Arquivo diário: quinta-feira, outubro 17, 2019

A Polícia Rodoviário Federal recuperou, na madrugada desta quinta-feira (17), um carro roubado e apreendeu uma arma de fogo na cidade de Macaíba/RN.

Por volta de 1h, durante patrulhamento no km 295 da BR 304, em Macaíba/RN, foi consultada a placa de um Tucson, de cor preta, quando foi constatado registro de roubo/furto, momento em que foi dada ordem de parada ao condutor. Este não atendeu e empreendeu fuga em direção ao centro da cidade, quando se deu início ao acompanhamento tático.

Durante a perseguição, os ocupantes do veículo começaram a atirar em direção à viatura da PRF, quando houve o revide à injusta agressão. Ainda assim, os suspeitos continuaram em fuga, até colidirem de frente com um ônibus estacionado na via. Nesse instante, os dois homens desembarcaram do veículo e continuaram atirando, onde houve nova troca de tiros e se evadiram pulando o muro de um terreno baldio.

Na fuga, o condutor deixou cair uma Pistola calibre 380 com um carregador e 12 munições não deflagradas. Em vistoria no interior do Tucson, foram encontradas três ferramentas do tipo “pé de cabra”, tipicamente utilizadas em ações de arrombamento. Os policiais ainda fizeram diligências nas redondezas, mas não localizaram nenhum suspeito.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal, para as devidas providências.

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba deram cumprimento, na manhã desta quinta-feira (17), a mandados de prisão preventiva em desfavor de Lorena Ferreira de Souza, 20 anos, Thalia Damião da Silva, 19 anos, que também foi atuada em flagrante. Weslein Barbosa Da Silva, Vulgo “Jacaré” ou “Lelo”, 20 anos, pela suspeita da prática também do crime de roubo. Todos eles foram presos no bairro do Centro, no município de Macaíba.

O crime aconteceu no dia 04 de outubro deste ano, por volta das 6h30, na rua Heráclito Vilar, próximo à escola Doutor Severiano Melo, em via pública. Durante as diligências, foram apreendido: pedras de “crack”, cocaína e dinheiro fracionado.

Nas últimas semanas, as duas mulheres foram apontadas como autoras de diversos roubos na cidade, um dos crimes foi, inclusive, registrado por sistema de monitoramento por câmeras.

Segundo as investigações, a dupla, sem qualquer pudor, se intitula líder do “Bonde das garotas do crime”, uma formação exclusiva de mulheres e adolescentes que mantém relacionamento fixo com integrantes de uma organização criminosa de atuação interestadual.

Todos os três foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

PC/Assecom