Arquivo diário: sábado, agosto 17, 2019

A Prefeitura de Macaíba promoveu mais uma edição do projeto Sexta-feira Sem Aedes, desta vez, na comunidade quilombola Capoeiras, nesta sexta-feira (16). Agentes comunitários de saúde e de endemias percorreram a comunidade conversando com a população sobre a importância do combate aos focos de criação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, vírus zika e chikungunya.

Vistorias foram feitas em mais de 600 casas da comunidade. Aplicações de inseticidas para combater focos de proliferação do mosquito também foram feitas, enquanto serviços de limpeza urbana como capinação, varrição e recolhimento de entulhos e lixo foram realizados nas ruas da região pela equipe de limpeza urbana.

A agricultora Maria da Glória dos Santos, 69, aprova a ação na comunidade onde mora. “Estou achando muito bom porque pode ter algum mosquito entocado por aí. A gente agradece”, afirmou. Pensamento semelhante ao da também agricultora Lenice Felipe, de 31 anos. “Boa mesmo. Aqui estava precisando bastante. Tinha muito lixo na rua”, declarou a moradora.

O projeto Sexta-feira Sem Aedes foi criado em 2017 pela Prefeitura de Macaíba e desde então visitou uma série de comunidades, bairros e distritos do município, contando com o trabalho integrado entre as Secretarias Municipais de Saúde e Meio Ambiente e Urbanismo. Riacho do Sangue, Canabrava, assentamento Eldorado dos Carajás, Vilar e Loteamento Esperança foram alguns dos locais que receberam as atividades.

Assecom

 

A Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) de Natal incinerou, aproximadamente, 53 mil bonés falsificados, na manhã desta sexta-feira (16), no município de São Gonçalo do Amarante. O material incinerado é fruto de uma apreensão realizada em julho de 2015, em uma fábrica de bonés falsificados, no município de Caicó. “Os bonés eram vendidos a R$ 9, sendo que os originais custam R$ 250 em média. Na época, o dono da fábrica respondeu um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A ação visou o combate à pirataria ”, destacou o delegado da DEFD de Natal, Ulisses Souza.

A queima do material foi realizada em uma fábrica de cerâmica, localizada em São Gonçalo do Amarante.

Apreensão

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte apreendeu, em julho de 2015, 52.297 bonés falsificados em uma fábrica localizada às margens da BR-427, no município de Caicó, na região Seridó do Rio Grande do Norte. De acordo com a Polícia Civil, a empresa fabricava e comercializava bonés falsificados das marcas pertencentes à sociedade norte-americana: New Era Cap Company e 59FIFTY.

Após investigações da Polícia Civil, foi detectada a fraude e solicitados os mandados de busca e apreensão à Justiça. Através do departamento de combate à pirataria, a empresa identificou a fábrica que produz e comercializa, em larga escala, os bonés adulterados ostentando as referidas marcas.

A New Era e 59FIFTY é a maior fabricante de bonés do mundo, titular dos direitos relativos à propriedade das marcas, inclusive possuindo centenas de registros espalhados pelo mundo.

Reprodução

Mais um assassinato foi registrado neste sábado (17) em Macaíba. Na rua Dinarte Mariz, um homem ainda não identificado foi assassinado a tiros próximo de uma borracharia. Existe a suspeita que esta segunda vítima possa ter sido assassinado pelo mesmo atirador do homicídio ocorrido no bairro Campos das Mangueiras.

O intervalo de tempo de um assassinado para o outro foi curto e os locais onde ocorreram os crimes são próximos. Este será mais um caso para Polícia Civil elucidar.

Um jovem identificado pelo nome de João Paulo foi assassinado na manhã deste sábado (17), no bairro Campo das Mangueira, em Macaíba. A vítima estava em um estabelecimento comercial quando foi surpreendido pelo atirador que efetuou um tiro de calibre 12 na região da cabeça. O jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime.

A Polícia Militar foi acionada e realiza diligências em busca do assassino.

A vereadora Ana Catarina e Edi do Posto da Maré estiveram neste sábado (17), na praça Augusto Severo no centro de Macaíba, prestigiando o projeto cultural “A feira é livre”. O evento trouxe apresentações da arte circense, dança folclórica, música e poesia. O projeto tem como objetivo fomentar a cultura local.

Resultado de imagem para ricardo salles divulgação

O Estadão destaca neste sábado (17) que o Ministério Público de São Paulo abriu um inquérito contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. O inquérito visa apurar suspeita de enriquecimento ilícito entre  2012 e 2017, período que Ricardo Salles atuou como advogado e ocupou cargos no governo paulista.

Matéria na íntegra