Arquivo diário: sexta-feira, setembro 27, 2019

Reconhecimento

Um dos nomes da oposição já reconhece que o pré-candidato Edi do Posto da Maré é competitivo. A figura política em questão pretende entrar na disputa, porém, irá continuar sem anunciar sua intenção publicamente até que o cenário esteja mais definido, nos revelou em uma conversa.

Resultado de imagem para pesquisa entrevistador

Pesquisas

Diversas pesquisas foram encomendadas, mas nenhuma foi divulgada. O motivo? Entre os eleitores da oposição existe uma fragmentação entre quatro nomes, dois deles já anunciaram que são pré-candidatos, outros dois negam, pois, esperam um cenário favorável para avaliar se irão disputar ou não a eleição para prefeito em 2020.

Resistência

O vice-prefeito Auri Simplício continua na resistência e não pretende abandonar o seu projeto para disputar o Palácio Auta de Souza. Com uma biografia de fazer inveja a muitos políticos da cidade, Auri acredita que sua lealdade e o seu conhecimento sobre a máquina pública irá pesar em seu favor no momento que o governo Fernando Cunha decidir quem irá apoiar.

Resultado de imagem para edi do posto da maré

Adesões

O pré-candidato que mudou o cenário político que vinha se desenhando para 2020, Edi do Posto da Maré segue firme com seu projeto e deverá em breve receber apoio de mais lideranças importantes. Edi do Posto da Maré é hoje um dos nomes citados em rodas de conversa quando se trata da futura disputa pelo Palácio Auta de Souza.

A popularidade de Edi é reconhecida até mesmo por aqueles que fazem oposição ao prefeito Fernando Cunha. O mérito de acordo com observadores da política local, é todo dele, pois, sempre foi um servidor dedicado e uma pessoa que trata bem quem quer que seja.

Confiante

Correligionários do vereador Gelson Lima nos revelaram que o presidente da Câmara está bastante confiante nos números. Com apoio de nove vereadores, Gelson Lima espera ter o apoio do prefeito na disputa pela Palácio Auta de Souza.

Resultado de imagem para cicero militão e pt

Nome próprio

 

O anúncio da pré-candidatura de Cícero Militão pegou muita gente de surpresa, pois, era esperado que o vereador Netinho França fosse ao início do próximo ano anunciado como o nome da sigla para disputar a Prefeitura.

 

Enquanto algumas figuras da oposição acreditam que o PT fez certo em escolher um nome com história dentro da sigla para disputar o pleito, outra ala da oposição acredita que a pré-candidatura de Cícero Militão foi um recado ao vereador Netinho, visto que recentemente pessoas simpáticas ao nome do vereador andavam compartilhando nas redes sociais que o Solidariedade tinha interesse em tê-lo candidato.

Gabinete itinerante

 

O vereador Emídio Júnior deu início ao seu gabinete itinerante. O edil tem andado por diversos bairros da cidade ouvindo populares. Nos corredores da Câmara dizem que o gabinete itinerante de Emídio Júnior foi “inspirado” em um projeto de outro edil.

O grupo do Banco Mundial formado pelos técnicos Fátima Amazonas, Paula Freitas, Esaú Pontes e Daniele Arruda conheceu, na manhã desta sexta-feira, 27, o Projeto de Concepção e Implementação do Parque Científico Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX). A explanação foi conduzida pela equipe multi-institucional que trabalhou na elaboração dos estudos que embasam o projeto, dentre eles: o diretor da Agência de Inovação (AGIR), Daniel Pontes, a assessora especial do gabinete que coordena o projeto do Parque, Ângela Maria Paiva Cruz, e o diretor do Parque Metrópole Digital, Anderson Paiva.

A consultora sênior, gerente do projeto no Banco Mundial e especialista em desenvolvimento rural Fátima Amazonas, observou que a ação evoluiu em relação à última reunião no mês de julho. “É interessante observar a alteração para terminologia do foco, abrangendo e enaltecendo agora o aspecto científico. Além disso, é elogiável a preocupação que vocês tiveram, no Estudo da Viabilidade Técnica e Econômico-Financeira, com a sustentabilidade do Parque de estar atrelada ao engajamento do setor privado, bem como o cuidado com os aspectos jurídicos relacionados ao Plano de Governança”.

No projeto de Concepção e Implementação entregue ao grupo, além do Estudo da Viabilidade Técnica e Econômico-Financeira, há o Projeto de Concepção Urbanística, Arquitetônica e Ambiental e o Plano de Governança. Ao discorrer sobre a importância do Parque para o estado e das potencialidades que ela enxerga, localizadas no entorno da localização do PAX, a consultora sênior identificou o aspecto hídrico como um dos pontos a se considerar na proposta, haja vista ser uma das necessidades para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte e, também, pela presença física da Escola Agrícola de Jundiaí, unidade da Universidade Federal do Rio Grande do Norte cuja sede fica situada a cinco quilômetros do Parque.

O projeto será analisado pelo Banco Mundial em duas frentes. A primeira pela equipe que veio ao Rio Grande do Norte e a segunda por uma equipe específica mais ligada à inovação. O secretário extraordinário de Gestão de Projeto e Metas e coordenador geral do Governo Cidadão, Fernando Mineiro, pontuou que há uma decisão, de Governo, para a instalação do PAX, e que o financiamento pleiteado acelera a iniciativa. Ele acrescentou que o projeto do Parque integra o programa Governo Cidadão, cujas ações são financiadas através de empréstimo com o Banco Mundial.

Sobre o PAX 

Localizado na cidade de Macaíba/RN e uma área prevista de 50 hectares, o Parque Científico e Tecnológico do Rio Grande do Norte Augusto Severo (PAX) está inserido em um ambiente de inovação proveniente da parceria entre Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação/ICTs, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Federação das Indústrias, Federação do Comércio, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e prefeituras da Região Metropolitana de Natal. O PAX tem vocação inicial nas áreas de energias, reabilitação em saúde e tecnologia de informação com ampla oferta de espaços e serviços para as entidades apoiadoras e empresas. O Parque contará também, em seu ecossistema, com incubadora e aceleradora de empresas, oferta de serviços de propriedade intelectual através da Agência de Inovação da UFRN e de diversos laboratórios de pesquisa e inovação das ICTs associadas.

Brasília - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, durante sessão plenária do Supremo Tribunal Federal (STF) para o julgamento da validade das delações da JBS (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Agência Brasil – O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot disse na noite de ontem (26), em entrevista a diversos veículos de comunicação, que chegou a ir armado com um revólver ao Supremo Tribunal Federal (STF) com a intenção de matar o ministro Gilmar Mendes e depois se suicidar. Nesta sexta-feira (27), Mendes divulgou uma nota em que se diz surpreso e recomenda que o ex-PGR “procure ajuda psiquiátrica”.

Os dois protagonizaram um longo embate enquanto Janot ocupou o cargo, entre 2013 e 2017, com trocas constantes de críticas públicas. O ex-PGR disse ter, porém, chegado a um limite em 2017 quando o ministro envolveu sua filha em uma das pendengas.

O episódio é narrado por Janot no livro que lança esta semana, Nada Menos que Tudo, porém sem citar o nome de Gilmar Mendes. O ex-PGR, entretanto, resolveu agora revelar a quem se referia.

“Num dos momentos de dor aguda, de ira cega, botei uma pistola carregada na cintura e por muito pouco não descarreguei na cabeça de uma autoridade de língua ferina que, em meio àquela algaravia orquestrada pelos investigados, resolvera fazer graça com minha filha”, escreve Janot no livro.

Segundo o ex-PGR, ao encontrar o ministro sozinho na antessala do plenário do Supremo, antes de uma das sessões, chegou a sacar uma pistola, mas não puxou o gatilho somente porque “a mão invisível do bom senso tocou no meu ombro e disse: não”.

O episódio ocorreu em 2017, depois de Janot ter pedido ao Supremo que considerasse Mendes suspeito para julgar um habeas corpus de Eike Batista. O argumento era que a esposa do ministro, Guiomar Mendes, trabalhava em um escritório de advocacia que prestava serviços ao empresário.

Em seguida, circulou na imprensa a informação de que a filha de Janot, Letícia Ladeira Monteiro de Barros, defendia a empreiteira OAS, envolvida na Lava Jato, em processos no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O ex-PGR atribuiu a divulgação da informação a Mendes e, por isso, cogitou matá-lo, segundo o relato.

“Confesso que estou algo surpreso. Sempre acreditei que, na relação profissional com tão notória figura, estava exposto, no máximo, a petições mal redigidas, em que a pobreza da língua concorria com a indigência da fundamentação técnica. Agora ele revela que eu corria também risco de morrer”, escreveu Gilmar Mendes em nota divulgada nesta sexta.

O ministro lamentou que “por um bom tempo, uma parte do devido processo legal no país ficou refém de quem confessa ter impulsos homicidas”.

“Se a divergência com um ministro do Supremo o expôs a tais tentações tresloucadas, imagino como conduziu ações penais de pessoas que ministros do Supremo não eram. Afinal, certamente não tem medo de assassinar reputações quem confessa a intenção de assassinar um membro da Corte Constitucional do País”, acrescentou o ministro. “Recomendo que procure ajuda psiquiátrica”, concluiu.

A imagem pode conter: planta, árvore e atividades ao ar livre

Comunicação EAJ

Alunos de graduação e pós-graduação em Engenharia Florestal da EAJ participam hoje de uma ação alusiva ao Dia da Árvore, comemorado no último dia 21.

As atividades serão desenvolvidas com crianças do 1º ao 5º ano da Escola Municipal Jornalista Rubens Manoel Lemos, localizada em Parnamirim-RN.

Os estudantes, sob coordenação do Professor Mauro Pacheco, ministrarão palestras sobre a importância da árvores nos aspectos ambientais, oficinas de colagem com folhas, pinturas e muito mais!

Além destas atividades, as crianças receberão sementes que serão cultivadas para que, futuramente, possam plantá-las em sua casa ou na própria Escola.

A ação faz parte de um Projeto de Extensão que atenderá Colégios da rede pública, localizados na região metropolitana de Natal-RN.

A Cooperativa dos Alunos da Escola Agrícola de Jundiaí irá promover no dia 19 de  outubro deste ano, um aulão solidário de história, geografia, redação e literatura. Objetivo do aulão é voltado para quem vai fazer o Enem este ano.

O aulão será realizado no auditório do ensino médio, a partir das 08h.

Inscrições: 1 Kg de alimento.

Foto: Cícero Oliveira

Com o intuito de apresentar as principais demandas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o reitor José Daniel Diniz Melo se reuniu com representantes da Bancada Federal do estado na tarde desta quinta-feira, 26, na Reitoria. Na ocasião, foram mostrados projetos da instituição de ensino que têm impacto direto no desenvolvimento socioeconômico da população potiguar.

O reitor Daniel Diniz mostrou diversas ações da UFRN que necessitam de apoio financeiro da Bancada Federal, por meio de emendas parlamentares, a exemplo do prédio da Escola Multicampi de Ciências Médicas do RN (EMCM-UFRN) e da expansão do Parque Tecnológico Metrópole Digital. “São projetos que vão além da universidade, visto que contribuem para o desenvolvimento do estado, com a oferta de vagas de emprego, fomento da economia e melhores condições para a saúde pública no interior do RN”, explicou.

Representando a Bancada Federal, o deputado Rafael Motta colocou seu mandato à disposição da universidade, com as emendas parlamentares e no diálogo junto ao Ministério da Educação (MEC), em Brasília. “No contexto atual de desemprego é prioritário para apoiar ações que promovam a geração de empregos qualificados, seja na área tecnológica ou na saúde”.

Participaram ainda da reunião os representantes da deputada federal Natália Bonavides e do deputado federal General Girão, que também firmaram compromisso com a educação pública do estado.

Policiais civis da Delegacia Municipal de São José de Mipibu prenderam, com apoio de policiais militares, na manhã desta última quarta-feira (25), Jean Carlos de Lima da Silva. Em desfavor dele havia um mandado de prisão, referente à coautoria de um latrocínio, praticado no município de São José de Mipibu, no dia 15 deste mês, quando vitimou Jefferson Almeida dos Santos, conhecido como “Jefinho”.

Durante as diligências, foram apreendidos um revólver calibre 38 com seis munições, sendo uma deflagrada e cinco intactas, e uma arma de fogo do tipo caseira, com dois cartuchos. Ele também foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Jean Carlos foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181

Resultado de imagem para fatima e antenor roberto

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) julgou improcedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra Fátima Bezerra (PT) e Antenor Roberto (PCdoB), candidatos a governador e vice nas Eleições de 2018.

O processo foi analisado na sessão destaúltima quarta-feira (25) após análise do caso.

A ação, movida pela coligação Trabalho e Superação, encabeçada pelo candidato Robinson Faria, pedia a inelegibilidade e a cassação de diploma dos acusados por abuso de poder midiático e econômico. À unanimidade, a Corte seguiu o voto do relator, desembargador Cornélio Alves, e não acatou os acusações de que eles teriam usado indevidamente a imagem do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva em propaganda eleitoral.

O parecer do Ministério Público Eleitoral também considerou improcedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral.

Mancha de óleo atinge o litoral do Sergipe

Adema/Governo de Sergipe

Agência Brasil – A mancha de óleo que atingiu o litoral do Nordeste chegou a mais quatro localidades, todas no Maranhão, de acordo com o balanço mais recente divulgado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que monitora a situação desde o dia 2 de setembro. A mancha chegou a todos os estados do Nordeste, com exceção da Bahia. Ao todo, 105 localidades de 48 municípios foram atingidas.

Uma investigação do Ibama, com apoio do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, aponta que o petróleo que está poluindo todas as praias seja o mesmo, e a origem não é do Brasil.

“Esse tipo de acidente nunca tinha acontecido aqui no Brasil. Normalmente, as manchas de origem desconhecida, que é o caso dessa, são de pequeno impacto e abrangem só um estado. É a primeira vez que a gente está vendo um acidente, sem poluidor conhecido, atingir tantos estados”, disse a coordenadora geral de Emergências Ambientais do Ibama, Fernanda Pirillo.

Segundo Fernanda, o número de localidades atingidas pelo óleo ainda pode aumentar. “A gente ainda está fazendo o diagnóstico. Muitas praias ainda não foram vistoriadas. Pode ser que óleo seja encontrado em outros locais, aumentando esse número”.

O petróleo foi encontrado em nove tartarugas, seis delas encontradas mortas, e em uma ave, também morta. Segundo o Ibama, não há evidências de contaminação de peixes e crustáceos, mas a avaliação da qualidade do pescado capturado nas áreas afetadas para fins de consumo humano é competência do órgão de vigilância sanitária.

“A gente orienta aos banhistas que não tenham contato com esse óleo e que se o encontrarem em alguma praia, que façam contato com os órgãos públicos indicando o local em que foram encontradas”, disse a coordenadora. A orientação vale para pescadores e demais profissionais que atuam nas praias.

Foi encontrado óleo em locais turísticos como Porto de Galinhas, em Ipojuca (PE); Boa Viagem, em Recife (PE); Pipa, em Tibau do Sul (RN); Tambaba e Praia do Amor, em Conde (PB); entre outras.

Origem do petróleo

A investigação do Ibama aponta que o petróleo que está poluindo todas as praias é o mesmo. Trata-se de petróleo cru, ou seja, não se origina de nenhum derivado de óleo, como gasolina e outros. Contudo, a sua origem ainda não foi identificada. Em análise feita pela Petrobras, a empresa informou que o óleo encontrado não é produzido pelo Brasil.

Mesmo sendo de origem estrangeira, os responsáveis estão sujeitos a multas de até R$ 50 milhões, em conformidade com a Lei de Crimes Ambientais, Lei 9.605/1988, segundo Fernanda.

O Ibama informou que requisitou apoio da Petrobras para atuar na limpeza de praias. Nos próximos dias, a empresa disponibilizará um contingente de cerca de 100 pessoas.

O Ibama orienta as pessoas que identificarem manchas de óleo em alguma praia a entrarem em contato com a prefeitura do local e com o instituto por meio da Linha Verde, no número 0800618080.

Resgate de animais

As organizações que atuam em parceria com o Ibama no resgate de animais também orientam as pessoas a entrar em contato para avisar de animais encontrados com óleo no corpo. O Projeto Cetáceos da Costa Branca, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (PCCB-UERN), é um desses parceiros, e divulgou uma lista no Facebook de entidades que devem ser procuradas, em cada estado,

A entidade pode ser contatada pelo telefone 084 99943 0058 e 084 98843 4621. As ligações podem ser feitas a cobrar.

De acordo com o PCCB-UERN, o atendimento aos animais com óleo segue protocolos técnicos nacionais e internacionais e é realizado por profissionais que passam por treinamentos e têm autorizações específicas. Dessa forma, são resguardadas a segurança e a salubridade do animal, dos profissionais e a da população.

O que fazer:

1. Ligue imediatamente para equipe do PCCB-UERN e informe detalhes sobre a situação (se é golfinho, baleia, tartaruga marinha, peixe-boi ou ave marinha, se está vivo ou morto e local do encalhe) e se possível, envie fotos ou vídeos via WhatsApp;

2. Não entre em contato com o óleo. Perigo de alta toxidade! Não tente limpar com sabão, areia, ou qualquer produto químico. Essas substâncias podem disseminar a contaminação do óleo no ambiente e no animal;

3. Não devolva o animal ao mar. Animais encalhados precisam de avaliação clínica especializada. Caso devolvido sem cuidados adequados, o animal poderá encalhar novamente;

4. Isole a área, evite barulho, conversas, e movimentos que possam estressar o animal. Não alimente e nem force a ingestão de líquidos;

5. Proteja o animal do sol (com guarda-sol, panos limpos) e aguarde a chegada da equipe de resgate.

Fonte: PCCB-UERN