Arquivo diário: terça-feira, agosto 27, 2019

Reprodução/ Rede Sociais

Na noite desta terça-feira (27), um veículo pegou fogo na BR-226, em Macaíba. O motorista trafegava próximo do bairro Ferreiro Torto quando iniciou o incêndio. A causa do incêndio ainda é desconhecida. No momento do registro desta foto uma viatura do Corpo de Bombeiros  encontrava-se no local.

O prefeito Fernando Cunha visitou as obras de reforma nos ginásios poliesportivos Davi Florentino, na Vila São José e Edílson de Albuquerque Bezerra, no Centro, nesta terça-feira (27). O secretário municipal de Cultura e Turismo, Marcelo Augusto Medeiros acompanhou o prefeito durante a visita.

Os espaços esportivos estão recebendo uma série de trabalhos como troca do telhado, do piso, reforma dos banheiros, vestiários, troca de refletores e lâmpadas, salas, novos alambrados, novas telas, substituição da rede elétrica, manutenção hidráulica, pintura e reorganização dos ambientes internos. As obras fazem parte dos trabalhos da Prefeitura de Macaíba para renovação das praças esportivas do município.

Neste ano, as quadras de Cajazeiras, Capoeiras e do assentamento José Coelho receberam os trabalhos, sendo que a quadra de Lagoa das Pedras também recebe reformas. Várias quadras poliesportivas cobertas serão inauguradas em breve no município, entre elas, a quadra do bairro Vilar, na Escola Municipal Francisco Genival. Novas obras serão entregues em Lagoa do Sítio I, Canabrava, Lagoa dos Cavalos e Guarapes.

Assecom

O Blog do BG destaca: A procuradora Jerusa Viecili, da Força-Tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, publicou um pedido de desculpas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em suas redes sociais. Ela foi uma das citadas na reportagem do UOL que mostrou que membros do Ministério Público Federal (MPF) ironizaram a morte da esposa de Lula, Marisa Letícia, e o processo de luto do ex-presidente.

“Errei. E minha consciência me leva a fazer o correto: pedir desculpas à pessoa diretamente afetada, o ex-presidente Lula”, escreveu a procuradora na noite de hoje em seu Twitter.

Na reunião com o fórum dos servidores estaduais, realizada na Governadoria na tarde desta terça-feira, 27, o governo assumiu o compromisso de quitar os salários referentes ao exercício de 2019 dentro do mês trabalhado até o fim do ano. “Desde que assumimos, nosso compromisso tem sido o de pagar os salários dos servidores dentro do mês. E com muito esforço e dedicação da equipe econômica temos feito isso. Vamos garantir essa movimentação até o fim do ano, inclusive o pagamento do décimo terceiro de 2019”, ressaltou a governadora Fátima Bezerra.

Os representantes do fórum de servidores apresentaram uma pauta de reivindicações que contemplava principalmente questões relativas ao pagamento de salários e quitação das folhas atrasadas. Com relação a esta última, a governadora manteve o posicionamento já apresentado em reuniões anteriores de reunir esforços para buscar recursos extras que serão usados para a quitação desse passivo.

Durante a reunião, a equipe de auxiliares do governo apresentou o resultado das medidas em execução para recuperação fiscal e redução de gastos como as auditorias e revisões de contratos, por exemplo. “Estamos trabalhando incansavelmente para recuperar o equilíbrio das finanças do Estado e fazer o Rio Grande do Norte retomar o caminho do crescimento. São muitas frentes de trabalho, todas atuando em harmonia para alcançarmos um bom resultado”, enfatizou a governadora.

Estavam presentes os secretários Raimundo Alves (Gabinete Civil), Virgínia Ferreira (Administração), Carlos Eduardo Xavier (Tributação), o procurador Geral do Estado, Luiz Antônio Marinho e o Controlador Geral do Estado, Pedro Lopes. A próxima reunião do governo com o fórum de servidores ficou marcada para a segunda quinzena de setembro.

A governadora Fátima Bezerra entregou nesta terça-feira, 27, à Assembleia Legislativa Projeto de Lei que cria o programa “Moto Legal” que tem a finalidade de incentivar a regularização da propriedade e o licenciamento de motocicletas com potência de até 155 cilindradas.

Fátima foi pessoalmente à Assembleia entregar o projeto e pedir agilidade para aprovação. “Esta é uma medida de grande alcance social. Vai permitir que os condutores regularizem suas motocicletas e também sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Com isso estamos assegurando a posse do veículo, promovendo a segurança e reduzindo os índices de acidentes”, afirmou Fátima Bezerra na reunião com os deputados na presidência da Assembleia.

A governadora solicitou aos deputados agilidade na aprovação da nova Lei, “por que ela tem caráter social e econômico. Muitas pessoas usam as motos no trabalho, sobrevivem das atividades que realizam com ela, garantindo seu sustento e de suas famílias”, alertou.

Ao receber o projeto, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira disse que faria a leitura da mensagem na sessão desta terça-feira. A leitura em plenário é condição para que o projeto siga para análise nas comissões como a de Constituição e Justiça, que confere a legalidade das medidas.

“Tenho certeza que a Assembleia cumprirá sua função com zelo e máxima urgência. Por que o nosso povo precisa destas medidas, principalmente aqueles mais necessitados e que utilizam a motocicleta como meio de sustento”, reforçou Fátima Bezerra. Ela ainda explicou que as medidas serão amplamente divulgadas em campanha publicitária para chegar ao conhecimento dos norte-riograndenses em todos os municípios.

O procurador geral do Estado, Luiz Antonio Marinho explicou que “o projeto Moto legal é uma solução que irá beneficiar grande parcela da população necessitada de atenção do Poder Público, por meio da adoção de medidas administrativas previstas na Lei Federal nº 13.655, de 2018, que possibilitarão a adequação do cumprimento do Código de Trânsito Brasileiro com os princípios e valores da Constituição da República”.

O Projeto de Lei prevê a assinatura de um termo de compromisso com os condutores se comprometendo a regularizar o veículo e sua documentação até 30 de dezembro. Durante esse período o veículo fiscalizado não será apreendido e permanecerá em posse do condutor.

VANTAGENS

O condutor do veículo irregular poderá obter: o parcelamento de taxas e tributos, fazer o pagamento por cartão de débito ou crédito, dispensa de despesas com remoção e estada da motocicleta em depósito, prioridade no arremate em caso de leilão do veículo apreendido ou removido, equiparação do condutor ao proprietário, para fins de preferência na aquisição por leilão do veículo, incentivo à regularização administrativa da transferência de propriedade mediante ações que possibilitem a reunião do condutor possuidor com o proprietário registrado, Incentivo à regularização judicial da transferência de propriedade por meio da Defensoria Pública Estadual, isenção de taxas do DETRAN/RN para fins de regularização da transferência de propriedade.

O projeto ainda prevê que nos casos não alcançados pelos incentivos previstos, o condutor poderá ter isenção do IPVA para aquisição de uma moto nova até o final de 2019. Este benefício é condicionado ao uso de equipamentos de segurança, como capacete, viseiras ou óculos protetores.

A Governadora foi ao Poder Legislativo acompanhada dos secretários de estado da Segurança Pública, Francisco Araújo, de Gestão de Projetos, Fernando Mineiro, procurador geral do estado, Luiz Antonio Marinho e diretor geral do Detran, Jonielson Pereira. Além do presidente da Assembleia a governadora foi recebida pelos deputados Isolda Dantas, Francisco Medeiros, George Soares (líder do governo), Sandro Pimentel, Bernardo Amorim, Getúlio Rego, Raimundo Fernandes, Vivaldo Costa, Kleber Rodrigues, Albert Dickson, Coronel Azevedo e Nélter Queiroz.

Foto: Divulgação

Em entrevista a BBC News Brasil, Marina falou sobre as queimadas que vêm devastando a região amazônica nas últimas duas semanas e da responsabilidade do atual governo sobre esse cenário.

Segundo a ex-ministra, incêndios sempre ocorreram, mas nunca incentivados pelo discurso de um presidente. Para ela, de todas as gestões que já estiveram à frente do Brasil, incluindo na ditadura militar, esta será a única que não deixará uma contribuição à conservação da floresta, mas poderá levar a sua “destruição total”.

Matéria na íntegra

Portal IFRN

No último dia 15, os campi Ceará-Mirim e Natal-Zona Norte do IFRN uniram forças para realizar mais uma ação de recuperação e manutenção de laboratórios de informática de escolas públicas do Rio Grande do Norte. Essa parceria surgiu de dois programas realizados em cada Campus, o Núcleo de Extensão e prática profissional (NEPP), do Campus Ceará-Mirim, e do programa E-Lixo, do Campus NatalZona Norte, com o objetivo de fomentar a prática profissional dos alunos de Suporte e Manutenção em Informática.

Nesta etapa, a escola Aldo Fernandes, pertencente à Rede Estadual de ensino, foi visitada pelo professores Ailton Torres (Campus Natal-Zona Norte) e Isaac Danilo (Campus Ceará-Mirim), juntamente com alguns alunos bolsistas e voluntários do curso Técnico de Manutenção e Suporte de Informática, visando fazer um levantamento sobre o estado atual dos laboratórios de informática e realizar a sua recuperação.

Metodologia

O E-Lixo se constitui em um espaço de prática profissional aos estudantes dos cursos técnicos em Eletrônica, Informática e Manutenção e Suporte em Informática e promove, ainda, treinamentos, palestras e pesquisas relacionadas ao tema. A iniciativa oferece também assistência técnica a servidores e alunos do Campus Natal-Zona Norte, no que diz respeito a equipamentos eletroeletrônicos.

O projeto tem caráter itinerante em instituições públicas tem atendido escolas da Cidade de Ceará-Mirim, Taipu e, em breve, atenderá mais municípios da região. A iniciativa é coordenada pelo professor Hadley Magno e conta com a colaboração dos professores Isaac Danilo e João Marcos Lacerda.

Caminhonete da PGE foi alvo de tentativa de assalto em Natal — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Criminosos tentaram roubar um veículo oficial da Procuradoria Geral do Estado na noite desta segunda-feira (26) na Zona Sul de Natal. O policial militar que dirigia a caminhonete reagiu, houve troca de tiros e um dos assaltantes morreu.

O caso aconteceu no conjunto Cidade Satélite, no bairro Pitimbu. De acordo com informações que testemunhas repassaram à polícia, pelo menos três assaltantes tentaram tomar o carro, porém o motorista reagiu e houve troca de tiros. Dois criminosos fugiram, segundo a polícia, em direção da Felipe Camarão, na Zona Oeste da cidade.

No momento do crime, o policial militar era o único ocupante do veículo, que ficou com várias marcas de tiros. Alguns teriam partido de dentro do próprio carro e outros, de fora, dos assaltantes.

Perto do suspeito que morreu, foi encontrada uma réplica de pistola. De acordo com os policiais, a suspeita é que pelo menos um dos que fugiram estivesse armado.

A perícia do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) levantou as primeiras informações que vão ajudar no inquérito policial. Enquanto policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) eram esperados, três homens que estavam próximos dos assaltantes no momento do crime e que conheciam o suspeito morto foram obrigados a permanecer no local para prestar depoimento.

Policiais militares fizeram buscas pelos suspeitos que fugiram, mas ninguém foi preso.

A assessoria PGE afirmou que a caminhonete branca pertence ao órgão e que era recolhida, após o fim do expediente, ao policial militar, que é cedido. O veículo é usado pelo procurador-geral e demais procuradores, bem como por servidores da PGE, atendendo às necessidades do trabalho.

Informações do G1 RN

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles e o  presidente Jair Bolsonaro, falam à imprensa, após encontro no ministério.

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O governo Bolsonaro está batendo cabeça na questão sobre receber ou não ajuda dos sete países que integram o grupo chamado de G7. O Governo Federal que no início do ano contingenciou muitos recursos de seus ministérios, um deles foi do Meio Ambiente, não tem dinheiro para todas as ações necessárias na Amazônia para combater as queimadas, mas por uma decisão política não quer aceitar os mais de 80 milhões de reais oferecidos por esses países.

Opinião do ministro do Meio Ambiente

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse nesta segunda-feira (26) que a ajuda prometida pelo G7 aos países afetados pelos incêndios na região amazônica será bem-vinda. Salles ressaltou que os recursos serão utilizados segundo critérios estipulados pelo Brasil.

“Quem vai decidir como usar recursos para o Brasil é o povo brasileiro e o governo brasileiro. De qualquer forma, a ajuda é sempre bem-vinda”, disse em evento promovido pelo Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi).

Os países do G7 concordaram nesta segunda-feira (26) em liberar US$ 20 milhões (cerca de R$ 83 milhões) para ajudar a conter as queimadas na Amazônia, sendo a maior parte do dinheiro para o envio de aeronaves de combate a incêndios florestais.

Posição do Planalto

O Palácio do Planalto informou na noite desta segunda-feira, 26, que rejeitará ajuda de US$ 20 milhões, equivalente a R$ 83 milhões, prometidos pelo G7, o grupo de países mais ricos do mundo, para auxiliar no combate a incêndios na Amazônia.

O Planalto não informou o motivo para recusar os valores. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) e ministros têm dito que não há anormalidade nas queimadas e que países europeus tentam fragilizar a soberania do Brasil sobre a floresta.

Com informações da Agência Estado e Agência Brasil

 

A Delegacia Municipal de Extremoz divulgou, na manhã desta segunda-feira (26), imagens que podem contribuir na identificação dos autores do crime de roubo cometido na manhã de hoje (26), por volta das 8h, em uma loja de eletrônicos, no bairro do Centro, no município de Extremoz. As imagens divulgadas foram registradas pelas câmeras de segurança do estabelecimento, quando três homens, portando arma de fogo, realizaram o crime de roubo.

Dois homens apareceram nos registros, um deles, um homem baixo e branco, vestia uma camisa azul, utilizando um boné estampado e óculos escuro; o outro, um homem alto e negro, vestia uma camisa social branca, utilizando um boné preto e óculos escuros. O crime foi cometido utilizando um carro modelo HRV, de cor vinho.

A Polícia Civil solicita a ajuda da população no envio de informações para identificar e localizar os autores do crime. Informações podem ser enviadas de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

PC/ Assecom