Arquivo diário: terça-feira, setembro 24, 2019

A Escola de Saúde da UFRN tornou público o Edital Nº06/2019 que orienta a seleção de alunos para ingresso em quatro cursos técnicos, em 2020. São oferecidas 220 vagas no total, sendo 80 para o Técnico em Enfermagem, 50 vagas para o curso Técnico em Registros e Informações em Saúde, 50 para o curso Técnico em Agente Comunitário de Saúde e 40 vagas para o curso Técnico em Massoterapia. As inscrições começam nesta segunda-feira, 23 de setembro, e vão até o dia 22 de outubro de 2019, exclusivamente pela Internet, através do site do Núcleo Permanente de Concursos da UFRN, a Comperve. A taxa de inscrição custa R$ 30,00 (trinta reais) e as provas serão aplicadas no dia 17 de novembro de 2019, em Natal.

Todas as informações, critérios de seleção e documentos referentes ao processo seletivo, inclusive o programa de estudos, estão disponíveis no site www.comperve.ufrn.br, no menu cursos técnicos.

Link: http://www.comperve.ufrn.br/conteudo/cursostecnicos/escolaenfermagem/2020/informacoes.php

Os interessados podem saber mais informações sobre cada um dos cursos técnicos oferecidos pela Escola de Saúde da UFRN acessando o site www.escoladesaude.ufrn.br e acompanhando a ESUFRN nas mídias sociais; no Facebook – Escola de Saúde da UFRN e no Instagram @esufrn. Ou ainda através do telefone 3342-2290 (ramal 101).

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba, com apoio de policiais militares do 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM), prenderam em flagrante, na tarde desta terça-feira (24), Roberto Gabriel Souza de Lima, conhecido como “Pernalonga”, 19 anos, e Jefferson da Costa Silva, conhecido como “Meia Lua”, 18 anos. Eles foram presos no bairro Alta de Souza, Macaíba/RN.

Com Roberto Gabriel e Jefferson da Costa, foram encontrados 112 porções de “crack”, 17 porções de maconha, uma arma de fabricação caseira calibre 12, um simulacro, além de uma câmera de monitoramento e dinheiro. Eles são suspeitos de integrarem uma facção criminosa atuante na cidade de Macaíba e de praticarem diversos roubos na região. As investigações indicam que, além da dupla, a companheira de um deles também compõe o grupo criminoso. Eles estariam utilizando uma granja abandonada, às margens da BR 226, para guardar armas, drogas e objetos roubados.

No final da manhã desta terça-feira (24), policiais civis realizaram uma ação no referido imóvel, objetivando localizar os demais envolvidos, quando prenderam Jefferson da Costa. Na ocasião, Roberto Gabriel teria conseguido fugir em um primeiro momento, sendo capturado posteriormente com apoio de policiais militares. Ambos foram encaminhados à delegacia e autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou pelo número da Delegacia Municipal de Macaíba: (84) 98114-4042.

PC/Assecom

A governadora Fátima Bezerra recebeu nesta terça-feira, 24, a comissão representativa dos prefeitos de todas as regiões do Estado. Na sala de reuniões da Governadoria, Fátima dialogou sobre as medidas do Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial – Proedi recentemente implantado e que substitui o antigo Proadi – Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial.

Fátima explicou que as medidas “vão promover dignidade ao povo do RN. Não podemos deixar o RN como está, com empresas indo embora, lojas fechando, empregos se reduzindo, tivemos um desastre com o modelo do incentivo ao querosene de aviação na gestão passada. Deixamos de arrecadar 30 milhões e perdemos voos e milhares de visitantes. Não tínhamos mais como continuar com o modelo anterior de incentivos fiscais”.

A governadora destacou que o Proedi inicia um ciclo de desenvolvimento, estabelece condições para o RN competir com os demais estados na atração de indústrias e favorece investimentos também para as pequenas cidades. “Com o Proedi todos ganham, o Estado, os municípios, a população e o investidor. Ele é resultado de muito estudo da nossa equipe econômica e vai alavancar o desenvolvimento do nosso Estado”.

Em relação às queixas dos prefeitos sobre redução no valor do rateio do ICMS nos primeiros meses de vigência do Proedi, a governadora lembrou que já havia pedido prazo de 30 dias (primeiro mês de vigência) para voltar a se reunir com os municípios e analisar concretamente a situação diante do novo quadro financeiro e fiscal. “No próximo dia 11 já teremos esta reunião, quando vamos discutir à luz dos novos dados gerados pelo Proedi”, afirmou Fátima Bezerra.

O secretário de Estado da Tributação (SET), Carlos Eduardo Xavier, lembrou que em 2012 o Proadi gerava 45 mil empregos. Este ano ficou reduzido a apenas 23 mil. “Perdemos mais de 20 mil empregos, por isso fizemos a nova modelagem que deixa o RN em igualdade de condições com os demais estados”, disse. O titular da SET lembrou também que o PROEDI traz o benefício da indústria para o modelo dos demais benefícios fiscais existentes no estado.  O Secretário afirmou que redução será sentida apenas na parcela subsequente ao dia 15 no repasse do ICMS aos municípios que é quando as empresas beneficiárias do PROEDI realizam o pagamento do ICMS normal, mas assegurou que a redução não se aplica às demais parcelas repassadas no mês.

Aldemir Freire, secretário de Estado do Planejamento, mostrou que a formatação do antigo Proadi era um modelo falido e que só existia no RN. “O Proadi gerava a desindustrialização, a saída de empresas para outros Estados. Agora com o novo Proedi o nosso Estado se iguala aos demais e inova quando torna mais vantajoso a empresa se instalar no interior”, reforçou Aldemir.

O secretário estadual de Gestão de Projetos Fernando Mineiro acrescentou que é exigência do plano Mansueto – de ajuda financeira do Governo Federal aos estados – a revisão dos incentivos fiscais. “Também neste ponto o Proedi veio para favorecer o Rio Grande do Norte como um todo”, enfatizou.

Com o Proedi, informou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, o município de Goianinha, por exemplo, tem previsão de receber oito novas empresas. “Ganha o município e todos os outros, devido à regra do rateio do ICMS”, argumentou.

O diretor da Federação das Indústrias do RN, Roberto Serquiz, esclareceu que “o Proedi vai promover a interiorização da indústria e recuperar as perdas que o RN teve nos últimos anos para os Estados vizinhos”

Na reunião, a governadora esteve acompanhada, ainda, do vice-governador Antenor Roberto, do Secretário Chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, e do Procurador-Geral do Estado Luiz Antônio Marinho. Também participaram, representando a Assembleia Legislativa, os deputados Bernardo Amorim, Hermano Morais e Getúlio Rego. A Câmara Municipal de Natal foi representada pelo presidente, vereador Paulinho Freire.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta terça-feira (24) a operação Cambalacho. O objetivo é apurar um esquema fraudulento que aplicou golpes de pelo menos R$ 1.549.550,00 em Caiçara do Rio do Vento, cidade da região Central do Estado. O ex-prefeito Francisco Edson Barbosa e outras cinco pessoas foram presos na ação, que contou com o apoio da Polícia Militar.

Além do ex-prefeito, foram presos preventivamente Marinaldo Amâncio da Silva Júnior e Bruno Ewerton Bezerra Leal, apontados como integrantes do núcleo operacional do grupo criminoso. O ex-secretário de Administração Antônio Laurentino Ramos Neto e a ex-secretária de Finanças Tereza Cristina de Andrade Pereira Barbosa, que ao lado do ex-prefeito integravam o núcleo da administração pública, estão presos temporariamente. Há ainda um mandado de prisão preventiva expedido, mas o alvo não foi localizado e é considerado foragido de Justica.

O grupo é investigado por organização criminosa, falsificação de documentos públicos e privados, falsidade ideológica, peculato, estelionato e lavagem de capitais, entre outros delitos que ainda serão apurados.

A operação Cambalacho contou com a participação de 10 promotores de Justiça, 9 servidores do MPRN e ainda de 43 policiais militares. Além dos seis mandados de prisão, foram cumpridos outros 9 mandados de busca e apreensão nas cidades de Natal, Parnamirim, Umarizal, Felipe Guerra e Caiçara do Rio do Vento. A sede da Prefeitura e das Secretarias de Administração e Finanças de Caiçara do Rio do Vento são alvos de buscas.

As investigações da operação Cambalacho começaram em 2014, quando se vislumbrou a existência de uma organização criminosa que vinha atuando em diversos municípios do Rio Grande do Norte, entre eles, Caiçara do Rio do Vento. Nesta cidade, conforme já apurado pelo MPRN, houve a cooptação de agentes públicos que possibilitaram a operacionalização do esquema fraudulento.

Segundo já levantado pelo MPRN, o núcleo operacional do grupo criminoso, formado por Marinaldo Amâncio da Silva Júnior e Bruno Ewerton Bezerra Leal, arregimentava pessoas e, mediante artifícios fraudulentos, as induzia ao erro, fazendo com que fornecessem dados e documentos para que o grupo contraísse empréstimos em seus nomes.

Paralelamente, esse grupo, com auxílio do núcleo da administração pública (Francisco Edson Barbosa, Antônio Laurentino e Tereza Cristina Barbosa) obtinha documento do Poder Público atestando falsamente que aquelas pessoas pertenciam ao quadro de pessoal do Município de Caiçara do Rio do Vento e que possuíam margem consignável suficiente para a contratação do empréstimo.

Essa documentação, então, era analisada pelo correspondente bancário que, em seguida, colhia a assinatura do interessado em proposta de empréstimo. Em seguida, os valores eram creditados na conta dos falsos servidores municipais para que, posteriormente, fossem realizados os descontos na folha de pagamento dos respectivos funcionários.

O MPRN já apurou que nos dias do recebimento dos valores, em regra, algum integrante do grupo criminoso comparecia à agência bancária do Município com os respectivos “laranjas” contratantes do empréstimo – falsos servidores – para fazer a retirada do dinheiro no caixa eletrônico. Em outras oportunidades, havia transferência direta dos valores para membros da organização criminosa, inclusive, para os agentes públicos.

Além dos mandados de prisão e de busca e apreensão, a Justiça potiguar determinou o bloqueio judicial do valor de R$ 1.549.550,00 nas contas dos investigados.

Desdobramento

A operação Cambalacho é desdobramento de outras duas operações do MPRN: a Negociata e a Holerite. A operações Negociata, deflagrada em 2015, apurou fraudes na concessão de empréstimos consignados e financiamentos aos servidores ativos e inativos da Prefeitura de Umarizal. O então prefeito Carlindson Onofre Pereira de Melo foi afastado do exercício do mandato pelo Tribunal de Justiça. Pelas investigações do MPRN, foram concedidos empréstimos, sendo liberado nas contas dos interessados o valor total de R$ 1.571.792,33, o que gerou um saldo devedor aproximado de R$ 2.043.625,34 atualizado até o ano de 2014.

A operação Holerite foi deflagrada em agosto de 2018 para apurar os crimes de falsificação de documentos públicos e privados, falsidade ideológica, estelionato e peculato que resultaram no desvio de pelo menos R$ 799 mil na Prefeitura de Caraúbas. Entre os investigados, estão o ex-prefeito de Caraúbas Ademar Ferreira da Silva e o ex-secretário municipal de Planejamento Edson Moraes.

Nos três casos, as fraudes eram esquematizadas da mesma forma: os investigados conseguiam aprovação para realizar empréstimos consignados em folha de pagamento, utilizando-se do artifício de fazer declarações falsas. Eles afirmavam que beneficiários eram servidores públicos sem que qualquer um deles tenha sido integrante das administrações públicas municipais. Houve também declarações que pessoas tinham margem consignável, sem que elas de fato tivessem. Toda a documentação falsa tinha o objetivo de facilitar a aprovação do crédito por parte da instituição financeira.

Em sequência às ações que vêm sendo desenvolvidas ao longo deste mês em alusão à campanha Setembro Amarelo, a Prefeitura de Macaíba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promoveu um grande evento no Pax Club nesta segunda-feira (23/09), ocasião em que os profissionais do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II) ministraram palestras, realizaram dinâmicas de grupo e encenações teatrais tendo como público-alvo estudantes da rede pública municipal.

O tema do evento foi “Momento de conscientização à valorização da vida e prevenção do suicídio”. A intenção foi de chamar a atenção desse grupo etário (alunos do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental) que também passa por dilemas que muitas vezes não são expressos, ou mesmo percebidos por quem com ele convive diariamente.

II Fórum Municipal de Prevenção ao Suicídio e Valorização da Vida

Amanhã, quarta-feira (25/09), também no Pax Club, será realizado o II Fórum Municipal de Prevenção ao Suicídio e Valorização da Vida, com a presença de funcionários da área de saúde, principalmente do setor de saúde mental, e usuários dos Centros de Atenção Psicossocial CAPS-AD e CAPS II, com início previsto para as 8h30.

No período da tarde, haverá no mesmo local uma nova ação relativa ao Setembro Amarelo, com diversas dinâmicas e discussões relacionadas.

É importante lembrar que uma série de ações referentes ao Setembro Amarelo também estão sendo realizadas nos postos de saúde até o final desse mês.

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, na tarde desta segunda-feira (23), Jefferson Cabral de Macedo, conhecido como “Kinho”, 22 anos. Ele foi preso no Sítio Papagaio, Zona Rural de Macaíba. Com ele, foram encontrados uma espingarda artesanal calibre 12, três munições calibre 12 e 01 (um) cartucho deflagrado, além de duas trouxinhas de maconha.

A prisão se deu durante diligências relacionadas à morte do Sargento da Polícia Militar Adailton Cristiano Silva, ocorrida na de sexta-feira (20), na Zona Rural de Macaíba. As investigações da Polícia Civil indicaram que, próximo ao local onde foi preso um dos suspeitos, havia um imóvel usado como abrigo pelos envolvidos no crime, onde foram localizadas pelos policiais a arma de fogo, a qual pode ter sido utilizada para matar a vítima.

Jefferson Cabral foi autuado pelo crime de posse irregular de arma de fogo e posse de drogas para consumo, sendo encaminhado ao sistema prisional. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou pelo número da Delegacia Municipal de Macaíba: 98114-4042.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Foto: Comunicação EAJ

O surgimento e a história da Banda de Música da Escola Agrícola de Jundiaí se confundem com a história da própria Escola, e a ausência de um projeto específico contribuiu para alguns lapsos nessa trajetória. Mas desde o ano de 2013, em que fora instituída como grupo de arte e cultura da UFRN, a Banda tem cerca de 40 integrantes que se apresentam em diversas cidades do interior do Estado: Goianinha, Touros, Cajueiro de Touros, Vera Cruz, Lagoa Salgada, Lagoa de Pedras, São Miguel do Gostoso, Santa Cruz, entre outras, e em eventos como a Teia Nacional da Diversidade (ação do Ministério da Cultura em parceria com a EAJ), abertura de Jogos escolares na cidade de Barcelona, Congresso Brasileiro de Extensão Universitária (CBEU) e a Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura (CIENTEC).

Os alunos entram em harmonia tocando instrumentos de percussão da BMEAJ, caixas, repiques, pratos, lira, surdos, tambor/bumbo. Os participantes também tocam seus próprios instrumentos de sopro, como saxofone, trombone, pistón, clarinete e trompete.

Fazem parte da Banda alunos de cursos técnicos integrados, subsequentes e graduação da EAJ-UFRN, e de cursos do Campus Central. Por ser um Projeto de Extensão aberto para a comunidade de Macaíba, estudantes de escolas do Município também participam. Este ano o grupo fez um belo desfile nas ruas da cidade de Macaíba, com 32 integrantes, à frente um grupo de metais, sendo sempre a Banda mais esperada do evento todos os anos. Nesse desfile, o responsável pela regência foi um aluno da EAJ, Rafael Costa Lima, que participou do projeto durante o Ensino Médio, depois foi bolsista do Fundo de Apoio a Extensão (FAEX), voluntário, e agora está na orientação do grupo na parte musical.

Após o ano de 2010, com a morte do Professor Evilásio Paiva de Araújo, no dia 14 de julho de 2010, que regia a Banda, o Projeto ficou sem professor responsável e com risco de acabar. Foi por causa disso, e do fato de não ser musicista, que a Professora Viviane Medeiros, que coordena o projeto juntamente com o professor Aldair Rodrigues da Silva, convidou o aluno que regeu a banda em 2011, Cledson Nunes, e elaborou o Projeto de Extensão com sua ajuda e a ajuda dos colegas professores da Escola de Música da UFRN. Ela também contou com o apoio dos colegas não músicos da EAJ, Eronilson Vieira, João Inácio da Silva Filho e Júlio César de Andrade Neto.

A coordenadora descreve como esta ação tem mudado histórias através da arte: “Quando pensei no projeto sem ser musicista, juntei amigos, entre eles um bolsista que tinha conhecido há pouco e soube que estudava música. Convidei-o para ser o primeiro bolsista, e um amigo militar da reserva, José Laureano, para ser o regente. No ano seguinte, com a saída do Regente, Allysson Pablo Melo Ferreira, de 26 anos, nosso primeiro bolsista, assumiu ainda assustado a regência do grupo. Depois de dois anos concluiu seu curso com TCC sobre o projeto BMEAJ, depois como voluntário fez especialização em Educação Musical e mais uma vez sua monografia sobre a Banda. Foi lindo! Ainda hoje longe da banda pelas mudanças da vida, Allysson vem nos assistir nos desfiles em Macaíba”.

O atual Diretor da EAJ, o Professor Júlio César também destaca a importância da Banda para a Escola e comunidade de Macaíba “A Banda da Escola é uma forma de aliar cultura e entretenimento à população ao mesmo tempo em que leva o nome da Escola Agrícola de Jundiaí/UFRN. É mais uma oportunidade de integração da instituição com a sociedade. Destaco, neste sentido, a atuação da professora Viviane, a baluarte da banda”.

Patrimônio Artístico e cultural da UFRN

Neste mês de Setembro, a Banda Marcial da Escola Agrícola destacou-se no Catálogo do patrimônio Artístico e cultural da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, lançado pelo Núcleo de Arte e Cultura da UFRN (NAC-UFRN), outro grande feito que evidenciou a BMEAJ quanto meio de integração entre Academia e comunidade.

Apaixonada por música, a Professora Viviane finaliza dizendo: “Eu acredito na música, na arte como parte importante da cultura, da essência humana. Fico muito satisfeita de ter contribuído para isso”.

É com alegria, muito esforço dos participantes e entre declarações sobre quanto participar da banda facilitou a socialização, desenvolvimento da sensibilidade, a suportar a ausência da família e a se manter na escola, que o Projeto tem gerado frutos, levando a momentos mágicos, arrancando choros e sorrisos emocionados e ajudando a melhorar vidas através da arte.

Por Fernanda Macedo – Com supervisão da Comunicação EAJ

A UFRN terá nove trabalhos apresentados na Conferência Internacional de Desenvolvimento Sustentável – ICSD, na Universidade de Columbia, em Nova York. O evento discute práticas associadas aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que devem ser implementados por todos os países do mundo até 2030. A Conferência acontece nos dias 24 e 25 de setembro, em paralelo à Assembleia Geral das Nações Unidas, que reúne mais de uma centena de chefes de Estado e de governo na mesma cidade durante esta semana.

Leia mais sobre os 17 ODS aqui.

O professor do Departamento de Engenharia de Produção da UFRN, Júlio Francisco Dantas Rezende, fará apresentações sobre a Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) da UFRN, a Estação de Pesquisa Habitat Marte e sobre projetos de revitalização urbana na cidade, como o bem sucedido Projeto Viva o Centro.

Na apresentação, a Estação de Tratamento de Esgoto da UFRN é indicada como uma prática sustentável que liga água, energia e agricultura e está conectada ao Objetivo 6 dos ODS, que é Água Limpa e Saneamento. A Universidade Federal consegue coletar e tratar todo o esgoto de suas instalações e destinar a água residual à irrigação dos campos de futebol e jardinagem, sem danos ambientais, sendo assim um exemplo de atividade sustentável.

Da Estação de Pesquisa e Simulação Habitat Marte, instalada em Caiçara do Rio dos Ventos, no interior do Rio Grande do Norte, surgiram várias ideias a serem compartilhadas na Conferência, como o Space Aqua, que estuda o Sistema Aquapônico como alternativa para locais com recursos hídricos limitados, pois consome 90% menos água do que outros métodos de cultivo. E o Arid Lab, que opera no Núcleo de Pesquisa em Engenharia, Ciência e Sustentabilidade do Semiárido (Nupecs), utilizando sistema de coleta e armazenamento de água da chuva, sistema de iluminação externa solar, entre outras pesquisas.

Outro trabalho apresentado é o projeto Viva o Centro, desenvolvido em parceria com o professor Álvaro Oliveira e Irani Santos, que relata a recuperação econômica, social e cultural do Centro de Natal, que sofreu uma súbita degradação após a mudança do comércio local para os shoppings. A pesquisa relata a estratégia, o plano de ação e as atividades do movimento, com maior foco no Beco da Lama, que obteve êxito por receber o engajamento de empresários, cidadãos, poder público e outras instituições.

O Viva o Centro está conectado ao Objetivo 11 dos ODS, que é Cidades e Comunidades Sustentáveis, o qual pretende tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis, e ao Objetivo 17, que fala sobre Parcerias e Meios de Implementação, com a intenção de fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

Agenda 2030 da ONU

Em setembro de 2015, líderes mundiais reuniram-se na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, e decidiram um plano de ação para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, a qual contém o conjunto de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A Agenda 2030 e os ODS afirmam que, para o mundo entrar em um caminho sustentável, é urgentemente necessário tomar medidas ousadas e transformadoras.

Os ODS constituem uma ambiciosa lista de tarefas para todas as pessoas, em todas as partes, a serem cumpridas até 2030. Segundo a Agenda, se cumprirmos suas metas, seremos a primeira geração a erradicar a pobreza extrema e iremos poupar as gerações futuras dos piores efeitos adversos da mudança do clima.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, árvore, grama, criança, mesa, atividades ao ar livre e natureza

Várias escolas municipais de Macaíba e de outras cidades do RN visitaram o solar Ferreiro Torto na última semana. A visita fez parte das ações alusivas ao Dia da Árvore, comemorado no último sábado (21). Acompanhados dos instrutores do local, crianças, jovens e adultos participaram de várias ações como: plantação de árvores nativas, peças teatrais, dinâmicas, dentre outras ações.

De acordo com a direção do museu, aproximadamente mil pessoas passaram pelo solar na semana em que se comemorou o Dia da Árvore. Considerado um dos mais belos espaços públicos do RN, às margens do Rio Jundiaí, o local, que abrigou o segundo engenho da capitania do Rio Grande do Norte, também conta uma rica diversidade de espécies da fauna e flora como aves, crustáceos, palmeiras-imperiais, coité, entre outros.

O Solar está aberto para visitação das 8h às 16h, de terça a sexta e sábado e domingo, das 8h às 15h. Para agendar uma visita ao local, basta ligar para o número 3271-6524 ou para a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo pelo número 3271-6562.

Via Facebook (Prefeitura de Macaíba)

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas sentadas

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, criança e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas em pé, atividades ao ar livre e natureza