Arquivo diário: segunda-feira, agosto 26, 2019

O Ministério Público do Trabalho-MPT da paraíba, a Polícia Rodoviária Federal da PB e do RN, além da Polícia Militar da Paraíba realizaram a “Operação Grilhões”, na noite deste último sábado (24), com objetivo de combater a exploração sexual de crianças e adolescentes em casas noturnas de cidades próximas à divisa do dois estados.

A ação foi desenvolvida nos municípios de Araruna e Tacima, na Paraíba e em Passa e Fica no RN. A ação também contou com o apoio do Corpo de Bombeiros da Paraíba. Em cada uma das três cidades, as equipes foram em estabelecimentos comerciais pertencentes a uma mesma proprietária, uma mulher de 34 anos.

Durante a abordagem, as equipes confirmaram que se tratavam de prostíbulos, com a presença de mulheres trajando roupas íntimas, algumas grávidas. No local tinha vários homens consumindo bebidas alcoólicas.

Na cidade de Passa e Fica/RN, após revistas nas pessoas e nas instalações, percebeu-se que uma das mulheres havia corrido e se trancado em um dos quartos. Quando os policiais entraram e a questionaram sobre a sua idade, esta informou que tinha 19 anos, porém após consultar aos sistemas, constatou-se que a jovem tinha apenas 17 anos.

Neste momento, foi dada voz de prisão a proprietária das casas noturnas, pelo crime de exploração sexual de adolescente, sendo esta conduzida à delegacia de polícia civil da cidade de Santo Antônio/RN. A adolescente após ser ouvida na condição de vítima, foi encaminhada para o Conselho Tutelar da cidade.

A PRF informa que qualquer cidadão pode contribuir no combate a esse crime. A denúncia poderá ser feita de forma anônima, pelo Disque 100, cujo atendimento é direcionado para o enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes, ou pelo número 191, telefone de emergência da PRF.

O Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, fala à imprensa, após reunião com os integrantes do Centro de Operações

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Agência Brasil – Os países do G7 concordaram nesta segunda-feira (26) em liberar US$ 20 milhões de dólares (cerca de R$ 83 milhões) para ajudar a conter as queimadas na Amazônia, sendo a maior parte do dinheiro para o envio de aeronaves de combate a incêndios florestais.

O ministro Ricardo Salles pediu ainda aos países desenvolvidos e ao G7 o pagamento de US$ 2,5 bilhões referentes ao mecanismo de desenvolvimento limpo (MDL). “Queria lembrar que, desde 2005, o Brasil tem cerca de 250 milhões de toneladas de gás carbônico MDL, mecanismo de desenvolvimento limpo, para receber. Isso gera mais ou menos uma receita de US$ 2,5 bilhões”, destacou.

“Essa é uma medida que nós instigamos, pedimos para que os países desenvolvidos, inclusive o G7, nos ajude a finalmente quitar essa fatura do Protocolo de Quioto, esse crédito que o Brasil tem de US$ 2,5 bilhões, que seria também muito bem-vindo para nós”, acrescentou.

Chefes de Estado e governo do G7 que participaram de 45ª conferência de cúpula do bloco acordaram sobre o envio de ajuda aos países afetados pelos incêndios na região amazônica “o mais rápido possível”, declarou ontem (25) o chefe de Estado francês, Emmanuel Macron.

O francês acrescentou que os líderes das maiores potências econômicas avançadas estão se aproximando de um consenso sobre como ajudar a extinguir o fogo e reparar os danos resultantes. Trata-se de encontrar os mecanismos apropriados, tanto técnicos quanto financeiros, acrescentou, e “tudo depende dos países da Amazônia”.

Na tarde desta segunda-feira (26), por volta das 13h00, policiais militares da ROCAM, com apoio do 9BPM, na comunidade de Mangabeira, rua São Paulo, imóvel sem número, área rural do município de Macaíba, entraram em confronto com indivíduos armados, momento em que alguns se evadiram com destino ignorado, porém um deles, identificado tão somente pelo nome de Juninho, vulgo Frajola, efetuou disparos de arma de fogo contra a equipe policial. Na sequência, a equipe repeliu a injusta agressão, de maneira justa e proporcional, ocasião em que o acusado foi atingido e prontamente socorrido ao Hospital Walfredo Gurgel, onde veio a óbito.

Com o agressor foi apreendido um revólver, calibre 38,com 6 munições, sendo 02 deflagradas e 04 intactas.

PM/Assecom

 

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Macaíba acaba de receber novos equipamentos para auxiliar no atendimento de seus usuários. Foram adquiridos equipamentos como camas hospitalares elétricas, monitores cardíacos multiparamétricos, oxímetros e cadeira de rodas adaptada para transporte de pacientes em situação de sobrepeso.

A UPA de Macaíba é referência no atendimento em saúde e em estrutura para o todo o Rio Grande do Norte. Ao completar 6 anos de funcionamento em junho passado, já somava mais de 360 mil atendimentos, não só da população local, mas também de diversos municípios adjacentes.

Em tempos de crise em que inúmeras UPAs estão fechadas ou com obras inacabadas, ou ainda municípios em que prefeitos relutam em construir uma unidade deste tipo, a gestão municipal de Macaíba é um exemplo para o país, mantendo com eficiência os serviços de sua UPA com um investimento mensal que ultrapassa os R$ 600 mil oriundos de seus próprios recursos.

Assecom

O governo do Rio Grande do Norte acertou contrato com o Banco do Brasil, por meio de dispensa de licitação, para administrar o pagamento de remuneração de servidores ativos, inativos e pensionista. O valor final da negociação ficou em R$ 251 milhões.

A assinatura do contrato será realizada nesta segunda-feira, 26, na Governadoria do Estado, no Centro Administrativo, com a presença de representantes do governo estadual e da instituição financeira.

Segundo a Secretaria Estadual de Administração (Sead), o Rio Grande do Norte não ficará com todo o montante da negociação. O governo terá de pagar R$ 74 milhões com tarifas bancárias (que serão divididos ao longo dos anos de contrato) e outros R$ 100 milhões para encerrar as dívidas de empréstimos consignados promovidos pelo Banco do Brasil.

Agora RN

Após muito empenho, trabalho duro e longas horas de estudo, o aluno Victor Agnez, do Talento Metrópole – programa do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) que oferece formação para jovens com altas habilidades/superdotação – conseguiu ser aprovado na seleção de estágio de três grandes e famosas empresas de tecnologia do mundo: Facebook, Google e Microsoft.

Com viagens programadas para iniciarem em dezembro, para cada estágio, o estudante de 21 anos passará uma temporada de aproximadamente três meses em países diferentes, começando com Dinamarca (Google), seguindo para os Estados Unidos (Microsoft) e finalizando com Inglaterra (Facebook).

Segundo o aluno, participar de competições de programação foi um dos meios que o levou a conseguir algo maior. Os amigos que fez nas disputas e que já trabalhavam em grandes empresas de tecnologia foram, de acordo com Victor Agnez, pontes para grandes oportunidades.

“Uma boa dica para quem se interessa por isso é conhecer e participar da Maratona de Programação. Foi isso que me permitiu receber oportunidades nessas empresas e conhecer muita gente do Brasil todo”, explica Agnez.

Segundo a professora Izabel Hazin, coordenadora do Talento Metrópole, o estudante, desde o início do programa, demonstrou interesse em focar suas atividades acadêmicas em olimpíadas e competições. “Com base nisso, pensamos uma série de atividades, orientadas por professores específicos, para dar a Victor o que ele buscava. Hoje nós vemos o resultado”, conta Hazin.

Seleção

Victor Agnez conta que a participação em seleções de estágio consiste em algo simples: o envio de currículo. Porém, sua participação em eventos internacionais, como a Maratona de Programação, também lhe rendeu bons retornos.

Um deles foi o programa de estágio na Microsoft, do qual participou entre os meses de dezembro de 2018 e fevereiro de 2019, que, segundo Victor, surgiu a partir da indicação de um amigo.

“A minha experiência com a Microsoft foi melhor do que eu esperava. E eu já estava com as expectativas lá em cima. A empresa é excelente, trata muito bem a pessoa e o ambiente também é agradável”, conta Agnez.

Da experiência, surgiu o segundo convite de estágio na gigante de tecnologia, dessa vez para 2020. Já nos casos do Google e Facebook, essa será a primeira vez de Victor Agnez, que se mantém confiante e aberto às novas experiências. “Com certeza é uma coisa boa para se informar no currículo e isso também vai me preparar quando for para o mercado de trabalho”, acrescenta.

Formação

Atualmente, Victor é formado em Tecnologia da Informação (TI) e está cursando Ciências da Computação. Futuramente, pretende trabalhar com algoritmos, mas ainda não sabe se vai ser na área acadêmica ou no mercado.

“Posso usar algoritmos tanto no mercado, desenvolvendo produtos e tudo mais, quanto na academia, estudando, fazendo pesquisa na área de otimização e outras que me interessam. Ainda vou decidir para qual dos lados eu vou”, explica.

Victor Agnez diz que começou a se interessar por programação quando participou da Olimpíada Brasileira de Informática, no ensino fundamental. Desde então, ao entrar para o Talento Metrópole, segue o caminho na área de tecnologia.

IMD

 

O juiz Felipe Barros, da Vara de Execuções Penais da comarca de Macaíba, editou portaria que disciplina a remição pela leitura no âmbito dos estabelecimentos carcerários da comarca (CDP de Macaíba e Horta Comunitária). O projeto consiste em possibilitar aos apenados em regime fechado e semiaberto a possibilidade de diminuição da pena por meio da leitura de livros e produção de resenha literária sobre as obras.

Em reunião realizada na última sexta-feira (23) foi decidido que cinco custodiados participarão inicialmente do projeto, escolhidos pela direção do CDP com base nos critérios da portaria e no bom comportamento. Além disso, a primeira oficina de leitura ocorrerá nesta quarta-feira (28), às 9h. Os participantes receberão obras literárias, clássicas, científicas ou filosóficas, de acordo com a disponibilidade na unidade.

Segundo o ato normativo, o custodiado terá o prazo de 30 dias para a leitura da obra e, neste prazo, deverá apresentar a resenha ou resumo, o que representará a remição de quatro dias em sua pena. O apenado poderá reduzir até 48 dias de sua pena por ano. Para os fins da Lei de Execução Penal, a leitura é um trabalho intelectual que se equipara ao estudo.

A Portaria ainda acrescenta que a participação do preso será sempre voluntária, com o condicionante de ter a habilidade de escrita e leitura necessárias à elaboração do trabalho final, que consiste na realização de uma resenha da obra literária, objeto do estudo.

Assinada em conjunto com o defensor público José Eduardo Brasil, a Portaria Conjunta nº 1/2019 está em conformidade com a Lei de Execução Penal (artigo 126 da Lei 7.210/84), com a Recomendação nº 44/2013 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e com a Lei Estadual nº 10.182/2017, que dispõe sobre atividades educacionais complementares para o cumprimento da pena.

Caminhonete atingiu três motos na BR-405; cinco pessoas morreram — Foto: Thiago Aragão

Foto: Thiago Aragão

Cinco pessoas morreram em um acidente envolvendo uma caminhonete e três motos na BR-405, em José da Penha, no Alto Oeste Potiguar. O acidente aconteceu na noite de sábado (24), no KM 179.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista da caminhonete trafegava no sentido Paraíba / José da Penha quando bateu de frente em uma moto. O motorista perdeu o controle do carro e ainda atingiu outras duas motos.

Quatro pessoas morreram no local e uma chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital. O motorista da caminhonete fugiu do local.

G1 RN

Em breve os macaibenses terão mais  conteúdo sobre a política local. A novidade é fruto de uma parceria entre o Macaíba no Ar, Senadinho e Cidadão Macaibense.

A Superintendência da Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Norte firmou, na tarde desta última quinta-feira (22), um acordo de cooperação técnica com a Prefeitura Municipal de Parnamirim.

O acordo consiste no compartilhamento de imagens da central de monitoramento da cidade com a PRF, visando oferecer melhores condições técnicas na otimização do tempo de resposta às ocorrências criminais.

A iniciativa tem como objetivo desenvolver ações voltadas para o combate a criminalidade, intensificando ações de enfrentamento aos crimes mais recorrentes, como o furto e roubo de veículos, o tráfico de drogas e os homicídios.

Essa cooperação segue o modelo do Sistema Policial Indicativo de Abordagem – Spia, o qual compartilha dados dos diversos entes públicos e consolidam suas informações em um único sistema de monitoramento.

O Spia surgiu no estado do Ceará, a partir de uma parceria entre a Polícia Rodoviária Federal, Secretaria de Segurança Pública e Universidade Federal daquele estado e tem alcançado resultados positivos, estendendo-se, inclusive, para outros estados.

Resultado de imagem para agencia caixa

Agência Brasil – Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a pagar nesta segunda-feira (26) a primeira parcela do 13º salários dos aposentados e pensionistas. A data de pagamento varia de acordo com o número final do benefício. O dinheiro será depositado junto com a folha mensal de agosto.

A antecipação vai beneficiar aqueles que, durante o ano, tenham recebido auxílio-doença, auxílio-acidente, aposentadoria, auxílio-reclusão ou pensão por morte e demais benefícios administrados pelo INSS que também façam jus ao abono anual. A parcela dos 50% restantes será paga no fim do ano.

“É o cronograma normal de pagamento. Você recebe sua aposentadoria, ou sua pensão, acrescido dos 50% [do décimo terceiro]”, disse o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, ao anunciar a medida no último dia 5 de agosto, em entrevista à imprensa.

Segundo Marinho, o presidente Jair Bolsonaro, ao assinar a Medida Provisória (MP) 891/2019, transformou a antecipação dos pagamentos em regra. Anteriormente, a gratificação em agosto era determinada com assinatura de decreto presidencial a cada ano.

“Com a medida, a partir de agora, haverá previsibilidade para que, no futuro, os aposentados e pensionistas do INSS possam se programar, uma vez que terão uma garantia real de que receberão esse adiantamento no mês de agosto. Não dependerão mais do poder discricionário do presidente da República na ocasião”, disse o secretário.

A antecipação representará uma injeção de R$ 21,9 bilhões na economia neste terceiro trimestre. Terão direito à primeira parcela do abono anual cerca de 30 milhões de benefícios. Não haverá desconto de Imposto de Renda nessa primeira parcela, que será cobrado apenas em novembro e dezembro, quando for depositada a segunda parte do abono.