Arquivo diário: sábado, setembro 21, 2019

Agência Brasil – Uma menina de 8 anos de idade morreu baleada ontem à noite (20) com um tiro nas costas, quando estava dentro de uma kombi na comunidade da Fazendinha, Complexo do Alemão, zona norte do Rio, acompanhada da avó.

A menina Ágatha Félix foi levada às pressas para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, mas não resistiu ao ferimento. De acordo com relatos de moradores pelas redes sociais, o tiro teria sido disparado por militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), que atiraram contra ocupantes de uma motocicleta em fuga.

Os moradores da Fazendinha, no Complexo do Alemão, fazem uma manifestação na comunidade, em protesto contra as mortes ocorridas recentemente na região. Em maio, o professor de jiu-jitsu  Jean Rodrigues da Silva Aldrovande também foi vítima de uma bala perdida.

Uma das mães que estava na praça ontem à noite, mas que não quis se identificar, criticou a forma como a polícia age na comunidade. “Não é de qualquer jeito que se entra na comunidade. A rua estava lotada. Do nada se ouviu uma rajada. Todos que estavam nas ruas saíram correndo e se esconderam. A dor da mãe da Ágatha é a mãe de todos nós do Alemão”.

Outra mãe, que se identificou como Daiana, disse que tem um filho de 9 anos e reivindicou mais políticas públicas para a região. “Eu estou com a minha voz embargada. Aqui tem pessoas que tem sonhos e essa criança teve o sonho interrompido. Cadê o esporte? As ações sociais? O governo tem meios de fazer alguma coisa por nós. É uma voz pequena que pede socorro”.

Polícia

Em nota, a Polícia Militar informou que, por volta das 22h desta sexta-feira, (20), equipes policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Fazendinha, que estavam baseadas na esquina da Rua Antônio Austragésilo com a Rua Nossa Senhora, foram atacadas de várias localidades da comunidade de forma simultânea. Os policiais revidaram à agressão.

A nota diz que após o confronto, não foram encontrado feridos na varredura do local. “Na sequência, os policiais foram informados por populares que um morador teria sido ferido na localidade conhecida como Estofador”.

Uma equipe da UPP se deslocou até o Hospital Getúlio Vargas e confirmou a entrada de uma criança de 8 anos ferida por disparo de arma de fogo.

A Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) vai abrir uma apuração para verificar todas as circunstâncias da ação.

O Conselho Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do RN (CONECITI) se reuniu na manhã desta sexta-feira (20), no gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, à qual o órgão consultivo e deliberativo é vinculado. Na pauta, o Edital Centelha, apresentado por Bosco Freire (SEBRAE-RN); o V Congresso FAPERN e o Seminário de Inovação do RN, apresentados por Júlio Rezende (FAPERN); e o Parque Tecnológico Augusto Severo, apresentado pela Prof. Ângela Paiva Cruz (UFRN). A reunião foi liderada pelo coordenador de desenvolvimento energético e presidente suplente do Conselho Hugo Fonseca.

Representando o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte (SEBRAE-RN), João Bosco Freire falou sobre o Programa Centelha, que possui edital aberto até dia 14 de outubro para fomentar o empreendedorismo inovador, contemplando com recursos financeiros e capacitação de 20 mil empreendedores no país.

No Rio Grande do Norte, o SEBRAE será executor e principal responsável pelo aporte de recursos. Serão selecionados 15 projetos nas áreas de produtos e serviços com investimento total de R$ 800 mil. A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). Segundo Bosco Freire, o principal objetivo do Programa é estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no estado.

Outra ação que irá contribuir para o desenvolvimento de projetos inovadores no Rio Grande do Norte será o Congresso FAPERN, que anualmente reúne a comunidade acadêmica em torno de temas relevantes para a Ciência e Tecnologia no estado. Este ano, o Congresso será realizado em conjunto com o I Seminário de Inovação, promovido pelo Governo do Estado através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, voltado para o público corporativo e para o desenvolvimento de políticas públicas consonantes às demandas das cadeias produtivas. “O Seminário é uma iniciativa do Conselho, pautando, inclusive, temas das discussões que temos aqui dentro com o setor empresarial e representantes da sociedade civil organizada, e que queremos trazer anualmente para o evento”, esclareceu o coordenador de desenvolvimento energético Hugo Fonseca.

Dando continuidade à reunião do CONECITI, o projeto do Parque Tecnológico Augusto Severo – PAX foi apresentado pela Prof. Ângela Paiva Cruz, que coordena o empreendimento em parceria com o reitor da UFRN Daniel Diniz. O Parque será gerido através de uma Associação, formada por representantes do Governo do Estado (através da FAPERN), UERN, Prefeitura do Natal, Prefeitura de Macaíba, Prefeitura de Parnamirim, Prefeitura de São gonçalo do Amarante, IFRN, FIERN, SEBRAE, Instituto Santos Dumont (ISD), UFERSA e UFRN.

O Parque Tecnológico irá aproveitar a estrutura de um prédio de 15 mil metros quadrados localizado no Campus do Cérebro, em Macaíba, que foi concebido para ser uma escola de ensino fundamental mas que deixou de receber os recursos necessários por parte do Governo Federal. Na primeira etapa, serão ocupadas 36 salas, comportando administração, salas de reunião, empresas, aceleradoras, incubadoras, refeitório e banheiros.

O projeto prevê uma adaptação na infraestrutura, que atualmente é mantida pelo ISD. As adequações necessárias incluem um plano de combate a incêndios, rede de tratamento de esgoto, uma subestação de energia e planta de aterramento, alambrado para cercas, entre outras obras de infraestrutura e manutenção que somam investimentos da ordem de R$ 8 milhões.

Para tirar o projeto do papel, a equipe busca financiamento do Banco Mundial, através do programa Governo Cidadão, e outras fontes ainda serão captadas. “Esse Parque é o grande passo do RN para potencializar o que temos, em termos de energia e recursos naturais, e nos colocarmos diferentes no futuro. A gente quer criar esse ecossistema e que o público e o privado se complementem em busca do desenvolvimento econômico e social”, declarou Ângela Paiva. A Professora defendeu ainda uma revisão na legislação estadual voltada para a Ciência e Inovação, com o intuito de alavancar este e outros projetos que necessitam de recursos e que possuem grande potencial de retorno para o Estado a longo prazo.

Sargento Adailton Cristiano

A Polícia Militar informa que dois  suspeitos de participar do assassinato do sargento Adailton Cristiano já se encontram detidos e foram conduzidos à Delegacia de Plantão Zona Norte, a Polícia Militar continuará em diligência para capturar os demais envolvidos.

O sargento Cristiano ingressou na corporação no ano de 2000 e atualmente estava lotado no 11º Batalhão da Polícia Militar, em Macaíba.

A Polícia Militar lamenta a morte deste profissional de segurança pública, externando aos amigos, companheiros de trabalho e familiares, os nossos sentimentos de pesar.

Policial Militar foi morto em assalto na Grande Natal após ser reconhecido pelos bandidos — Foto: Redes Sociais

O sargento Adailton Cristiano, Policial Militar lotado no 11º Batalhão de Polícia de Macaíba, foi assassinado a tiros durante um assalto na noite dessa sexta-feira (20), na comunidade Córrego, zona rural de Macaíba. A vítima voltava para casa quando foi abordado pelos três criminosos. De acordo com o portal G1 RN, quando os criminosos perceberam que se tratava de um policial, mandaram o sargento ajoelhar e atiraram na cabeça dele. O carro dele não foi levado pelos bandidos.

Um suspeito foi preso e a polícia segue em diligência em busca dos outros dois criminosos.