN informa que foi chamada para uma reunião com o Governo na manhã desta segunda-feira, 4, no entanto, não houve nenhum avanço.

“Infelizmente, chegamos às 8h30 no Centro Administrativo e saímos às 16h sem absolutamente nada. A equipe do Executivo abandou, literalmente, a diretoria do sindicato em uma sala, por volta das 12h, e não retornou mais. Somente após termos ligado para cobrar um posicionamento nos foi dito que não havia previsão da possível proposta a ser apresentada”, explica Nilton Arruda.

A diretoria então voltou para o SINPOL-RN e repassou as informações aos Agentes e Escrivães. “Diante da insatisfação e do tratamento desrespeitoso que recebemos, ficou deliberado pelo início da Operação Zero”, completa.

Com a deflagração da Operação Zero, os Policiais Civis esperam ser recebidos pela governadora Fátima Bezerra e que ela coloque uma proposta na mesa. “Os rumos do nosso movimento dependerá do próprio Governo. O prazo assinado em um termo de compromisso no dia 23 de julho se venceu em 31 de outubro, então, agora é uma questão de vontade política”.

A diretoria do SINPOL-RN lembra que os policiais civis vêm lutando por valorização pelo trabalho realizado no combate à insegurança. “Nós queremos que o Governo reconheça o esforço que temos feito diariamente, inclusive, por sermos um dos piores efetivos do Brasil, cobramos também a realização do concurso público”.

Com a Operação Zero nesta terça-feira, conforme a deliberação, os Policiais Civis do interior devem se concentrar nas delegacias regionais.

Por Sinpol RN

O Restaurante Universitário (RU) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) retoma o funcionamento a partir desta terça-feira, 5, no campus central da instituição. Em virtude da obra de acessibilidade ainda em curso na área de alimentação, as refeições serão produzidas no Restaurante Central e servidas no novo refeitório, situado entre os setores de aulas III e IV. De início, o atendimento será exclusivo para os alunos identificados como prioritários pela assistência estudantil, que terão acesso ao almoço e jantar. A mesma regra vale para o refeitório da área Biomédica.

De acordo com o pró-reitor de Assuntos Estudantis da UFRN, Edmilson Lopes, os servidores e demais estudantes pagantes, sejam integrais ou subsidiados, poderão usufruir dos serviços do Restaurante Universitário após o término das obras, previsto para o mês de dezembro. “Decidimos retomar as atividades colocando em primeiro lugar o atendimento aos discentes prioritários para a assistência estudantil, apesar de ainda estarmos em processos burocráticos para aquisição de material de consumo. Graças aos esforços e à dedicação da equipe de servidores do RU, conseguimos esse adiantamento”, explica.

Agência Brasil – O governo federal informou hoje (4) que notificou a empresa grega Delta Tankers, proprietária da embarcação Boubolina, suspeita de ser a responsável pelo vazamento de óleo que alcança praias da Região Nordeste desde setembro. Segundo representantes do Executivo, o dano ainda está sendo calculado, mas pode chegar à casa dos bilhões de reais.

A investigação é conduzida pela Polícia Federal (PF) e pela Marinha. De acordo com a apuração, a embarcação grega Boubolina teria feito um carregamento na Venezuela, contornado a costa brasileira e seguido para uma região próxima à Cingapura e à Malásia, onde teria efetuado uma operação “barco a barco” de transferência de barris de óleo. O vazamento teria ocorrido no fim de julho.

Em entrevista a jornalistas em Brasília, o chefe de geointeligência da PF, Franco Perazzoni, declarou que a corporação cobrou por meio da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) que a companhia Delta Tankers se pronunciasse sobre o vazamento e esclarecesse informações sobre a viagem, como quem comandava o veículo, quanto foi carregado na Venezuela e qual foi o destino do óleo.

Um inquérito foi aberto pela Superintendência da PF no Rio Grande do Norte. A ação investiga diversos ilícitos relacionados ao episódio, como crime ambiental. Diante das evidências de óleo no Parque de Abrolhos, no sul da Bahia, as irregularidades incluiriam também violações contra áreas de proteção.

Franco Perazzoni disse ainda que a empresa grega é a única suspeita, mas que a equipe ainda vai analisar as respostas dela e das autoridades marítimas, não tendo ocorrido ainda o indiciamento da firma.

“Agora é a fase mais complexa no exterior. Já iniciamos a cooperação policial. Pedimos para a Grécia quem são os donos, quando abasteceu. Estamos aguardando os resultados de pedidos de cooperação e explorando toda forma de buscar dados. Temos que obter documentação, avançar para reunir elementos que necessitamos para chegar a conclusões”, comentou Perazzoni.

Além disso, inquéritos foram abertos pela Marinha juntamente a autoridades marítimas, inclusive internacionais. “A Marinha abriu inquérito administrativo que vai para o tribunal marítimo. Eles têm um poder de alcançar os responsáveis. A autoridade marítima brasileira oficiou autoridade marítima grega”, relatou o comandante operacional da Força, Leonardo Puntel.

Em nota divulgada em seu site, a empresa grega Delta Tankers rebateu alegando que conduziu uma apuração a partir de suas câmeras e sensores e que não haveria prova alguma de um vazamento de óleo durante o trajeto entre a Venezuela e a Malásia. No comunicado, a companhia também informou não ter sido comunicada ainda, mas que o material levantado por ela “será compartilhado com autoridades brasileiras”.

Multas

Caso comprovada a responsabilidade da empresa, ela poderá responder pelas infrações ambientais bem como por danos aos comerciantes da região. O presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Leonardo Bim, lembrou que a multa máxima pela legislação é de R$ 50 milhões, mas que o valor final pode ir além desse montante.

“O limite é R$ 50 milhões, mas pode ser aplicada mais de uma multa a depender da infração. Podem ser considerados danos da União, estados e municípios. O dano não está quantificado ainda, mas pode chegar à casa de bilhões”.

Situação

Até hoje, o grupo de acompanhamento do governo federal contabilizou 321 praias em 110 municípios em nove estados atingidas desde o início do aparecimento das manchas de óleo. Segundo o Ministério da Defesa, hoje permaneciam 11 praias, em três estados: Bahia, Sergipe e Alagoas. Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte estão, conforme as autoridades do Executivo, “limpos”.

Ontem foram identificadas as primeiras manifestações de óleo no Parque de Abrolhos, no sul da Bahia. O comandante da Marinha classificou as substâncias identificadas de “fragmentos” e “pelotas”, buscando diferenciá-las das manchas que apareceram em outras praias. No dia de hoje, acrescentou, não houve registros de óleo no local.

Puntel ressaltou que o caso é inédito e que o óleo se desloca por baixo do mar, o que dificulta a previsibilidade da sua rota. O responsável pela operação assinalou que as manchas arrefeceram na Região Nordeste, mas que não é possível “descartar possibilidades”. “Como é óleo que vem submerso e não conseguimos detectar, não sabemos se tem muita coisa ou pouca coisa”, respondeu.

Os blogs da cidade que fazem a cobertura da política macaibense estão sendo alvo de críticas em grupos de whatsap por parte de alguns pré-candidatos ao Palácio Auta de Souza. Tem pré-candidato dizendo que existe cobertura mais para uns do que para outros.

Já diz Marília Mendonça em suas músicas… é uma ciumeira atrás da outra.

Oh situação!

Por volta das 11h30 desta segunda-feira (04), policiais militares das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM), apreenderam um adolescente suspeito de praticar roubos na zona Oeste de Natal.

Durante patrulhamento nas proximidades da rua Thiago Queiroz, bairro Planalto, Condomínio Village de Prata, os policiais localizaram e abordaram o jovem de 15 anos. O Adolescente havia praticado o roubo de um veículo no último dia 31/09/2019 no bairro Cidade da Esperança e feito o proprietário do carro de refém, praticando vários assaltos no Bairro Planalto. Após os assaltos, o menor liberou a vítima junto com seu veículo em uma área de mata próximo ao local onde o próprio acusado reside.

Na delegacia, duas vítimas o reconheceram, sendo realizado o procedimento contra o infrator, que ficará a disposição da justiça.

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Neste final de semana o blog Macaíba no Ar bateu a marca de 10 mil seguidores no Instagram. Somado aos seguidores do Facebook e Twitter, são 25 mil seguidores, sendo o blog de Macaíba com mais seguidores nas redes sociais, fruto de nossa audiência em todas as regiões da cidade.

Somos grato a cada seguir que nos acompanha diariamente.

No período de 31 de outubro a 01º de novembro, a Prefeitura de Macaíba promoveu o Campeonato Escolar de Fut 7 Society 2019, envolvendo atletas nascidos de 2002 a 2004. De acordo com o secretário municipal de Esportes e Lazer (SMEL), Flaubert Benício, a disputa contou com a participação de 15 escolas, entre elas municipais, estaduais e privadas.

O título do torneio foi conquistado pela equipe da Escola Estadual em Tempo Integral Alfredo Mesquita Filho, do bairro Alfredo Mesquita, que derrotou a equipe rival do CERU (Centro Educacional Rural Alfredo Mesquita Filho), do distrito de Traíras, pelo placar de 2×0.

Além do título conquistado, dois detalhes chamam a atenção para a representação do Alfreda Mesquita: uma campanha invicta e sem tomar nenhum gol.

As modernas quadras de Futebol Society da Vila Olímpica de Macaíba foram os cenários de todos os jogos. São duas quadras oficiais para a prática de Futebol Society (30m x 50m e mais 3m de escape), com gramado sintético.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo

Nesta segunda-feira (04), o programa esportivo Três Toques entrevista o pré-candidato a prefeito Hailton Mangabeira. O programa será transmitido ao vivo pelo Facebook a partir das 19h30 https://www.facebook.com/programatrestoques/.